Ranking Semanal #2 – Obra pra cacete!

Dae pessoal! Aqui é o Estupratom novamente com o nosso segundo ranking semanal.

Dessa vez eu li várias obras para comentar pra vocês. Vocês vão ver abaixo queo ranking contém diversas obras novas, ou que comecei a ler essa semana, então irei acompanhar e comentar sobre elas desde o início. Com obras para todos os gostos: clássicas da Jump; novas, algumas até de autores famosos; dois “web comics” coreanos e um HQ.

Para os que sentirão falta de algumas obras que comentei e que não estão no ranking dessa semana, isso aconteceu, pois, ou eu não tive tempo de lê-las, ou as traduções ainda não saíram. No futuro, irão aparecer as obras que foram comentadas no ranking semanal anterior, e muitas outras.
Semana que vem pretendo trazer mais uma obra que começaram a traduzir recentemente, o manga “I Am A Hero”, e quando puder irei adicionar mais comics (HQs) ao ranking.

Eu apreciaria muito o feedback de vocês. O que vocês acharam da imagem inicial? Estou colocando obras de mais, ou vocês querem ainda mais? Estou usando imagens em excesso? Informem se vocês não estão gostando de algo, ou se está tudo ótimo.

Vou cortar o papo furado agora, então aproveitem o ranking dessa semana, e lembrando que todos os capítulos citados já foram traduzidos, se você não sabe onde baixar, pergunte nos comentários que eu irei mandar o link do grupo.

22º Colocado: Fairy Tail capítulo 291

Outro capítulo fantástico de FT. Mais uma luta chata como objetivo principal de fazer “fanservice”. Uma batalha debaixo d’água, e por coincidência, todos que participam são mulheres usando biquínis (tem um maluco no meio, mas ele é jogado fora da arena nas primeiras páginas). E para completar a Lucy faz questão de usar todos os seus espíritos femininos, óbvio que para mostrá-los de biquíni também.
O único ponto bom do capítulo foi ver a presunçosa da Lucy levar uma surra.

21º Colocado: Naruto capítulo 594

Naruto só pode estar de piada com a minha cara. Esse manga me decepciona mais a cada dia. Primeiramente, descobrimos que o objetivo do Tobi de juntar todos os bijuus é para fazer uma estátua feia e decrépita que na verdade é o Dez Caudas. O DEZ CAUDAS!!! Grande bosta. A raposa ainda faz um discurso falando de como ele é poderoso, vou deixar a imagem abaixo para quem não leu.

Depois disso, o Tobi faz a única coisa que ele não tinha feito ainda. Ele conta para todo mundo o seu grandioso plano de fazer um mega genjutsu, é um GÊNIO!! Um dos poucos respeitos que eu ainda tinha pelo personagem era o fato de ele não ser um completo idiota, mas me enganei e agora não o respeito de vez.

E o que o Naruto faz? Ele do nada faz um discurso que vai ser o melhor Hokage. ISSO É UM GRANDE PÊNIS VOADOR NO MEU RABO!!!! E eu ainda tenho que aguentar o rapper falando que gosta de peitos de mulheres de meia idade. O capítulo só não foi pior porque não apareceu o “Emosuke” choramingando de novo.

20º Colocado: D.Gray-man capítulo 215

D.Gray-man é uma obra que decaiu absurdamente nos últimos anos. A obra perdeu todo seu carisma e qualidade. Pensei que após muito tempo, iria ver um conflito interessante entre o 14° e o Kanda, mas a autora apenas colocou mais algumas pistas sobre o 14° e usou o capítulo inteiro para mostrar o Allen chorando e lamentando por ter ferido o Johnny. Realmente fico triste por ver uma obra que tinha tanta qualidade ter ficado tão chata. Pessoalmente, eu acho que D.Gray-man decaiu tanto quando Bleach, e estou pensando seriamente em dropar a obra.

19º Colocado: Koisome Momiji capítulos 01-04

Koisome Momiji é uma das novas obras primas da Jump. Um ecchi genérico como todos os outros, onde o protagonista age feito um imbecil durante metade do tempo e que não consegue falar com as garotas que ele amou. Shouta é um garoto comum que possui um bando de amigos estereotipados e se apaixona por uma garota de um nível completamente diferente do dele. A arte é comum, mas ganhou pontos com a ótima página colorida dupla no início do primeiro capítulo.


A garota se chama Sana, e é uma atriz que tem que fazer um papel de uma garota apaixonada, e para ganhar experiência para o papel, ela chama Shouta para sair. Após algumas situações forçadas, ele acaba “salvando” ela, e a garota o pede em namoro. Mas a jovem não se apaixona por Shouta, ela apenas precisa se sair com alguém para representar melhor o seu papel.


Até agora o manga é feito apenas de cenas da garota sendo ativa e o moleque sendo um bundão. E depois eles adicionam uma nova atriz, que trabalha com Sana. E para completar essa nova personagem é o primeiro amor de Shouta e também volta a estudar na mesma sala que ele. É um ecchi genérico, com um protagonista babaca e muitas mulheres lindas. A obra não força de mais no ecchi, tendo nos quatro capítulos apenas uma calcinha e umas duas ou três poses eróticas (o que está muito abaixo da média da Jump). Achei que os capítulos tiveram diálogos demais e muitos clichês.

18º Colocado: Bleach capítulo 501

Capítulo sem muitos acontecimentos. Vemos o Ichigo ainda preso no selo exageradamente forte e a pessoa que matou o quincy nazista e avançou no Urahara ainda não é revelada. Depois disso temos um capítulo inteiro com muitos diálogos desnecessários sobre medo, para inflar o adversário. No final o Byakuya é derrotado, mas com certeza ele não irá morrer, porque ninguém importante dos bonzinhos morre em Bleach (o Gin não conta). Mais um capítulo esquecível em uma obra que já deu o que tinha que dar.

 

 

 

17º Colocado: Gantz capítulo 366

Esse capítulo aparenta ser o fim do arco. Após a luta sem graça entre Kurono e Nishi, os alienígenas vão embora e o casal apaixonado volta para a Terra, deixando Nishi para trás. Se esse for o final do arco, será de longe a pior saga que Gantz já teve. O único ponto positivo do arco foi a arte do manga, que se manteve com altíssima qualidade.

16º Colocado: Ratman capítulos 01-03

Ratmam é um manga de 2007 que começou a ser traduzido recentemente. A obra tem mantido uma pontuação bem alta nos leitores gringos e no myanimelist, o que atiçou minha curiosidade.

O manga é serializado na Shounen Ace, uma revista mensal, e é do mesmo autor de Murder Princess. Ele gira em torno de um garoto chamado Shooto Latsuragi, um menino baixo (1,52 metros de altura) que está no colegial e sonha em se tornar um super-herói. Ele vive em uma época onde heróis são exaltados. Porém, por ironia do destino, ele acaba entrando em uma organização de vilões conhecida como Jackall.

O cenário parece com o da HQ “The Boys” que eu acompanho, onde existem toneladas de super-heróis, e para muitos, ser um herói é apenas uma forma de ganhar fama e dinheiro. Em “The Boys” os protagonistas têm como objetivo matar ou chantagear todos os super-humanos que saírem da linha.É infinitamente mais pesado e mais violento que Ratman, mas gostei do fato de um manga aproveitar um cenário que até onde conheço, surgiu inicialmente em uma obra americana (foi serializado um ano antes de Ratman).

No manga, o protagonista se transforma em um vilão de forma bem ridícula e babaca. O desejo de fazer o correto do protagonista é tão forte, que ele aceita roubar informações de todos os heróis registrados apenas para não ter sua coleção de figurinhas destruída.
O manga possui uma boa quantidade de piadas, ri bastante com os capangas caveiras. A arte é bem simples, e os personagens são rasos, mas sinto que a obra pode melhorar.

15º Colocado: Takamagahara capítulos 01-02

Essa é uma das novas obras da jump. O manga tem uma premissa simples, de que todo ser humano tem um poder especial, mas poucos conseguem despertar esse poder. Nosso protagonista, um garoto chamado Yamado, pertence a uma família de lutadores. Todos os seus quatro irmãos são grandes lutadores, mas Yamado quer ser um mangaka, mesmo não tento talento nenhum.

Yamado acaba despertando seu talento divino, que ainda não foi bem explicado, mas fez com que ele tenha uma força desumana em seu braço direito. Depois de alguns encontros acidentais, ele acaba tendo que enfrentar um valentão que acaba virando seu serviçal. E logo em seguida ele acaba tendo que enfrentar outro indivíduo com poderes para salvar o valentão.

O garoto preocupado com sua mão direita (usa para desenhar) a cobre com gesso, o que achei forçado para o personagem ter um “acessório shounen”.O manga tem algumas piadas engraçadas, personagens normais e um cenário sem explicação (origem dos poderes).O grande ponto forte no manga é a relação do protagonista com seus irmãos. A obra não é das piores, mas não acho que vai durar muito tempo se não melhorar a qualidade.

14º Colocado: Kurogane capítulo 34

Esse é o primeiro capítulo após o arco do torneio dos novatos. Capítulo simples, com diálogos pertinentes à obra. O principal acontecimento no capítulo foi a apresentação do novo personagem, um garoto de franja colorida que “trolla” todo mundo fingindo que não entende japonês. O personagem pode ser interessante, e a obra tem mantido uma qualidade de um shounen esportivo infantil. Pena que a obra está com cancelamento iminente devido a baixa popularidade.

13º Colocado: Wake Up Deadman capítulos 01-06

Wake Up Deadman é um “original web comic”. Para os que não conhecem o termo, ela é uma obra feita por um autor independente e divulgada na internet, quase igual à Onami Master Kurosawa, só que em vez de japonês, ele é coreano, assim como Attaque. Essa é uma obra com uma premissa interessante, misturando zumbis, romance e rock.
Nosso protagonista, Sahu, era um garoto simples, que acaba sendo atropelado por um caminhão para salvar Juhyun, a garota que ele ama. Sahu ganha uma segunda chance, e volta à vida como um zumbi. O governo fala que os zumbis infectam outras pessoas e comem humanos, mas isso é uma mentira do governo usada para exterminá-los.

Nós acompanhamos a batalha de Sahu em sobreviver a ataques de robôs do governo, aceitar que não pertence à sociedade e tentar ver Juhyun novamente, que se tornou uma rock star.

O manhwa tem uma arte muito interessante e totalmente colorida. Os personagens são carismáticos, o principal tem uma arte e personalidade muito interessante, e seu amigoSr. Caveira, que é apresentado no capítulo quatro, é simplesmente muito bom. Os diálogos são interessantes e profundos, e ao mesmo tempo a obra tem um toque de humor sério, dando um charme à obra. Continuarei lendo e trarei minhas próximas opiniões para vocês.

12º Colocado: Claymore capítulo 128

Capítulo com poucos acontecimentos e muito diálogo. Esse capítulo foi o prelúdio de uma grande batalha, e teve como seu auge o reaparecimento de Priscilla. O capítulo não foi ruim, mas não fez jus as expectativas de uma obra perto de seu clímax, merecendo essa posição baixa.

11º Colocado: History’s Strongest Disciple Kenichi capítulo 481

Capítulo agradável. Esse é o início de um novo arco, que envolve personagens do início do manga. O grande acontecimento do capítulo foi o Kenichi marcar um encontro com Asamiya Ryuuto, seu primeiro grande rival, que no momento está em uma cadeira de rodas, mas não transmite nenhuma fraqueza.
Também tivemos algumas piadas engraçadas. Acho hilário o pai de Kenichi com sua arma Sebastian e sempre rio com o Niijima, o futuro governante do universo.

10º Colocado: Attaque capítulo 01-05

Attaque é um “original web comic”. Ela é uma obra feita por um autor independente e divulgada na internet, como expliquei no texto de Wake Up Deadman. Essa obra é sobre esgrima, e tem uma premissa bem interessante.A história começa com um garoto valentão e muito bom de briga chamado Leesu Shim. Ele não é um personagem shounen, disso vocês podem ter certeza. Ele é um arrogante egoísta que apenas se preocupa consigo mesmo. Em uma de suas saídas noturnas, ele sofre um acidente de trânsito e perde a mão esquerda, tendo que usar uma prótese. Sua mão direita teve muitos ossos quebrados, se tornando bastante frágil, e após ficar seis meses no hospital, seu corpo ficou fraco.

Após ver um aluno novo espancar um valentão usando esgrima, ele começa a ficar interessado pelo esporte, apenas não aceitou isso ainda. A obra parece bem interessante, com uma boa arte e uma ótima premissa. Irei acompanhar e trarei para vocês minha opinião semanalmente.

9º Colocado: Hajime no Ippo capítulos 902-912

O volume é focado na batalha de Itagaki com outro out-boxer mais experiente que já foi derrotado pelo Ippo. No começo pareceu apenas mais uma luta do Itagaki, onde ele mostra como tem evoluído, resultando em uma luta interessante, porém previsível. Mas o ritmo muda quando Itagaki tenta usar o “jolt”, golpe que aprendeu com o Miyata, mas ele falha e recebe um dano sério.
Seu oponente usa uma estratégia que o confunde, e em vez de lutar com calma e paciência, sua arrogância e ingenuidade o faz cometer erros que quase o levam a perdada luta. O garoto consegue vencer a luta após parar de ser ganancioso, se focar e ficar ainda mais rápido. A velocidade que ele alcança foi exagerada e me incomodou um pouco, pois correr rápido o suficiente para sumir do campo de visão de um oponente focado em você é simplesmente impossível. Além disso, ele conseguir usar um dos movimentos do Wally (menino macaco que deu uma surra no Ippo) foi tão forçado quanto.

Mesmo com a forçação de barra, a luta foi interessante e a leitura fluiu rapidamente. Um volume inteiro de HNI muitas vezes tem uma leitura mais fluída que um capítulo mensal de algumas obras. A melhor parte do volume foi o último capítulo, onde o Itagaki deixa claro que deseja lutar contra o Ippo, só falta ele aceitar isso.

8º Colocado: Cerberus capítulos 01-06

Novo manga shounen que comecei a ler essa semana. Obra nova de autor desconhecido, serializado na Weekly Shounen Champion. O manga é sobre um garoto chamado Tomitsuka, que se torna um “Grave Protector” após se unir com um cão zumbi chamado Yukifusa para poder salvar a vida de sua amiga, que iria ser devorada por um monstro. Inicialmente, ele parece ser apenas mais um shounen, não se diferenciando, mas ele tem algumas imagens bem violentas e obscuras que me chamaram a atenção, lembrando um pouco Soul Eater e Hellsing.

A arte é bem simples na maior parte do tempo, mas ela sabe quando deve chamar a atenção. As cenas de violência me surpreenderam bastante, e os monstros têm um bom carisma, principalmente o que se uniu ao protagonista. No capítulo quatro, aparece uma garota que seria o alvo dos kuzures (monstros que devoram humanos) bem baixinha e muito dócil. Um clichê utilizado muitas vezes, mas foi tratado de maneira diferente. Ao invés do monstro ir que nem um idiota atrás da garota, ele finge ser ela e embosca o Tomitsuka, o ferindo de forma grave.

Yukifusa (espírito que se uniu ao garoto) salva nosso protagonista e o proíbe de ir salvar a garota, mas Tomitsuka diz que se ele o Yukifusa o impedir, ele irá se matar levando ambos para o túmulo. Após uma batalha interessante, Tomitsuka consegue salvar a garota, mesmo após a ingenuidade da garota ao colocar seu salvador em um grande perigo. E agora a garota se torna seu radar de esferas do dragão, o ajudando a encontrar os seis kuzures restantes.
Esses seis capítulos formam o primeiro volume da série. Após me surpreender algumas vezes, vi bastante potencial nessa obra, e irei acompanhar seu desenvolvimento até que ela me prove o contrário. Continuarei acompanhando o manga e trarei para vocês minha opinião dos próximos capítulos semana que vem.

7º Colocado: Nórdicos capítulos 01-04

Nórdicos é uma HQ mensal com uma arte bem diferente dos comics americanos de heróis.Ele possui um charme único, com personagens bem desenhados e cenários com coloração única. A HQ é totalmente colorida, algo que não vemos nos mangas.

Nórdicos é uma história de bárbaros, honra e conquista.Sven, nosso protagonista, descobre que seu pai faleceu e toda sua herança foi tomada por seu tio Gorm. Assim ele retorna à sua terra natal para retomar o que lhe é de direito, mas não será tão simples quanto parece.
Nesses quatro capítulos vemos Sven sobrevivendo sozinho, e fazendo as preparações para derrubar o seu tio. Sven não quer recuperar a honra de seu pai, resgatar o seu povo ou governar. Ele apenas deseja o dinheiro que é seu por direito. Em sua jornada ele encontrará amigos, mulheres de seu passado e muita tragédia.

Uma obra com boas batalhas, uma história interessante, uma linda arte e ótimos diálogos. Adoro as páginas onde Sven está divagando consigo mesmo, sobre fé, guerra, mulheres e vingança. Se você é fã de vikings ou de batalhas épicas do tipo, Nórdicos é uma boa obra para se ler entre os lançamentos japoneses. Irei acompanhar essa HQe semana que vem irei contar minha opinião do fim desse arco.

6º Colocado: Vinland Saga capítulos 72-75

Essa obra não precisa de apresentações. Se você ainda não a acompanha, você está perdendo uma obra de grande qualidade, com um roteiro fantástico e ótimos personagens.
No início do capítulo vemos o senhor Canude quatro anos mais velho, voltando de uma viagem à Inglaterra. É revelado que após a morte de seu pai, o rei da Dinamarca, Canude conquistou o trona da Inglaterra e seu irmão mais velho ficou com a Dinamarca, mas aparentemente, seu irmão tem poucos dias de vida. Após se encontrar com seu irmão, ele começa a delirar com o seu pai, além de ser revelado que ele mesmo envenenou seu próprio irmão.

No capítulo seguinte, voltamos à narrativa de Thorfinn, três anos após anunciar para os céus que ele nunca mais iria ferir alguém novamente. Ele e seus parceiros continuam trabalhando duro para comprar suas liberdades após terem sido sabotados.

Em seguidas vemos conflitos em ambas as narrativas. Canude tem que garantir renda o suficiente para o seu governo, e perto da fazenda onde Thorfinn trabalha, um escravo matou seus mestres e fugiu. E o fato que mais me surpreendeu, seria quando vemos novamente Leif Ericson, que passou anos procurando por Thorfinn.

Adorei a personalidade dos personagens após o pulo temporal. Mesmo após ficar muito tempo sem ler esse ótimo manga, ele ainda mantém sua qualidade, e estou muito ansioso pelos próximos capítulos.

5º Colocado: Drifters capítulos 28-30

Para quem não conhece o manga, Drifters é a nova obra de Kouta Hirano, autor de Hellsing. Esse manga tem me surpreendido muito, tendo ótimos personagens e enredo. Os primeiros volumes de Drifters são muito superiores ao início do manga de Hellsing. Não irei explicar o começo da obra, mas recomendo a todos que leiam. Com certeza farei um podcast sobre Drifters em um futuro não muito distante.

Nesses três capítulos vemos uma ótima cena de guerra, mostrando como diversos talentos individuais podem se tornar armas de guerras mortais se usadas em uma boa estratégia. Gosto mais dos personagens a cada capítulo que leio. Como Drifters usa diversos personagens históricos em um mundo de guerra, seu potencial é infinito.

As estratégias impiedosas de Oda Nobunaga com as habilidades e a liderança de Toyohisa e a mira infalível de Yoichi Nasu já os tornam uma ameaça sem precedentes. Adicione tecnologia moderna, magia e um toque de crueldade, e temos fantásticos cenários de guerra.
Essa obra tem potencial para se tornar o “Senhor dos Anéis”dos mangas atuais, com um adicional de crueldade e realidade que uma guerra traz (e sem os “hobbits” chatos).

4º Colocado: Assassination Classroom capítulos 01-02

Primeiramente, vou explicar o motivo de eu ter tantas expectativas por essa obra. A obra é do mangaka Matsui Yuusei, um dos autores mais “fumados” e únicos que já escreveram para a Jump. Esse mangaka fez uma das obras mais únicas que já li, Majin Tantei Nougami Neuro, e eu estava louco para ver sua próxima obra, ainda mais depois de saber que o seu título seria “Assassination Classroom”.

No primeiro capítulo somos apresentados a um cenário muito “fumado”, porém agradável. Uma criatura mega poderosa, que diz ser humana, mas que destrói 70% da lua e diz que vai destruir a terra em um ano. A humanidade não tem chances de deter essa criatura, mas ele faz um trato com as nações unidas. Ele quer ser professor de uma classe durante um ano, e quer ensinar seus alunos a serem assassinos profissionais para o matarem.

O monstro é muito interessante. Além de agir de forma muito engraçada, fazendo as sobrancelhas de um assassino que tenta matá-lo, ele é bem intrigante. A cor dele muda conforme seus sentimentos se alteram, deixando bem claro quando ele está com raiva. A primeira tentativa que “feri” o professor foi um ato kamikaze do aluno Nagisa, e a reação do professor foi muito interessante. No final do primeiro capítulo, os alunos o nomeiam de Koro-sensei, que traduzindo ficaria “Professor Duro de Matar”, e aparecem algumas memórias do professor em um colégio em chamas.

No segundo capítulo, vemos que Koro-sensei lembra bastante do professor Onizuka de GTO, por resolver os problemas de seus alunos de forma não ortodoxa. Ele consegue encorajar um de seus alunos a não desistir do baseball após “molestar”, com seus tentáculos, ele e o jogador que ele imitava. O professor deixa claro que ele pretende destruir a terra, mas que até o dia chegar, o mais importante para ele é ser um bom professor.
Esse manga tem feito jus as minhas expectativas, e até superou algumas delas. Não acho que ele vai ser bem rankeado na Jump, mas com certeza ele terá um público fiel. Estou aguardando ansioso pelos próximos capítulos.

3º Colocado: Zippy Ziggy capítulo 61-62

Novamente Zippy Ziggy consegue me fazer rir como nenhuma outra comédia consegue. Após sua luta contra o nudista do Niki, Seunghee e Shinji vão correndo para o “funeral” de Dukchill, que eles pensam estar morto. Shinji fala chorando em voz alta para o caixão (que ele imaginava ser do Dukchill), afirmando que vingou sua morte. Mas era na verdade o caixão de um líder mafioso, e ao mesmo tempo um de seus capangas recebe uma ligação dizendo que o responsável foi esfaqueado, e todos pensam que foi o Shinji.

O capítulo seguinte também não me decepcionou. Me tirou tantas risadas quanto o anterior. Agora no cenário do colégio, onde estão todos morrendo de calor,esse capítulo até faz piada com um personagem antigo da obra, que não aparecia faz tempo. Em seufinal,somos apresentados a um novo personagem, que deve ser importante para o próximo arco. Ambos foram capítulos forçados na comédia, que me fizeram rir bastante e merecem essa colocação.

2º Colocado: Toriko capítulo 196

Toriko é uma manga que eu nunca imaginei que iria ter tanta qualidade. Após diversos arcos interessantes, muitas lutas boas, personagens carismáticos e um cenário original e interessante.Pensei que a obra iria estagnar, como ocorreu com One Piece, mas eu estava totalmente errado. O potencial da obra melhora a cada capítulo.

Vamos começar a ver um novo patamar de poder em Toriko na luta dos quatro reis celestiais com as quatro bestas. Começamos o capítulo tendo uma idéia do poder delas: o rei das espécies Gaoujá destruiu quatro ecossistemas e matou um mamute real com apenas um golpe; o Polvo Kin Kong destruiu a “Pirâmide Gourmet” (quem leu a obra tem idéia de como isso é foda); a Tartaruga Montanha destruiu o “Inferno de Gelo”; e o Invaitdeath veio nadando pela “Cachoeira da Morte”.

Após o exército humano ser obliterado em segundos pelas bestas, temos a chegada dos quatro reis, e descobrirmos quais bestas serão seus oponentes: o Zebra vai enfrentar a Tartaruga Montanha; Coco vai enfrentar o Invaitdeath; Sunny colidirá com o mais feio das quatro bestas, o Polvo King Kong; e por último mas não menos importante, Toriko e Terry enfrentarão Gaou.

Isso já seria o suficiente para o manga ficar em segundo no ranking essa semana, mas para terminar o capítulo com chave de ouro, as falas dos protagonistas ao verem seus adversários, mesmo sabendo que se eles falharem milhões de vidas seriam perdidas, foram impagáveis.

1º Colocado: Green Blood capítulo 01-02

Quero deixar um agradecimento especial ao Daniel, que pediu por essa obra.Esse manga é escrito pelo mangaka Masasumi Kakisaki, que escreveu a obra-prima Rainbow. Não sabia que ele tinha começado uma nova obra, e quando vi que Green Blood era dele, as expectativas ficaram altas. E tenho o prazer de dizer que o manga superou todas elas.

Quando li o primeiro capítulo, fiquei muito impressionado com as páginas coloridas. A estória se passa logo após o período da guerra civil americana, onde o país ainda está dividido entre norte e sul e muitos imigrantes se concentram em Nova York, principalmente na favela “Cinco Pontos”. O cenário é muito parecido com o do filme “Gangue de Nova York”, para quem já viu.

O local é dominado pelas gangues, violência e pobreza. Por enquanto temos dois personagens, um estrangeiro trabalhador e honesto e seu irmão mais novo, que é um assassino da gangue irlandesa “Grave Diggres” chamado de “Ceifador Cruel”. O caçula não sabe que seu irmão está envolvido com gangues, e muito menos que ele matou diversas pessoas.

Além de a estória ser interessante, com um bom drama e ótimos personagens, o que mais me surpreendeu foi sua arte. Ela é de um nível profissional, com traços impactantes e realistas. Sem dúvida eles foram a melhor arte que vi essa semana, e uma das obras que mais me impressionou, merecendo então o primeiro lugar no rank.

Imbecil da Semana:

Eu fiquei em dúvida ao dar esse prêmio. Eu iria dá-lo para a Júvia, de Fairy Tail, mas ele merece ser dado ao Tobi, por explicar todos os seus planos para seus oponentes sem nenhum motivo. FUCKING GENIUS!!!

MVP da semana:

Essa semana o prêmio vai para o Koro-sensei. Ele faz as sobrancelhas de alguém que está tentando assassiná-lo. Consegue ser carismático, ameaçador, engraçado e um bom professor, tudo isso em dois capítulos.

Imprevisível da semana:

Eu fiquei com bastantes dúvidas nessa colocação, mas após pensar muito, decidi que ela merece ir para o Itagaki. Ele fez vários atos inesperados nesse volume: tenta usar o “jolt”; alcança uma velocidade impressionante; usa uma das técnicas do Wally; derrota o oponente mais rápido do que o Ippo; e o principal, a cara que ele faz após ganhar a luta, como se quisesse devorar o Ippo, o tornam o personagem mais imprevisível da semana.

E esse é o ranking dessa semana, pessoal. Espero que tenham gostado, e como comentei, que deem um feedback legal para sabermos o que vocês preferem. Menos imagens, menos obras, mais obras, e por aí vai.

Na nossa próxima review de obras falaremos do shoujo Suzuka. Então deem uma olhada nela. Até lá!

Anúncios

49 pensamentos sobre “Ranking Semanal #2 – Obra pra cacete!

  1. Cara,muito bom,mesmo descordando de bastante coisa,eu entendo seu ponto de vista!E acho que seria uma boa ideia você dizer onde podemos encontrar os mangás que ai estão.Eu fiquei com muita vontade de ler o HQ nórdicos,o Attaque,Takamagahara e Assassination Classrom.
    Depois de ver você falando sobre Gantz,eu so descordei com uma coisa:a arte.Eu acho que a qualidade da arte de Gantz caiu muito(minha opinião),cada vez mais CG,para min,so está tirando toda aquela arte foda que eu gostei no começo,os detalhes todo em CG,muitas vezes o personagem é com se não fizesse parte do cenário,e essas coisas assim,bem pode ser so uma nóia minha…
    Já HNI eu gostei bastante desses capítulos.A luta foi muita boa,aconteceu até bem rápida se for comparar com outras,e acho que foi até aceitável a fato dele ter sido tão rápido até porquê ele trocava os lados para mudar o fluxo da visão do adversário,ou algo assim,mas foi meio tenso.Mas se for comparar com as lutas do Takamura ela foi bem normal xD
    Cerberus é uma obra que ja ouvi falar mas nunca tinha lido,depois de ver sua opinião e as imagens me deu até vontade de ler.
    Vinland saga,é para min um dos melhores mangás que já li,tanto em arte quanto em enredo,e a mudança no caráter do rei foi algo que gostei muito.
    E esse Green Blood é muito foda,eu li até o cinco,eu descobri pelo comentario no ranking anterior.Uma arte gênial,sem duvidas para min,mais para frente acho que daria até um otimo cast!!
    E queria saber se você pretende fazer casts sobre Eyeshield 21 e Homunculus…

    • Eu não coloco o link de onde baixar as obras, pq se não o texto iria ficar metralhado de links. Aqui estão os que você pediu:

      Attaque e Takamagahara: http://dragonscan.blogspot.com.br/
      Assassination Classrom: http://shinsekaiscans.wordpress.com/
      Nórdicos: http://vertigemhq.blogspot.com.br/

      Sobre Gantz, a obra não e tão boa quanto o início da obra, mas as páginas duplas ainda me impressionam, mesmo com o CG.

      Sobre HNI, eu fazia boxe, e me incomoda o fato do Itagaki ser rápido o bastante para sumir do campo de visão do adversário. E todos os movimentos do Wally me incomodam, principalmente os que envolvem as cordas.

      Sobre as outras obras, concordo plenamente com você. Eu quero fazer um cast de Eyeshield 21, mas eu fui o único do grupo que li ele até agora, então ainda vai demorar. E honestamente, eu não estava afim de fazer um cast sobre Homunculos.

    • Porque Homunculos perde muita qualidade depois de um tempo. O começo foi fantástico e depois fica mediano. É uma obra boa, só não tenho vontade de fazer um podcast sobre ela.

  2. Estupratom como sempre extremamente afiado, e com uma ótima analise das obras que estão saindo no momento, e quanto as séries que eu estou acompanhando como Gantz, quando eu vi o nome dela eu nem olhei para não sofrer nenhum spoiler.
    –Obras como Bleach, Naturo e D. Gray Man, eu te parabenizo por ainda ter bolas para acompanhar, eu larguei elas de lado após um tempo, já estava de saco cheio. D. Gray Man foi a que mais me decepcionou nesse quesito pela absurda queda de qualidade.
    –Por ainda acompanhar History’s Strongest Disciple Kenichi você se torna meu herói, eu larguei ela e apague tudo sobre ela no meu HD e cérebro após o torneio na ilha, quando o Kenichi embaça pela milésima vez em se declarar, é shonen demais para uma pessoa só.
    –Uma boa surpresa saber que Ippo ainda entrega capítulos bons, mas eu desisti da série quando percebi que seria mais do mesmo para sempre.
    –Koisome Momiji parece ser o tipo de obra que eu vou ler feliz por 20 cap, e depois vou querer matar alguem, pois não vai acontecer nada, exceto a inserção de novas garotas e o protagonista continuar sendo um imbecil, se eu estiver errado me avise.
    –Adorei a recomendação de Assassination Classroom e Green Blood, vou começar a ler imediatamente junto com alguns outros títulos da lista, parece que vou ter uma ótima semana.

    • Kenichi eu ainda leio pelas cenas de comédia e luta dos discípulos. Eu liguei o fodas-se para o romance a muito tempo, ele nunca vai ocorrer.

      HNI vale a pena, acredite. Eu acompanho a obra tanto em português quanto em inglês, e é uma das obras que mais me agrada.

      Assassination Classroom é que nem Neuro, ou você adora ou detesta. E Green Blood é uma obra que estou apostando alto.

  3. Muito bom como sempre.
    Respondendo um pouco de suas perguntas:

    * “O que vocês acharam da imagem inicial?”
    Muito boa. É bem legal ter uma imagem que reuni tudo dessa forma.

    * “Estou colocando obras de mais, ou vocês querem ainda mais?”
    Para um conteúdo semanal, a quantidade de obras está muito boa. Mas para um conteúdo que sai apenas em um dia, fica meio pesado essa quantidade de obras (principalmente pois ficamos meio no vácuo nos outros dias sem postagens). Então, provavelmente seria melhor dividir em dois dias, mais espaçados com as outras postagens (ex: ao invés do #3, teríamos o #3.1 e o #3.2; ou o part1 e o part2 do #3).

    * “Estou usando imagens em excesso?”
    Não. Está boa a quantidade de imagens, mas como tem muitas obras em uma única postagem, realmente faz parecer que tem muitas, mas a quantidade está muito boa.

    É isso ai. E mesmo que você não possa dividir em 2 dias diferentes, ainda assim é bom dividir a postagem em 2 partes, pois o navegador web trabalha melhor com paginas menores (principalmente se estivermos lendo de um tablet ou celular).

    E cuidado para não ficar sobrecarregado demais. Não por causa da falta de tempo ou pelo esforço, mas pela natureza do ser humano que fica anestesiado quando lê muitas coisas ao mesmo tempo ou lê uma obra após a outra sem descanso (efeito dopamina). O quê me faz lembrar o fenômeno da Obsolescência Programada, pois sempre temos obras novas e por isso passamos rapidamente por elas, a fim de ler a próxima (não aproveitando muito bem nenhuma delas).

    • Para eu dividir o rank em duas partes, eu preciso sempre fazer ele com uma semana de atraso, para já ter o rank pronto. Prefiro publicar o rank na semana em que li os mangas, mas alguns são lançados apenas na sexta e no sábado.

      E vlw pelo feedback.

  4. Gostei das sugestões XD
    vou fazer uma listinha pra ler depois
    Tira o ecchi e os shounes da vida, gostei dos outros. Tem um outro web comic que gosto muito: “nobless” . Recomendo XD
    Acho que gantz ficou meio viajado demais…só leio pra saber como vai acabar, já liguei o foda-se faz tempo.
    Bleach vou esperar acabar e depois criar muita coragem pra terminar de ler…
    Nunca li Vinland Saga, acho que vou ler agora. Espero que não fique naquele lugar comum todo cap e nada de historia avançar.

    • Vinland Saga começa mediano e depois melhora muito, pode ler sem medo.

      Eu leio Nobless, mas o que eu realmente gosto na obra é a comédia do vampiro se adaptando ao futuro.

  5. gostaria de fazer outra recomendação pro ranking semanal:REAL de takehiko inoue
    é sobre basket tambem mas retrata a vida de um cadeirante de rodas,um inutil(kkkk),e o outro
    que acabou de sofrer um acidente

    • Conhecemos REAL cara, e me desculpe, mas infelizmente não nos interessamos pelo manga =(. E por causa disso, será difícil fazermos uma review dele tão cedo.
      O mesmo vale para o Estupra, que também não lê o manga porque acha chato (ele já leu uma parte se não me engano).

      • Não é que eu acho chato, eu li ele por muito tempo, mas depois do capítulo 51 se não me engano, eu comecei a me desinteressar. A obra não é ruim, o problema é que os n me apeguei aos personagens, e nesse tipo de drama, é necessário para aproveitar a obra.

  6. Muito bom ter um ranking semanal aqui também, acho que eu nunca vi um ranking com tantas obras.
    Comentando algumas obras:

    Naruto- Naruto tem umas coisas difíceis de engolir, além do que você comentou no post outra coisa me incomodou, Tobi reviver o dez caudas usando só uma parte do chacra da kyuubi e do hachibi, toda essa guerra começou porque ele queria os dois jinchuurikis e de repente ele não precisa mais dos dois e só de uma parte deles, achei meio forçado do tipo “vamos reviver o dez caudas de todo jeito”.

    Gantz- Esses últimos capítulos de Gantz me deram a sensação de “tempo desperdiçado” quando eu acabei de ler, de qualquer forma nos capitulos 367(já saiu em português) e o 368(em inglês) a história parece que vai começar a andar.

    Ratman- Achei o mangá divertido, e esse plot do protagonista que tem a ideologia de héroi virar vilão e confrontar os hérois que não são tão ideologicos quanto ele imaginava é interessante.

    Vinland Saga – Vinland Saga é realmente muito bom, e o que eu mais gosto nele é de como dá para “sentir” o desenvolvimento dos personagens, seus questionamentos e crenças. Principalmente do Rei que saiu de um cara medroso, para um cara forte e em busca de um objetivo, mesmo sacrificando coisas e pessoas(quase um Griffth), e de Thorfinn que depois de perder o foco(askeladd) e se descobrir um cara vazio, agora se aproxima cada vez mais dos ideais de seu pai, fico curioso pra saber como ele vai resolver seus conflitos daqui pra frente sem usar a violência.

    Irei procurar Cerberus, Nórdicos e Green Blood, são obras que tem estilos que eu gosto.

  7. acabei de ler Assassination Classroom muito original , realmente divertido … gostei .
    fumado é pouco pra quem crio esse manga , esse manga realmente dera um anime muito bom , afinal quem cara não quis de matar um professor ?
    recomendo

  8. Olá, acabei achando o site de vcs por acaso e me surpreendendo muito com a qualidade do blog de vcs.
    Gostei muito dos textos, boas recomendações não se acham todo dia. O nome me chamou atenção tb haha
    Parabéns pelo bom trabalho, e acho q comecarei a acompanhar o blog. 😀
    Keep Moving

  9. powwww eu num colocaria Bleach nem no rank e se fosse colocar colocaria em ultimo kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    naruto as vezes tem uns clichês enormes mas ta dahora ao contrário de bleach q só decai

  10. Adorei este Ranking, conheci mangás interessantes como:
    -Ratman: Nunca pensei que um manga que tem conteudo de herois com fantasia (tipo Power Rangers, por algum motivo não consigo gostar deles), fosse me interessar, é uma obra que promete muitas coisas, alem de ser super engraçado. Querer ser um heroi, mas acabar virando um vilão, é o maximo. Mas o melhor de tudo são os Jacky, toda vez que eles aparecem quase morro de rir.
    -Takamagahara: Um dos tipo de mangá que gosto, comédia e luta, mas sem enrolação, para mim ele está indo bem, apesar de só ter lido 3 caps, espero mais para o futuro do manga, espero não me decepcionar. E concordo com você quando diz que o ponto forte do mangá é sua relação com os irmãos, eles são hilarios, e os exercicos deles então?
    -Attaque: me supreendeu, apesar de não gostar de “original web comic”, no maximo só li uns duas obras do tipo, acho meio estranho (por falar nisso fiquei sabendo hoje que este tipo de obra era “original web comic”, aprendi mais uma coisa com o Ecchi Must Die). Como tava dizendo, ver um valentão virar um fracote, é uma coisa que todos gostariam de ver, com certeza esta obra tem muito para mostrar ainda, ainda mais com o aparecimento de alguma mais forte que ele.
    -Assassination Classroom: como na obra Majin Tantei Nougami Neuro, que me apaixonei no primeiro cap, foi com esse, é incrivel como a historia foi mostrada. um professor maluco, uns alunos mais malucos ainda, é perfeito. e o fato dele ao mesmo tempo que diz que vai destruir a terra ele ajuda os alunos como um professor de verdade. Matsui Yuusei, é incrivel.
    -Zippy Ziggy: é um dos que acompanho desde que foi lançado pela OtakuYo, pura comédia, do primeiro até um ultimo cap lançado, não tem um que seja serio. O que mais me impressiona é que ele é um pior do manhwa inteiro, e nunca se ferra, tudo o que ele faz parece que vai dar errado, mais ele sempre se da certo. Como no cap 07, o que ele fez com o Dukchill, aquilo foi o maximo, a cara do Dukchill foi a melhor.
    Já os outros como Fairy Tail, Naruto, D.Gray-man, Bleach, Gantz, History’s Strongest Disciple Kenichi, Claymore, Cerberus: são uns dos que começei a ler mais, desisti depois de um tempo, não me chamava mais a atenção, e historia começou a ficar um porre,por isso deixei, apesar de ter assistido o anime de D.Gray-man completo mais, o mangá não levei para frente.
    já os Nórdicos, Vinland Saga: nunca li, por causa do que ele diz, não sou muito fã de mangás com guerra, e historico, não fazem meu estilo. mas não que a obra pareça ruim, é só por birra minha mesmo.
    Bom é isso, espero pelo proximo ranking, obrigada!
    Kissus.

    P.s: não sei se vocês já leram, mais a uns dias encontrei dois mangá, um que pareçe meio antigo, chama-se Tende Freeze!, e o outro chamado MxO, gostei muito dos dois.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s