EMD Cast #17: Review – Suzuka

Suzuka é um shoujo que se destaca pelo seu tamanho, e também por ser um mangá não tão pequeno que consegue manter uma ótima qualidade.
A obra prova de que shoujos não são apenas para garotas, apresentando todo um enredo na visão de um jovem garoto.
Devo comentar que falaremos apenas do manga da obra, pois o anime é BEM menor, ou seja, provavelmente MUITO fraco e formado apenas por um gigantesco filler.
Com direito a sexo, morte e muito mais, eu lhes apresento a review do Ecchi Must Die de Suzuka!

E para os que não entenderam no último post de notícias (para quem leu), vocês presenciarão neste cast a volta da nossa ilustre fênix de purpurina: Gutinho!
Deem boas vindas à ele e presenciem um cast bem engraçado, com nosso comediante em pessoa em seu auge!😉

 -> PODCAST <-

Lembrando que recomendamos que baixem nossos podcasts.

Para fazer o DOWNLOAD e/ou ESCUTAR ONLINEBox.

EMD Cast #17_ Review – Suzuka.mp3

(para baixar, clique com o botão direito do mouse e escolha a opção “salvar link como”)

*As informações desse cast podem ser encontradas no final deste post.

– Informações Gerais –

Onde baixar: no nosso parceiro Chrono
Leitura online: Central de Mangás.
Status: completo.
Volumes: 18.

*Para saber sobre as músicas utilizadas no cast ou caso tenham qualquer dúvida, entrem em contato conosco.

58 pensamentos sobre “EMD Cast #17: Review – Suzuka

  1. Em Suzuka concordo 100% com vocês, acho a obra muito boa e como o “estupra” mesmo disse se o final fosse um pouco diferente seria uma obra genial. O anime têm uma historia muito próxima do mangá, só que bem mais rápida. Não irrita, mas não chega a ser genial.
    Acho que vou esperar um Review de Love Hina, que é o meu mangá favorito, e com certeza vale muito a pena, embora tenha sido estendido demaisssss.
    Depois de ouvir vocês falando sobre Ichigo 100%, tive uma nova visão sobre a obra, mas ainda assim me irrita lembrar que na minha opinião a obra é um acumulo de nada.
    Estou ansioso pelo tão comentado review de Evangelion e tbm sobre os reviews de shoujo, a qualidade do material só aumenta.
    E falando sobre shoujos vou deixar uma pequena indicação, “Suki-tte Ii na Yo”, é uma obra recente até que vai ser lançada em anime nessa temporada, vale a pena dar uma conferida.

    • Corrigindo, esse Sukitte Ii na yo terá um anime na temporada Fall, a próxima, e já adiantamos que, mesmo a Fall sendo normalmente a melhor, pois eles tendem a colocar as melhores obras nesse período, a desse ano está absurda!😉

      Vou pensar se leio o manga antes do anime, mas provavelmente verei o anime mesmo, pois já tenho muita coisa pra ler. Agora, sobre Love Hina, você vai ter que ficar com as opiniões do Estupra e do Gutinho mesmo, porque pra mim aquilo é lixo (pelo menos o anime, e o manga não parece ser muito diferente na questão da comédia), infelizmente. E sobre o cast de Evangelion, o Estupra contará com a ajuda de um novo membro nosso, que já leu muito sobre a obra também. Os dois explicarão detalhadamente todo o enredo “complicado” de Evangelion. E por último, sobre Ichigo 100%, a obra terá um cast no futuro, provavelmente próximo do cast de Love Hina.

      • Trilles concordo 100% com você que o anime de LH é um lixo, talvez a pior coisa já feita. e não têm nada a ver com o mangá. Aquilo foi uma viagem muito louca de alguém e desmerece totalmente LH.
        Agora o Mangá, é uma comédia muito boa, talvez de para avaliar LH em duas fases até o volume 4 em que ele é um mangá de romance, e a seguir dessa parte que ele vira um mangá de comédia descarado.

  2. Muito bom o cast! Legal o Gutinho de volta.
    Suzuka é uma obra muito boa mesmo.
    O esporte é bem explorado. Apesar que só me dediquei as lutas (não olímpicas) e aos estudos diversos, entendo muito bem (na pele) os esforços e sacrifícios para se chegar em um nível cada vez melhor. Jogar isso fora, é algo muito extremo mesmo. Principalmente por causa das vantagens que um bom esportista recebe em muito países (entrada garantida em universidades, empregos mais fáceis e por ai vai; no Brasil não tem isso).
    Brilha Brilha Estrelinha de fundo quando falando de envelhecimento, ehehehehe

    • Realmente, acertou em cheio, Daniel. Eu fui federado em natação durante toda a minha infância (por uns 10 anos) e sei muito bem como é difícil melhorar um tempo em segundos. E mesmo eu tendo feito o esporte por obrigação e não por vontade própria, acho que me coloco no mesmo estilo que o Akitsuki, pois ele também não ligava muito pro esporte (pelo menos nem tanto), mas quando você vê que é possível melhorar, dá duro e consegue, é um ótimo sentimento. Me conectei muito com o personagem por isso, e consegui sentir na pele tudo que ele estava sofrendo não só para melhorar, mas também com a porra da Suzuka enchendo o saco toda hora. -_-

      Haha. Obrigado pelo comentário como sempre e até a próxima!😉

    • Não sei se você viu as últimas notícias do site, mas em breve estaremos fazendo um post especial, e nele terá um podcast explicando e comentando toda a obra de Evangelion. Será ainda mais detalhado que um podcast, acho que você vai gostar.

  3. suzuka não é shoujo esta mais para um seinen ou ate memso um shonen, foi publiaco na Shounen Magazine e outra pelo proprio universo da obra da para se perceber que esta muito longe de ser um shoujo, o manga gira em volta do protagonista tendo praticamente o seu “haren” com varias meninas a sua volta sem tirar o fanservic ecchi.

    • Me desculpe amigo, mas não, a obra não é um shounen, e muito menos um seinen. Nós faremos no futuro alguns casts explicando o significado, dando exemplos e comentando sobre alguns gêneros, mas por enquanto, tentarei ser breve.

      Basicamente, na visão ocidental, o termo “shoujo” é uma característica (ou gênero) dado à mangas ou animes que são mais focados para o público feminino de 13 à 17 anos de idade. A estória de Suzuka, mesmo sendo na visão do Akitsuki, como já comentamos no cast e em nosso texto, fica mais do que claro que o personagem principal da obra é a garota, pois até mesmo quando ela fica fora por um ano inteiro, o manga pula um ano, como se a estória sem ela não fosse importante, exatamente porque não é. O manga é focado na garota, só que na visão de um jovem apaixonado por ela, o que torna a obra um shoujo diferente da maioria, o que despertou o nosso interesse.

      Espero que tenha entendido. Obrigado pelo comentário e até a próxima.😉

      • 1° você ja começa errado por que shoujo é um denominador demografico não um genero.

        sukuza pode ser do genero romance do genero esportivo etc etc.

        porem é um shonen, no maximo um seinen.

        Shonen/shoujo e todos os outros é um publico alvo.

        se o manga for feito visando agradar garotos é shonen, mais maduro para agrar homens um seinen.
        Olhe para a revista onde foi publicado e veja qual é o publico alvo desta.

        e sukuza é obviamente um manga feito para agradar mais garotos do que garotas.

        • Apenas leia minha resposta ao seu amigo. Estão começando a se repetir por falta de argumentos.

          Novamente, e pela última vez, o shounen deles NÃO É o shounen usados por nós no ocidente. Quantas vezes terei de falar? E sobre suzuka ter como público alvo homens… Bem… Acho melhor encerrar o assunto por aqui pra não ser mais grosso.

      • Só pra deixar claro, tudo o que comentei foi partindo do pressuposto de que a classificação ocidental existe e que funciona da maneira em que foi comentada acima.

    • Concordo com o amigo Carlos.
      O mangá foi serializado em uma revista Shonen, portanto é um shonen independente do que ele aparente ser, afinal, essa classificação é dada de acordo com a revista em que é publicada. Falar que é shoujo é o mesmo que falar que I”s (mangá de romance publicado na Weekly Shonen Jump) é Shoujo.
      I”s e Good Ending, por exemplo, tem climas parecidos com os de Suzuka e nem por isso são considerados Shoujo. Falar que Suzuka é um shoujo é quase como negar a existencia de romances shounen no estilo desses dois que citei anteriormente. Voltando a falar de Suzuka, não acho que a garota seja a personagem principal em nenhum momento, do contrário não existiriam tantos eventos que não tem quaisquer impacto sobre ela. E mesmo que ela fosse a personagem principal não vejo como isso poderia indicar que o mangá se trata de um Shoujo.
      De qualquer forma, parabéns pela Review. Espero ansiosamente por uma review de I”s, é um mangá de romance sensacional, na minha opinião, bem melhor que Suzuka.

      • Mestre Kundou, Death Note foi um manga publicado na Shounen Jump também. Você o considera um shounen? Ou você gostaria que eu lhe explicasse a diferença entre o shounen DELES e o NOSSO (ocidental)?
        Como já comentei, nossas classificações são diferentes das deles, logo, não tem como classificarmos um manga ou um anime como shounens apenas se baseando em revistas. E outra, eu conheço revistas que publicam mais de 2 gêneros de obras. O que você acha delas?

        Agora sobre você falar que a Suzuka não é o personagem principal, tenho duas recomendações para você.
        1 – Vá reler o manga, pois acho que você não o entendeu.
        2 – Caso não tenha entendido depois de relê-lo, espere crescer mais mentalmente e depois o leia de novo.

        Sobre sua última frase (antes da recomendação), eu diria que de fato acho você simplesmente não sabe o significado dos gêneros de mangas e animes. Recomendo ler um pouco antes de fazer comentários errôneos sobre coisas que você desconhece.

        Obrigado pelo comentário, e sim, no futuro faremos uma review de I”s (provavelmente).
        Posso ter parecido um pouco grosso, mas me desculpe, tenho fraqueza à ignorância.

      • Penso que realmente lhe falta um pouco mais de conhecimento acerca do que comenta. É realmente triste que não consiga ao menos ter respeito na hora de responder a uma opinião contrária a sua. Se você acha minha opinião tão ignorante então você deve achar que os grandes sites: Animelist, Mangaupdates, Mangahelpers e Mangatraders estão errados e que são igualmente ignorantes. Se você considera sua opinião correta então você está discordando dos maiores/mais conhecidos sites americanos do ramo. Sinceramente não consigo crer que sua opinião valha mais do que a desses sites. Se você estivesse certo obviamente outras pessoas iriam reclamar de tais informações consideradas errôneas por você. Como não acontece, tendo a crer de que o errado é você. Infelizmente tive de usar sites como parâmetro de comparação pois percebi que você é mente fechada e não dará o braço a torcer. Principalmente porque nunca se daria ao trabalho de ter de reescrever a review.

        O que está evidente é que você não sabe diferenciar demografia de gênero.
        Você pode perceber que não achará um gênero chamado Shonen no animelist por exemplo. Porque isso não é gênero, é uma demografia que representa o publico alvo de uma determinada revista. Pode ver também que o anime de Suzuka consta apenas como romance e esporte enquanto seu mangá aparece como Shounen. Shounen/Seinnen/Josei/Shoujo não são gêneros. Acho que você é quem precisa urgentemente se informar melhor, principalmente por se tratar de alguém que tem a obrigação de se manter bem informado. Revistas lançando diversos gêneros diferentes é a coisa mais normal que existe. Mais uma vez você pecou misturando demografia com gênero. Na própria Weekly Shonen Jump existem mangás de romance, de luta, de comédia e de esporte, isso são gêneros.

        Acho que antes de você sair falando que falta conhecimentos aos outros procure expandir o seu próprio, tentar ao menos compreender o que os outros querem passar. Estou perdendo o meu tempo aqui porque tenho certeza de que não estou falando merda. Existe inclusive um podcast em outro blog (não sei se devo citar o nome) que trata inclusive disso que estou falando e que explica essa diferença exatamente para sanar as duvidas de pessoas que pensam exatamente da mesma forma que você. Acho que ainda assim não conseguirei te convencer mas, ao menos, dei provas o suficiente de que as chances de sua opinião estar incorreta é absurdamente grande.

        Sobre Suzuka, acho perda de tempo entrar nessa discussão, principalmente porque não tem como comprovar nada, diferente do lance de demografias. O mangá é totalmente simples, não há razões para procurar por algo inexistente. Pra qualquer pessoa que leu fica óbvio de que Suzuka é a heroína. O próprio nome do mangá já diz tudo mas em momento nenhum ela se torna a personagem principal, existem diversas passagens que envolvem coisas que afetam apenas o protagonista. A unica coisa em que possa concordar é que o mangá é diferente por desde o começo deixar claro que o foco é a Suzuka.

        Posso ter parecido um pouco grosso, provavelmente bem menos que você, mas ainda assim não pude evitar, principalmente pela resposta que obtive após dar uma opinião sobre o assunto. Só para finalizar, isso vai parecer extremamente hostil mas tenho de falar: Você quer desqualificar meu argumento mas nem ao menos tem a decência de escrever meu nome corretamente? Isso realmente deixa duvidas sobre sua real capacidade de leitura.

        • Cliquei em ação e depois na primeira obra que olhei: http://myanimelist.net/anime/305/Abashiri_Ikka. Gêneros: Action, Comedy, Shounen. Um ponto seu já foi quebrado.

          Sobre os “grandes sites” que comentou, não sei se você sabe sobre isso, mas todos eles são feitos por USUÁRIOS. Que assim como você, podem facilmente errar ao escrever sobre uma obra.

          Chamamos tudo de “gênero” pois o público não entenderá e nem ligará para a diferença, então não me venha com aulas, por favor. Além do mais, os “grandes sites” que você informou colocam tais termos como “gêneros” também, concordando com o que falei de ser algo mais acessível a população. Neste momento, você está sendo incoerente no seu próprio comentário, é só relê-lo.

          Sobre seu comentário final, apenas poderia dizer que estava rindo tanto, junto com todos os meus amigos que leram o comentário junto comigo (mais ou menos umas 15 pessoas comentando como você não tinha conhecimento sobre o assunto e era apenas outra pessoa “mainstream” qualquer querendo discordar do canal) que não prestei atenção no seu nome (ou o certo, nick), e por isso, me desculpe, “Kindou”. Você não foi grosso de maneira alguma. É como já comentamos várias vezes em nossos casts ou textos. Ser grosso é uma coisa, mas ser ignorante é outra completamente diferente. Se seu português não for tão ruim quanto parece, tente reler seu próprio comentário que perceberá ter falado três vezes sobre a mesma coisa (gêneros) e ter se equivocado em seu próprio texto.

          Obrigado por tentar aparecer, senhor, mas você está falhando miseravelmente. =(

          PS: Se alguns de nossos leitores (e alguns aparentam ser inteligentes, devo dizer) concordassem com o senhor, já teriam comentado a mesma coisa, mas apenas você e o rapaz anterior, que nunca postaram algo por aqui, vieram reclamar sobre a obra ser um shoujo. Comento novamente… Estranho não falarem sobre termos colocado Death Note como seinen, pois como já foi dito antes, ele foi publicado na Shounen Jump. E para finalizar, digo que aprendi mais sobre os “gêneros” japoneses em questão, por causa de um dos nossos leitores. Isso mesmo. Eu não sou tão ruim em escutar os outros.

      • Pessoal, me deixe entrar na discussão um minuto.

        Primeiramente, sobre os sites que você falou, aqui está o do myanimelist:

        http://myanimelist.net/manga/430/Suzuka

        No myanimelist, que é o mais confiável, não está classificado como shounen, e aqui está a lista do dos mangas classificados como shounens no site:

        http://myanimelist.net/manga.php?genre%5B%5D=27

        O argumento que você usou falando que não encontraria gênero shounen, e todos do link que eu mandei tem essa classificação.

        Em segundo, o site mangatraders:

        http://www.mangatraders.com/manga/series/30

        O manga treaders é o site mais exagerados em gêneros. No de Suxuka, além de
        estar o gênero shounen, também está o gênero Harem, o que está errado.
        O mesmo problema ocorre com o site Baka Updates.As pessoas que escrevem nos sites citados, se baseiam na classificação usada no oriente, colocando, como o Trilles já disse, até mesmo obras como Death Note com classificação “shounen”.

        E se você quiser, posso listar diversas obras de ambos os sites que colocam muitos gêneros, tendo diversos errados. Os gêneros são são escolhidos por especialistas, e sim por usuários.

        Segunda discussão, gênero e demografia.

        Primeiramente, vocês tem que entender como funcionam os gêneros. A classificação oriental e ocidental é diferente.

        Na classificação japonesa, os termos shonen, shoujo, josei, seinen, e muitos outros são apenas uma separação por idade e pela sexo do público alvo.

        Na classificação ocidental, shounen é considerado mangas com tema esportivo, aventura, luta e romances ecchi, tendo características próprias do gênero.

        Na classificação oridental, Suzuka é um Shounen, e na ociental ele é um Shoujo. Nós usamos a classificação ocidental, ela não só não está errada, como em termos de informações técnicas, ela é a mais correta.

        E mais uma coisa, só porque uma obra é serializada em uma revista shounen, ela não a torna shounen.

      • Não sei se realmente existe e/ou como funciona tal classificação ocidental, procurarei depois, mas dado meus argumentos fica bem lógico que eu me referia a classificação oriental. A própria explicação do Estupratom sobre a mesma só reafirma o que eu havia dito e torna ainda mais irracional o deboche do Trilles que aparentemente só sabe responder a comentários positivos em todos os aspectos. Quanto a classificação do animelist não imaginava que não seguisse um padrão, acabou provando-se um exemplo falho. Só mostra que em sua classificação existe uma mistura da classificação oriental com ocidental pois muitos são classificados de acordo com a revista em que é publicado.

        Quanto ao lance da demografia, segundo o que você mesmo disse, Estupratom, se na classificação oriental só é levado em conta o publico alvo então o que torna o mangá um shonen, é sua revista (na classificação oriental).
        Dado isso tudo, tenho de perguntar, onde me equivoquei? Aparentemente tudo o que falei condiz com as classificações orientais.
        Se você, Trilles, acha isso errado então é porque se baseia totalmente na classificação ocidental e nem sequer percebeu sobre o que eu falava, taxando tudo como errado. Quanto aos outros comentários ofensivos não faço questão de responde-los, foi um belo exemplo de imaturidade, é aquele típico raciocinio: “Não posso vencer com argumentos então partirei para o ataque, criticarei coisas sem sentido e farei deboche”. Só duas perguntas: O que seria tentar aparecer? Qual seria o sentido disso? Seja mais sensato.
        Enfim, ali no começo você diz que não poderia ser Shounen mas até seu amigo concordou que na classificação oriental é um Shounen. Isso não é prova de que você estava errado?
        De qualquer forma, parabéns ao Estupratom que esbanjou a sensatez que te falta ao explicar a diferença entre as classificações ocidentais e orientais sanando todas as minhas dúvidas e as do Carlos (provavelmente) mostrando que afinal era tudo um problema de perspectiva ao mesmo tempo em que não desmereceu ninguém e até concordou em pontos que só você se recusa a enxergar.

        Só queria deixar claro que em momento nenhum quis causar essa discordia tanto que em momento algum fui agressivo em meu primeiro comentário, se o problema era tão simples como uma diferença na classificação usada não vejo motivos para tamanha alteração. Ao menos isso tudo serviu de algo, acabei descobrindo sobre essa classificação ocidental. É por essas e outras que fica bem claro quando a pessoa realmente sabe do que fala, até o teor do comentário é diferente. Pelo menos Trilles já tem com quem aprender.

        • Nuss, que bom que você entendeu agora. Kindou, minha indignação surgiu, do fato de eu ter comentado sobre a classificação ocidental, e depois disso, você vir indagando sobre essa parte da review estar errada. Além do mais, em todos os nossos outros casts também seguimos essa classificação, pois é o mais normal, já que somos do ocidente. Você não está errado em dizer que Suzuka é um shounen para os orientais, não mesmo, o problema é que não somos do oriente! Entende? Sobre o “não posso vencer com argumentos, o Estupra, como ele mesmo já disse, repetiu tudo que eu falei. Se reler, perceberá isso. Inclusive, eu revisei todo o texto que ele escreveu e ainda ajudei a completá-lo.

          Em meu texto que eu falei mais de 30 vezes sobre existirem duas classificações. Inclusive, me repetindo de novo, dei o exemplo de Death Note mais de uma vez. Por isso, espero que você tenha aprendido algo, amigo.
          Me desculpe por ser grosso, mas não admito que me digam estar errado sem bases para isso. E o pior, sem nem entender o que eu escrevo.
          Até a próxima.

    • Kindou, eu não disse que você estava equivocado, só quis mostrar os pontos.

      Ambas estão certos, só que estão usando classificações diferentes. E que eu realmente quis te corrigir foi sobre os sites. Acredite, o gênero deles muitas vezes não é confiável.

      O Trilles se irritou pq ele tinha falado a mesma coisa que eu, só que de forma menos explicativa. Ele explicou era uma classificação diferente, e ele tinha falado bem educadamente na primeira vez. Se você se sentiu ofendido, peço desculpas por ele.

      Espero que você tenha entendido nossa classificação. Esses mal entendidos são bem comuns, eles ocorrem bastante com os termos shoujo, yaoi, BL e shounen-ai. E quando for esses termos que causam confusão, nos explicamos ele no podcast, como tenha quase certeza que foi explicado no caso de Suzuka.

    • Lerei (emos) esse Uzumaki, mas além dele, teremos sim casts de mangas de terror/horror. Um deles já está por vir, mas adianto que não serão muitos, já que obras boas do gênero são raras (em nossa opinião).

      Porém, caso tenha outras recomendações, ficaremos felizes em conhecer e ler outras obras de terror/horror.😉

    • AHHHHHHHHH VOU FICAR MALUCO!! haUHAuaHuaH

      Respondemos a esse comentário já Doodle. O fato é que existem dois tipos de classificação. A ocidental e a oriental. Nós usamos a ocidental, que é bem diferente da usada no Japão. O manga é sim um shounen para os japoneses, mas na visão ocidental é um shoujo. Apenas leia os outros comentários se quiser que entenderá. Sabíamos que isso causaria bastante confusão.

      • Dei uma lida na discussão e, sei lá, acho que seria mais fácil dizer que em teoria, Suzuka é sim um shounen, mas na prática podemos considerar um shoujo, tem todas “características” de um.
        Nenhuma das opções é errada, e nenhuma é “mais certa” que a outra. Quem quiser seguir à risca, pode chamar de shounen, sim, mas parando pra analisar pode muito bem ser chamado de shoujo.

        Por exemplo, não considero errado chamar Death Note de shounen. Foi publicado em uma revista direcionada para jovens garotos (que é o que define um shounen, em teoria), logo o público alvo é esse grupo. Mas tem todas características de um seinen, na prática pode ser considerado um.

        Posso ter me enrolado um pouco, mas é mais ou menos essa minha opnião. Parabéns por outro cast muito bom, valeu!

        • Não é “mais ou menos” não Submarino, você está completamente certo.😉
          De fato as coisas se complicaram por aqui, mas acontece…
          O problema maior foi o cara comentar dos sites. Um exemplo claro do erro desses sites é o caso de Nana, uma obra que terá uma review nossa em um futuro próximo, e que basicamente eles colocam como shoujo E josei. Como pode? o.O : http://myanimelist.net/manga/28/Nana

          Mas é isso, obrigado pelo comentário.

      • Não me FODE!!!!

        Zuera, se vocês tiverem afim votem em Naruto, mas vai ser uma meteção de pau.
        Essa semana escrevi uma página inteira sobre o capítulo de Naruto. O texto sai no próximo ranking semanal.

  4. Eu so acho que ele é um shonen!!
    Brinks nao importa o genero, importa é que me agradou =p. Jaja escuto o cast.
    Pretendem fazer Doubt? uma obra pequena e boa na minha opinao.
    Valeu.

    • Essa é uma obra que pretendo fazer. Provavelmente vai ser a segunda obra de “terror” (considero mais um suspense do que um terror) que iremos fazer.

  5. Suzuka é realmente um bom de romance. As obras de Seo Kouji que tive oportunidade de ler valeram a pena(Considero Kimi no Iru Machi incluse melhor do que Suzuka).

    Falando especificamente de um dos protagonistas(Yamato):
    Considero como pontos fortes dele, o que foi citado no podcast dele ser um cara sem muita “frescura” como é comum em vários mangás/animes, e a evolução que ele tem quando se torna capitão lá da equipe de corrida e posteriormente quando ele vira trabalhador e pai de familia.
    Como ponto fraco, essa obsessão e quase masoquismo que ele tem por Suzuka, eu me irritei algumas vezes em como ele decidia o rumo da vida dele só pra agradá-la.

    Para quem ficou com alguma saudade de Suzuka(do mangá claro, porque da personagem é difícil), Kimi no Iru Machi tem algumas referências e “participações especiais”(mostrando os personagens em segundo plano ou indiretamente) dos personagens de Suzuka, até pra mostrar que os dois mangás acontecem em um mesmo Universo.

    • Sim, nós conhecemos Kimi no Iru Machi. Na verdade, dois de nossos membros acompanham os lançamentos da obra, e eu possivelmente a lerei também.
      Provavelmente faremos um cast dela, mas será bem para o futuro, já que os próximos casts estão todos prontos/marcados.

      Obrigado pelo comment e até a próxima.😉

  6. Terminei de ouvir aqui, realmente falaram muita coisa que eu penso.
    Quanto ao ichigo 100% o final realmente supreende d+.
    Quanto ao wolf guy que vocês comentaram, sabem onde eu posso achar pra donwload, tentei pega na godhand mas os links ta tudo off.
    Valeu.

  7. Cara eu li Suzuka e assim não sei se meu conceito de mangá Shoujo está errado mas não senti esse ar feminino em Suzuka, assim como em Kimi no Iru Machi, ( titulo recente do mesmo autor que por sinal é muito bom e aparecem algumas cenas com personagens de Suzuka) ficou parecendo um tipo harem mas sem muitas garotas para escolher e o fato de ter o foco no Yamato ficou bem descaracterizado do Shoujo. Enfim eu li e recomendo é uma boa obra e quem quizer ler um titulo muito bom recomendo o que eu citei no comentário que é muito melhor.

    • Opa, obrigado pelo primeiro comentário aqui Ricardo-kun, e sim, esse tema entre os gêneros já gerou muita polêmica por aqui, e irá gerar ainda mais (eu acho) com o cast de Bitter Virgin que virá.

      O que não entendo, como já comentei várias vezes, é por pessoas reclamarem de colocarmos Suzuka como shoujo e não reclamarem de colocarmos Death Note como seinen. Mas existem dois tipos de classificação, como já citamos. Uma seria a que classifica a obra pelo que ela apresenta e o que aparenta ter como público alvo, e a outra seria como ela foi lançada no Japão. Suzuka foi lançada como shounen, colocamos como shoujo e as pessoas reclamam. Death Note foi lançado como shounen, colocamos como seinen e as pessoas não dizem nada? É questão de entender que seguimos a caracterização ocidental, que visa mostrar o que o manga parece focar como alvo.

      E sobre Kimi no Iru Machi, todos nós conhecemos a obra.

      Novamente, obrigado e até a próxima.

  8. Olá, Eu ainda não tive a oportunidade de ler esse mangá. Só vi o anime( o tar de filler?!)
    Achei muito interessante o que foi dito aqui. Principalmente sobre o grande spoiler que é o nome do trabalho “Suzuka”. Ao meu entender, se ele não tivesse esse nome, seria muito mais interessante. Essa ambiguidade para descobrir quem seria o protagonista da estória traria um ar misterioso?!
    Outra coisa é o que vocês falaram do Akitsuki não ser um ‘bucha”. Eu acho que a pior coisa do mundo é ver um trabalho de romance onde o protagonista é um bucha, quando eu comecei com animes e mangás desse tipo, eu até achava engraçado ou não me incomodava. Mas, hoje em dia, nem chego perto. O que me lembrou de uma situação que rola muito em mangás/animes: A mina praticamente fala “me come” e se esfrega no cara, e o carinha não da o bote (nem um eunuco se acovardaria numa situação dessas).
    Mas vai ver, ele seja assim pq a estória não é sobre ele e sim sobre Suzuka?! Já que a visão de quem é o protagonista é “invertida”. Se for isso, foi uma bela sacada pra não ficarmos sempre vendo um bucha enchendo o saco.
    Bom, adorei o trabalho de vocês e pra mim Suzuka seria um shoujo. Não por que está classificado assim ou porque disseram em algum lugar, é a minha opinião que tenho sobre ele. Ou então se eu fosse pensar mais profundamente talvez um shoujo e shonen ao mesmo tempo, pelo foco no atletismo. Bom, é minha opinião e interpretação do mesmo.Então não fiquem chateados com esses tipos de comentários que criticam o que vocês disseram e ainda pedem outros reviews , só para terem mais o que criticar.
    Cada um tem sua opinião, impor ela não é sábio e sim teimosia. Adorei o trabalho de vocês então não se preocupem com besteiras empurradas à vocês, como crasificaçoeis ou generenlos😛 Uma vez estava conversando com um amigo sobre os pseudos- otakus, que se acham otakus só pq sabem o nomes de todos os personagens de uma série… isso só prova q ele tem boa memoria, isso sim😛

    • Exato Fábio. Interpretamos Suzuka desse jeito, mas obviamente isso não é uma verdade absoluta e sim apenas nossa opinião, pois vemos o manga como uma tentativa do autor em criar uma idealização feminina de um romance perfeito (eu acho), com um personagem que, como já comentamos, parece mais um “príncipe encantado” do que qualquer outra coisa.

      Obrigado pelo primeiro comentário aqui e esperamos que apareça mais! Amanhã lançaremos mais uma review de um ÓTIMO manga que terá uma OVA nessa Fall Season. Até a próxima.😉

  9. Yoo Bom Eu só tenho uma coisa para descorda o Anime tem 26 EB.
    Então não pode falar que ele é PEQUENO o anime é BEM legal e interessante claro só não mostra as partes de SEXO (666 Mais ele é muito legal, porem o manga deve ser muito bom também!

    • Opa! bred, na verdade o que dissemos sobre o anime ser pequeno, é que ele é pequeno COMPARADO ao manga, que tem 18 VOLUMES! E não, nem no manga tem cenas de sexo. Na verdade estávamos só comparando o tamanho dos dois, mas não vimos o anime, logo, não podemos julgá-lo como ruim ou bom, porém, ele é um filler, já que o manga tem 18 volumes e é impossível transformar 18 volumes em 20 e poucos episódios. Principalmente quando se trata de um manga que tem tantas falas como Suzuka.

  10. Muito bom o cast.
    Eu ja tinha assistido o anime à alguns anos atrás e passou batido. O mangá é realmente melhor.
    Concordei bastante com a maioria do q vcs disseram, só uma coisa que me deixou incomodado.
    Pq vcs acham que Suzuka é shoujo? Eu gostaria muito de saber, pq não importe por qual angulo eu olhe o mangá é um shonen.
    O traço é de shonen, a revista em q foi publicada era uma revista shonen, msm que seja pouco ainda há o ecchi e o harem que o autor preferiu não aprofundar.E não esqueçamos que o protagonista é o Yamato, não a Suzuka. Vcs podem falar que sem ela a história pulou um ano, mas não é por isso que ela se torna a principal. Se formos olhar por esse ponto vemos que entre escolher mostrar a vida do Yamato no japão e a da Suzuka nos E.U.A., o autor escolheu mostrar o do garoto. A Suzuka é uma personagem importante a vida do garoto gira ao redor dela, mas não é a principal de jeito nenhum.
    Além disso tudo, como acredito que vcs saibam, o rotulo seinen, shoujo e afins são para designar um publico alvo e nesse caso o publico é obviamente o masculino. O mangá tem varias mulheres, ecchi (por mais leve q seja) e o ponto de vista totalmente masculino são traços de obras shonen. Que Shoujo tem essas caracteristicas?
    Compare Suzuka com Love Hina (Que é shonen, tds concordamos com isso né?) e qualquer mangá shoujo de sua escolha e aposto que Suzuka será mais parecido com o primeiro.
    Enfim, é isso. Só queria entender a mente de vcs, pq classificar essa obra como shoujo não faz sentido algum.

    • Que bom que gostou.
      Bom, vamos lá. Já comentamos muito sobre isso nestes mesmos comentários, mas vou resumir tudo.

      Mesmo o manga Suzuka tendo Yamato como seu “narrador” (a estória é contada pelo ponto de vista dele), ou seja, Yamato sendo o “personagem principal” da obra, percebemos em vários casos, que o personagem de real importância, aquele que vemos evoluindo, só que de outro ângulo, é Suzuka, que inclusive tem o nome do manga. Acho que comentamos sobre isso no cast, não lembro, mas enfim, o ponto é: em todos os momentos em que Suzuka (a garota) não é o foco, o autor pula no tempo, como quando ela viaja e o autor simplesmente pula um ano. Ele quase não mostra a vida de Yamato separado dela direito. Na verdade, interpreto o pouco que ele mostrou de Yamato como: “olha como a vida dele SEM ELA é chata…”, entende? A amiga de Yamato que pretende namorar o cara é às vezes colocada como foco, mas mesmo quando ela diz ao final de um volume “Não vou desistir dele!”, vemos ela logo em seguida desaparecendo da estória por três volumes inteiros. O Yamato faz o papel do “príncipe encantado” que é o par perfeito para Suzuka. Um cara que acaba se importando com as mesmas coisas que ela. Que leva em consideração tudo o que ela fala (principalmente na parte final).
      Yamato é colocado como o “errado” a todo o momento no manga, como se ele só cometesse erros, e depois os resolve, voltando a ter um bom relacionamento com a personagem (Suzuka).
      Uma coisa é um personagem principal, e outra é o personagem foco. Personagem principal é aquele que normalmente mais aparece na obra, que serve como base para o enredo, que evolui bem e que em certos casos se torna o “narrador” (vemos o enredo pelos olhos dele), enquanto personagem foco é aquele que, mesmo em entrelinhas, é o foco do autor. O manga inteiro, toda a estória de Yamato, sua ida ou não à faculdade tal e tal, sua entrada e estadia no esporte. Até no final do manga, Yamato se encontra em uma situação em que ele não tem emprego, mas quem o salva? Suzuka! Que a partir de um amigo, encontra um emprego para o rapaz.
      É claro que tudo isso é questão de opinião, é como vemos o manga, o que achamos que o autor teve como foco, mas ao analisar tudo o que falei, acha mesmo que a Suzuka não é o personagem foco da obra?
      “Mas Trilles, ser o personagem foco não significa que a obra é um shoujo.”
      Bem, vemos como shoujo o manga que tem como foco o público feminino. Percebemos que mesmo tendo várias mulheres que aparecem peladas na frente dele, Yamato continua amando Suzuka. Mesmo vindo sua amiga, que o ama a todo custo, Yamato a rejeita e volta para Suzuka. Mesmo sua amiga de infância voltando de sua cidade antiga, Yamato a rejeita e volta para Suzuka. Suzuka é o El Dolrado de Yamato, e mesmo sem ter NADA de interessante, ele volta para os braços dela.
      É o típico manga que, se analisar, verá que tudo o que o personagem principal faz (Yamato), é sempre favorável à Suzuka. Mesmo ele “errando”, corrige seus “erros” futuramente, tudo em prol dela.
      Por tudo isso que consideramos Suzuka o personagem foco da obra, e por isso, um shoujo, já que qualquer garota que leia o manga, visualizará um personagem digno, que comete erros mas que corre atrás da garota que ama, que sempre acaba se desculpando quando erra, onde vemos uma garota que cresce ao fazer sexo, ao ponto de tomar decisões drásticas para sua vida, mas que ao final, recebe apoio de seu príncipe encantado, tendo enfim um final digno, com um belo casamento, amigos e famílias os apoiando, e com uma vida difícil, mas que eles seguirão em frente juntos, como um casal perfeito.
      Típico shoujo. =)

      • Entendi, mas ainda discordo totalmente. Suzuka está longe de ser um shoujo. Ainda mais um tipico.
        Não há discussão: A Suzuka é importante e de fato o Yamato só pensa nela. Mas a questão é que msm assim o protagonista é o Yamato. Todo o foco é nele. Como ele se sente, suas inseguranças e seus problemas. Ela é o centro da obra, porém não como personagem, mas pela importancia que o o protagonista dá a ela.
        Um shoujo tem como objetivo chamar atenção de meninas, e como se faz isso? Mostrando problemas que o publico alvo vive. Em Suzuka não é assim. No mangá mostra a dificuldade do garoto para conseguir a garota q ele ama, quem se identificaria mais nessa situação? Garotos ou garotas?
        Segundo, Suzuka tem um aspecto que é muito frequente em mangás shonens. A questão do desafio e da superação. Não q nos mangás shoujos as meninas não evoluam, mas essa coisa de passar obstaculos é algo bem mais caracteristico de shonen. Em Suzuka por mais que Yamato só se de mal ele continua perseverando até atingir seu objetivo.
        Terceiro, a questão de ter varias garotas e msm assim ele prefere a principal não é uma justificativa para dizer q é shoujo, porque isso ocorrem em praticamente TODOS OS MANGÁS HARÉM. Em uma mangá shonen a heroina vai ser o “el dorado” do principal não importa quantas garotas aparecem.
        Quarto, Em um shonen a heroina seria a garota ideal do protagonista, a mais linda, a mais gostosa a mais tudo. No shoujo é a msm coisa e o Yamato está longe, mais muito longe de ser um “principe encantado”. Em um mangá shoujo o par da principal é um cara geralmente: Popular, maravilhoso, inteligente e a beira da perfeição. Yamato não é assim. Ele é um garoto sem graça, burro, que só faz merda e apenas por ser um cara legal as meninas se apaixonam por ele (Sakurai, a amiga de hiroshima, a miho e até a Miki sentem algo por ele). Em poucas palavras: Um heroi de shoujo é alguem q faça as meninas suspirarem, e não um Yamato.
        Terminando o mangá qual mensagem temos? Que não importa se vc é um fracassado, se vc se esforçar, aquela menina que não te dá bola agora pode ser sua namorada no futuro.
        Uma mensagem para garotos. A Asahina ñ está lá p/ conquistar nada, ela está lá para ser conquistada. Ela é o troféu do personagem principal. O objetivo do Naruto é ser Hokage, Objetivo do Light é ser o deus do novo mundo, o objetivo do Yoh é ser o Shaman King e o Objetivo do Yamato é ser o namorado da Suzuka.
        Em resumo esse mangá é para ser utopico para homens. Ele virou um assalariado qualquer (provavelmente ganhando pouco), ñ é especialmente bonito, casou com a garota ideal para ele que desistiu dos sonhos dela para ser uma dona de casa.
        Se eu fosse uma mulher eu não ficaria inspirada com uma personagem principal como a suzuka e nem sonharia em conhecer um Yamato.
        De qualquer forma obrigado por responder.

        Posso fazer uma pergunta? Vcs já leram um mangá chamado Yakitate!!Japan?
        Eu li faz alguns anos, mas como eu acabei alcançando os capitulos no japão, só fui terminar de ver recentemente e ontem li o ultimo volume.
        Estou perguntando isso pq eu adoraria ouvir um cast sobre esse mangá. Com certeza seria muito engraçado.
        Só o enredo já é curioso, é um mangá sobre pão. Começa como um shonen qualquer, mas com o tempo vai se tornando algo tão bizarro que vc para e se pergunta: “Que porra aconteceu aqui?” Não me lembro de ter lido nada tão nonsense. Dei muita risada dessa obra, não pelas piadas, mas pela cara de pau do autor de ter feito algo tão aleatorio.
        Se não leram eu recomendo pois realmente acho que daria um excelente cast.
        Flw.

        • Bem, discordo totalmente também, como provavelmente você já imaginava. Mas vamos lá.
          Seu ponto número 1 – problemas que o público alvo vive. Bem, a todo o momento o manga mostra Suzuka com dificuldades, sempre sendo superestimada por todos, enquanto no fundo, no fundo, sofre com tudo isso. É uma garota com sentimentos reprimidos, que possivelmente melhoraria ao encontrar um bom homem. Muitas podem se identificar.
          Ponto número 2 – essa “característica de superação”, eu falei a mesma coisa em meu comentário, só que com outro ponto de vista, na questão dele bater obstáculos para servir de príncipe para ela. Fora isso, dizer que isso é algo “mais frequente em shounens”, isso não o torna um argumento válido, já que “mais frequente” indica que existem shoujos com tal estrutura.
          Ponto número 3 – é verdade o que disse, mas você está olhando o manga como se o propósito fosse em prol do personagem. É tudo uma questão que depende do referencial, se notar o lado de Suzuka, ele teve a oportunidade de ficar com várias, mas preferiu ela (característica de vários shoujos).
          Ponto número 4 – “no shoujo é a mesma coisa”. É aí que você se engana. Em shoujos RUINS, é a mesma coisa. O cara ideal. Mas em shoujos diferenciados, o cara não é o fodão do capeta a quatro. É simplesmente um cara que se dá bem com a garota, que se importa com ela, que a respeita e que começa a gostar dela. Exatamente o que acontece em Suzuka.
          E por fim – essa história da Suzuka ser o “objetivo do Yamato”, sobre a “conquista”, bem, em todos os shoujos isso ocorre, até nos piores. Como em Kimi ni Todoke, que a Sadako é o “objetivo” do Kazehaya. Em Sukitte Ii na yo., a garota principal é o “objetivo” do maluco lindão lá. Assim como em Bokura ga Ita. Enfim, “objetivo” não é um argumento válido para indicar uma obra como um shounen, já que existem milhões de shoujos com personagens homens cheios de objetivos a serem alcançados.

          Basicamente, tudo é questão de referencial. Se olhar para o lado da Suzuka na obra, verá tudo o que falei. E se olhar para o do Yamato, veremos tudo o que falou, mas PARA NÓS, o manga pareceu ser mais um shoujo, principalmente por ela não ter nada demais e mesmo assim ele ir atrás dela. Algo FREQUENTE em shoujos.

          Alguns de nós já leram Yakitate Japan sim. Pensaremos em fazer um cast sobre a obra.
          No mais, gostei de conversar com você. É um leitor que dá sua opinião, seu ponto de vista, mas que compreende o que falamos (eu acho). E acho que agi da mesma forma a seu respeito.
          Muito obrigado e até a próxima!🙂

  11. uau, muito obrigado por esses resumos explicaçoes etc da um grande alivio e segurança. “Arigato”? ausuasu Vo ve o anime primero e depois continuar o manga do cap 72 eu acho era 70 e pouco ausuas Ykuaio

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s