EMD Cast #19: Season Review – Summer 2012

Bom, o maior podcast que já fizemos com várias informações sobre todos os animes e mangas dessa nova temporada do Japão.
Então aqui está a nossa Season Review – Summer 2012. Esperamos que com ela vocês tenham mais vontade de ver/ler algumas obras e esquecer de outras…

RECOMENDO QUE BAIXEM ESTE CAST para ter MUITO mais detalhes e mais conforto ao ouvir também. O texto é apenas um apresentação básica das obras citadas, pois se fossemos fazer uma review detalhada de todas mesmo, não precisaríamos fazer o áudio.


(imagem retirada do site http://metanorn.net/)

 -> PODCAST <-

Lembrando que recomendamos que baixem nossos podcasts.

Para fazer o DOWNLOAD e/ou ESCUTAR ONLINE:

EMD Cast #19_ Season Review – Summer.mp3

*As informações desse cast podem ser encontradas no final deste post.

Olá a todos!

Apenas gostaria de lembrar que não comentamos de algumas obras ou porque não achamos traduzidas ou porque nem o Gutinho sentiu vontade de ler (infantis por exemplo).
Sem uma introdução muito detalhada, esse texto vai ser complicado, então vamos lá…

–> LANÇAMENTOS DE ANIMES COM MANGAS <–

Arcana Famiglia

A principal razão de fazermos essas season reviews. Normalmente, sites de animes e mangas costumam fazer “primeiras impressões” sobre as obras de uma temporada, mas não conseguimos nem considerar aquilo como “primeiras impressões”, pois elas costumam falar essas reviews apenas vendo sinopses e gêneros posteriormente colocados com base no manga da obra.
Porém, Arcana Famiglia prova que isso não deve ser feito, pois o manga é um shoujo, e o que AGUENTAMOS ver do anime, foi um shounen que não segue uma única lei da física. Com uma quantidade desnecessária de personagens e um enredo completamente fraco e previsível. Uma arte nada diferente da maioria e com poderes sem lógica.

A obra trata de um torneio que acontecerá em uma gangue de mafiosos (que de mafiosos não tem nada), onde o ganhador se casará com a filha do líder da gangue (daí que vem o harém). Vinte personagens no total, cada um com um poder diferente, lutando em um torneio para conquistar uma jovem que tem o poder de “ler o coração dos outros”. Sem comentários. -_-

Nós, para começarmos bem essa season review, NÃO recomendamos esse troço.

Binbougami ga!

Essa foi uma obra “esperada”. Ela apresenta uma comédia diferente que, pra quem gosta, pode ser um bom entretenimento, porém, a maioria de nós não gosta do tipo de comédia apresentado na obra, mas a obra apresenta uma boa premissa.
Ela chegou a ser comparada com Gintama, pois também utiliza uma comédia que fala de outras obras.

Nós recomendamos apenas para os bem abertos a piadas babacas.

Chitose Get You!!

Tudo que os lolicons (Gutinho) desejavam. Um manga feito em um estilo diferente de tirinhas, com uma arte estupidamente ruim, SEM UM ENREDO, e o pior, novamente como uma prova de sites errarem ao classificarem obras por “gêneros”, a obra foi colocada como SEINEN e SLICE OF LIFE, onde a personagem principal tem 11 ANOS DE IDADE (com um traço de 6).
Com uma das personagens principais mais chatas que já vimos.

Com simplesmente tudo que odiamos, nós NÃO recomendamos Chitose Get You!!

Chouyaku Hyakuninisshu: Uta Koi.

Uma obra diferente que apresenta estórias independentes de romance, interpretando 43 poemas de romance dos 100 poemas dos 100 poetas japoneses (os que fazem as cartas de Karuta – jogo japonês).
Com um traço diferente, o que é normal para um josei, e uma soundtrack interessante, o anime é bem interessante para os que procuram obras relaxantes que não cobram grande concentração de quem a assiste.

Nós recomendamos anime para os amantes de romance.

Dakara Boku wa, H ga Dekinai

Com uma estória totalmente ilógica e com um desenvolvimento totalmente ilógico, com MUITO daquele ecchi desnecessário que odiamos e personagens retardados.
A garota shinigami (deus da morte) literalmente corta a alma do garoto principal e rouba a “parte pervertida” do garoto.

Nós NÃO recomendamos MESMO nem o anime nem o manga dessa obra.

Ebiten

Um grupo de garotas ficam o dia inteiro fazendo paródias de outras obras conhecidas, sendo a primeira de todas de CAVALEIROS DO ZODÍACO, para completar o que Saint Seiya Omega fez conosco.
Nem foi traduzido o manga dessa obra, de tão ruim que ela é.

Simplesmente NÃO recomendamos.

Joshiraku

O tipo de obra que parece ter virado “moda”. Com a mesma ideia de uma obra da season review passada, Kimi to Boku., onde os personagens principais ficam sentados conversando sobre ABSOLUTAMENTE NADA DE ÚTIL.
Recomendamos apenas aos amantes de LUCKY STAR. E pra quem não conhece, nem tente conhecer. Para os que gostam de Lucky Star, recomendamos que SAIAM DO NOSSO SITE AGORA!

Nós NÃO poderíamos recomendar esse CU.

Koi to Senkyo to Chocolate

Outro anime diferente de seu manga, com um “início cilada”, que faz os que o assistem pensar que a obra se tornará algo sério e com lógica, mas acontece exatamente o contrário.
O anime segue um mundo que era para ser real mas que simplesmente foi feito de alucinações do drogado do autor, onde professoras bebem chop na sala de clubes colegiais e onde um conselho de classe (onde só alunos participam) cuida das finanças do colégio.

Pelo menos o manga parece ser um pouco interessante, com um romance interessante e um personagem principal “não-bucha”, mas que, assim como o anime, também apresenta pontos fracos, como um ecchi desnecessário.
Com uma estória de um garoto que procura por um amor e seu relacionamento com seus amigos do clube de chocolate de seu colégio.

Nós só recomendamos o manga da obra.

Kokoro Connect

Uma premissa que poderia ser interessante, mas que é explicada com pouquíssimas palavras que não tem nexo algum, onde cinco amigos de um clube colegial começam a trocar de corpos.
O maior problema da obra seria o exagero nas emoções dos personagens. Todos eles são tratados de maneira forçada pelo autor, e por seus próprios amigos. Até os problemas que acontecem entre eles não são nada profundos.

NÃO recomendamos, mas existem pessoas masoquistas que gostam de obras assim (Gutinho -_-).

Kono Naka ni Hitori, Imouto ga Iru!

Com outra boa premissa, mas uma quantidade exagerada de ecchi. Com um harém INTERESSANTE (o.O), mas como apresenta MUITO ecchi, não conseguimos acompanhar…
Onde o personagem principal recebe ligações de sua irmã que quer ter relações com ele. O problema é que a irmã dele (que ele não conhece), faz parte do grupo de garotas (cinco no total) que gosta dele, o que o fará tentar descobrir qual das jovens é apaixonada por ele.

Não recomendamos, porém, a obra seria recomendável aos que aturam um ecchi exagerado com um bom enredo.

Muv-Luv Alternative: Total Eclipse

Não falaremos desse troço. Sentimos muito, mas é simplesmente tudo que repudiamos.
Peitos GIGANTESCOS com robôs e um enredo fraco non-sense.

NÃO recomendamos.

Natsuyuki Rendezvous

Tudo que esperávamos, e tudo que aconteceu! Natsuyuki apresenta um romance fantástico onde um rapaz tenta alcançar o coração de uma mulher que continua apaixonada por seu marido falecido. O problema começa quando o personagem principal começa a ver o fantasma do marido interagindo na vida dos dois e se recusando a aceitar que o jovem fique com sua desejada mulher.
Com um ótimo ritmo, uma ótima soundtrack e uma ótima arte, o anime de Natsuyuki Rendezvous se tornou, por enquanto, a melhor obra dessa temporada.

PORÉM, o manga tem uma arte ruim, assim como vários outros joseis, onde o autor não se preocupou em desenhar o ambiente em que os personagens estão, com trilhões dos clássicos quadros brancos que odiamos, e um traço particular bem “feio”, MAS, para os que gostam de traços joseis em geral, a estória do manga é igual a do anime.

Com certeza nós recomendamos essa obra. Principalmente seu anime.

Oda Nobuna no Yabou

O enredo nos conta sobre o grande samurai Oda Nobunaga… TRANSFORMADO EM UMA GAROTINHA que, em uma obra com ecchi desnecessário, usa sutiã na época dos samurais no Japão. O problema é que não só ele, mas todos os personagens importantes da obra sofrem uma troca de sexo desnecessária.
Simplesmente o tipo de obra que não conseguimos gostar.

NÃO recomendamos.

Sword Art Online

Para todos os fãs de um bom MMORPG, Sword Art Online nos apresenta um ótimo e bem detalhado enredo, explicando todos os pontos de um bom MMORPG.
A obra é sobre um novo jogo de realidade virtual criado, cujo criador modifica o sistema do jogo para prender todos os jogadores dentro dele, e que só liberará todos os jogadores quando pelo menos um jogador zerar o jogo.
O problema é que o fato de morrer dentro do jogo, faz com que você morra na vida real, o que torna tudo uma grande perigosa aventura.

O manga tem várias falhas, como seu desenvolvimento e sua arte horrenda, mas como o manga e o anime são derivados de uma nóvel, o anime apresenta uma qualidade muito superior, com ótimos traços e uma boa arte em geral, uma ótima animação e uma soundtrack razoável.

Nós altamente recomendamos apenas o anime de Sword Art Online.

Tari Tari

Assim como eu previ, Tari Tari é uma obra com uma premissa inicial muito interessante, e principalmente um ótimo primeiro episódio, porém, o que mata a obra é sua quantidade total de episódios. Ela poderia ser muito bem desenvolvida com mais de 20 episódios, mas com apenas 13, foi óbvio desde o início que, ou seria estupidamente corrida, ou apresentaria um estória sem nexo.
E adivinhem… Os dois ocorreram! Uma estória onde vários personagens desnecessários vão aparecnedo, personagens com sentimentos exagerados aparecem aos montes, com um ritmo corrido demais e uma personagem principal extremamente chata e sem carisma, Tari Tari foi uma das maiores decepções dessa temporada.

Sobre uma garota que sai do clube de canto e que resolve montar seu próprio para poder se apresentar e que não sabe direito o rumo que quer tomar. Vários “amigos” (que ela quase não tem intimidade) ajudam ela nessa “jornada”, que é uma das mais chatas que já presenciamos.

Por essas e outras, nós NÃO recomendamos Tari Tari.

–> CONTINUAÇÕES E ADAPTAÇÕES DE ANIMES <–

Hyouka (episódio 11.5)

Veja nossas primeiras impressões de Hyouka na nossa review da season anterior de animes e mangas clicando aqui.

Persona 4 – True Ending episode

Outra das obras que terão um cast no futuro. Persona 4 é um shounen com uma ótima animação, um ótimo traço e no estilo shounen perfeito. Esse true ending episode, na opinião do Gutinho que conhece o jogo que serviu de base para a estória do anime, tornaria a obra ainda melhor.

Informações adicionais no futuro.

Berserk Ougon Jidai Hen II: Doldrey Kouryaku

Clique aqui para ir à nossa review do primeiro filme da trilogia do arco “Era de Ouro” de Berserk.

Naruto: Shippuuden Movie 6 – Road to Ninja

Sem comentários. A obra terá uma review no futuro.

Fairy Tail: Houou no Miko (filme)

Novamente, sem comentários. Clique aqui para ir à nossa review da obra completa.

Code Geass Gaiden: Boukoku no Akito

Um anime novo do mesmo criador de Code Geass: Hangyaku no Lelouch. Ele nos conta uma nova estória que se passa na Europa em 2017. Essa saga será completa por 6 OVAs e mais animações no futuro já foram confirmadas.

Mesmo sem ainda ter sido lançada, é a maior espera de todos nós para essa temporada, então obviamente recomendamos Code Geass Gaiden: Boukoku no Akito.

E é isso galera, essa foi a nossa segunda season review de animes e mangas no site (com texto e imagens).
Espero que tenham gostado (nós odiamos -_-) e que tenham pego pelo menos alguma informação útil daqui.
Devo dizer novamente que caso não tenham baixado o podcast, nós altamente recomendamos que escutem todos os nossos podcasts. Eles são MUITO mais completos e bem dinâmicos, com várias músicas legais antigas, de boas soundtracks, de animes e muito mais (esse em especial vale muito a pena, pois foi muito engraçado).

NOSSAS RECOMENDAÇÕES ESTÃO NO FIM DO POST.

*Notas (novamente, extenso -_-)

Arcana Famiglia: Estupratom: 4 (manga) – Trilles: 3 (anime) – Gutinho: 3 (anime) – Thomás: 2 (manga)
Binbougami ga!: Estupratom: 6 (manga) – Gutinho: 5 (anime) – Thomás: 7 (manga)
Chitose Get You!!: Estupratom: 2 (manga) – Thomás: 2 (manga)
Chouyaku Hyakuninisshu: Uta Koi.: Trilles: 7 (anime – assisti depois de fazer o cast) – Gutinho: 7 (anime)
Dakara Boku wa, H ga Dekinai: Estupratom: 3 (manga) – Gutinho: 3 (anime) – Thomás: 4 (manga)
Ebiten: Gutinho: 2 (anime)
Joshiraku: Estupratom: 2 (manga) – Thomás: 2 (manga)
Koi to Senkyo to Chocolate: Estupratom: 7 (manga) – Trilles: 3 (anime) – Gutinho: 6 (anime e manga) – Thomás: 7 (manga)
Kokoro Connect: Trilles: 6 (anime) – Gutinho: 7 (anime) – Thomás: 6 (manga)
Kono Naka ni Hitori, Imouto ga Iru!: Estupratom: 6 (manga) – Gutinho: 6 (anime) – Thomás: 6 (manga)
Muv-Luv Alternative: Total Eclipse: Isso não merece notas. É tudo que repudiamos.
Natsuyuki Rendezvous: Trilles: 10 (anime) – Gutinho: 9 (anime) – Thomás: 8 (manga)
Oda Nobuna no Yabou: Gutinho: 8 (anime) *NÃO CONFIEM NISSO.
Sword Art Online: Estupratom: 6 (manga) – Trilles: 9 (abaixou o nível depois do cast) – Gutinho: 10 (anime) – Thomás: 4 (manga)
Hyouka (episódio 11.5) : Trilles: 9 (para o anime completo)
Persona 4 – True Ending episode: Sem notas. Faremos um cast no futuro.
Berserk Ougon Jidai Hen II: Doldrey Kouryaku: Clique aqui para ir à nossa review do primeiro filme.
Naruto: Shippuuden Movie 6 – Road to Ninja: Sem comentários, pelo amor da porra.
Fairy Tail: Houou no Miko (filme) : Sem comentários. Clique aqui para ir à nossa review da obra.
Code Geass Gaiden: Boukoku no Akito: Grande espera da temporada (ainda não lançado).
Arve Rezzle: Kikaijikake no Yoseitachi: Parece ser interessante (ainda não lançado).
Tari Tari: Trilles: 4 (anime) – Gutinho: 4 (anime)

– Informações Gerais –

RECOMENDAÇÕES DO GRUPO: Natsuyuki Rendezvous (anime e manga), Sword Art Online (anime), Koi to Senkyo to Chocolate (manga) e Binbougami Ga! (para quem gosta da comédia apresentada na obra).

– Informações Gerais –

Onde baixar os animes: FANSUBBER Tracker (português-BR).
Status dos animes: a maioria terminada.
Onde baixar os mangas: MangaTraders (inglês).
Leitura online: Central de Mangás.
Status dos mangas: a maioria sendo lançado.

*Para saber sobre as músicas utilizadas no cast ou caso tenham qualquer dúvida, entrem em contato conosco.

53 pensamentos sobre “EMD Cast #19: Season Review – Summer 2012

  1. Muito bom o cast! Vou ficar um tempo programando no modo zombie (por causa das noites sem dormir), então vou sumir por uns tempos. Quando o software principal estiver pronto, eu volto (vai demorar alguns meses).

    Antes de tudo, deixo claro que novamente não é uma critica, e sim um pensamento filosófico. Vamos lá:

    Nos últimos anos, tenho considerado uma questão que para mim é de fundamental importância: “É a piada mesmo sem graça, ou eu que não consigo mais rir?”, podendo ser estendida para o aprecio de outras obras: “É a obra ruim mesmo, ou é eu que não consigo mais aproveitar?”. Isso deve acontecer com quem faz revisões por muito tempo, pois estão sempre procurando por erros e detalhes, se divertindo cada vez menos. Os padrões de gosto estão se elevando muito, e hoje em dia tem muito mais foco nas partes negativas. Tanto que um pequeno defeito incomoda a pessoa durante toda a obra, não permitindo que a mesma aproveite. O defeito fica lá, te chamando atenção a todo momento, afinal nós treinamos nossa mente para fazer isso (enfocar os defeitos para depois falar deles). Para mim uma revisão perfeita não é aquela que consegue apontar todos os defeitos e qualidades de uma obra, e sim aquela que faz alguém apreciar gostando de uma obra considerada ruim. Algo como ensinar a gostar de algo ruim, transformando em algo bom pelo simples fato de entender algo novo (aconteceu com muitas pessoas vendo Evangelion e entendendo só depois). Minhas pesquisas indicam que isso na verdade é um vício causado pelo mal uso da dopamina natural (substância que faz a gente gostar das coisas), em outras palavras, nós estamos bagunçando com nosso mecanismo de recompensas natural. Isso acontece com praticamente todos os vícios, seja eles de dependência como drogas e sexo, ou vícios simples de comportamento como dormir no cinema (quem faz isso, vai ter sono em qualquer filme, independente de quanto o filme é bom ou ruim, a mente já está treinada). Esse efeito da dopamina vai reduzindo, e com o tempo (depois de muitos estímulos) começamos a gostar mais de obras violentas e diferentes (as quê chocam mais) por liberarem mais dopamina (rever a obra em si ou o mesmo tipo, libera bem menos dopamina). Dai entra o fenômeno da obsolescência, onde sempre tem que ter algo novo e o velho vai ficando obsoleto e as vezes muito rápido (nem temos tempo de aproveitar como fazíamos quando crianças, “namorando” o mesmo livro ou revista por meses).

    De maneira nenhum estou defendendo essa temporada, até porque não li, nem vi nenhuma (só os resumos me desanimaram, o cast só confirmou). Mas eu quero acreditar que é por falta de capacidade minha, seja biológica por falta de dopamina, seja por falta de conhecimento. Bom, sempre podemos melhorar a nós mesmos.

    Apesar da curiosidade imediata de ver os próximos casts, só verei daqui alguns meses (O trabalho tem prioridade). Até lá, e boa sorte!

    • Primeiramente, devo agradecer em nome de todos nós por você nos seguir desde nosso primeiro vídeo, ferion.

      Agora à resposta. Devo dizer que não só compreendo, mas também concordo com tudo comentado por você. Um de meus professores comentou há um tempo atrás sobre as pessoas de hoje em dia e a “felicidade” delas. Ele disse que, quando alguém tem uma cultura grande demais, ou simplesmente um bom raciocínio lógico, essa pessoa não só difere da maioria nesse quesito de “felicidade” como também age diferente da maioria. Humildemente eu me considero uma dessas pessoas. Constantemente vejo pessoas ao meu redor como “ignorantes”. Um exemplo seria de uma aula que me lembro de um professor que tive de história, quando comentou sobre socialismo, comunismo e anarquismo em sala de aula, onde dos 100+ alunos em sala o questionaram, dizendo não entender a lógica por trás de tais pensamentos/ideologias. Não quero me colocar como um “anarquista” ou algo do tipo por aqui, mas essas teorias tem uma base concreta e lógica, o que a maioria das pessoas que não conseguem ver nada além do capitalismo de hoje em dia não entendem.

      Desde quando comecei a ver animes e hoje ao procurar novos e ao começar a ler mangas, eu sempre criei como objetivo de encontrar obras boas, pois a maioria de fato é ruim em minha opinião. O problema sobre essa questão de criticar cada vez mais, de fato seria a tristeza que ganhamos com algumas obras (ou eu deveria dizer decepção?). Mas diferente de você, que pelo que eu entendi pretende se tornar menos crítico, ou “aproveitar mais” obras em geral, eu realmente não consigo seguir esse caminho. Diria até que já coloquei em minha cabeça que morrerei triste, pois de fato sei que só me fodo ao tentar encontrar novas obras de qualidade, mas dentre elas, sempre aparece alguma que me impressiona, e que em minha opinião, acaba valendo por todas as ruins que já vi. Obras como Code Geass e Steins;Gate (minhas duas preferidas), aparecerem para marcar a minha vida, mudar meu pensamento sobre várias coisas que acontecem em nosso universo e ainda mudar meu jeito de agir por completo. Diria então que foi um “vício” que peguei e que não QUERO largar, pois acabo me sentindo bem com o resultado, e mesmo isso me tornando uma pessoa até menos sociável às vezes, considero o “outcome” simplesmente o melhor possível.

      Agora por final, esperamos que você volte, é claro, mas antes disso, já que você vai ficar fora por um tempo, gostaria de dizer que o post especial que dissemos que iríamos fazer já está para sair. Ele seria o post comemorando nossas 50 MIL VISUALIZAÇÕES! Dá pra acreditar? Tão pouco tempo (3 meses) de grupo e já alcançamos esse número? Para um grupo que pretende criticar MESMO algumas obras e rebaixar o “usual”, acho que chegamos em uma meta em uma velocidade que não imaginávamos.
      E com esse post especial de 50 mil visualizações daríamos um “prêmio” (acho que dizer “liberdade de escolha” seria melhor) a você, nosso maior seguidor. Você pode agora mesmo escolher QUALQUER obra para fazermos uma review (que “prêmio” hein… -_-). Não importa se é pra rebaixar de vez uma obra babaca, ou apenas divulgar um ótimo trabalho, você fala, nós fazemos. E então, qual você escolhe?

      Até a próxima e novamente, muito obrigado.

      • Meus parabéns pela quantidade de visualizações (um número impressionante). É muito bom quando nosso trabalho é reconhecido.

        E muito obrigado pela “liberdade de escolha”. Só é um pouco complicado para mim, pois gosto mais quando vocês fazem o quê gostariam de fazer (minha primeira escolha).
        Seria como escolher uma obra que provoque bastante liberação de dopamina, ou seja, que choque bastante, seja boa ou ruim (minha segunda escolha, no caso da primeira não valer). Infelizmente, no momento só me lembro de uma obra assim, e até onde eu saiba, não possui manga. Porém, trata de temas tão polêmicos que até mesmo o Estupratom iria querer ver (se já não viu). Afinal, não acredito que ele deixaria, sem expressar sua opinião, o Gutinho falar sobre uma obra que trata de temas como escravismo, trabalho infantil, guerra, pedofilia, estupro, aborto, e por ai vai (em apenas 13 episódios). Assim como muitos (eu nem tanto) consideram Madoka sendo a desconstrução do Mahou Shoujo (garotas mágicas), eu considero mais ainda esse título como a desconstrução dos Shounen. Já havia falado antes sobre o personagem principal super odiado por mim, e a obra é exatamente essa: “Ima, Soko ni Iru Boku” (em inglês “Now and Then, Here and There”). É uma das obras mais underground que conheço. Possui a classificação “maiores de 17 anos”, então não sei se seria adequado (um hentai seria menos polêmico). Bom, deixo abaixo um trecho do mini texto Review disponível na animeblade afim de passar a ideia:
        “… Ignore o character design simplista e a animação por vezes pobre. O ponto forte de “Now and Then, Here and There” reside na periferia de nossa vista: a mente. Um anime que recompensa aqueles que tolerarem sua parte técnica com drama e revelações da psique humana sucumbida aos horrores da guerra. O modo que é mostrado a futilidade da guerra neste anime, seguradamente inspirará reflexão dos espectadores, pois será difícil ficar indiferente a crua realidade apresentada. Sim, a estória se passa num mundo imaginário, mas apesar disto aparenta ser mais real do que fictício. Sendo digno de elogio a excelente direção, os ângulos de câmera e o uso de sombras e reflexos que são quase tão perfeitos quanto deveriam ser. …
        Para os que almejam um anime leve, não assistam “Now and Then, Here and There”, pois este anime trará você a um mundo sombrio, estando você pronto para ele ou não.”

        Gostaria de lembrar de outra obra assim, mas infelizmente não me lembro no momento (é um sinal que as outras não chocaram o suficiente). E o meu objetivo com essa obra é fazer as pessoas pensarem. Afinal, nos últimos anos, tivemos debates sobre o aborto no Brasil, e muitos me pareceram indiferentes.
        Mas quero lembrar novamente: Minha primeira opção é a quê vocês realmente querem fazer (o cast fica mais agradável assim). E não sei se uma obra com classificação “maiores de 17 anos” e sem manga, seria a mais adequada. Vocês podem assistir e decidir depois se querem fazer e/ou se é possível fazer (ao menos não será perda de tempo, acredito).

        De qualquer forma, só verei o resultado daqui alguns meses (certamente voltarei assim que terminar o trabalho atual). Se precisarem conversar comigo durante esse tempo, podem entrar em contato por email (dados.linux no gmail) ou pelo formulário de contato do meu blog. Essa semana ainda estou no preparo do ambiente de programação (a compilação do ambiente faz com que eu fique parado na frente de um PC, só observando).
        Muito obrigado pelo conteúdo muto bom. Me divirto bastante escutando os casts e lendo as revisões. E até mais.

  2. Sword Art Online com certeza ta superando minhas expectativas, o único que ta valendo a pena de novo q saiu recentemente q eu tenha visto né

    E manooooooo vcs tem q ver a merda do Gintama, sério fico inconformado…
    num é o estilo de vcs mas vcs tem q dar uma chance e ler/assistir pq eu tenho certeza q vai agradar

    leiam só o primeiro cap: http://www.punchmangas.com.br/leitura/29/gintama/1/#1
    acho impossível não curtir isso, tem tanta coisa q num é meu “estilo” e calo minha boca hahaha
    caso não gostem pode me falar qualquer obra e eu lerei os 3 primeiros volumes caso eu não tenha visto
    isso é um apelo para vcs verem um capitulo apenas hahaha

  3. ótima season review, ja deu pra ter uma idéia do que devo me afastar de animes/mangás porque ta um terror veio a parada ta séria, é anime ruin pra titio ashuhuhauehaue, foda esse Joshiraku … ser do mesmo estilo que luck star (quando tinha visto luck star nao aguentei nem a metade do primeiro ep).
    Acredito que Sword Art Online ta sendo a melhor obra, ta superando todas, muitas pessoas falando bem e tal… ainda pretendo ver depois ^^. To interessado em ver esse Natsuyuki Rendezvous tem cara de ser bom xD. Continuem com esse bom trabalho pessoal o site ta fera!

  4. Muito bom esse season review de summer ^^, o Sword art online ta bombando mesmo, todas as pessoas me falam bem da obra pretendo ver depois, por enquanto pretendo ver primeiro a que foi recomendada de romance: Natsuyuki Rendezvous (parece ser bom mesmo ) ^^.
    Belo review me fez ter idéia do que devo evitar , é obra ruin pra cacete veio ahsuhuhuaehuse e aquela parecida com a de lucky star pqp ‘.’ tenso,
    Bom trabalho pessoal continuem assim!

  5. Nossa, que saudade de postar haha.
    Vocês me confirmaram as suspeitas de que essa seria a pior temporada dos últimos tempos mesmo que em alguns sites tenham dito ter várias surpresas boas.
    Em relação a Joshiraku é que eu tenho dúvidas. Não vi nada sobre o anime/mangá mas li outras reviews que não batem. É do mesmo criador do Zetsubou Sayonara Sensei (vi o começo desse e é bem engraçadinho) e este é famoso por criticar o gênero harém dentro do próprio. E oque estão falando é que a premissa desse novo anime é igual ao do seu antecessor, mas dessa vez usando o gênero Moe, tanto que foi comentado que no mangá tem explicitamente “essa é uma história de garotas que não fazem nada”(algo assim não?). Logo não sei se vocês não pensaram por esse lado ou o autor que falhou ao dar os toques de ironia. Ressalto que não vi nada, só li em outros blogs.
    Sword Art Online antes mesmo de estrear já tava com um certo hype por causa da Novel, e sempre quando vejo isso me preparo pra decepção, e de fato veio pra mim. Não vi o mangá estou falando do anime mesmo. -SPOILERS- Oque aconteceu é que o primeiro episódio foi ótimo, sem pressa, mostrando a reação deles quanto ao fato de não conseguir dar logout e descobrindo o quão sádico é o criador do jogo, etc. O segundo foi razoável mostrando como as pessoas estavam se organizando pra viver la dentro e avançar para a próxima etapa. Mas o 3º e o 4º….foram um combo breaker incrível na minha opinião. O 3º mostra que ele se deixa levar pelas emoções (aquela coisa de sempre) e aceita entrar em uma guilda. Faz amigos, eles morrem e ele lembra o quão doloroso pode ser ter afeto pelas pessoas. Em teoria muito bom, mas em UM episódio acho impossível eles comoverem alguém, foi tudo tão rápido que aquela amizade deles pareceu artificial e não convenceu, logo não consegui me importar com os outros personagens ou achar o sofrimento do protagonista “real”. O 4º seria algo para dar contraste com o anterior, que em teoria foi pesado, e foi focado em ele ajudar uma garotinha a renascer o seu Pet. Tudo bem leve pra você supostamente descansar do drama. -SPOILERS END-
    Claro que com a Novel sendo grande imagino que estão se virando nos trinta pra compactar tudo, e realmente deve ser bem difícil, mesmo nos episódios que eu não gostei eles conseguem botar informações sobre como o jogo funciona entre outras coisas, mas um fato é que o A-1 pictures está deixando o anime visualmente ótimo com cenários épicos muito bem pintados, luz e sombra, paletas de cores ótima, fotografia boa, e batalhas bem animadas, e graças a isso vou acompanhar até o fim essa história, quero que eles acabem esse background afobado e entrem pra valer na história principal. Mesmo com isso é um ótimo entretenimento.
    Quanto ao resto pode ter até alguns decentes mas nenhum me despertou interesse, mesmo.
    Aproveitando o gancho que o Daniel Ribeiro deixou, vocês chegaram a ver a 1ª temporada de Avatar: The Legend of Korra (Desenho americano)? Foi paralelo a ultima temporada, e como ja dito eu com o tempo fui me preparando pra apontar os defeitos da obra (coisa que se torna cada vez mais comum) mas essa me desarmou completamente, eu, cada vez mais, fiquei esperando o episódio da semana, e fazia tempo que não me divertia tanto vendo um desenho (mesmo com um final ruim).
    Enfim, bom Cast e parabéns pelas visualisações, que continue crescendo!

    • Olá Chronus.

      Então cara, não sei se ouviu ou não o cast, mas comentamos sobre o SAO na verdade estar nos “preparando” para a verdadeira estória. No manga, ele simplesmente pula dois anos depois do primeiro episódio. Acho que o anime tratou isso de uma forma melhor, mostrando que, com o tempo, o personagem principal foi adquirindo novamente sentimento pelos outros, percebendo que aquilo não era apenas um jogo e subindo de lvls, aprendendo mais sobre o jogo. Isso também foi bom para utilizarem esse tempo para nos explicarem sobre o ambiente do MMORPG em questão. Muitos MMOs são diferentes, e tudo que eles explicaram até agora foi muito bem feito em nossa opinião (além de toda aquela arte que você já comentou). Por isso achamos Sword Art Online muito bom por enquanto. Ele não está “enrolando” no início. Simplesmente explicou de forma básica como o personagem evoluiu nesses 2 anos dentro do jogo, fazendo então uma boa abertura para a estória verdadeira que está começando agora.

      Sobre o Joshiraku, é como comentamos no cast: não é nosso estilo. Para nós, ver garotinhas conversando sobre absolutamente nada SEM SAIR DO LUGAR (elas ficam sentadas o tempo inteiro durante a obra), é simplesmente algo ridículo. Um exemplo para explicar melhor essa questão do “moe” seria o fato de eu gostar de K-On!. Eu adoro o anime de K-On! pela questão do moe e TAMBÉM pelas músicas. Além disso, o anime apresenta uma boa arte e situações divertidas. As pessoas do grupo que viram Joshiraku, viram que a arte é nojenta, com um enredo babaca, sem nenhuma distração secundária (música, no caso de K-On!) e sem um bom ambiente utilizado pelos personagens. Acho simplesmente uma perda de tempo.

      Sobre Korra, talvez façamos uma review no futuro, não sei, mas adianto que não gostamos. Quebrou com todos os conceitos do primeiro Avatar, que em nossa opinião foi um dos melhores desenhos que já vimos (minha nota é 9 caso esteja curioso). Falaremos mais sobre isso no futuro.

      Obrigado pelo comentário e até a próxima.😉

      • Mwuehahueha. Pois é, mas eu vi Korra como um fanboy de 12 anos, só no final e vendo algumas reviews depois que fui perceber os tropeços na história. Nem sei o porque, talvez tenha sido narrativa de cada episódio muito bem armada, mas enfim, se resolverem fazer uma review vou ouvir com toda certeza. E Aang, realmente, foi um dos melhores desenhos que ja vi, sendo a dublagem brasileira muito boa na minha opinião. Bem, vou ficar feliz se decidirem falar sobre qualquer um dos dois haha

        • Eu pretendo TAMBÉM falar do primeiro, pois de Korra com certeza falaremos, mas o Estupra não está muito afim pois é “muito conhecido”. Acho que não falamos só de obras pra “recomendar” pro pessoal, mas também para apenas criticá-las em algumas ocasiões, por isso acho que uma review de Aang seria muito boa.

          E sobre a dublagem, eu concordo. Simplesmente foi muito bem feita. Aliás, o Brasil tem sim vários ótimos dubladores, o problema com a maioria dos filmes é que colocar outra linguagem por cima sempre deixa os movimentos da boca nas falas horrendo, porém, isso não fica tão ruim em animações.

  6. Pretendem fazer de The Legend of Maian?
    Me indiquem um manga ai, to sem nada pra ler.
    (Se comeitei 2 vezes mesma coisa foi mal, nao sei que aconteceu que nao ta aparecendo o outro comentario, ai to comentando dinovo, se so apareceu esse iguinorem)

    • Sobre os mangas cara, dê uma olhada em nossas outras reviews. Indicamos vários mangas ótimos já. Fora isso, lançamos toda semana um cast novo com uma obra que você poderia pegar como indicação. E ALÉM DISSO, todo domingo o Estupratom lança o Ranking Semanal dele. Lá, você pode encontrar mais de 20 obras que ele “rankeia” dando comentários sobre como estão seus desenvolvimentos. Seria outro local para arranjar boas indicações de obras.

      Agora sobre The Legend of Maian, EU pelo menos nunca tinha ouvido falar, mas o Estupra deve conhecer. Já recebemos algumas indicações de nossos leitores/ouvintes, e algumas delas inclusive terão uma review apropriada aparecendo no canal nas próximas semanas que virão. Se nos interessarmos por essa The Legend of Maian poderemos fazer uma review dela também.

      Obrigado pelo primeiro comentário aqui e até a próxima.😉

      • Opa, ja li todas as obras que vocês comentaram =p vo espera entao semana que vem, o problema do ranking semanal é que so tem obra que nao termino, e os que tem eu leio, eu queria alguma coisa completa. Valeu.
        The Legend of Maian é bom, so nao sei se vocês vão gostar.

  7. Transcrevo aqui as palavras de um amigo que lê Sword Art Online, e não me refiro ao mangá… Refiro-me à obra original: Light Novel.
    ”O anime está todo cagado”.
    A verdade Trilles, é que a qualidade de animes lançados nessas temporadas está caindo vertiginosamente. Raros se salvam. Bom, eu já li trechos de SAO e é interessante. E, opinião própria: o anime é uma merda.

    • Realmente Reborn! essa é uma realidade triste de hoje em dia. Felizmente, algumas obras saem dessa triste realidade, como algumas que lançaram nos últimos 2 anos. Agora, infelizmente não consigo ler novels. Simplesmente não consigo gostar, mas estou gostando do anime como disse. No entanto, não sei se percebeu nas notas, mas infelizmente já está aparentando que será outro anime falho. O anime está perdendo qualidade aos poucos já, então estou apenas torcendo para não ter um fim terrível como o de outras obras recentes.

    • Pow cara, devo dizer que não nos interessamos muito pela premissa, mas se você puder nos dizer qualidades/características da obra, seria muito bom, podendo ela então, até receber uma review no futuro.

      • Como você disse a premissa é supostamente simples. Uma comédia nosense onde a humanidade esta em declinio e o aparecimento de fadas, só que é muito mais que isso, o anime é cheio de críticas sociais e humor negro. Por exemplo, manipulação, produção industrial, alimentos industrializados, falta de conhecimento, midias.

      • Concordo com Dioga, pra mim Jinrui wa Suitai Shimashita foi um dos melhores da temporada (talvez até o melhor). Tudo bem vocês não comentarem por não terem se interessado (à primeira vista parece retardado mesmo), mas pra quem viu e leu tanta porcaria um Jinrui da vida não ia matar… ia até fazer bem.

        • O problema é que é pura questão de gosto… A melhor obra até agora na minha opinião é Natsuyuki, mas e quem não gosta de romance? Pra mim, Natsuyuki não perde de nada, nem de perto. Simplesmente não conseguimos achar a obra interessante. O traço incomoda, o estilo incomoda, basicamente não é do nosso gosto pessoal, e é disso que mais falamos aqui, nosso gosto. Nossa review, como já dissemos, é diferenciada da maioria. Tentamos dar verdadeiras recomendações de obras para as pessoas, e não ficar apenas chutando os gêneros e como serão todas as obras da temporada assim como vários sites por aí fazem. Queremos ver/ler as obras para aí sim dar nossa opinião, para os nossos ouvintes/leitores não ficarem decepcionados depois por terem acompanhado algo que recomendamos mas que se transformou em uma bosta (ex: me interessei de início em Kokoro Connect, mas como gosto de obras mais sérias e adultas, virou a maior piada por causa de uma animação ridiculamente ruim e personagens rasos em que o autor fica tentando colocar importâncias que não existem.). Por isso falamos apenas do que acompanhamos, para então sermos objetivos e concretos em nossas análises.😉

          Obrigado pelo comentário e até a próxima.

  8. Review muito boa caras,um ótimo trabalho!Realmente essa temporada ta um lixo e praticamente nada se salva.O melhor é procurar animes antigos que não tenham visto(to fazendo isso com monster).Agora eu não entendi no inicio do podcast quem era a favor de Air Gear quem não erá,logo avisando que simpatizo com os que eram a favor.

    • Obrigado pelo primeiro comentário aqui!😉

      Agora cara, em opinião pessoal, devo dizer que achei você meio masoquista cara o.O
      Sei lá…patins com super poderes e ainda MONSTER? É querer se machucar demais.

      • Cara só to pegando monster pra ler pq li algumas reviews por ai dizendo que a hist’ria é ótima e que autor é O PIKA e alguns amigos me falaram que era bom.Se tiver uma dica de melhores que esses to aberto a sugestões.

        Já air gear eu vi o anime,sabe-se la deus pq já, que é uma merda(em comparação ao mangá)! Mas que tem boas lutas e era muito engraçado.Comecei a ler quando eu queria algo que simplesmente me divertisse com personagens carismáticos e air gear tem muito disso com uma puta arte que só melhora com o tempo,a história eu tenho que admitir que é muito sem noção mais da pra levar.É um bom shonen que se carrega na arte e nos personagens(que evoluem com o tempo),sendo muito melhor do que outros shonens altamente superestimados como fairy tail e bleach(depois da saga da soul society )por exemplo.

        • Que isso, cara, nós que agradecemos pela confiança!😉

          Como dissemos, não poderíamos comentar muito sobre o manga pois é uma obra cheia de mistérios e um ótimo desenvolvimento. O cast ficaria cheio de spoilers.
          Mas enfim, que bom que gostou e fique de olho nas próximas reviews. Serão de outros ótimos mangas.😉

  9. Opa, terminei de ler Pluto ontem, e sério, valeu mesmo pela recomendação! Na verdade o mangá já estava na minha “lista para ler”, mas acabei sentido mais vontade ainda de ler depois de ouvir o podcast de vocês :D!

    Pra “retribuir” a recomendação, sei lá, eu queria recomendar alguma coisa pra vocês lerem também. Pensei em recomendar Eden: It’s an Endless World (que é muuuito bom, aliás), mas recomendar mangá de 18 volumes é sacanagem, hahaha. Então resolvi recomendar dois mangás de 1 volume só.

    Pro Trilles, recomendo Memórias de Emanon (Omoide Emanon, no original) e para o Estupratom, Nijigahara Holograph (provavelmente ele já leu, meio difícil recomendar alguma coisa para ele). São dois mangás que eu acho incríveis (ambos leituras bem rápidas), e espero ter acertado no gosto de vocês.

    E se quiserem algo maior, ainda em andamento, Dorohedoro é beeem diferente do usual, e um mangá bem interessante também (eu particularmente gosto bastante). Bom, qualquer um desses mangás vale muito a pena ser lido, recomendo bastante todos.

    Muito boa a Season Review, valeu!

    • Hahaha Submarino, conhecemos o trabalho de vocês há muito tempo já cara.😉 Inclusive, por isso que pedimos por uma parceria😉
      Já li Emanon sim e a obra terá um cast logo logo, os 2 volumes (sasurai e omoide). Sobre Nijigahara, já está baixado aqui pra eu ler há muito tempo e o Estupra já leu sim. Sobre Eden, irei baixar pra ler também, faremos um cast no futuro. Dorohedoro o Estupra já leu, mas não sei se faremos um cast dela.

      Obrigado pela atenção que vem dando ao site e por mais um comentário =)
      Até a próxima.

      • Nossa, a recomendação foi pra leitura mesmo, mas um cast de Emanon seria demais. Eu sou muito fã mesmo do primeiro volume, Omoide, provavelmente é um dos mangás que eu mais gosto e com certeza tem a melhor personagem feminina que já vi (eu não li Gunnm, todo mundo me fala bem da protagonista desse mangá), uma personagem tão fictícia não poderia ser mais humana, é impossível não gostar dela, haha. A continuação, Sasurai, eu não curti tanto, a personagem (Emanon) está ótima denovo, mas pela história e uns outros detalhesinhos não sou tão fã.

        Dorohedoro é diferente, com certeza, e só por isso já vale demais a leitura, você provavelmente nunca terá visto algo parecido antes. Se é bom ou não vai muito de questão de gosto, eu curto bastante. E Eden é sem palavras, é simplesmente incrível, um dos melhores mangás que li sem dúvidas.

        Valeu pela atenção :D!

        • Que isso! A atenção é sempre muito bem merecida. E sobre Pluto, de fato é uma ótima obra.😉

          Gunnm eu também não peguei pra ler ainda, mas de tanto que o Estupra fala, estou baixando neste momento.

  10. Mangas no geral hoje em dia ta difícil garimpar algum decente, é sempre a mesmice de sempre
    em praticamente todos os gêneros, sei lá com o tempo parece que foi estipulado uma formula
    vc sente bastante isso em shonens, um idiota fodão de protagonista, uma gostosona ou mais pra fan servise e assim por diante.
    Me pergunto quando vai cair a ficha pros autores, que esta historinha já encheu o saco a muito tempo, a meu ver os autores e editores das revistas não tem bolas pra se ariscar em ago inovador.
    Com filmes em geral é a mesma coisa, originalidade praticamente zero.
    Eu sinceramente tenho medo quando anunciam que vão adaptar pra filme um livro que eu tenha gostado.
    algumas recomendações que deixo ai:
    Street cat
    GWI
    ID – The Greatest Fusion Fantasy
    Jackals
    Mother Keeper
    Psyren
    World Embryo
    GE – Good Ending
    Ares
    Cage of Eden

    Pra quem não se importa com echi (afinal só faz mal em excesso)
    Nozoki Ana
    The Legend of Maian
    Witch Hunter
    Unbalance X2
    Gekkoh
    Minamoto-kun Monogatari
    Nana to Kaoru
    Velvet Kiss
    Futari Ecchi
    Umi no Misaki

  11. Nossa! Quando vi a review escrita sabia que não ia ter muita coisa boa nessa season mas, só ter obras de ecchi desse nível me pegou de surpresa. De qualquer jeito, não ter um mangá novo para ler é um alívio para minha vida social, já que ainda tenho todas as recomendações de vocês e Hajime no Ippo, que estou engolindo o mangá, já chegando no Vol. 43, em uma semana e meia.
    Sobre os animes, vou assistir ao Natsuyuki Rendezvous assim que ele acabar pra não ter que esperar por episódios e vou segurar SOA mais um pouco, porque tô um pouco preconceituoso com a premissa. Por mais que não lembre de ver uma obra igual, ao meu ver essa premissa é tão cliché quanto a dos shounens idiotas e pelo que entendi dos comentários, o anime ainda não se focou em uma estória principal, o que pode se tornar um problema se ele demorar demais, porém já li em algumas reviews que SAO pretende ser um anime episódico. Se esse for o caso, estarei esperando para saber se não haverá uma queda absurda de qualidade da obra pois, apesar de adorar séries desse tipo e achar que cairia bem com a premissa de um mundo de MMORPG, é muito difícil manter um bom nível depois de alguns episódios. Em compensação, quando conseguem, se tornam quase que com certeza favoritos meus, assim como Cowboy Bebop e Mushishi.

    • Cara, acho que você não nos acompanha há muito tempo, e caso não concorde com o comentário a seguir, nos desculpe, mas é a nossa opinião e ela tem bases.

      NUNCA FAREMOS UM CAST DESSE CU!

  12. Olha eu aqui de novo… sei que voces não queriam me ver maasss……….. eu senti saudades!
    huahauhauhauhauhauahuahuahuahuahuahuahauhauha

    Vamos começar:
    Arcana Famiglia – Dropado… não gostei do que vi, tedioso, chato e sem empolgação nenhuma, mas o que esperar de um Otome Game com harem inverso né!? Mas não me decepcionei… pois sei que seu publico alvo (garotas) estão amando ele, isto significa que pelo menos a ELAS este anime agrada.

    Binbougami ga!:
    Estou acompanhando e não pretendo dropar…
    É razoavel… não é bom como foi Nichijou, Azazel-san, Haganai ou Bakatesu do ano passado… mas é uma comedia legalzinha de se acompanhar. Fora que tem a melhor OP e a melhor ED da temporada.
    Mas é serio galera… cade Jinrui wa Suitai Shimashita? O humor negro apresentado por este anime que faz parodia do “fim da humanidade” é muito bom.

    Chitose Get You!!:
    Não vi este anime e nem quero ver, mas me pintou uma duvida…
    Seinen não é genero… ele é demografia, quando um mangá é SEINEN significa que ele é destinado ao publico masculino adulto.
    E pelo que sei esta obra é seinen sim, ou seja, destinada a um publico masculino adulto… não entendi o porque da revolta de voces sobre estes FATO. Aonde voces virao que a demografia do mangá é diferente? E o que mostrava? Shoujo, Jousei, Shounen ou Kodomo?

    Chouyaku Hyakuninisshu: Uta Koi.
    Não estou acompanhando e nem quero… não chamou minha atenção.

    Dakara Boku wa, H ga Dekinai:
    Estou acompanhando… tem muitos peitos (grandes, pequenos e medios) e lutas baseados em Strip-tease! Como sou uma pessoa que não tem problemas com isto seguirei firme e forte até seu final, o unico motivo por assistir esta serie é porque gosto da relaçaõ entre os dois personagens principais… mesmo no meio de tanto ecchi (exagerado D+) sinto um romance legal ali no meio entre eles dois.

    Ebiten:
    Assisti apenas o episodio 01… pretendo ver o 02, caso não melhore ai vou dropar.
    Só uma coisa a dizer… foi muito melhor ver o eipsodio 01 deste anime do que ver aqueles horriveis e tenebrosos 12 episodios de SS Omega, mil vezes prefiro “tentar” ver Ebiten do que voltar a ver SS Omega.

    Joshiraku:
    Não estou acompanhando e nem quero!

    Koi to Senkyo to Chocolate:
    Não estou acompanhando e nem quero!

    Kokoro Connect:
    É aqui que acho que voces pisam na bola… Gostei e muito deste anime, tem um desenvolvimento bom, personagens agradaveis e um enredo interresante… isto tuso por um unico motivo: é um anime “simples”.
    O que eu vi em Hyouka na temporada passada estou vendo em Kokoro Connect, chegou como quem não queria nada e está ganhando seu publico aos poucos. É um anime “leve” de se assistir, com situações envolventes.

    Kono Naka ni Hitori, Imouto ga Iru!:
    Estou acompanhando maasss tah dificil continuar sabe…
    Tem uma historia legal que poderia render uma boa comedia, mas naum esta sendo assim… acho que o potencial da historia (comedia) esta sendo disperdiçado por uma mal execução do anime… estou me decepcionando.

    Muv-Luv Alternative: Total Eclipse:
    Estou acompanhando e acho que tem um bom potencial a ser aproveitado aqui, a historia tem muitos capitulos para serem mostrados ainda e acho que podem a vir ocorrer mais umas mortes legais… Me gusta ver mortes sangrentas! Adoro ver mulheres com peitões sendo devoradas por alienigenas…
    Acho que este anime ainda vai me render bons momentos!!!

    Natsuyuki Rendezvous:
    Não estou vendo pois a historia não me interessou… já me basta Ghost – Do outro lado da vida.

    Oda Nobuna no Yabou:
    Não estou acompanhando pois peguei nojo por historias baseadas no Japão Feudal… culpa de experiencias anteriores extremamente ruins. (Brave 10,Sengoku Collection e uns outros…)

    Sword Art Online:
    Muito bom!! Mas prefiro o inico original da obra… que ocorre apenas no Light Novel e no mangá… este inicio baseado nos Side Storys do LN achei sem graça.
    Se fosse fiel ao LN e tivesse o mesmo começo acho que seu desenvolivemento seria mais agradavel… mas ainda bem que já está acabando estes episodios baseados nas Sides Storys, quero ver a historia original do LN/mangá logo!!

    Tari Tari:
    Nem fede e nem cheira para mim… não amo de paixão mas tbm naum tem nada melhor para ver.
    É o substituto direto de Natsuiro Kiseki da temporada passada, e assim sendo segue a mesma promissa e passa o mesmo feeling, para quem gosta de amigos cantando juntos é um prato cheio. Mas concordo com voces que se tivesse mais episodios e se fosse mais bem trabalhado seria uma experiencia muito mais atrativa.

    Para terminar… seus comentarios estão otimos (como sempre) e parabens pelo site!

    • Não tenho como comentar sobre todas as obras novamente, pois você já ouviu nossos comentários no cast, mas não entendo o porquê de você pelo menos nem dar chance às obras que indicamos. Porém, caso elas não sejam do seu estilo (e é o que me parece), entendo.

      Dakara Boku wa: infelizmente não entendo e nunca entenderei alguém que goste disso. Nem o Gutinho gostou, e ele é nosso membro mais tolerante com obras desse tipo.

      Kokoro Connect: não falarei muito detalhadamente aqui sobre esta obra, pois não vejo nela metade do que você falou. Inclusive, até o Gutinho que comentou ter gostado dela no cast, após ter conversado comigo sobre a obra, percebeu que não valia a pena. Mas por favor, não compare com Hyouka. As duas não tem o MÍNIMO em comum. O objetivo delas é completamente diferente, seus personagens são completamente diferentes e o ambiente apresentado também é completamente diferente. Não vejo como pode comparar as duas obras.

      Muv-Luv: acho que você a parte onde falamos nosso nome no cast…hahahaha. Pelo jeito, não concorda conosco nesse tópico, mas não conseguimos gostar de ecchis exagerados.

      Sobre obras de samurais: acredito amigo, não é um tema que eu goste, mas já vi obras FANTÁSTICAS do estilo, inclusive, algumas terão um cast aqui no site. Espero que com os casts em questão (caso ainda esteja nos acompanhando) mude de ideia sobre o assunto.

      E por último, não sei se leu os comentários do site, mas já falamos MUITO sobre essas coisas de gênero. Apenas dê uma olhada nos comentários do nosso cast de Suzuka e escute ao que falamos nos últimos casts. Mas para resumir:
      1-todo mundo coloca seinen/josei/shoujo/etc. como gênero, por isso colocamos também, mas sabemos MUITO BEM o que significam tais expressões.
      2-não li Chitose Get You!!, mas apenas ouvindo as pessoas que comentaram no nosso cast, consegui perceber que a obra PROVAVELMENTE não tem em seu conteúdo, característica de um manga visado para adultos.
      E por último, mas não menos importante: 3-já falei muitas vezes que classificamos coisas pelo sentido ocidental das palavras e com as críticas ocidentais, o que julga as obras como o que elas APARENTAM apresentar, e não pelo que vem escrito em suas capas. (ex: não achamos Death Note shounen apenas porque foi lançado na Shounen Jump)

      É isso. Espero que tenha entendido melhor alguns pontos apresentados.

      Até a próxima.

  13. Dakara Boku wa:
    Concordo… não é facil de se engolir… mas é como eu disse, me cativei pelos 2 protagonista e acho que dali sai um romance legalzinho. (talvez…)

    Kokoro Connect:
    Sobre este… eu não disse que é igual a Hyouka, eu não disse que tem personagens parecidos… não disse nada do que vc escreveu ai, até parece que colocou palavras a minha boca, será falta de interpretação de texto?
    A comparação feita a Hyoka é está:

    “Chegou como quem não queria nada e está ganhando seu publico aos poucos. É um anime “leve” de se assistir, com situações envolventes.”

    Daonde vc tirou tudo aquilo ali? Personagnes iguais, enredo igual e não sei o que mais igual?
    ¬¬”
    Repito: Ambos são animes “simples” e tem suas situações agradaveis, está é a comparação que eu faço!
    Hyouka é assim… Não chega a ser algo epico, mas é bom e agradavel.

    E ainda acho Kokoro Connect bom… Teve seu primeiro arco (troca de corpos) uma conclusão plausivel e comovente… fortalecendo a união do grupo, e agora o segundo arco (desejos liberados) mostra que depois de fortalecer o laço entre eles, o Semente do Coração, quer testar este laço, colocando os sob-pressão de seus proprios desejos…
    E não acho os problemas ou sentimentos deles “exagerados” (Black Rock Shooter), medo de homens apos uma tentativa de estrupo, falta de confiança nas demais pessoas, mudar seu jeito de ser para agradar os outros a sua volta, são casos reais que varias pessoas a nossa volta passam por isto a cada dia.

    Muv-Luv:
    Quero ver mortes e muito sangue… gosto disto! (e muito)
    Foi isto que quis dizer sobre “ainda vai me render bons momentos”.

    Respondendo ao restante:
    1- Infelizmente não sou fã de ouvir Cast…me desculpem por isto, mas é que gosto e aprecio muito mais a leitura sabe. Assim sendo nunca ouvi um Cast de voces mas sempre leio os posts que envolvem meus interesses. Repito, peço desculpas…
    Maasss “TODO MUNDO” não… Eu mesmo não considero demografias como generos, sei sim que a maioria faz isto (o que é errado, uma mania feia que nos aprendemos)… mas não existe uma justificativa razoavel para isto, tanto que se vc usar algo deste jeito podera chamar a atenção de pessoas que sabem o real uso das palavras… como aconteceu comigo, mas graças ao seu AVISO, agora sei o motivo do “porque” voces colocarem assim, mais uma fez peço desculpas, juro que não sabia.

    2- Chitose Get You!, originalmente, sim é Seinen… (do mesmo jeito, Kodomo no Jikan tbm tem garotinhas mas é Seinen, não sei se são parecidos pois não leio nenhum deles)
    Mas como vc falou que usa um jeito de avaliação propria (ocidental) e que avalia pelo que SE JULGA apresentar… ai já não posso dizer nada.
    Mas para algumas pessoas que sabem os verdadeiros significados das palavras podem as vezes aparecer “mals entendidos”…

    • Sobre Kokoro Connect, nem posso criticar nada aqui. Minha avaliação da obra é um pouco grande demais para um post, mas caso escute o podcast entenderá melhor, o problema é que a obra piorou ainda mais depois do podcast na minha, e na opinião do Gutinho. E sobre ter sido igual a Hyouka no público, acho que não. Kokoro Connect recebeu um público até que muito bom em seu início, afinal, a premissa é bem viável a fãs de romances bobos (como o Gutinho). Os problemas da obra são inúmeros. Personagens exagerados, sentimentos exagerados, falta de uma boa animação, diferenciação no traço quase nula, enredo se desenvolve de forma idiota e sem explicação (até agora, quem é o “Semente Coração” ??? WTF é tudo isso acontecendo NO MUNDO REAL). Devo repetir. ODEIO quando mangas ou animes que são feitos em nosso mundo real apresentam características sobrenaturais que quebram com toda a lógica da obra. Pior ainda quando não tem uma explicação plausível. Maiores explicações você poderia perguntar para nós no skype ou algo do tipo, mas basicamente minha nota agora para a obra é 6, só estou assistindo ainda para rir em alguns episódios (rio por causa da falta de lógica e má execução da obra). Me desculpe se não é o que pensa, mas isso é o que EU interpretei, o que conversei com o Gutinho, e o que usei para convencê-lo que, de fato, a obra apresenta falhas absurdas.

      Sobre seus pontos finais, de fato fica difícil conversar quando o objetivo principal do site são os casts. É neles que falamos tudo que pensamos e onde de fato damos nossa verdadeira opinião. É muito difícil escrever um texto “mais ou menos bem escrito” e de no máximo 4 linhas no wordpress mostrando a verdadeira opinião de QUATRO pessoas de um grupo sobre alguma obra. E neles também já comentamos sobre tudo isso de demografia e gênero que comentou.
      Quando disse “TODO MUNDO”, basicamente me referi a todos os sites famosos brasileiros e estrangeiros aí fora que colocam tais classificações demográficas como gênero, então, para deixar nosso site claro a todos, resolvemos adotar o mesmo modo. E não, nós NUNCA colocamos gêneros aqui (qualquer que seja) apenas olhando os gêneros da obra no Japão, afinal, nossa cultura é MUITO diferente da deles, além do fato da classificação lá não ser do jeito que a maioria pensa. Novamente, consigo dar mais explicações do assunto falando no skype caso queira alguma, mas como já disse, nosso objetivo nesse site é de VER/LER as obras para aí sim comentar sobre elas, e então poder dar boas críticas a nossos leitores/ouvintes. Não falaremos que obra tal é para “jovens adultos” (seinen) apenas porque foi lançada deste jeito no Japão (até porque, como já comentei, a classificação no Japão não é feita pelo que a obra apresenta somente em conteúdo).

      É isso. Me desculpe pelo longo texto, mas como coloquei neste post, recomendamos, e muito, que todos escutem nossos podcasts, pois é neles que, de fato, falamos nossas críticas concretas, o que torna muito difícil discutir com alguém sobre nosso site quando a pessoa não nos escutou ainda.

      Um abraço e até a próxima.

  14. veio eu vi 8 episodios de kokoro connect e depois vim ver esse site, simplesmente parei de ler depois que voce falou mal de kokoro connect, kokoro connect foi o MELHOR anime dessa temporada e se voce nao gostou FODASE

  15. O que eu posso dizer… Estava procurando algum anime decente para assistir e caí aqui. Só devo agradecer ao google. Geralmente dou uma olhada na lista de animes da temporada, mas com apenas uma imagem e uma mini sinopse fica difícil saber o que deve ser bom ou não. Quando olhei a temporada de verão senti um desgosto, mas hoje, por causa do tédio, resolvi ver se não tinha deixado passado nada bom… E depois de ler as reviews, vejo que realmente não deixei passar.😄
    Há sim, devo concordar completamente com a não recomendação do site ao anime Arcana Famiglia. Assisti até o final porque parecia prometer algo, mas a frustração foi grande…:/
    Enfim, ao menos a temporada de outono parece estar melhor. Espero que os cinco animes que resolvi acompanhar dessa vez não me decepcionem (ao menos não me decepcionem tanto).
    Mas resumindo o que realmente vir fazer aqui nos comentários, parabéns a toda a equipe do site! Gostei do que vi e li por aqui (não apenas nesta matéria), e vou acompanhá-los a partir de agora.🙂 E muito obrigada pela recomendação do que não ler/assistir, irá me poupar algum tempo. xD

    • Muito obrigado pelo apoio! Tomara que goste do que está por vir! =D

      E sobre a próxima season review, como comentamos sempre por aqui, fazemos nossas seasons comentando, de fato, o que os animes apresentam, e por isso, não fazemos reviews especulando o que as obras terão (que foi o caso de Arcana Famiglia, que a maioria dos sites errou – pelo menos os que eu vi), por isso, lançamos nossas reviews um mês depois das seasons começarem, e vemos todas as obras que lançam, para darmos uma review bem elaborada. Então não deixe de ver nossa próxima season review dessa temporada que acaba de começar! Ela deve sair no início de novembro, e garanto que terão algumas obras boas para você assistir, e outras para largar o.O.

      Até a próxima!😉

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s