EMD Cast #27: Review – Battle Royale

Aqui está a nossa review de Battle Royale!


Esse podcast foi uma das obras mais difíceis de serem avaliadas durante o início do site. Muitas opiniões divergentes, muita nostalgia influenciando a opinião dos participantes e um pouco de vadiagem desnecessária. Colocando isso de lado podemos afirmar que Battle Royale pe uma obra com muitas características que normalmente não deveriam estar juntas, realismo psicológico com um pouco de hadouken, personagens secundários fantásticos com protagonistas irritantes e muita, mas muita violência. Chequem o podcast para saber nossas conclusões.

 -> PODCAST <-

Lembrando que recomendamos que baixem nossos podcasts.

Para fazer o DOWNLOAD e/ou ESCUTAR ONLINEMega.

EMD Cast #27_ Review – Battle Royale.mp3

(para baixar, clique com o botão direito do mouse e escolha a opção “salvar link como”)

*Notas

Estupratom: 8
Gutinho: 5
Thomás: 6
Hit: 9

– Informações Gerais –

Onde baixar: Si~LÉNSCE (português-BR) ou no MangaTraders (inglês)
Leitura online: Central de Mangás.
Status: completo.
Volumes: 15.

*Para saber sobre as músicas utilizadas no cast ou caso tenham qualquer dúvida, entrem em contato conosco.

44 pensamentos sobre “EMD Cast #27: Review – Battle Royale

  1. Realmente…. prefiro ficar sem ler isso.
    e estupra… acho que sua nota deveria ser NO MÁXIMO um 8, mas, é sua opnião.
    Abraço a todos e espero por novos casts

    • Pow, falamos spoilers no cast inteiro, leia o texto que dá uma ideia legal do conteúdo, e no início do cast, como sempre, comentamos sobre a arte, sobre alguns aspectos e demos um aviso dizendo que começaríamos a falar dos personagens/estória. Nesse ponto, pare de escutar se quiser, mas sinceramente… Não leia essa obra e escute o cast, que ficou muito bom (diferente da obra -_-).

  2. Eu li tipo o Trilles, pulando páginas.
    Fico feliz em ver que não sou a unica que achou a morte das meninas pelo veneno muito idiota. Tudo bem desconfiar de quem estava com você todo o tempo, mas ignorar a novata completamente? Daí já foi burrice do autor.
    Já tem um tempinho que li esse mangá, e não vou reler, então se escrever alguma coisa errada me desculpem.
    Acabei de ver aquela cena do antagonista (sei lá o nome) saindo do carro no ar. Me lembrou aqueles filmes indianos onde a física é completamente ignorada.
    Achei esse carinha exageradamente poderoso, não é porque o cara é um gênio que vira a prova de balas/explosões.
    O protagonista me lembrou o personagem do John Travolta em Grease. Cabelo igualzinho, só faltou saírem cantando e dançando por toda a ilha.
    Não me incomodo com as coisas exageradas, o problema é quando sai da área exagerada e vai pro absurdo. O Kiriyama é um absurdo completo, se gênios como newton e bruce lee precisaram de anos para aprimorarem seus conhecimentos como que esse cara conseguiu aprender em 5min? A parte do ki é aceitável (apenas para o ninja, o kiriyama não), pular de um carro em pleno ar não.

  3. Bem dito, o principal é um chato(eu não é pouco –‘).
    E na minha opnião também, quem faz o mangá é a Hardcore Souma e o Shogo Kawada. A história dos dois é Especialmente foda e Realista.

    -SPOILER-
    Ps. Seria 100% mais interessante se o Shogo fosse o principal, começando desde a primeira vez dele no jogo e terminando com uma segunda vez dele no jogo, e claro, adicionando novos personagens e quem sabe até uma nova personagem feminina que poderia ser o segundo amor de Shogo? afinal, ele mereçe(ou não rsrs).

  4. Estava muito ansioso por essa review pois esse foi um manga que me marcou muito, assim como o Estupra também foi a primeira obra pesada que eu li e além disso essa obra me tirou de uma fase muito obscura da minha vida onde eu assistia Fairy Tail e Haruhi e chamava as pessoas de “san” e “kun”. Sou muito grato a esse manga por isso🙂. Mas definitivamente não chega a merecer 9 e nem 10, além de todo o irrealismo(Que eu nem reclamei) e os momentos Shonen, o final me decepcionou muito porque eu já estava achando a serie tão surpreendente que eu já tinha desistido de adivinhar o final mas no momento que o Shogu apontou a arma pro Shuya e a Noriko eu já conseguia prever tudo que ia acontecer. Mas apesar de tudo isso BR tem várias cenas ótimas e tem ótimos personagens (Tirando o Shuya e a Noriko claro…).
    Eu achei bom que foi o Kiriyama que matou a Souma pois eu não tinha nenhum personagem que eu queria ver matando ela e se ela encontrasse o trio principal ela ia acabar matan… Isso seria um ótimo final más foi bom ver a luta dos dois antagonistas. Para min esse foi o melhor arco (Depois já começou a cachoeira de merda, tirando o flashback do Shogo)
    Realmente tem vários defeitos MAS tem um porem, várias cenas foram pioradas pelos tradutores da versão americana que é a utilizada na maioria dos scans, por exemplo a parte onde o Kiriyama está morrendo e fala “eu posso sentir” no original ele começa a falar mas não termina a palavra. Outro porem é que vários defeitos do manga não estavam no livro como por exemplo o kamehameha do Ninja e ainda me disseram que o Shuya é um protogonista descente, até chega a matar alguns participantes, já comprei o livro e ainda estou no começo do jogo🙂 (É uma pena não ter em português)
    Essas dicas eu peguei ouvindo outro cast mas eu infelizmente eu não lembro onde mas quando eu lembrar eu posto.
    Sobre o filme, ele me irritou um pouco pois ele destruiu a personalidade de todos os personagens, mas depois de passar essa barreira eu consegui dar umas boas risadas(o filme é bem trash).
    O interessante que eu achei que BR teve mais toque Shonen que Akumetsu que é da mesma época e era publicado na versão Shonen da Young Champion.
    Foi um cast muito bom e apesar de tantas criticas negativas o que prevaleceu foi a nostalgia ao relembrar tantas cenas ótimas. A trilha sonora do cast também tava ótima🙂

  5. Eu estou com o Estrupa nessa, mas não daria um 10 para BR. Eu também li a obra a um bom tempo, e na época foi uma das melhores obras imagináveis. O desenvolvimento era interessante, até o momento em como disseram, começou a cachoeira da desgraça.
    Entretanto na época eu me divertia, era muito melhor do que eu conhecia como naruto e bleach, por isso lembro com certo rancor quando penso no final.
    E por final eu me refiro a todo arco que vai da morte do Kiriyama até a pagina final, eu já havia ficado incomodado com o a saga dragon ball e o Kiriyama imortal, mas deu para passar, mas aqueles três lutando felizes, para ter um final feliz foi de doer.
    Eu realmente torcia para o Kiriyama vencer e matar o Shuuya, na verdade se o Shuuya tropeçasse e morresse eu ia ficar muito feliz, mas eu gostava daquele personagem Badass Mother Fuck que passava geral na faca. Achei que teria um novo tipo de final onde “mal” vence, mas foi aquela coisa shoonen.
    Os principais vencem e enfrentam as adversidades juntos, e isso foi realmente irritante, porque eles não fizeram nada para que isso acontecesse, e como se eles tivessem permanecidos puros até enfrentar o mal absoluto que era o Kiriyama. Achei muito maniqueista e forçado, e minha nota seria um 8 ou 7. Porque a obra fugiu muito de sua premissa, se tornando bem mais suave com o passar do tempo, para entregar um final fraco.

  6. Li só o início do cast mesmo, pretendo ler a obra, achei a premissa bem empolgante xD

    Me irrito bastante com o tipo de pessoas que evitam ler certas obras devido a repulsa de violência (não estou me referindo a nenhum membro do grupo neste cast, afinal, não ouvi tudo e nem de nenhum comentário aqui postado). Já vi muitos casos de obras que pessoas não leem devido a grande quantidade de violência, mesmo sendo bem empregada e na função de complementar a obra

    Gosto de obras violentas e não tenho problema com irrealismo, se sobreviver aos personagens, acho que gostarei da obra. Lerei depois de Shamo, que vcs já me fizeram colocar na lista pra ler xD

    Aliás, não sabia sobre a vendagem exagerada de Shounen até os anos 2000, nossa, ótima informação. Levando isso em conta, Berserk owna muito xD (e explica o clima Shounen que bateu bastante no animê O_o)

    • Leia pelo menos o texto da review. Não apresenta muitos spoilers, que eu me lembre… Ah velho, sinceramente, não consigo nem mais postar por aqui. É só olhar as notas em baixo do post, agora, aviso que ninguém aqui foi contra a violência do manga. Pelo contrário, a violência foi uma das coisas boas. O ruim do manga é muito, MUITO pior do que violência exagerada.

      • Como vcs mesmos disseram a obra teve um ótimo começo, foi a parte shonem que
        estragou a obra, a meu ver nas obras mais recentes o que estraga quase todas são os “moçinhos”, vc sabe que eles vão se dar bem, pode sofrer um bocado mas no final é batata
        “o bem vence o mal” eu não sei vcs mas eu não aguento mais ver os autores não só de mangas
        filmes e livros tbm colocarem esse valores em suas obras.
        Usaram tanto isso essa receita que esta cheirando mal.

  7. axo q branco fica melhor pruma tematica mais manga, naum gostei da cor nem do estilo dao uma impressao de mta simplicidade prum local cheio de opinioes, discurssoes,reviews, enfim.talvez um branco com preto,prateado, cinza ficaria mais legal.a simplicidade pode ter estilo mais as vezes acaba ‘apagando’ algo.axo q fica mehor com letras em negrito e uma fonte menor daria um espaçamento melhor entre as colunas ficaram mto juntas, mais linhas divisorias.axo q estava melhor antes mais talvez vcs façam algo ainda melhor.

    hahaha eu aki dando conselhos como se conhece do assunto mas e so uma opniao, com sugestoes pesem se quiserem ou descartem mais fica aki meu ponto de vista, no mais adoro o site ,por isso fico meio preocupado, e parabens pela equipe e comprometimento.

    • Que isso! Muito obrigado pelo feedback. Teremos isso em mente e sempre tentaremos melhorar.

      Obrigado também pelo primeiro comentário por aqui e espero que goste dos lançamentos que virão.

      Até a próxima.😉

  8. Eu achei Battle Royale uma obra incrivel,claro totalmente não realista,mas é um mangá,acho que so precisa concordar com o mundo em que ele ocorre…Eu só nao gostei do final,mas ainda achei incrivel,a arte também é incrivel,é muito bem feita,mas tem cada coisa que encomoda e chega a doer,mas continuo achando incrivel a arte.Eu concordei com os dois lados do Cast,mas nao mudei minha visão do mangá,continuo achando foda.E o personagem principal é muito chato mesmo,puta que pariu caralho,eu tinha vontade de socar a tela do PC kkkkkkkkkkkkkkkk
    Em fim,otimo cast galera,continuem assim!

  9. Particularmente eu gostei de Battle Royale, se fosse pra dar nota a minha seria pelo menos um 7, mas eu entendo quem não gostou. O mangá começa com um universo parecido com o nosso(por mais que um Big Brother com carnificina pareça absurdo, não é algo totalmente impossível de acontecer), mas não respeita o universo criado quando coloca coisas fantasiosas, então se alguém procura a sensação de “como seria se isso acontecesse no mundo real” vai se decepcionar, mas se procura violência e ação sem se preocupar tanto com leis da físicas e lógica vai se divertir.

    Outra coisa é que eu vejo Shuuya como o personagem mais shounen da obra(vários outros secundários tem mais características mais de seinen do que ele), e acho que é uma tentativa de pegar o público shounen também, como vocês disseram os shounens eram absolutos nessa época e acho que os autores tiveram receio de fazer uma mudança tão brusca assim, por exemplo, como foi falado no podcast acho que a história de shogo também ficara bem melhor, mas não dá pra saber como o público pouco acostumado com isso ia receber um final trágico daquele.

    De qualquer forma, o mangá também tem seus bons momentos também, como a morte de hardcore souma, quando Kiriyama parece que sente pena e hesita matar ela(quando na verdade era apenas reflexo muscular da luta anterior).
    É isso, valeu pelo podcast aí pessoal.

    • Na verdade a pior morte do manga na minha opinião foi a dela. Ela era uma ótima personagem, que provavelmente ia morrer, mas morrer pro FILHA DA PUTA que arruinou o manga pra mim? Ahh… Isso não… Tudo menos isso! Haha.

      Obrigado por mais um comentário e até a próxima.

      • Entendo o que você quer dizer, mas me refiro mais a cena da morte em si do que ao fato do Kiriyama matar ela.
        Eu também achava a personagem muito interessante, porque era a que tinha a história e as atitudes mais convincentes do mangá, mas a cena de morte dela é a minha preferida.

  10. gosto muito de The Walking Dead e seria muito bom ver no ranking semanal…. o Estupra é maluco por dar nota 10 para esse manda, porem entendo muito ele, pois é uma obra que marcou a infancia/(adolecencia ?) dele….

  11. Depois desse review, vou ficar só nos filmes mesmo. São medianos, mas se tratando de longa live-action japonês o primeiro e a sequência são assistíveis.

  12. Achei interessante a obra escolhida ainda não havia lido e como principio meu so formo opinião sobre obre literária apos sua leitura verei como ela é, vou me ariscar e da uma lida, mas gostaria de deixar uma observação sobre a obra, é impressão minha ou a premissa dessa obra se assemelha e muito com a ideia do blockbuster recentemente lançado “Jogos Vorazes” ?

    • Repetindo o que comentei ao outro leitor nosso:

      “No cast comentamos sobre isso. A obra é baseada em um livro do Stephen King (A Longa Marcha se não me engano). Jogos Vorazes pode ter se baseado, ou no livro de Stephen, ou em Battle Royale, mas não sabemos.”

      Por isso recomendamos que escutem nossos podcasts.😉

  13. Gosto da obra mas conheço seus defeitos. Eu li ela quando era mais novo, e na época, BR se tornou meu manga favorito.

    Concordo totalmente com a opinião do Estupratom.

    Só uma dica para o cast. As vezes vcs dão uma fugida do assunto, fazendo os ouvintes perderem a linha de raciocínio. Quando comentarem um assunto paralelo, voltem para o tópico inicial em um tempo curto.

    E cade o ranking semanal? Não tem a 2 semanas, e eu quero muito saber a opinião do Estupra nas obras da Jump dessas semanas. Eu quis me matar algumas vezes.

    • Esse cast era pra quem leu a obra, então como eu e os outros do canal a lemos também, seríamos tão julgadores como qualquer um de vocês. Ouvimos do cast e gostamos de como ficou. Deu bastante discussão e tal, e deixamos bem claro a posição de cada um, mas é claro, nunca poderemos agradar a todos.

      Sobre o Ranking Semanal, já está saindo.

  14. A descrição comparando com BBB ficou ridicula. A tensão em que os personagens são expostos, é indescritivel.

    Não é uma obra perfeita,mas não é o lixo que vcs disseram

    Li a obra recentemente, e o ”Kamehameha” foi a unica parte muito forçada que percebi.

    Percebi que quem não gostou do mangá, inventou motivos para criticar. Perderam um ouvinte.

  15. Opa Saiu e nem vi sauhsuahsuahsa vou baixar o podcast assim q terminar de ler o post de Batle Royale eu curti muito a historia e o mangá vamos ver o q vcs falaram sobre a arte suahsuahsuasha e o desenvolvimento dos personagens…. Então eu gostaria de saber se vcs irão fazer algum dia uma review de Eyeshild 21 eu sei q pode parecer ruim mas pra mim a arte e desenvolvimento(cliche) de alguns personagens e outros desenvolvimentos nao tao cliche mas interessantes, personagens carismaticos(eu ri cm as situaçoes do mangá) enfim eu recomendo embora nao tenho certeza se alguem aqui da EcchiMustDie curtiu flw qdo eu terminar de ouvir e ler o cast eu posto alguma coisa se eu achar necessario

  16. Na época que li esse mangá, eu gostei muito, muito mesmo! O obra não é tão realista, realmente, mas é empolgante e consegue mexer com o psicológico. E a arte.. Pra mim, nota 9,9.

    Gostei muito do Mimura (o que planejou a bomba), do Kiriyama (eu torci por ele a obra toda) e da Mitsuko Souma.

    Confesso que a cena de mangá que eu achei MAIS FORTE, mesmo já tendo visto muitas mais sangrentas, foi a morte do ‘otaquinho’, que morreu estuprado (Com uma foice no ‘bucho’). Ele dizia ”Tá doendo” e a Hardcore dizia “é amor”. Eu fiquei chocado.. kkk!

    E quando ao protagonista sempre tá chorando é o que dá um pouco de realismo na obra, qualquer pessoa normal entraria em desespero numa situação daquelas… O irmão morrer daquele jeito, todo mundo morrendo e deixando pra fora mais sangue e mais órgãos do que qualquer corpo pode aguentar(sim, é isso mesmo kkk).

    Enfim, eu recomendo!

    • Vc chegou a escutar o cast? Aposto que ele foi um dos primeiros seinens sérios que vc leu, aconteceu o mesmo comigo. Todos os pontos fracos da obra não chegam a incomodar e as vezes só deixavam a obra melhor. BR foi uma das leituras mais importantes da minha infância e foi ela que me transformou em um verdadeiro faz de mangas e não um garoto que baixa apenas mangas da moda.

      Eu dei nota 10 por muitos anos e nunca vou dar menos de 9, mas para um leitor acostumado com seiens, a obra em muitos problemas.

      • Eu nunca vi mais que 10 seinens ‘de verdade’, ou seja, sério. É que Battle Royale foi um dos primeiros msm que eu vi nesse estilo e eu li com os volumes comprados mesmo, o que melhora a leitura. Eu tava de férias no tempo, vivi 4 dias de Battle Royale e só achei PROBLEMAS mesmo no fim, quando eu percebi que o Shuya não fez nada além de ser o cara ‘shounem’ da obra no mangá todo!

  17. Tinha altas expectativas pelo mangá, até comprei os 15 volumes no mercado negro só pra lê-lo e foi simplesmente ………. decepcionante esse mangá!!! Vou passar adiante essa coleção o mais rápido possível.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s