Melhores Páginas do Mês #3

E ae pessoal! Mais um Melhores Página do Mês, e que dessa vez trás apenas três páginas, já que eu não li muitas obras esse mês, mas para compensar trago três obras do nosso Top 10 Melhores Artes V2, e acredito que isso seja o bastante, tendo em mente o nível de arte de cada uma dessas obras, e dessas páginas, e podem ter certeza  não foi fácil de escolher.

Então aproveitem o show de arte do mês de novembro.

Shin Angyo Onshi Cap 5 parte 3 pag 184 e 185

E finalmente Shin Angyo Onshi aparece, o representante dos manhwas no nosso Top 10, e que logo de inicio traz uma arte incrível, e está página que eu trago a vocês é a prova disso.

Primeiramente vamos falar da angulação perfeita da cena, com um ângulo feito em arco, perceptível ao se traçar uma Lina da cabana no canto esquerdo passando pelo ombro do garoto e terminando no obro do ser morto no canto direito, ângulo que foi utilizado com o intuito de dar destaque ao garoto que fica no ponto mais alto do arco, e de distorcer ainda mais a criatura morta já que ela está no final do arco, além é claro de poder manter o cenário ao fundo fixo sem precisar distorcê-lo, facilitando a vida do desenhista. E bem, acredito que eu não preciso comentar do detalhismo do cenário, e das roupas dos personagens, além é claro das expressões fantásticas tanto a de perplexidade do garoto quanto a do ser morto, mas vamos ao principal ponto desta página, o céu fantástico de Yang Kyung-Il, que não só respeita o ângulo da cena, como tem um trabalho de luminosidade singular, nuvens das mais realistas, e o mais fantástico o efeito de movimento feito com o tracejado em nanquim que de forma alguma borra a cena, mas que só da mais destaque ao branco e a toda a cena .

Shin_v02_c05-part3_184&185

The Ravages of Time Cap 7 pag 14 e 15

E vamos ao interminável The Ravages of Time, a obra com os cavalos mais bem feitos que eu já vi.

Nesta pagina temos uma perspectiva simples, sem nenhuma angulação mirabolante ou distorção do cenário, mas sim uma vista lateral simples,  mas que tem seu destaque no cavaleiro, e que ao contrário de tudo na cena que segue a risca o plano, está virado fugindo do plano, simplesmente para dar destaque ao fato de ele estar olhando diretamente para suas vitimas, que olham diretamente para ele com seus rostos assustados, e que rostos, todos feitos com extremo, sendo todos bem diferentes um dos outros, mesmo sendo personagens inúteis. Agora o que mais impressiona é a movimentação, começando pela movimentação dos personagens ao fundo, que é de uma naturalidade incrível, com os personagens amontoados alguns caindo, e é claro do decapitado, mas o principal fica para o cavaleiro, que não só parece estar montado no cavalo, cavalo que por um acaso está praticamente perfeito, como tem toda sua movimentação acompanhada pela lona da tenda, que não só da mais ênfase ao fato de ele estar invadindo o local, como serve de fundo branco, sem ter a necessidade de usar uma fumaça insistente ou apagar o cenário, então dando destaque ao cavaleiro sem o uso de um desses artifícios, sendo uma excelente utilização do branco, mas isso já é esperado já que The Ravages of Time e uma das obras que melhor faz isso.

The_Ravages_of_Time_v02_c07 - 014-15

Blame! Cap 51 pag 25

Esse mês eu resolvi reler Blame, e é obvio que a obra não poderia faltar no post, mas que pagina colocar? Como eu li todo o manga esse mês, isso torna praticamente impossível escolher a melhor página deste manga incrível, então eu resolvi trazer uma das páginas que melhor representa a arte de Blame.

Essa página mostra o que para mim o Nihei tem de melhor, que é seu cenário, eu não quis trazer uma página de ação, já que a ação praticamente toca o manga inteiro, além de geralmente se desenvolver por diversas páginas, mas o que falar desta página, bem Nihei tem um estilo único e um jeito próprio de desenhar, tornando praticamente impossível dizer como ele faz suas páginas. Por isso olhem para o cenário, para os tons utilizados, para a forma do personagem e sua movimentação pelo cenário, e simplesmente aproveitem está página incrível.

09 Cap- 51_025 

É isso ae pessoa! Esse foi mais um Melhores Páginas do Mês e espero que tenham gostado.

6 pensamentos sobre “Melhores Páginas do Mês #3

  1. Ótimas páginas *__* vc sempre consegue prender a minha atenção em todas,cada uma com algum detalhe que a torna de um nível muito alto,tornando impossível a escolha da melhor xD

    Velho do seu mano! Como que o Nihei fez pra ir moldando os tons principalmente nos 2 primeiros quadros?O_o a troca de densidade absurdamente detalhada entre eles é tensa demais

    O que me chamou mais atenção em The Raveges of Time (fora oq vc disse) é o detalhamento no protetor de coluna do cavalo, que me força a dar um leve zoom para poder observar os traçados. O luminosidade em branco no cabelo de um dos caras assustados e do cara montado cavalo eu achei interessante tmb,moldando e dando o volume perfeito pro cabelo do cara do cavalo.

    E sobre Shin Angyo Onshi, o que mais me chamou a atenção foi a cabaninha ao fundo. Os pedaços de madeira na margem ficaram perfeitos cara, todos ficaram perfeitamente separados, os traçados não ficaram”embolados”.

    Mais uma “Páginas do mês” (que eu queria que fossem páginas da semana,mas tudo bem xD) foda o/.

    • Vlw Távora! Parabéns pelas ótimas observações, e pode esperar por mais páginas tanto de Shin Angyo Onshi, quanto de The Raveges of Time nos próximos posts, já que essas páginas são do comecinho dessas obras.

  2. Desculpa fazer esse comentario nada a ver com o post mas já q vocês manjam das putarias de animes e mangás alguem poderia me dizer oq é o tal moe?

    Eu vejo falar mas não sei o que é, vocês recomendam animes com moe seja la oq isso for?

    • Moe seria algo como “fofo”. A diferença de moe para kawaii seria o fato do kawaii ser usado para tudo e por todos, também significando algo como “fofo”, enquanto o moe é utilizado mais por homens para falar de mulheres.
      Recomendamos dependendo do anime. Em alguns animes o moe não é o foco, o que pode não ser prejudicial para a obra, e em algumas obras, mesmo o moe sendo o foco, isso acaba funcionando para alguns (inclusive para mim). Um exemplo disso seria K-On!, obra que eu gosto muito e que é basicamente moe, contendo uma estorinha até interessante por trás.

    • Obrigado Alisson! E sobre The Ravages of Time, também estou gostando da obra, principalmente da arte, então pode esperar por mais páginas de The Ravages of Time nos próximos posts.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s