EMD Cast #50: Review – Oyasumi Punpun

 

E em nosso podcast de numero 50, sós do EMD trazemos para você um podcast de uma dos melhores mangas que conhecemos.

Nada menos que o genial Oyasumi Punpun!!!

Em um podcast especial, Lucas e mais duas pessoas falam da obra prima de Inio Asano. Geralmente fazemos um texto com várias perguntas, mas nenhuma pergunta foi respondida nesse cast.

Aproveitem mais um EMD Cast!!

 -> PODCAST <-

Lembrando que recomendamos que baixem nossos podcasts.

Para fazer o DOWNLOAD e/ou ESCUTAR ONLINE: .     [SEM SPOILERS]

EMD Cast #50_ Review - Oyasumi PunPu.mp3


(para baixar, clique com o botão direito do mouse e escolha a opção “salvar link como”)

– Informações Gerais –

Onde baixar: MangaTraders (inglês) e Shin Sekai Scans (português-BR).
Leitura online: Central de Mangás.
Status: em lançamento.
Volumes: 11 até o momento (parece que o 14º será o último volume).

*Para saber sobre as músicas utilizadas no cast ou caso tenham qualquer dúvida, entrem em contato conosco.

Anúncios

39 pensamentos sobre “EMD Cast #50: Review – Oyasumi Punpun

  1. Muito bom o cast, mas na parte em que vocês falam que a família do punpun aparece em forma “real” eu acho que não sejam eles, se for do cap. 17 que vocês falam. Porque a casa que aparece nesse cap. e a do cap. 16 são diferentes, e o sofá da sala em que eles aparecem não existe na casa do punpun o mesmo para a cortina.

    • No próprio cap. 16 que você comentou, o pai do Punpun aparece falando que comprou essa casa nova. Nossa interpretação foi a de que a casa que apareceu no 17 era a anterior deles, ou então era simplesmente uma arrumação diferente (pelo menos aqui em casa, mudamos as coisas de lugar o tempo inteiro).

        • …Tudo foi uma especulação nossa, amigo, mas mangas psicológicos são montados dessa maneira, para que o leitor crie muitas especulações em cima dele. Juntando o gameboy, que o Punpun usa direto e que o garoto também estava usando, o pai com o bigodinho e pra completar as expressões, não só do garoto que aparece, mas da família em si, juntando todo o ambiente, concluímos que era a família Puniyama mesmo, mas fica a seu critério crer nisso ou não. 🙂

      • Caramba…eu tbm olhei e pensei: “Quem são esses maluco?!” e mudei de pagina.
        Agora voltei lá e vi novamente e realmente faz sentido e o menino parece com a forma que imaginei que o punpun seria.
        Bom cast.
        OBRIGADO EMD e Jessica!

  2. Sem muitas palavras, Punpun é Punpun. Só uma opinião: acho que essa questão estilística dos quadros negros do Inio Asano é uma das coisas que mais colabora para a imersão nas obras dele. Inconscientemente a pessoa acaba tendo que fazer uma reflexão diante daquelas letrinhas brancas, tentando se colocar no lugar do personagem. É um recurso narrativo bem interessante, principalmente quando esses quadros são alternados com as cenas sem fala: é de fato um momento de reflexão, tanto do personagem, quanto do leitor. Fora toda a questão da arte, como vocês bem comentaram. Confesso que parei de ler lá pelo volume 7, quando ele [spoiler] viu a antipática da Aiko no metrô [/spoiler], pqp, me irritei pra cacete… Vou voltar a ler quando tiver tempo novamente.
    No mais, valeu pelo cast!

  3. Escutei hoje ao podcast de Oyasumi Punpun, o qual eu já estava aguardando há um bom tempo, e ele atendeu completamente às minhas expectativas, pois eu esperava um cast bem analítico e reflexivo acerca de alguns pontos da obra, mas nada que estivesse recheado de spoilers. Vocês levantaram alguns pontos bem interessantes, em especial a respeito dos “Deuses”, e também sobre a narrativa em terceira pessoa ajudar na aproximação com o personagem Punpun. Vocês estão de parabéns.
    Até consigo entender o ponto que o Crive citou, o que o levou a baixar um pouco sua nota, mas penso naquilo como algo que enriqueceu ainda mais a parte psicológica, e não me incomodou. Aquele professor de Punpun era louco. hahahaha
    Um ponto que percebi durante minha leitura da obra foi que a forma caricata de Punpun é influenciada pelo seu estado mental, vide que quando ele ficou com a sua auto-estima lá em cima, nesses volumes mais recentes, o autor desenhou seu corpo quase em sua totalidade, mas quando ele voltou a ficar depressivo, voltou a sua forma corriqueira, a do vulgo “pinguim”.
    Para mim, um dos momentos mais épicos (if you know what I mean) é o capítulo 50. Cara, aquilo me pegou completamente desprevenido, e achei foda demais. hohohoho
    Sem mais, Oyasumi Punpun é leitura obrigatória para os verdadeiros fãs de mangá. A vontade de ler mais foi tanta que, assim que terminei o vol. 5 em português, li todo o resto em inglês, e vou ler o 11 hoje.

    P.S.: Enquanto digito esse comentário, estou baixando o vol. 11 , que vi que saiu no Hox desde o dia 21. Agora só faltam mais 3. o/

  4. So queria agradecer pela recomendaçao e bastante vc me escutou trilles? nao axei nem de perto q o manga fosse ser tao incrivel, talvez pela minha vida de apatia vendo mangas e animes ramdônicos , na verdade a historia e ate mto superior q qualquer livro ou filme q eu tenha visto, isso me faz pensar ou talvez eu seja completamente ignorante sobre esse universso de literaturas tao desconcertemente fascinantes ou talvez seja ate raro a existencia de uma obra como oyasumi punpun. Pensei q seria mais uma obra chata com otimas notas e um nivel de realismo incrivel, bla,bla,bla,bla,bla mostrando a vida de um merda depresivo ou qualquer outra bosta dessas, deeus tao pequeno, como posso ter uma mente tao pequena hahaha.realmente o manga ultrapassa mto a barreira da previsibilidade, chega ate ser tao assustador de tao impresivel, mas, ao mesmo tempo, plausivel (n n consigo entender como.) as coisas fluem de uma maneira a te prender a CADA QUADRO é…frustante. Li o primeiro capitulo com desden e desprezo, porra n aguentava mais todo mundo babando essa obra tinha certeza absoluta de q n era tao boa assim “vo ler so as duas primeiras paginas” DA MANEIRA MAIS FRIA POSSIVEL, ser for pra ser boa essa merda vai ter q ser um marco na historia da humanidade.
    acabei lendo assustadores 38 capitulos seguidos!!!!!!!!!!!!!!!!, simplesmente n consegia parar, axo q assim q um viciado se sente. Punpun e um dos melhores amigos q ja tive na vida kra torço dmais pra ele, toda a retrataçao de sua vida no manga e altamente real, todos os outros personagens tbem sao brilhantemente trabalhados, TODOS ate o doido da esquina. é orgasmatico, vc simplesmente mergulha no manga se envolve, e mais forte q vc. As discurssoes sobre felicidade em oyasumi punpun sao importantes é necessario, como um ser humano vc vivenciar esse tipo de coisa. Vou para por aki, de resto (sim e ainda tem mto resto) so lendo mesmo.vlew ai trilles.

    • Que isso cara, nós do EMD é que lhe agradecemos por esse ótimo comentário, e torcemos para que sua experiência sirva de exemplo para muitos outros que duvidam da grandiosidade de Oyasumi Punpun.
      Muito obrigado pelo comentário e até a próxima! =D

  5. me desculpem se eu defecar pela boca ou algo do tipo

    Otima review, ficou d+.Se fosse eu falando no podcast, seria o mesmo, nao costumo concordar com tudo, mas nao consegui ver nenhum lado ruin nessa review (so a nota, que na minha opiniao deveria estar cheia de 10 pra esse manga).

    Icrivel como conseguiram ler esse manga e praticamente o relataram na review e SEM SPOILERS, fizeram um otimo trabalho.

    Ja fazia um tempo que comecei a ler o manga, e so a semanas atraz descobri de quem era aquele rosto no logo do site XD (sinto me um retardado).

  6. Me desculpem por não ter comentado antes, queria ler a obra pra ouvir a review msm não tendo spoiler, queria muito agradecer a vcs, antes eu não tinha interesse de ler a obra depois que eu li o texto da review me interessei. E quero deixar aqui meu agradecimento por vcs terem me feito ler esse Fantástico manga, uma das melhores obras, se não a melhor, concordo em todo no cast, ficou ótimo tbm parabéns ao pessoal do grupo pela review

  7. Cara, Trilles e pessoas, eu gostei muito de punpun, definitivamente entra na minha lista de top 10 mangás que eu mais gostei, e queria saber se vcs tem alguma ideia de quando vai sair mais capítulos de punpun? Eu fico muito ansioso pela continuação de mangás que ainda não acabaram, tipo o próprio punpun, berserk, hunterxhunter entre outros, e a merda dos autores só publicam de 100 em 100 anos um novo capítulo, muita sacanagem isso, a estoria acaba ficando um pouco esquecida com o tempo, principalmente se ela for longa ou cheia de detalhes.
    Bom era isso que eu queria dizer e continuem assim pq vcs são fodas e fizeram eu mudar minha opinião sobre muitas coisas e me mostraram muitas coisas interessantes como esse mangá maravilhoso que é Oyasumi Punpun.

    • Que bom que gostou do manga, Leonardo. Na verdade, Oyasumi Punpun tem serialização normal. Se não me engano é de um capítulo à cada duas semanas. O que acontece é que o editor e tradutor para o inglês traduz apenas o tankoubon do manga (volume completo). São lançados dois volumes por ano, um ao meio do ano e um ao final. O último volume lançado em tankoubon já foi traduzido, o 12. Só não sei se foi traduzido para português. O 13 e último volume deve ser lançado até o final do ano.

      • Vlw Trilles, bom saber que punpun ja tem data certa, agora seria muito bom se resolvessem trazer ele para o Brasil, com certeza eu compraria.

  8. Essa obra com certeza está entre as melhores que já li (estou no volume 7 ainda) e já posso falar isso, o ápice do mangá foi no capítulo 65, aquilo sim foi obra de deus!!! kkkkkkkkk

    • Estou nos volumes semestrais agora, esperava mais, estava bem empolgado com no comentário acima, espero que nesses 2 últimos volumes, a obra volte a ser ”10”.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s