EMD Cast #56: Romance

Como posso começar a falar sobre um gênero tão importante para tantas obras que existem por aí? Neste post especial, comentarei sobre o gênero romance, e como ele pode influenciar uma obra, pois, querendo ou não, sempre acaba influenciando.

wallpaper-backgrounds-images-artistic-love-55251

Citarei algumas obras que poderiam não ser como são apenas por terem um romance bem desenvolvido nelas, no caso das boas, ou apenas por terem um romance jogado que não serve absolutamente para nada, no caso das ruins. Além disso, darei algumas recomendações de obras com foco em romance que nos surpreenderam ou que foram tão boas quanto esperávamos. O cast ficou bem específico e nele citamos muito mais obras do que citarei por aqui, então ele é altamente recomendado.

 -> PODCAST <-

Lembrando que recomendamos que baixem nossos podcasts.

Em nossos Analisando Gêneros, comentamos sobre um post de outro site para comparar obras que os grupos recomendam. Deem uma olhada abaixo no texto para acharem o link do post comentado.

Para fazer o DOWNLOAD e/ou ESCUTAR ONLINEBox.

*As informações desse cast podem ser encontradas no final deste post.

-> TEXTO <-

A imagem acima, diferentemente de muitos mangas shoujos que vagam por aí, é uma imagem de um shoujo com cenário de fundo, o melhor shoujo que existe hoje em dia na opinião do nosso grupo: Orange, um shoujo com uma ótima arte e um cenário bem representado a todo momento. Sim, caros leitores, cenário, em um shoujo! E fora estes termos técnicos citados, o manga também apresenta um enredo envolvente e nada usual. Vocês não encontrarão em Orange “o personagem mais popular do colégio”, ou “a garota com problemas para se relacionar com os outros”. O manga trata de forma normal, porém ótima e bem realista ao mesmo tempo, os romances e os relacionamentos em geral de um grupo de amigos durante seu ensino médio, junto a um tema de viagem no tempo bem interessante.

“WTF, Trilles!? Agora você me deixou com dúvidas. Viagem no tempo em um shoujo REALISTA?”

É, bem, realista na questão dos relacionamentos, expressões, cenário e afins, mas o manga envolve um tema mais irreal, utilizando uma carta que vem do futuro, dando dicas e maneiras de como a nossa personagem deve agir para que certas coisas não aconteçam na estória. Bom, quem me conhece, sabe que eu odeio irrealismo, porém, em Orange, um manga que comecei a ler com um pé atrás por causa desse tema, ele é tratado de uma forma tão boa que só adiciona à qualidade do manga.

Ano.Hi.Mita.Hana.No.Namae.O.Bokutachi.Wa.Mada.Shiranai..full.883942

Continuando então o tema “irrealismo”, ou melhor, “sobrenatural” em shoujos, está na hora de eu falar um pouco sobre Ano Hi Mita Hana no Namae wo Bokutachi wa Mada Shiranai, ou simplesmente Ano Hana para os que têm preguiça de lembrar o nome completo de uma obra prima. Sim, obra prima. Saindo um pouco dos mangas e indo para os animes, esse anime junta tudo o que há para se juntar para se tornar uma obra perfeita: bons personagens, bom enredo e bons pontos técnicos, além de apresentar um desenvolvimento fenomenal para um anime de apenas 11 episódios.
O anime nos mostra uma personagem que aparece como um fantasma para seus amigos, e eles então tentam realizar seus desejos para que ela possa descansar em paz. Eu não tenho o costume de gostar de obras irrealistas, mas existem exceções, e essas duas comentadas são as que mais me marcaram até hoje de todos os romances que já vi e li, contendo esses temas mais irrealistas. E olha que eu já vi bastante coisa. Mas vamos falar de algo mais normal e não de exceções. Normalmente obras boas de romance (na opinião do nosso grupo) são melhores quando são mais realistas, por isso, colocarei imagens (e vídeos) abaixo de algumas que têm um enredo mais realista, mas que continuam sendo muito boas, sem conter aqueles clichês retardados de shoujos que já foram citados anteriormente neste texto.

Nodame Cantabile

Já até falei sobre esse anime no nosso Top 10 – Melhores Soundtracks. Ele é simplesmente muito bom e terá uma review com cast própria no futuro.

Paradise Kiss

paradise5_1024

Manga josei adaptado também para anime criado pela mesma autora de Nana, manga também adaptado para anime que já tem uma review feita aqui no site. A obra também terá uma review no futuro.

Honey and Clover

Ningenwallpapers-Honey-and-Clover-57-1280x1024

Honey and Clover, além de ser um anime fantástico, é um dos romances mais realistas que já vi, e por causa disso com certeza faremos uma review dele no futuro. Podem esperar por ela.

Hourou Musuko

Hourou Musuko 03

Esse anime, fora o fato de ser outro que ganhará uma review no futuro, tem um tema diferente da maioria e um traço bem peculiar.

Além dessas, comentamos sobre várias outras obras no podcast, e algumas, assim como os quatro acima, terão reviews no futuro, então recomendamos que o escutem. Colocarei mais abaixo neste post a lista de todas que foram comentadas junto a um resumo de nossas opiniões sobre elas.

Falando um pouco sobre o romance em si agora, gostaria de deixar em palavras o quanto um bom romance bem trabalhado pode melhorar uma obra, mas acho isso bem difícil de se fazer. Às vezes, obras nem tão boas assim, quando apresentam um romance bem desenvolvido, se tornam, no mínimo, aturáveis, e o mesmo acontece com as que já são de um nível alto. Pode parecer meio bizarro o exemplo que vem a seguir, mas até em Berserk o romance é um grande adicional. E isso é algo visto em vários outros mangas e animes de alto nível, como Holyland, outro manga que já teve um cast feito por nós.

O problema acontece quando um romance é simplesmente jogado em uma obra, só para falarem que tem, sendo mal desenvolvido, muitas vezes sem fazer sentido algum, ou entre personagens razos, o que nos faz pensar a cada momento por que aquilo foi adicionado. Isso tira o foco do leitor/espectador do enredo central e o joga para algo nulo e desnecessário, só piorando o nível da obra.

Fora o que já comentei por aqui, em nosso podcast analisamos o post de outro site recomendando animes de romance. O post comentado foi o seguinte:

Chuva de Nanquim: Eu recomendo #03 – Animes de romance!

Aqui está a lista de todas as obras que comentamos no podcast: [lembro que apenas casts confirmados estão marcados, mas todas têm chances de ter um cast por aqui no futuro]

OBS: Melhores em negrito.

  • Toradora – nada de mais, mas terá cast.
  • Kimi ni Todoke – fofo, porém babaca e infantil.
  • Bokura ga Ita – la lala lala… problemas técnicos, mas anime interessante e já tem um cast.
  • Honey and Clover – super pica e terá cast.
  • Nodame Cantabile – provavelmente o melhor anime da lista, e por isso terá cast.
  • Amagami SS – 4 episódios ótimos, o resto é um lixo.
  • Kare Kano – cansa a mente mas é muito bom para um anime bem antigo.
  • Hourou Musuko – simplesmente perfeito, por isso terá cast.
  • Zero no Tsukaima – final caga tudo, mas é muito bom e terá cast.
  • Clannad – AI MEU PIRU.
  • Clannad After Story – ai meu piru, gutinho é viado.
  • Lovely Complex – é BÉSta, mas eu GÓSto (by Larissa).
  • School Days – AI MEU MEGA PIRU!!!
  • Ano Hi Mita Hana no Namae wo Bokutachi wa Mada Shiranai – PERFECT.
  • Ano Natsu de Matteru – gostamos muito.
  • Angel Beats! – muitos problemas, mas é boa.
  • Paradise Kiss – foda pra caralho.
  • Love Hina – engraçado, mas pouco desenvolvido e tem ecchi desnecessário demais.
  • Nana – super pica e já tem um cast.
  • Nana to Kaoru – sadismo e masoquismo com romance? Vish! Terá cast.
  • Onegai Teacher – pior que Ano Natsu de Matteru. Muito parecido. Simples assim.
  • Sukitte Ii na yo – vale mais ou menos a pena.
  • Natsuyuki Rendezvous – bom e interessante para um anime novo.
  • Kimi no Iru Machi – manga enrrolation do mesmo criador que Suzuka, que também já tem um cast aqui no site.
  • Kyou, Koi wo Hajimemasu – manga fofo até demais, mas muito bom.
  • Aoharaido – simplesmente muito bom.
  • Orange – o melhor da lista. Sendo o melhor shoujo até hoje em nossa opinião.
  • Hanbun no Tsuki ga Noboru Sora – menor obra de romance boa. O anime tem apenas 6 episódios e é muito bem desenvolvido.

É isso galera. Muito obrigado como sempre por ler e/ou ouvir. Espero que tenham gostado. Admito que o texto saiu um pouco às pressas porque tive alguns imprevistos hoje. Esses meses serão bem complicados para nós, então comentem, continuem dando o apoio que sempre deram, divulguem e tudo mais. Tudo para tornar o site que gostam ainda melhor!

Digo novamente obrigado e até a próxima! =D

53 pensamentos sobre “EMD Cast #56: Romance

  1. Gosto muito de Romance só que mais pro lado Seinen ou até uns Shounens, Nodame Cantabile e Hachimitsu to Clover já estavam na minha lista mas agora vocês me apressaram ainda mais para assisti-los(apesar de não gostar de Josei/Shoujo) rsrs

    Hourou Musuko foi uma surpressa, não conhecia e com certeza vou assistir ainda essa semana. xD

    Hanbun no Tsuki ga Noboru Sora não li o mangá, mas disseram que o anime é melhor e eu vi e gostei, o final do anime é realmente muito bom.

    Sobre Berserk… eu realmente acho que o romance faz muita diferença, quando li não esperava mas quando percebi que tinha, eu fiquei muito mais empolgado e hoje o romance se tornou algo indiscutivelmente essencial na parte da história do mangá.

    Ano Hana é realmente incrível, ele é irreal mas ao mesmo tempo é bem realista(quem viu até o final entende que foi bem realista).

    Muito bom, vocês estão de parabéns. xD

    • AVISO: comentário com MUITOS SPOILERS!!!!

      Concordo com você quando você fala do desenrolar da história em relação a Beseker, realmente acrescentou muito a obra, autor não ficou somente “VOU LÁ MATAR AQUELE FILHO DAS UNHA QUE ME DEU COMO SACRIFÍCIO!!!” ficou mais para “vou lá matar aquele filho das unha que me deu como sacrifício E COMEU MINHA MULHER NA MINHA FRENTE!!!!!!!!!!”

      Também acho que o romance em Mirai Nikki fez uma diferença tremenda, por que se não tivesse não faria sentido nenhum a obra envolvendo uma garota “possessiva” ( não teria uma voz fofa gritando YUKIIIIIIIIIIIIII!!!!!! *—-*).

      Gantz COM CERTEZA tem um romance que fez diferença ONDE JÁ SE VIU um homem CHORANDO tanto por uma mulher???????Correndo atrás dela para outro planeta, não troca ela por uma GOSTOZA ( ¬¬’ e famosa capa de revista, ela é mais mais, arrasa no luque), perde a memória e mesmo assim continua amando ela!!!!!!!!!ISSO SIM É AMOR QUE FAZ DIFERENÇA EM UM MANGA U.u. (KEI-CHAN! KEI-CHAN! KEI-CHAN sabe amar uma mulher e fazer ela gritar seu nome por paginas e volumes ‘3’).

      Aku no Hana, outro mangá que teve um romance escondido ( ou não dependendo da personagem envolvida) muito bem trabalhado e necessário para a trama.

      MAS voltando aos shoujos ^3^ uns que acrementariam mais ainda a lista seriam: Hot blooded woman, CutieBoy, Kuragehime, Kamisama Hajimemashita, Habaek eui Shinbu, Strobe Edge. Mangás e manwha com muitas qualidade, boa comedia em alguns e um pouco e raro shoujo cotiano.

  2. eu vi esse Anohana eu axei nda demais, Aquela menina lá que todo mundo gosto a do cabelo branco eu queria que ela desaparecesse logo pq eu não aguentava mais aquela voz irritante do Kc7, Não me importei com nenhum personagem só com a menina do peitão,Continuo achando que o melhor romance e de naruto e sasuke mais já que não pode né como vcs falaram nen poso comentar ^^ e Love Hina é foda

  3. Orange ta muito bom até agora, porém tem meio que umas inconsistências na carta, por exemplo, quando ela muda as ações delas teoricamente o futuro deveria mudar também, mas as ações do cara continuam as mesmas, tirando isso o resto tá otimo.

    Aconselho darem uma olhada no manga de romance Dengeki Daisy, não é a heroina cliche de shoujo e o MC é um hacker, e toda a historia é em volta de hackers e o passado deles, bem interessante.

    • Isso da “inconsistência” de orange. Acredito (e acho que até foi dito no mangá) que quando você muda o passado é criado um “mundo paralelo”. O mundo onde foi escrito a carta não muda mais, aquilo aconteceu e os personagens tem que viver com isso, mas o mundo do passado pode ser mudado.

      • Sim, mas to me referindo ao mundo da guria que recebeu a carta, por exemplo, ela mudou uma das ações dela, mas as coisas escritas na carta ainda aconteceram, então como ela vai salvar o cara no mundo dela se mesmo mudando as coisas tudo acontece como a guria do futuro preveu?

        • katzer, o problema é bem simples. Se hoje eu te trato igual um imbecil, amanhã você pode continuar me aturando. Se hoje eu te trato bem, amanhã você pode continuar me aturando! As ações de uma pessoa não vão necessariamente mudar por causa de algumas de suas ações. A carta vinda do futuro deixa claro também que é para a garota TENTAR mudar o futuro, porque mesmo fazendo tudo o que a carta manda, nunca será certeza que o futuro mudará. O cara por exemplo [SPOILER, NÃO LEIAM] pode acabar se matando de um jeito diferente, mas continuar morto no futuro.[/FIM DOS SPOILERS] Isso na verdade é tão possível que eu já imagino que isso aconteça no manga, como em Steins;Gate, um anime sobre pulos no tempo que é absurdamente bem feito. Nele, entendemos que não é por que mudamos o passado que o futuro ocorrerá de forma diferente. Nem sempre isso acontece. Orange é exatamente sobre isso.

          Na verdade, o que a Jéssica falou é simplesmente uma das teorias sobre viagens no tempo, mas existem várias, no entanto, o bom do manga é que ele literalmente não aborda tanto esse assunto, pois isso poderia complicar a estória, já que diferentemente de um seinen, um manga shoujo não leva isso como um foco. Acho que o manga trabalha isso de maneira simplesmente perfeita até então, porque ele nem auto-se-fode, nem deixa de tratar sobre o assunto.

      • Sim, eu entendi a teoria dos mundos paralelos porque Steins;Gate é meu anime favorito, só acho que devia mudar algum momento e ela não saber o que fazer, mas to achando o mangá otimo até agora tambem.

    • O anime é perfeito em seu próprio mundo. Os personagens funcionam bem para a obra, têm personalidades diferenciadas – o que torna a obra mais interessante – , a arte funciona para a obra, junto da animação e junto da soundtrack, que além de boa, novamente, funciona de forma perfeita para o clima que a obra apresenta. O anime também apresenta um início diferente, um bom desenvolvimento e um final fechado.

      Alguém falar que gosta ou não de Ano Hana, é algo muito pessoal. Gosto é sempre pessoal, mas que tecnicamente a obra é “perfeita” (é claro, dependendo do que você considera como perfeito), ela é. EU amo a obra, mas tem gente que acha choradeira demais, isso já é algo mais pessoal, mas se você gosta do gênero (“tearjerker” como alguns conhecem e chamam), irá gostar da obra.

    • Para mim Ano Hana está tão perto do perfeito quanto Saynt Seya Omega está perto de ser mediano. Mas eu não vi o anime, apenas li o manga, e não sou fã de romance e kawaii.

      Eu não sou o público alvo, então eu não gostei. Se você se considera o público alvo, você vai gostar, mas para mim a obra está longe de ser perfeita.

  4. Sobre clannad , eu achei muito bom . foi um dos poucos animes(romance drama) que eu me emocionei,o inicio não é muito forte mas ele me prendeu a ponto de eu querer assistir o resto , e o final foi bom mais poderia ter sido melhor se o relacionamento do personagem principal se desenvolvesse com outra garota.

    • Se você que viu até o final ainda achou erro no final, agora entendo perfeitamente o porquê de eu não ter assistido esse anime. Simplesmente existe muita coisa melhor que começa, continua e termina muito bem. Clannad não começa bem, seu meio é algo que vai melhorando ainda (contando que as duas temporadas tem o mesmo tamanho) e um final que ainda apresenta imperfeições. Simplesmente desnecessário ao meu ver.

  5. Zero no Tsukaima é bom mesmo? Sei lá, vi alguns eps mas achei meio bobinho e clichê dai larguei. Recomendam?

    E rachei de rir com a lista dos animes comentados no cast.
    AI MEU PIRU’ KKKKKKKKKKKKKKKKKK

    • Eu acho imbecil. Não sei a opinião dos outros, mas se eu não me engano o Trilles e o Gutinho gostam.

      Eu tenho quase certeza que eles gostam. Eles falavam que baixavam de um grupo chamado “lolicons anônimos”.

      Eu acho totalmente desnecessário o ecchi pedófilo da obra, não gosto dos personagens, e tem um enrede monótono. Não cheguei a ver o fim.

      • Peço que não fale besteira para não ficar na merda estupra… O nome do grupo era Lolicons Anônimos que fazia sim, mas não existe um único tipo de “ecchi pedófilo” como você comentou no anime. O enredo é melhor que muitos battle shounens que existem hoje, para ser sincero, e ainda tem um romance bem desenvolvido.

  6. Acho que adjetivos adjetivos foram exagerados, como “super pica” e “perfeito”. Acho que “muito bom”, ou “ótimo” seria o suficiente.

    Uma obra perfeita deve pelo menos me agrada, mesmo eu não sendo o público alvo.

    Romances que me agradaram são: Nana, Paradise Kiss, I.S. Orange, Susuka, Chobits, Watashitachi no Shiawase na Jikan , Fruits Basket, Basara, Red River, outros. Estou comentando apenas dos mangas, não vi nenhum dos animes.

    Meu romance favorito eu acho que é Watashitachi no Shiawase na Jikan, que em minha opinião é o único romance que eu posso chamar de perfeito. É uma obra sem falhas ou enrolações. O maior problema da maioria dos romances são os protagonistas imbecis, previsibilidade e enrolação, e Watashitachi no Shiawase na Jikan não tem nada disso.

    • Watashitachi no Shiawase na Jikan é perfeito!!! O melhor do genero romance, li lá em um dos seus parceiros, na mesma epoca em que fui atras de Akumestu para baixar por recomendação de voces… a OtakuYO.
      Um dos melhores Seinens que já li… muito bem trabalhado e executado.

      • É josei, não seinen. É muito bom mesmo, mas como respondi ao estupra, não comentamos porque ele aparecerá em algum top 10 no futuro e é bem difícil comentar sobre a obra sem dar spoilers… Um volume é muito pouca coisa.

      • Não é por nada não Trilles, mas eu sigo a demografia original das obras… não sou de ficar mudando por vontade propria, até por que isto não influencia em nada para mim e nem mudara nada para a obra em si.
        Se os Japas dizem ser Seinen, para mim é Seinen… já que foi eles que fizeram o mangá, nada mais justo do que aceitar a opnião deles.
        Se voce altera demografias por conta propria, não tenho nada contra isto cara… uma ideologia sua, bvom para voce.

        • Sem problemas, só disse porque é algo para os outros leitores verem. Todo o conteúdo, o traço, o cenário e o enredo da obra são todos do estilo josei. Isso pode chamar a atenção de outros leitores.

    • Não comentamos de Watashitachi porque tem só um volume e pretendemos colocar em algum top, mas com certeza é uma puta obra. Obviamente alguns adjetivos foram exagerados, falei “ai meu piru” para analisar algumas, mas são para deixar claro que as obras são boas ou ruins.

  7. ” E aquela garotinha falando: Jintan, Jintan! E você pensando: Para, não quero chorar!!” Haha
    Foi exatamente isso.
    Mas o melhor do cast foi o Gutinho cantando. Chorei de rir.

  8. Opniões boas, concordo principalmente com school days, pqp xD
    Ano Hana, anime foda.
    Angel beats, meu calcanhar de aquiles, junto com ano hana, n deu pra segurar choro xD
    Principalmente quando mostra a historia da garota q toca violão q eu n lembro o nome , não tenho o que dizer , simplesmente foi pra minha lista de animes bons .
    Otimo cast.
    Aguardando os proximos o//

  9. Ótimo cast parabéns!!! Voltando no caso de zero no tsukaima não acho que é o que o estrupa falou,mas na minha opinião,até onde eu vi(segunda temporada), não passa de um anime OK. Com premissa e inicio bobinho,personagens OK e bons desenvolvimentos,tanto de personagens quanto da história.A parti da terceira temporada melhora?

    • Obrigado pelo comentario, mas discordo sobre Zero. Quando voce diz que a obra tem bons desenvolvimentos, para mim, isso faz uma obra ganhar muitos pontos. OK, os personagens nao sao tao bons assim, e a premissa eh bobinha de certa forma, mas com os bons desenvolvimentos citados por voce mesmo, os personagens mesmo sendo “OK”s, conseguem fazer com que voce se importe com eles, e pelo menos foi isso o que aconteceu com a gente. A segunda temporada foi o apice da obra, mas a terceira e a quarta tambem sao interessantes. Nao sei, se voce viu ate a segunda e nao achou nada de mais, nao sei se deveria continuar a acompanhar, porque eu cheguei a me emocionar com a segunda temporada de Zero no Tsukaima, assim como o Gutinho.

  10. Sobre os desenvolvimentos,concordo que a obra ganha pontos e que o desenvolvimento da primeira para a segunda é bastante grande,fazendo a segunda temporada ser bastante boa.Principalmente as questões da magia da Louise e da questão da crise politica,misturado com a crise romântica entre os dois me deixaram realmente interessado.Porém ai que pega,olhando a obra como um todo,até onde eu vi,a primeira temp. é mais do mesmo,sei la não me pegou e me faz vê a obra como OK.
    É questão de gosto,por exemplo acabo por gostar mais de toradora,que tem muito menos desenvolvimento, do que de zero.

  11. Ótimo cast,bem informativo eu estava esperando um cast desses pois gosto de romances bem trabalhados.Já tinha ouvido falar de alguns deles mas não estava muito animado para ver,mas depois de ouvir o cast estou animado para ver e ler,só falta achar um link q não esteja quebrado para eu baixar Paradise Kiss.
    Agora uma pergunta vcs irão fazer uma Season Review dessa temporada? Porque pela lista que eu vi o q vai ter de moe e menininhas querendo salvar o mundo do mal,MEU DEUS!!!
    Mas claro que vai ter algumas boas e que podem surpreender mas tá difícil!
    E vcs viram a lista qual são suas impressões ? Agradecido por mais um cast e FLW!

  12. Eu nem conseidero Ano Hi Mita Hana no Namae wo Bokutachi wa Mada Shiranai um romance , mas o anime é muito bom !
    O melhor shoujo que ja vi e duvido que ira ter um que supere ( na minha opinião ) é Nodame Contabile com certeza , nunca tinha percebido como a musica classica éra tão boa !

  13. Mummm nossa onegai teacher abaixo de ano natsu?! q mundo é esse?! rsrs. Eu ri na parte de Clannad, rsrs. q nao é um romance, rsrs. Bomm, onegai é por diversos aspectos superior ao anime feito para comemorar os 10 anos da obra: ano natsu. No fundo, eu fiquei foi muito decepcionado com ano, mas muito mesmo, esperava algo tao bom quanto onegai. fico me perguntando ate agora oq salva o segundo…enfim.

  14. Tem um manga excelente e menos conhecido do mesmo autor de “Suzuka”, Kouji Seo, que agrada e nos poupa de clichês imbecis se chama ”LovePlus Rinko Days” e eu recomendo. Gostaria que VER ele por aqui um dia.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s