Review em Texto – Blue Heaven

Ae pessoal! Estou aqui mais uma vez para trazer a vocês uma review em texto. Como prometido, dessa vez escrevo sobre uma obra mais fácil de achar na internet para que todos possam se desfrutar do manga.

Trago para vocês Blue Heaven! Um manga, com uma história curta, mas que não decepciona. Esta é com certeza uma daquelas leituras que prende o leitor do início ao fim com seu ritmo alucinante e com muita ação.

Então, vamos nos aventurar no caos marítimo de Blue Heaven!

Blue Heaven foi escrito por Tsutomu Takahashi e conta com 24 capítulos encadernados em 3 volumes.

A história de Blue Heaven começa quando os tripulantes do luxuoso cruzeiro Blue Heaven avistam no mar um pequeno barco completamente à mercê da sorte de seus tripulantes. Ao efetuar o resgate, são encontrados dois tripulantes vivos e o pequeno barco esta repleto de sangue. Como se já não bastasse o mistério sobre o que aconteceu no barco, um dos sobreviventes começa a agir por conta própria.

Blue_Heaven_v01c01p046-047

Um fato interessante de Blue Heaven é a ausência de um personagem principal. O manga não se prende a somente um personagem e assim não conta a história sobre somente um ponto de vista. Em Blue Heaven, presenciamos uma narrativa um pouco diferente do normal, onde somos apresentados a diversos personagens e a história vai se alternando entre eles.

No manga de Blue Heaven percebemos que tudo ocorre num ritmo acelerado. Se na maioria dos mangas isso seria um ponto negativo, em Blue Heaven vemos o contrário. O ritmo alucinante empregado pelo autor na obra é um ponto positivo, pois a situação presenciada no manga pede que tudo aconteça rápido. Em uma situação de emergência, qualquer atraso pode ser fatal. Em Blue Heaven percebemos a todo o momento os personagens sendo obrigados a tomarem decisões rápidas, podendo isto custar até a sua vida por se precipitarem. Por isso, o manga trabalha muito bem essa situação de caos.

Os personagens de Blue Heaven já vêm com convicções bem definidas. Podemos dizer que três personagens se destacam no manga: Ri Seiryuu, Yoshiko Natsukawa e Galph Jyunou. A história gira em torno deles e eles possuem pensamentos bem distintos. As ações que cada um destes personagens toma serve como um bom contraponto para com os demais, fazendo com que o leitor reflita, principalmente em relação a Seiryuu e Jyunou.

Blue-Heaven-v02c09p004

O autor trabalhou muito bem Ri Seiryuu. Um personagem que possui um background muito forçado, mas possui toda uma lógica por trás dele, assim como suas ações são todas calculadas. Um ponto interessante do personagem é que por conta de seu passado ele quer saber mais sobre os seres humanos e nisso ele cria certa relação com Natsukawa que renderá bons diálogos.

Um ponto forte de Blue Heaven é o seu realismo. Ao longo do manga vemos que não há pessoas que sobrevivem de maneira milagrosa, sendo um atrativo do manga querer saber quem ficará vivo no final. As decisões que os personagens são submetidos nesta condição extrema possuem lógica e vemos como em situação de caos as pessoas prezam pelo egoísmo e fazem de tudo para sobreviver.

É incrível como um manga de apenas 3 volumes consegue nos surpreender. A ausência de um personagem principal e a gama de personagens apresentados no manga com seus diversos pontos de vista e convicções, nos faz pensar quem no final da história irá sobreviver. Sendo assim, a imprevisibilidade do manga se dá muito por conta das situações colocadas pelo autor e as decisões rápidas tomadas pelos personagens.

Blue_Heaven_v02c13p092

Blue Heaven não se limita apenas a demonstrar a situação caótica de um cruzeiro, mas também nos faz refletir sobre alguns assuntos. No manga é constante a analogia que se faz do cruzeiro ao nosso mundo. O autor consegue reproduzir em uma escala menor o que presenciamos na vida real e nos indaga quem realmente é o vilão da história. O vilão seria um produto da humanidade? Aquele que foi feito exclusivamente para matar? Aquele que não se compreende? Ou seria aquele que não se importa com a morte dos outros, contanto que faça “justiça”?

A arte de Blue Heaven é simples e boa. O autor se utiliza de um desenho mais realista e consegue transmitir muito bem todas as cenas de ação. As expressões dos personagens são bem feitas fazendo com que o leitor entenda as emoções dos personagens somente com a ilustração. O manga apresenta bastantes quadros de fundo branco, sendo este um ponto negativo para a arte. Além disso, o autor se utilizada de foto-colagens para demonstrar o cruzeiro.Blue_Heaven_v01c01p016-017

O cenário de Blue Heaven é fraco. Logo no início da história percebemos que o manga apresentará um cenário limitado e que o cruzeiro será o único lugar a ser explorado. Porém, nem isto acontece. O cruzeiro não é nem um pouco explorado e mal sabemos em que local do cruzeiro as ações estão acontecendo. Para um cruzeiro grande de 12 andares , o autor poderia ter utilizado mais dos espaços dentro do navio e não somente deixar o leitor confuso por saber onde os personagens estão.

Um ponto fraco de Blue Heaven são os exageros quanto ao background dos personagens. Os backgrounds seriam até um ponto forte, já que é raro perceber isto num manga tão curto e eles foram colocados com o intuito de mostrar como os personagens chegaram a tais convicções. Porém, percebemos que em Blue Heaven os backgrounds são totalmente exagerados e chegam até a incomodar o leitor, pois vemos um manga realista se submeter a estes recursos somente para explicar algum ponto.

Blue_Heaven_v01c05p142

Gostaria de terminar essa review com a seguinte frase do manga “Este navio é igual ao nosso mundo. Mesmo se um idiota tiver armas nucleares e quiser destruir o mundo, a humanidade não pode sair do planeta. Pelo mundo afora, se tiver uma pessoa que quiser ser violento, a solução é simples, devemos destruí-lo.”.

Apesar da premissa simples, Blue Heaven conseguiu surpreender por suas analogias e seu realismo, seu ritmo frenético foi ótimo para o contexto. O manga possui poucos pontos fracos como já foram ditos e por isso o simples, mas eficiente Blue Heaven recebe nota “8”.

Blue_Heaven_v01c01p040-041

O manga, como prometido, é mais fácil de encontrar pela internet. Tanto para aqueles que quiserem ler em português, quanto em inglês.

Qualquer reclamação, xingamento, comentário sobre a review ou a obra, por favor, escrevam abaixo nos comentários, mas lembrem-se, utilizem argumentos válidos!

É isso aí pessoal, essa foi minha review de Blue Heaven. Espero que tenham gostado dela assim como gostei de escrevê-la.

Queremos saber a sua opinião! Então, vote e dê a sua nota para o manga!

Revisor: Jonatas.

Anúncios

8 pensamentos sobre “Review em Texto – Blue Heaven

  1. gostei muito desse mangá, acabei de ler ele agora, mas mudando drasticamente de assunto,
    voces viram a falta de respeito da mangasproject com a BMSCAN?
    Esse tipo de coisa é a cara da mp.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s