EMD Cast #76: Review – Kimi ni Todoke

 

 

Isso mesmo o EMD gravou um cast sobre Kimi Ni Todoke, mas por algum motivo bizarro ele despareceu.
Ouvi boatos de que ele apareceu as margens do rio Tiete.

É isso infelizmente ou felizmente, ninguém escutará esse cast.

 -> PODCAST <-

Deaparecido

22 pensamentos sobre “EMD Cast #76: Review – Kimi ni Todoke

  1. Katzer nome alemão,o meu também,Iannawitz,
    pra mim o anime poderia terminar no episódio 3, pois até ali ela consegue seus amigos e falar com o kazehaya.
    Seringa com cancêr, aeuhauehauehauehauehuaehuah

    • Meus braços ainda estão doloridos. E olha que assisti ao anime assim que ele foi lançado. Cada semana era uma tortura.

      Brimks. Como comentei no cast, eu gostei na época, mas ainda não conhecia muitos shoujos, e pra mim aquilo não era “clichê”, pois não conhecia os clichês, e era o início da obra, né? Agora, a segunda temporada foi câncer total. Me forcei para ver até o final, e acabei puto da vida.

  2. Tentei assistir o primeiro episódio do anime mas não aguentei 5 minutos, apesar de meio que gostar de shoujos. Gostaria de saber a opinião de vocês sobre uma obra que gosto muito que é GE – Good Ending.

    • GE é uma obra mediana, ams que não chega a ser ruim, quando li o penultimo capitulo achei que a autora tivesse jogado merda no ventilador, me senti muito incomodado, porem, no ultimo capitulo ela conseguiu concertar essa merda, nos dando um climax mais realista e muito agradavel, ao todo GE – Good Ending ganha uma nota 6 podendo chegar no máximo até 7.

  3. Não gosto de KnT, nem vou ouvir o cast, mas tem críticas ai que eu discordo na parte gráfica do anime. Um anime não precisa parecer um live action, não há razão para ser totalmente fiel a realidade o tempo todo.
    O tom aquarela das cores e fundo mais simplista é uma boa ideia, visto que isso torna o anime mais atrativo ao público alvo (jovem feminino), é algo visualmente bonito e nem custa tanto. É uma questão de tentar pegar o público alvo com os recursos que se tem, não apenas “tá lá porque achei bacana” (pode ser até que tenha sido isso, mas continua sendo uma boa ideia).

    • Jessi, o grande problema é: o que é “ser visualmente bonito”? Isso é algo MUITO subjetivo, entende? Para mim, bonito é algo realista, com cores vivas bem fortes, como em uma transmissão Full HD em uma TV, ou um filme em resolução 4K nos cinemas. Para a maioria das pessoas um filme 4K é muito bonito também. Qual elas escolheriam como melhor, um anime mal desenhado e colorido com cores estranhas que tentam passar um sentimento (que não significam nada, já que tem cores de tudo naquele troço), ou um anime bem desenhado, bem animado, com cores reais vivas, que os fizesse inclusive entender melhor o que se passa nas cenas? É pura questão de ponto de vista.
      Leia Annarasumanara que traduzimos, e verá um autor que, de fato, sabe usar dessa coloração para melhorar uma obra. Ele usa cores vivas e reais em pequenos momentos que significam muita coisa para a obra. Mas em Kimi ni Todoke, basicamente jogaram tintas de várias cores diferentes aleatórias no papel e lançaram o conteúdo. Não há um padrão, não há uma lógica, é algo meramente jogado para ser “diferente”. O mesmo acontece no novo Sasami-san@Ganbaranai. Olhe bem para isso: http://3.bp.blogspot.com/-w-y0Br8AvGo/UPTzOslIEUI/AAAAAAAABTo/Pu0b3JeyM-E/s1600/VMA133.jpg
      Não faz sentido, não combina com a série, não tem nada a ver com o enredo (pelo menos não aparentemente) e ainda sim foi feito. Pra que? Pra ser “diferente” e tentar alcançar o público feminino. Não há sentido em fazer isso.

  4. Off Topico. Gutinho bem vindo de volta, assim terminar Sakurasou no Pet na Kanojo espero seu review dele assim terminar anime, lembro grupo inteiro falou mal dele gatinho, echi,personagens não desenvolvidos,mais um cancer…etc Somente Gutinho defendeu ele e explicou pq garota ser daquele jeito, tem historia, tem personagens desenvolvidos…etc mostre todos grupo 0,000000000000000000…1 das vezes vc acerta escolha dos animes.😄

  5. kkkk a gutinho realmente é o ar cômico do cast.
    Nem sempre quando lemos um mangá ou assistirmos um anime vamos tentar nos enchergar em algum personagem.
    Cast ficou grande para uma obra que não tem muito o que falar, muita enrolação.
    Pediu para falar sobre participação do cast:
    O que 2 ou 3 pessoas não estavam conseguindo explicar direito a obra, Trilles colocou um ponto e falou sobre toda a obra resumidamente. Falar algo que alguem ja falou concordando e explicando denovo acho que não conta como participação. O cast estava me lembrando o video de felipe neto sobre crepusculo, não por ser mencionado, mais por colocações iguais.

    • Concordo, e peço desculpas por isso.
      Sabe quanto tempo teve de gravação? Duas horas. Simplesmente porque eles não tem a noção de guiar um cast, e eu estava pedindo que o fizessem, pois eu estava ocupado. Mas fazer o que?
      Enfim, o cast não ficou tão bom, mas conseguiu pelo menos passar o que achamos da obra. Acho que o Thomás fez boas colocações também.
      Mas resumo tudo dizendo que este cast foi um “tampa-buraco”, já que o filme que assistimos, que seria o primeiro cast de filme do canal, FOI UM CU! Então, tivemos que arrumar um cast de última hora.

  6. Esse anime so serve para garotas ainda BVs e virgens, tipo, quando eu via esses animes nos meus 13, 14 anos, pirava de tanta alegria!!! Eh emoção demais aquele garoto maior gato ficar afim de vc q eh uma boboca nesse mundo da escola. E agora nos meus 22 anos, vi esse anime, nao senti mais a mesma sensação q antes, claro q gostei ainda, mas eh tanta enrolação desse casal q da vontade de bater nos dois para deixarem de ser otarios ¬¬
    Vc disse q eh do Ecchi Must Die, entao vc ODIOU esse anime. Não eh recomendado mesmo, homem para gostar disso, só sendo muuuuuito sentimental ou bem puro.

    • Na verdade, Kimi ni Todoke nem tem ecchi, então o nome do nosso site não tem nada a ver, mas mesmo se tivesse, costumamos falar que o “ecchi” em Ecchi Must Die é aquele ecchi retardado e sem fundamento.
      Leia/escute mais do nosso trabalho. Somos voltados ao público mais adulto e tenho certeza que gostará de algumas coisas. =)

  7. Uau… Seus argumentos e provas quanto a obra KIMI NI TODOKE, são de fato pensáveis.
    Eu assisti todo o anime mesmo por obrigação de terminar aquilo que comecei, não achei a estória interessante e de fato é um pouco paradinha.
    Parabéns pelo seu olhar crítico. Bem… Eu gostaria de saber sua opinião sobre o anime GUILTY CROWN.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s