Ranking Semanal #20 – Pinguim fantasma e Deus negão de black power.

Dae pessoal, aqui é o Estupratom novamente.

Eu resolvi pegar a minha última semana de férias da faculdade para ler o tão aclamado Oyasumi Punpun. No passado eu já tinha tentado ler a obra algumas vezes, mas alguns detalhes sempre me impediram de passar do primeiro volume. Li os 11 volumes de Punpun em pouco tempo e posso dizer que o enredo me intrigou muito, principalmente nos últimos volumes. Nesse ranking eu não vou dar minha opinião da obra completa, vou falar apenas do último volume lançado.

Agora que as aulas na faculdade recomeçaram, eu não vou poder me dedicar tanto ao ranking semanal. Não vejo motivos para continuar desperdiçando tempo falando de obras que não estão me agradando, prefiro elogiar 20 obras do que perder tempo falando mal de cinco. Decidi dropar algumas obras que não estavam me agradando, vocês poderão checar quais são no ranking.

20

Essa semana eu trago três HQ’s para o ranking semanal, mesmo nem todas tendo me agradado. A primeira HQ é um one-shot do franquia do Deadpoll chamado “Família Deadpoll” que acabou sendo uma decepção. A segunda HQ é “WE3: Instinto de Sobrevivência”, obra curta escrita pelo Grant Morrison. Foi lançado recentemente no Brasil em uma versão de luxo com ótima qualidade, que reuni os três capítulos da obra e alguns extras.

A terceira é “Persépolis”, uma HQ que foi recomendada por diversos leitores. Eu não pretendia adicionar mais um comic essa semana, mas como eu prezo meus leitores e esse post é feito para eles, decidi adicionar essa ótima HQ. Essa obra tem uma arte fraca, mas trabalha muito bem os polêmicos temas sobre política, cultura e religião.

Para comemorar o vigésimo ranking semanal, que totaliza mais de 200 páginas escritas (deveria ter gastado esse esforço no meu TCC), eu decidi começar um novo projeto, o Ranking Mensal de HQ’s. No final do post vocês poderão encontrar detalhes sobre o projeto. Agora vamos ao ranking semanal:

15°Colocado – World Trigger capítulo 05 DROPADO

Não vou gastar meu tempo. Obra sem futuro, não pretendo ler outro capítulo de World Trigger. Ele está destinada ao fracasso, e mesmo tendo um personagem bom, os pontos ruins são incontáveis.

WT

.

14°Colocado – Família Deadpool capítulo único

Eu estava com boas expectativas desse one-shot. Diversos escritores e desenhistas participando de apenas um one-shot e o tema é a família de um dos personagens mais carismáticos, loucos, criativos e fora do convencional da história das HQ’s de super-heróis. O Marvel tem investido muito dinheiro e tempo em tudo envolvendo o Deadpool. O que poderia dar errado? Após ler esse capítulo eu pensei: “O que poderia ter dado certo?”

Temos quatro histórias curtas. A primeira envolve o Deadpoll Kid e o seu desejo infantil de impressionar os outros garotos. A enredo foi fraco e as piadas foram forçadas. Não dei nenhum sorriso em todo esse arco e fiquei entediado na maior parte do tempo.

DPfam1-003

O segundo foi muito mais louco e chegou a agradar em alguns pontos. O enredo é focado no “romance” entre a Lady Deadpoll e o cabeça zumbi. Ouve algumas partes engraçadas e os dois personagens são muito mais carismáticos que o Deadpoll Kid. Mas eu não fiquei completamente satisfeito, e a cena do beijo deles me deixou um pouco enjoado.

DPfam1-017

O terceiro arco foi sobre o  Deadpoll Dog. Ele foi um arco simplismente inútil que lembrou um episódio de Tom e Jerry. O melhor arco foi o quarto, que foi protagonizado pelo próprio Deadpoll. Esse arco conta seu passado com uma garota que ele considerou ser da família, mesmo que por um curto período de tempo.

DPfam1-036

O último arco foi muito bom, mas ele não compensa os outros arcos fracos. No geral eu não recomendo essa HQ, acho que tem muitas leituras melhores.

.

13°Colocado – Bleach capítulo 530

Esse capítulo teve a frase dramática mais imbecil que eu já vi em toda minha vida. “É difícil tirar “água do joelho” com outros por perto”. Eu perdi uns 23 anos de vida lendo essa página.

03

Quando começou a mostrar a mãe do Ichigo e eu coloquei os olhos naquela tia, eu só pude pensar em uma coisa. FUDEU NEGADA! Realmente era necessário colocar a família no Ishida no meio? O autor não consegue fazer nenhum foco dramático que não seja completamente forçado e bobo? O mundo todo se resume ao que está a volta do Ichigo? Totalmente broxante, não consigo imaginar como esse flashback pode ficar pior.

Pelo menos a última página foi interessante, o ser que apareceu tem algumas semelhanças com o Ichigo transformado. Que surpresa chocante do autor. Nunca imaginei que iria ter algo que envolvesse ou lembrasse o Ichigo em uma passado onde ele ainda nem nasceu. Só pode ser piada.

17

.

12°Colocado – Green Blood capítulo 21

O capítulo começou com um flashback contando o que aconteceu após a chegada da antiga geração na América. Achei que a mudança de narrativa foi súbita demais e fiquei um pouco desapontado. O flashback teve cenas interessantes, mas a motivação que fez ambos ficarem nos cinco pontos não me convenceu. Foi uma melodrama feito as pressas que não condiz com a visão que temos dos personagens atualmente, isso tornou essa historinha pouco convincente.

06

Quando voltamos para a batalha acabamos vendo uma cena meio deprimente. O Luke não tem coragem de atirar e depois age como se tivesse toda a coragem do mundo ficando pendurado no braço do gangster. Esperava um desenvolvimento melhor, se ele tivesse ficado no chão após tomar o primeiro golpe eu teria achado bem mais interessante. Mas o close que fizeram no rosto dele ficou muito bom. A arte do capítulo todo foi muito boa, como sempre.

14

O final do capítulo foi bem ruim. Não achei que as ações do Luke foram comoventes o suficiente para o McDowell sentir-se comovido a ponto de poupar a vida do Ceifador. O único ponto interessante foi saber que a gangue foi dizimada. Esperava muito mais do fim desse arco e fiquei realmente decepcionado. Acho que esse foi o pior capítulo do manga até agora.

.

11°Colocado – Vinland Saga capítulo 91

Eu não senti nenhuma falta do Thorfinn ou com a Arneis nesse capítulo. O que realmente agradou e chamou a atenção foi a batalha. Muitas páginas detalhadas repletas de vikings, sangues e mortos. O que mais eu poderia querer? Sempre seguidas de lógicas de batalha e realismo. Simplesmente lindo.

Vinland_Saga_v13_c91_p18Vinland_Saga_v13_c91_p19

A exercito de fazendeiros de Ketil vai ser massacrado, só espero que o Serpente sobreviva, eu realmente gostei do personagem. O capítulo ainda termina com uma cena interessante, Thorgil nadou pelo mar e pretende atacar o rei pelas costas. Eu duvido que ele vai ser bem sucedido, mas eu aposto que sua batalha vai ser sanguinária e exitante.

.

10°Colocado – The Breaker New Waves capítulo 109

Esse capítulo foi um fechamento de pontas. Presenciamos como que os membros do Murin lidaram com a evento, alguns comemorando e outros caindo em profunda tristeza. O capítulo mostrou como o Murin controla facilmente o governo e a mídia, algo que eu achei bem interessante. Esse novo arco vai começar com o Shi-Woon capturado pelo Murin, algo que pode ser ótimo para o aproveitamento de personagens do primeiro The Breaker.

c013

Entre as choradeiras e lamentações, só teve uma reação que realmente foi impactante. A cara do Shi-Woon no final no manga mostra todo o impacto que os eventos tiveram. Nunca vimos o personagem tão abalado, e estou ansioso para ver como que ele vai recobrar sua força de vontade, que sempre foi seu maior diferencial.

c016

.

9°Colocado – Sun-Ken Rock  capítulos 105-112 DROPADO

Para o bem da minha sanidade mental eu não vou nem perder tempo comentando sobre a luta das garotas. Eu sei que alguns devem achar esses ecchis absurdamente exagerados legais. Para mim, eles apenas quebram a tenção do enredo.

SKR-lvl-105_12

Mas em seguida tivemos bons acontecimentos. A tentativa de estupro, junto com a revelação da identidade do Ken e da Yumin estavam indo muito bem. O problema foi que após as grandes revelações tudo se acumula no Vietnamita pensado “Ken você é mesmo…esse tipo de cara!”. Eu entendo que muitos devem adorar essas cenas onde o autor insiste em afirmar em como ele é um Deus na Terra. Mas isso está acontecendo quase todo capítulo, e o manga está perdendo todo o impacto que ele me causava antes.

A luta destinada foi divertida. Gostei do andamento e apreciei o fato da luta utilizar o cenário a a sua volta. Teve alguns quadros em que eu não entendi o que aconteceu, mas eu posso deixar isso de lado. Os diálogos do Ken não me agradaram muito, acho que eles estão muito shounens (vamos todos ser amigos) em um mundo que deveria ser sobre máfia, mortes, guerras e tragédias.

SKR-lvl-107_19

Esses capítulos foram legais, eles estão longe de ser o motivo que me levou a dropar a obra. O problema são os próximos capítulos, eles foram tão ruins que eu não quero nem perder meu tempo falando mal deles. Prefiro parar por agora do que me estressar no futuro com comentários de fanboy. Os próximos capítulos são péssimos e no geral esse arco me decepcionou muito. Vou continuar lendo a obra, só não vou mais perder tempo comentando dela no ranking semanal.

.

8°Colocado – Holyland capítulos 67-70

Holyland é o tipo de obra onde não acontece muito em um capítulo individual, mas a sequência deles é impactante. Por esse motivo eu vou adicionar essa obra apenas quando tivermos cerca de cinco capítulos traduzidos, igual faço com Hajime no Ippo.

O início do confronte chega a ser engraçado. O Isawa cai em uma armadilha para ir resgatar um amigo e depois o Kamishiro cai na mesma armadilha para ir ajudar o Isawa. Isso que eu chamo de dois coelhos com uma cajadada, o problema é que esses dois coelhos tem culhões dignos de um touro irlandês. Mas quem realmente se ferrou foi o Isawa, que foi atacado com um cano de ferro nas costelas antes de enfrentar um oponente perigoso como o Taka.

E a seriedade do confronto apenas aumenta quando o Isawa decide lutar usando um soco inglês de metal. Um soco no queixo usando um desses e o oponente vai comer sopa no canudo por meses, mas era meio óbvio que ele pretendia usar aquilo para defesa. A partir desse ponto que esse arco se torna um dos piores do manga. Não porque ele não é emocionante, é porque ele perde o seu realismo.

Holyland - Vol 007 Cap 068 Pg 165

O autor entende muito bom os movimentos e reações de lutas corporais, mas quando ele adiciona kendo na luta o realismo fica falho. Como comentei na review, para mim esse é o pior arco do manga. Logo no começo da luta o Isawa defende um golpe preciso de uma espada de madeira usando o soco inglês. Ele deveria ter todos os dedos quebrados e talvez o osso do punho.

Mas para salvar um pouco esse sequência de capítulos temos uma mudança de foco para o Kamishiro. A luta dele contra os dois irmãos gigantes foi linda O autor trabalha a movimentação com perfeição, fazendo uma fluidez de golpe impressionantes, mesmo quando o Kamishiro mudo de adversário. Sem contar que ver sua evolução após aprender a controlar sua nova forma física foi muito satisfatória.

Holyland - Vol 007 Cap 069 Pg 180

O final da luta do Isawa foi bom. Os movimentos foram bons e o golpe foi bem mais realista. Após defender a espada com o punho eu estava com medo de que o Isawa iria aguentar golpes no corpo, mas o autor não cometeu esse erro. A luta termina de forma rápida e o monólogo mental do Kamishiro foi bom. O problema é o que vem nos próximos capítulos.

.

7°Colocado – Assassination Classroom capítulo 21

Não tenho muito o que falar sobre o capítulo, ele foi simplesmente ótimo. A partida foi interessante, as analogias com o assassinato foram boas, o Professor foi engraçado e a reação dos playboys foi deliciosa. O capítulo foi simplesmente muito bem elaborado e balanceado, terminando com um bom plot twist. O reitor foi infalível em destruir a classe E até o momento, será que ele conseguirá fazer o mesmo em uma partida de baiseball?

17

.

6°Colocado – Dorohedoro capítulo 69

Antes de falar do desenvolvimento do capítulo eu quero falar da página inicial. Achei bem interessante o esquema que a autora fez para mostrar como que é dentro do corpo de um demônio. Esses detalhes elevam e qualidade de um capítulo.

Dorohedoro ch69 pag01

No início do capítulo somos apresentados novamente a Haru, mulher do doutor. Ela acabou sendo uma personagem muito mais estranha do que eu tinha imaginado. A canção foi um pouco desnecessário, mas serviu para deixar bem claro como é a personalidade da personagem. Ainda não sei que importância ela vai ter no enredo, mas aposto que ela vai ser importante.

Dorohedoro ch69 pag05

Como esperado o Turkey criou um boneco do En e os seus familiares estão atrás de vingança. Gosto de ver a magia toda sendo realizada, fazendo a massa, colocando os temperos, etc. Muitos mangakas apenas iriam colocar o boneco pronto na página seguinte. Mas o que realmente está me intrigando é o Risu voando por ai. Eu não entendi se ele está correndo aleatoriamente ou se ele está seguindo o Aikawa.

Dorohedoro ch69 pag12

Esse capítulo foi parado, mas ele teve um ótima qualidade. Temos o reaproveitamento de personagens antigos, uma boa narrativa e a formação de conflitos iminentes. Me agradou bastante.

.

5°Colocado – Drifters capítulo 34

Esse capítulo criou uma perspectiva interessante. Podemos presenciar os vínculos de amizade e sentimentos de raiva dos Offscourings após verem seus aliados sendo mortos e feridos. O mais interessante é o fato deles serem mais sentimentais e mais ligados aos vínculos de amizade do que os protagonistas. Isso mostra como o autor está trabalhando bem o enredo dualístico, onde não existe bem e mal, apenas existem pontos de vista e desejos pessoais.

Drifters_cap34_06

Eu cheguei a conclusão de que eu vou torcer para os Offscourings. Viva a mãe Rússia! Meu todo o meu povo do norte está do lado dos Offscourings, meu sangue me obriga a tomar partido. Agora vamos falar sério, novamente o enredo individual é bem desenvolvido, sempre trazendo junto com os personagens as sentimentos que tinham antes de serem enviados para esse mundo. Uma vez russo, sempre russo.

A cada vez que o Rei Negro aparece mais impressionante ele fica. Após acabar com todo o corpo do Dragão de Bronze ele decide cortar toda sua carne e dar para o exército, mas o tenso é que eles estão cortando a carne fora enquanto o dragão está vivo e acordado. A cena teve uma pitada de crueldade que adicionou um pouco de seriedade no personagem.

Drifters_cap34_10

Por fim temos o Nobunaga discutindo com os anões a importância do mosquete. A discussão foi ótima, porque todos os argumentos usados foram perfeitamente lógicos e realista. Eu imagina uma discussão parecida entre os comandantes japonenses quando eles viram armas pela primeira vez. Mas a melhor parte foi a informação que o Nobunaga não contou, que utilizando uma arma é muito mais fácil lidar com os sentimentos de remorso. Esse capítulo foi ótimo e Drifters está cada vez ficando melhor.

Drifters_cap34_20

.

4°Colocado – WE3: Instinto de Sobrevivência capítulos 01-03 COMPLETO

Eu prometi a mim mesmo que eu iria apoiar o mercado nacional se eles respeitarem e valorizarem os leitores. O presso dos mangas tem sido ultrajante e a qualidade e ritmo de lançamentos não tem feito jus a tal preço. Mas o mercado brasileiro de comics tem  me surpreendido. Eles estão lançado uma gama enorme de obras de todos os gostos, e tem lançado muitas edições definitivas por um preço justo e uma qualidade infinitamente melhor a dos mangas. Com R$ 40,00 eu compro três mangas mensais e um chocolate, e pelo mesmo preço eu compro essa HQ completa, com capa dura, todas as páginas coloridas de alta qualidade e ainda ganho extras 10 páginas extras desenhadas pelo autor.

Agora vamos falar curiosa obra. A premissa é muito simples, temos três animais de estimação querendo voltar para casa. Um cachorro, um gato e um coelho, o detalhe é que esses três animais foram projetados para serem a mais avançada arma de guerra do governo.Eles são animais inocentes que querem voltar para casa, não desejam ferir humanos e algumas vezes chegam a salvá-los. O problema é que eles foram programados para se defenderem quando ameaçados e tentando recuperar suas armas o exercito acaba perdendo dezenas de homens e equipamentos valorosos.

We3.02.de.03-002

O artista é o famoso Frank Quitely e sua arte é magnífica, trabalhando com perfeição todos os aspectos principais de arte. A melhor qualidade da arte é a dinâmica de quadros e dos movimentos, que é feita de uma forma que eu nunca tinha visto antes. O desenhista faz uma página com o inicio do movimento, e em diversos quadros pequenos ele coloca os detalhes da batalha, mostrando a movimentação e o ferimento. Ele também usa um efeito onde ele quebra a dimensão padrão fazendo um movimento osde a movimentação acontece invadindo quadro que estão organizados em cortes paralelos.

We3.02.de.03-005

We3.02.de.03-008

As batalhas são bonitas e bem desenhadas, mas elas estão longe de ser o ponto principal da obra. O que realmente chama atenção é a inocência desses animais. Eles não querem ferir ninguém, só querem ir para casa e serem felizes. Temos cenas lindas e chocantes envolvendo a amizade desses animais e de pessoas que querem seu bem. Não temos um narrador contando o que está acontecendo, podemos ver todo o sentimento que a obra oferece através de sua linda arte, tanto em expressões corporais e faciais quando nas cenas de batalha.

We3.03.de.03-002
A trama é simples, mas ela é trabalhada com maestria e tem um ótimo desenvolvimento. Temos eventos chocantes, muita ação e um final digno, que não deixa aberturas para continuações. Honestamente, mesmo eu tendo gostado desse HQ e o preço valer a pena, tem obras melhores para comprar. Ela é ideal para pessoas que querem colecionar obras em edição definitiva, querem comprar algo fora do convencional ou querem ter um trabalho artístico digno de um mestre.

Se você não planeja comprar a obra, leia ela online. A experiencia não vai ser a mesma, mas vai ser prazerosa.

.

3°Colocado – Toriko capítulo 226

Isso sim é uma boa luta shounen. A luta entre o Tommyrod e o Sunny foi perfeita. A luta teve um ritmo impecável, sempre me deixando animado e nunca enrolando, como muitos outros shounens fazem. Essa foi a prova que você pode ter um capítulo com diálogos sem comprometer o ritmo da luta.

Logo no começo já fico surpreso quando o Tommyrod libera seu verdadeiro poder e tem um braço arrancado. A reação dele após perder o membro e seus pensamentos que explicaram a origem desse poder imensurável foi lógico e muito interessante. Em apenas cinco páginas Toriko teve um enredo que muitos shounens (cof, cof, bleach, naruto) demoraria no mínimo dois capítulos para fazer. Normalmente um capítulo seria a liberação de poder, o segundo o braço sendo arrancado e o terceiro seria a explicação da técnica.

226_05

Em seguida a luta continua bem agradável. Podemos ver o verdadeiro poder do Tommyrod enquanto ele desvia dos cabelos do Sunny com a sua impressionante velocidade. De repente somos presenteados com a cena do braço arrancado estrangulando o Sunny. Não sei quanto a vocês, mas eu fiquei bem surpreso. Logo em seguida o Tommyrod começa a espancar seu adversário e a cada golpe seu corpo vai ficando coberto de sangue, esse detalhe é ignorado por muitos autores (cof, cof, sun-ken rock).

Se o capítulo tivesse terminado nesse pinto eu já teria ficado impressionado, mas a parte boa ainda nem tinha começado. A agressão deixa de ser apenas socos quando o  Tommyrod arranca a dentadas um pedaço do ombro do Sunny e em seguida atravessa o peito dele com um golpe moral. Isso sim é uma luta, sem enrolações, idiotices e moralismos baratos.

226_14

Para aumentar ainda mais a minha alegria, as surpresas ainda não acabaram. Em uma ótima reviravolta o Sunny consegue paralisar seu temível oponente e somos presenteados com um ótimo diálogo entre ambos, terminando o capítulo de uma maneira que me deixou ansioso para o próximo. Sem contar que o capítulo todo teve as analogias ao “pote de cabelos” do Sunny e as expressões malucas do  Tommyrod. Eu fico entusiasmado quando eu vejo uma qualidade e dinâmica tão boa em um shounen.

226_19

A cada arco eu sinto que Toriko tem potencial entrar no patamar de melhor shounen de luta da atualidade, junto com HxH. O autor só precisa cruzar a linha da bondade e começar a matar alguns personagens, tornando o enredo ainda mais sério e lógico. Toda essa ótima luta vai durar três capítulos e depois os fanboys não entendem quando eu digo que o ritmo de outras obras são lentos de mais. A movimentação do capítulo foi péssima, mas foi perfeitamente compensada pelo enredo e pelo ritmo.

.

2°Colocado – Shingeki no Kyojin capítulo 43

O capítulo anterior foi focado em mistérios e surpresas. Esse foi focado em pura brutalidade e ao mesmo tempo conseguiu adicionar mais alguns mistérios no ar. Quer é a outra pessoa que o titã colossal capturou? Com certeza é mais algum humano que pode se transformar em titã, mas quem será? Vendo quem está lutando nós podemos tirar algumas opções, mas ainda é impossível saber quem é ao certo.

12

Como todos sabem, o autor de Shingeki no Kyojin não desenha muito bem. Mas ele tem algo que muitos autores não tem, ele respeita os fans e a qualidade do seu manga. Ele novamente provou que ele não quer fazer algo para vender e ficar famoso, ele quer fazer uma obra-prima. Mesmo com sua carência de técnica, ele se dedicou em todas as cenas de luta, desenhando sempre o cenário, fazendo as movimentações e mostrando os efeitos de todos esses golpes devastadores.

09

26

35

38

As lutas foram emocionantes, criativas e lógicas. Ao mesmo tempo o capítulo conseguiu adicionar mais mistérios para a obra. Eu só tenho elogios para Shingeki no Kyojin, essa é uma obra que só tem me impressionado.

.

1°Colocado – Oyasumi Punpun capítulos 111-121 (Volume 11)

Nesse volume temos uma mudança total no enredo da obra. Não acompanhamos mais o pobre Punpun vivendo obcecado com erros e garotas do passado, agora ele está ao lado da mulher mais importante de sua vida. Pelo menos é isso que ele pensa. O início do volume mostrou algo muito raro nesse manga, podemos presenciar o nosso amado pinguin fantasma com uma autoconfiança impressionante, aproveitando o momento e não seus fantasmas do passado. Podemos dizer que isso está acontecendo porque ele reparou seu erro de infância com a Aiko, mas ele não acabou de criar um erro ainda maior com a Sachi? Não acho que a história entre eles iria terminar de forma tão fácil, e tenho certeza que essa personagem ainda vai reaparecer para abalar o mundo do Punpun.

Oyasumi_Punpun_v11_cap111_p19

Como era de se esperar de um manga que enfoca toda a crueldade que o Inio Asano consegue imaginar, a felicidade dos dois não dura muito. O desfecho do encontro do protagonista com sua sogra foi no mínimo impressionante. Eu esperava algum confronto verbal, ou até mesmo algumas agressões, mas eu nunca tinha imaginado que iria acabar desse jeito. Mas não podemos dizer que o autor não deu pistas. Quando eu vi o Punpun com aquela cabeça com chifres na última página do volume anterior eu imaginei que algo estava para acontecer, só fui inocente demais e não imaginei em um desfecho tão cruel.

Oyasumi_Punpun_v11_cap113_p21

Sem contar que tivemos uma cena que chocou de diversas maneiras. A página dupla que mostra o fim do arco da sogra mostra o semblante do punpun e pela primeira vez podemos ver o formato do seu rosto e do seu cabelo na idade atual. Eu fiquei minutos apreciando essa página.

A cada volume que se passa o Deus de Punpun me intriga ainda mais. Esse manga tem dezenas de simbolismos, muitos podem parecer aleatórios, mas eu sinto por Oyasumi Punpun a mesma sensação que senti lendo Evangelion e 20th Century Boys. Sinto que todos os pontos se juntam e que todo o simbolismo tem algum significado no enredo. Para ser honesto, eu me recordei de 20th Century Boys em diversos momentos lendo Oyasumi Punpun, e considero que as duas obras tem muitas semelhanças.

Oyasumi_Punpun_v11_cap113_p08

Essa nova transformação do Punpun foi algo surpreendente. Nunca vi o personagem ser tão confiante e imponente, nem parece ser o mesmo garoto não tinha confiança para se defender quando ofendido.  A Aiko por outro lado caiu em um abismo. Ela perdeu todo o brilho nos olhos que tinha e agora não parece ser nada além de uma casca vazia. Ver ela dependendo do Punpun enquanto ele decidia ir embora com a maior naturalidade do mundo foi algo que eu nunca teria imaginado no volume anterior.

Oyasumi_Punpun_v11_cap117_p16

Uma das premissas que mais me atiça nesse obra é a seita religiosa. Relendo diversas das tragédias do nosso “querido” protagonista, podemos ver eles envolvidos diversas vezes. Esse grupo também afetou todos seus amigos de infância, o único que ainda não foi envolvido é o Harumi, mas eu sinto que ele ainda vai ter sua importância para o desfecho da obra. Algumas vezes o manga me passa a impressão de que o Punpun é o Anticristo ou algo do gênero e que o único propósito da seita é impedir o despertar de seu verdadeiro ser. Sem contar que faltam apenas um mês para a profecia do fim do mundo.

Oyasumi_Punpun_v11_cap111_p10-11

Aparentemente essa catástrofe tem alguma ligação com o daruma que o Punpun jogou fora. Para os que não lembram ele recebeu esse brinquedo da Midori, mulher de seu tio. Será que a criança que está para nascer está envolvida com a catástrofe? A única coisa que eu tenho certeza é que o Punpun vai estar no meio da condusão e que o seu Deus, que acredito ser a Mancha Negra, estará envolvido de alguma forma. Estou gostando de como a narrativa séria e realista está se misturando com uma teoria fanática do apocalipse. Não goste de clicar na mesma tecla, mas após ler esses 11 volumes sindo que o Punpun me lembra muito do Amigo de 20th Century Boys. Não sei o que pensar sobre isso, porque para mim o Amigo é um dos personagens mais impactantes que conheço, e sinto que o Punpun tem uma semelhança quase que sombria com esse temível personagem.

Com a revelação que o braço direito do fanático possui os olhos da Mancha Negra, eu fico ainda mais intrigado no desfecho desse manga. Ao mesmo tempo temos a revelação da forma final de Punpun. Ele finalmente revela a parte mais escura de sua alma, que o acompanhou por todos esses anos, sempre induzindo ele a cometer os atos mais deploráveis. Alguns chamariam de instinto eu desejo, mas eu não consigo ver o Deus de Punpun de forma tão simples. Eu acredito que esse é seu verdadeiro caráter, algo que foi suprimido por causa de suas inseguranças, mas agora está livre no mundo.

Oyasumi_Punpun_v11_cap120_p15

Não consigo imaginar um desfecho feliz para o protagonista e não tenho absolutamente nada contra isso. Ele é o tipo de personagem que amamos odiar. Quero ver sua alma cair em desespero e sua fúria virar ações, quero ver ele influenciar o mundo com o seu ódio sem me importar com sua felicidade. Não desejo que ele tenha um final trágico, mas é o que sinto que vai acontecer.

Para mim esse foi um dos melhores volumes de Punpun até agora e estou ansioso para ler o próximo. O manga está chegando em sua reta final e segundo a uma notícia que eu li em um site francês  o manga vai terminar no volume 14. Após ler esses 11 volumes eu fiquei morrendo de vontade de escutar Nirvana, principalmente as músicas “Lithium” e “Heart-Shaped Box”. Os que leram a obra e conhecem as músicas vão sentir como que essas duas músicas se entrelaçam com o desenvolvimento do manga.

.

Colocação Extra – Persépolis capítulos 01-04 COMPLETO

Persépolis é um romance em francês autobiográfico e em banda desenhada de Marjane Satrapi retratando sua infância até sua vida adulta no início do Irã durante e após a revolução islâmica. O título é uma referência à antiga capital do império persa, Persépolis. Os capítulos foram publicados entre 2000 e 2004 e uma adaptação para o cinema em 2007.

Essa obra tem uma arte inegavelmente ruim. Honestamente, quando eu comecei a folhear o primeiro capítulo eu tive vontade de parar diversas vezes. Você vai sentir estar lendo uma série de tirinhas de jornal europeu. Mas impressionantemente, a arte combinou com a obra. Começamos com a narrativa de uma garota de 10 anos, que quer se tornar profeta. Vemos o desenvolvimentos dos problemas culturais e religiosos de um ponto de vista inocente. Para criar essa ideia de um mundo visto pelos olhos de uma menina, a arte serviu de grande ajuda.

Persepolis.01.de.04.HQ.BR.25MAR08.GIBIHQ.pdf-016

A obra tem um desenvolvimento muito bom. Presenciamos diversas tragédias que ocorreram devido aos manifestos do povo contra o governo. Mesmo com uma seriedade brutal de acontecimentos a obra nunca perde o ponto de vista de narrador, começando com a visão inocente e infantil até desenvolver caráter. Eu aprendi mais sobre a história do islã nesse comics do que eu aprendi em todos meus anos de colégio.

Persépolis narra a história chocante de uma iraniana que vivenciou de perto os problemas políticos e culturais de seu país. Sofrendo o conflito de não negar sua história e sua crença na religião, ao mesmo tempo em que se questionava sobre os valores impostos às mulheres iranianas. É sem dúvidas uma ótima leitura para fans de história ou para pessoas que tem um ódio pessoal por problemas políticos e religiosos. Não é uma leitura para pessoas de coração fraco.

Essa obra tem um enredo fantástico, mas a temática dela é totalmente diferente do que procuro comparar aqui no ranking. Por esse motivo eu não vou colocar ela no ranking junto com as outras obras. Mas tenham certeza que é uma ótima leitura.

.

.

Imbecil da Semana

Eu estava relendo o ranking para ver quem seria o imbecíl da semana e acabei me deparando com a resposta. Não temos um vencedor, temos dois. Ou melhor, duas vencedoras. O pódio vai para as meninas peladas de Sun-ken Rock. Ficar sem “intenção de matar” faz com que as pessoas ataquem apenas as roupas da adversária? Sério mesmo? Sem contar que após ficarem peladas elas ficaram deitadas no chão morrendo de frio e depois foram carregadas por um gorila. Deprimente.

SKR-lvl-105_02

.

MVP da Semana

Essa semana teve muitos personagens disputando o kinder ovo. Mas no final apenas um pode conseguir essa posição e o vencedor é o Kamishiro de Holyland. O cara vai resgatar uma pessoa que respeita estando pronto para apanhar e para ferir pessoas. Atitude corajosa sem falsos moralismos e sem hipocrisia acompanhados de uma boa luta e muita atitude.

Holyland - Vol 007 Cap 070 Pg 207

.

Imprevisível da Semana

Sem a menor sombra de dúvidas esse pódio vai para o Punpun de Oyasumi Punpun. Não quero dar spoilers para os que ainda não leram a obra, mas o que ele faz com a sogra e com seu Deus negão é simplesmente chocante.

Oyasumi_Punpun_v11_cap116_p17-18

.

Chegamos ao fim de mais um alegria e câncer semanal. Espero que vocês tenham gostado das novas adições, tanto de mangas quando de comics. Para os que estão gostando de ver meus comentários sobre HQ’s e gostariam de ver eles separados do ranking de mangas, esse mês eu vou fazer um novo projeto. Não se preocupem porque ele não vai tirar o tempo que eu dedico ao ranking semanal e aos podcasts. Eu vou fazer um ranking mensal de HQ’s com todas as obras que apareceram nos últimos ranks semanais.

Com isso eu poderei colocar eles em uma colocação mais ampla, comparando apenas comics. Também poderei fazer os postos de MVP, imbecil e imprevisível de forma mais justa. Não tem como comparar personagens de obras concluídas com personagens de capítulos semanais.

E por fim quero fazer a divulgação do canal de Youtube de um amigo meu. Ele não tem nada a ver com comics e mangas, ele faz vídeos sobre aventuras de RPG e tenho certeza que muitos dos leitores são fans do gênero. Aqui está o link de um de seus vídeos.

Anúncios

50 pensamentos sobre “Ranking Semanal #20 – Pinguim fantasma e Deus negão de black power.

  1. Finalmente decidiu dropar aquele câncer do World Trigger (Fico feliz por vc, agr só falta Naruto e Bleach). Vejo vcs falando um monte de Oyasumi Punpun, tenho que cria vergonha na cara e ir ver se é tão bom como vcs dizem, e por ultimo gostei muito da evolução do Kamishiro em Holyland, ele finalmente ta matando a pau em cima daqueles cusões.

    • A Sasha? Não, a Sasha tem cabelo preto, na imagem da para ver que a pessoa capturada tem cabelo claro. Como o Armin e o Connie aparecem no decorrer do capítulo, o único integrante que falta é o Jean. Mas tem a possibilidade do cabelo ser escuro e esse detalhe da cor ser um “descuido” do autor, para dificultar a identificação. As principais opções são o Jean, a Sasha ou alguém fora dos 10 escolhidos, como foi o caso do Ymir.

  2. eu tenho que ir ler oyasumi punpun neste exato momento. O texto do estupra conseguiu me deixar mais ansioso pra ler a obra do que o desmascarando inio asano. Um protagonista que é comparado ao motherfucking amigo não pode ser ignorado O.o

  3. Bem, não li o ranking inteiro hj, pois n acompahei todas as obras, e quero guardar as surpresas, mas, sobre punpun, toda a raiva que eu tinha no personagem pela sua inutilidade, se foi xD
    Cara, eu fui o unico que n gostou de como a luta do sunny em toriko se encaminhou ? tipo foi rapida, boa, mas cara, o jeito como usou os novos poderes, n me agradou…
    E adoro os seus comentários sobre as HQ’S, , estou indo baixá-las, as que estão no rank, agora mesmo.
    Enfim , pegue a pg inicial de dorehodoro e a pg 3 de Shinmai Fukei kiruko, compare, e saberá que mangakás pegam ideiás de outros mangakás xD -Q
    Té o/

    • Os motivos de eu ter gostado de Toriko estão no post, mas nada é unanime, é comum pessoas terem gostos diferentes. Sobre as HQ’s, essas são boas, mas eu recomendei HQ’s melhores anteriormente, como Arawn.

  4. oi estrupa, sei que não gostam muito quando recomendamos muita coisa(e eu acho que em todo ranking semanal seu eu recomendo algo), mas gostaria de recomendar mais uma HQ muito boa que eu li tem pouco tempo.

    o nome é I Kill Giants, tem só 7 capitulos, e acredito que vai te agradar bastante(na verdade pra qualquer um que ler esse comentário eu recomendo essa HQ)

  5. kkkk! Ei Estupra… Pega leve kkkk! Bleach foi legalzinho, seria incoerente não envolver a família Ishida, já que já mostrou muitos diálogos do Ishin com o Ryuken (Também ainda tô intrigado como aquele magrelo que matou o Kira, o dos cílios brancos que anda com o velho ‘nazista’, parece tanto com o Ryuken).

    Achei legal o Ishin ser um Shiba, isso mostra um pouco o motivo da semelhança tão grande entre o Ichigo e o Kaien (sensei de Rukia, irmão do Ishin). Eu achei legal da parte do Kubo, pela primeira vez (que eu lembre) focar mais nos objetos que estão envolvidos na cena, como talheres, pratos, etc..(sei que isso não é nada de mais, mas eu achei legal). Enfim, bom capítulo.. Ficou em Segundo no TOC da JUMP essa semana (mas não teve nem Naruto nem OP).

    Fora isso, concordo com as outras críticas. 😀

    • Tenho que descordar!! foi um nada a ver o Ishin ser um Shiba, pelo simples motivo de quando ichigo apareceu no mundo espiritual os Shiba nao tiveram nenhuma reação ao ver o Ichigo, na verdade isso foi bem imbecil, mas a supremacia é a shikai de Zaraki. Concerteza isso foi o cúmulo do overpower, por mais que ele treinasse, nao iria passar muito do nivel que ele lutou com o Jiruga, sem contar que destroi todo o background dele e da divisão se ele aceitar a Shikai!!

      • Muito provavelmente os Shiba não sabiam do paradeiro de Ishin quando ele veio pra o mundo Real e perdeu os poderes até a saga Aizen (O Ryuken diz isso no começo do arco arrankar). Então, talvez, não tinham como saber que o Ichigo era filho do Ishin, até porque ele nunca comentou… E mesmo se aquela mulher da perna mecânica soubesse, a saída do Ishin da Soul Society não deve ter sido algo simples pra ela sair comentando por aí e fazer afetividades ao ver um familiar…
        E quanto ao Zaraki, tem pessoas que esquecem que existe no mundo de Bleach pessoas muito mais fortes que ele, Ulquiorra era um exemplo. Se ele ficar mais forte, com certeza terão oponentes do nível dele. Zaraki é considerado um ‘potencial para a guerra’, vamos esperar pra saber o porquê..
        Conclusão, o arco ainda não acabou, nada mais normal que nem todas as coisas fiquem claras até o arco findar.

      • Peraí!! alguns dos membros da Gotei 13 ja sabiam quem ichigo era, tanto que monstra claramente quando Ishin aparece na luta de Aizen, que até Urahara tb sabia. Agora voltando a Zaraki… veja bem se ele fosse um jovenzinho eu até entenderia dele aceitar a shikai (tomara que ele rejeite), mas ele ja é um adulto, digo na personalidade (tendo em vista que os caras são muito velhos). Eu sei que muitos são fãns dele e tal, mas ele aceitando a shikai é o mesmo que jogar todo o contexto dele pelo ralo.

        Enfim, o autor ta parecendo Massami Kurumada, um monte furos e um monte de idiotice pra preencher os furos!!

      • O único membro do Gotei 13 que vinha analisando o Ichigo desde antes dele nascer era Aizen, ele mesmo falou. Os outros sabiam da existência do Ichigo por conta do incidente com Rukia. Urahara saiu da Soul Society antes do Ishin se tornar captão, tanto é, que o Ishin ficou no lugar de um dos Vizards que era capitão do 10º esquadrão. Não tô vendo grandes furos na Obra não e não vejo mal do Zaraki ter uma shikai (que seja pra aumentar sua força bruta etc…), contanto que ela combine com ele.

        E quanto ao Kuramada, você já leu/assistiu Saint Seiya The Lost Canvas? Supervisionado por ele (Kuramada sensei)? Pois é, a estória tem um desenrolar bem claro, e sem idiotices, queria o Kubo parecer com ele em termos de experiência, conheça bem os autores pra falar assim. 😉

      • então me explique como Ishin e Uruhara estavam juntos na batalha de Aizen e na saga Fullixo quando “devolveram poderes” ao Ichigo. e voltando a Zaraki, ele disse desde o começo que lutar com shikai é o mesmo que pedir ajuda dos outros, coisa que ele nao faz exeto quando ele lutou com Byakuya que na verdade eles estavam disputando pra quem mataria. E voltando a “Kurumada sensei”, vc mesmo disse que ele estava “supervisionando” o Lost Canvas.

        Eu nao estou dizendo que Bleach é ruim, ele ficou ruim. Como obra ele errou no mesmo ponto de Dragon Ball, adiando o final inevitavel, quando Goku era pra ter morrido na batalha de Freeza quando o planeta namek foi destruido, Ichigo era pra ter perdidos os poderes e fim… ficaria uma obra legal.

        E Bleach assim como Naruto erraram feio no quesito quantidade de chars, conta-se mais de 15 coadjuvantes fora os secundários, isso torna a obra cansativa, pois o autor tem que englobar todos ou a maioria pra história andar, é tando que até o autor de Naruto ja disse que queria acabar faz tempo. Mas fazer o que, enquanto conseguir encher linguiça os fãs vão adorar!!

        • Eu estou ficando enjoado só de ver essa discussão. César, eu sei que você é fan da obra, mas honestamente, o enredo está a tempos simplório, forçado e pouco interessante.

          Parem de ficar discutindo Bleach aqui. Não tenho nada contra a shikai do Zaraki e esse flashback está uma merda.

      • Realmente Estupratom, eu gosto muito da obra, mas sei que ela não está na qualidade que já teve. Eu disse que gostei desse capítulo, tendo em vista os passados. E esse flash back não está tão interessante, pelo menos até agora, mas vamos esperar, quem sabe não melhora. Lembram do Flash Back de Skypea em One Piece? No final ficou bom, mesmo o decorrer não sendo (aquele de Northland, inclusive foi a melhor coisa da saga ao meu ver). Como eu já disse, vamos esperar findar, ou pelo menos chegar perto do final do arco.

        E quanto a Naruto, eu não entendo o que realmente as pessoas querem desse mangá.. Uns dizem que focam demais no Naruto, outros dizem que ele gasta muito tempo desenvolvendo o secundários.. ‘orch’, kkk!
        Eu acredito que Naruto tá numa fase boa, o autor tá fazendo a obrigação dele desenvolvendo alguns personagens que tem notabilidade no enredo. Ele não tá cagando muito não nessas ultimas semanas, espero que continue assim..

        E Leleo-san, depois pesquise sobre o Lost Canvas para poder dizer o quão de perto ou de longe foi essa ‘supervisão’ , veja na extrema esquerda desse site (sim, um site bem conceituado em mangás, pelo menos no meu ponto de vista):
        http://mangareader.com.br/Lista/mangas/141-saint-seiya-the-lost-canvas
        E como eu disse, conheça os autores para falar deles. Em que época foi feito Saint Seiya Clássico? Sim, anos 80, é óbvio que naquela época as obras shounens em geral, tinham um ‘toque heroico’ muito acentuado, e o Kuramada ainda quebra isso um pouco, com o herói morrendo no fim. Então, definitivamente, Kubo e Kuramada não tem nada a ver!

        • Qualquer um que disse que é problema um autor desenvolver os personagens secundários é um retardado idiota que deve amar obras como Fairy Tail e Reborn. Naruto já foi muito bom e atualmente ele não chega nem perto da qualidade do seu auge. Os melhores arcos e momentos de Naruto são os que os personagens secundários são trabalhados. Não perca seu tempo fazendo argumentos vazios, por favor.

      • eu nunca disse que personagens secundários são ruins, o ruim é a quantidade absurda deles, naruto por exemplo passa dos 20 brincando e isso torna a obra cansativa. e concordo com vc natsu de fairy tail chega ser mais over que ichigo mesmo, tanto que dropei faz tempo!

      • Realmente eu acabo falando de mais, mas na prática eu nem estava de fato argumentando (querendo convencer da minha ideia), tava mais expondo algo mesmo. É que eu definitivamente fico incomodado com algumas pessoas que não gostam de uma obra, aí ficam colocando uns defeitos que não tem nada a ver, e fica expondo os problemas da obra de uma forma muito exagerada e emite totalmente as qualidades pra parecer que ela é ridícula (quando nem sempre é) e quem a contempla muito mais.
        Enfim, ancioso para o próximo Ranking semanal e parabéns pelos 400 mil views! Estou realemente gostando desse site.

      • ehhh eu tb,,, tb espero o proximo rank!!
        tb to esperando one-punch man, é uma obra esperada e ao mesmo tempo diferente do que eu ja tinha visto!

      • Ei Estupra, só pra deixar claro, evitar interpretações secundárias, eu não me referi a você no coment anterior. Gosto de suas críticas, quando eu discordo, eu falo. Mas já discutimos que isso é questão de gosto…

  6. ja achava que pun pun era propenso a isso, os problemas com violencia e descaso dos pais na infancia, sua falta de clemencia mesmo quando sua mae tentou se redimir, e a forma como ele respondia as criticas que as pessoas faziam a seu estilo de vida, era como se ele n quisesse aceitar a realidade dos outros, n dessa forma insegura e sem experiencia de vida, mas como se estivesse plenamente certo disso. viver a partir de seus proprios ideais distorcidos.

  7. De fato, esse volume 11 de Oyasumi Punpun foi excepcional, e não conseguir parar de lê-lo até terminar todo o volume, ficando ansiosíssimo pelo próximo. Emoções e reviravoltas ainda mais fortes e surpreendentes nos aguardam nessa reta final.

    O capítulo de Bleach foi legalzinho, mas o acabou mais me chamando a atenção mesmo foi o Vasto Lorde que apareceu ser parecidíssimo com aquela tranformação completa do Ichigo. Agora fica a curiosidade para saber a explicação dessa bagaça.

    Devo concordar que essa 3ª colocação de Toriko essa semana é mais do que merecida, pois essa luta entre Sani e Tommyrod foi eletrizante. Com a conclusão dessa luta nessa semana, provavelmente já partiremos para luta do Coco contra o Grimparch, que promete ser tão boa quanto essa. Toriko a cada dia se firma ainda mais como um dos melhores shounens da atualidade, e merecidamente. Percebo que muitas pessoas acabam julgando a obra sem nem ao menos ter lido o mangá, tendo visto apenas algum episódio do anime. Na minha opinião, existe uma diferença absurda entre o anime e o mangá dele, pois a censura mata o anime, abrandando demais alguns acontecimentos mais pesados do mangá. Portanto, mangá de Toriko >>>>>>>>>>>>> anime dele.

    Shingeki no Kyojin foi excelente também, e os acontecimentos desse capítulo realmente adicionaram ainda mais mistérios, para deixar os fãs ainda mais intrigados com os acontecimentos vindouros. Fico aqui me perguntando como o Eren vai conseguir atravessar essa defesa impenetrável do Titã Encouraçado. O próximo capítulo promete ser um dos melhores até agora, além do que vai coincidir com a estreia do anime, então podemos esperar coisa boa pro capítulo 44.

    Há algum tempo já estou com vontade de ler alguns comics, então acho que vou estrear nesse meio lendo a edição definitiva de Watchmen que meu irmão tem. Creio eu que seja um ótimo pontapé inicial para enveredar nesse mundo, pois acho que faz mais de 10 anos desde a última vez que li um comic, então é praticamente um recomeço.

    Estupratom, parabéns pelo novo projeto que você está planejando, o Ranking Mensal de HQs, pois esse promete ser muito interessante, especialmente para os já iniciados nesse mundo. 😀

  8. Parabéns pelo cast, acredito que muitos se sentem mais a vontade para encarar uma nova (hq ou Manga) após ler seus comentarios, vou voltar ao pumpum, pois a algum tempo havia desistido de ler depois do primeiro capitulo, como vc mesmo disse, morder os labios e dar continuidade, do mais todas as obras estou acompanhando atentamente e até mesmo voltando a reler alguns capitulos depois dos comentarios que vejo aqui, é uma forma boa de analisarmos alguns detalhes que as vezes nos fogem a leitura! Grande abraço a todos! E Xcog, vou dar uma lida em IKillGiants!!

  9. Vocês leem os mangás da PORRA Scan? Eles têm Crowns lá, acho que seria uma pedida legal para o top mangás, ainda mais pra substituir essas duas bostinhas que vão embora essa semana ^^

    • Eu acompanho as obras do PORRA. E novamente vou lembrar que o ranking semanal é um projeto pessoal meu. Esse post é apenas a minha opinião, e não a opinião de todo o EMD.

      No ranking semanal temos Zippy Ziggy, obra lançada pelo PORRA, mas não pretendo trazer Worst e Crows, pelo menos não por enquanto.

  10. Primeiro comment aqui
    Sobre Punpun, não acho que o Deus dele seja o dark spot, acho que o dark spot tá mais para um sentimento, que existe em várias pessoas ou algo assim. Mas também sempre achei que o Deus fosse algo como um diabinho (tipo aqueles típicos diabinhos e anjinhos de desenho animado), que quisesse despertar o lado “negro” do Punpun. Além do mais, quando ele começa a “lutar” com a sogra o Deus diz algo como “Estava esperando por esse momento por muito tempo”. Enfim, já comecei a falar besteira. De qualquer forma, para mim, esse foi o melhor volume de Punpun.
    Quanto as outras obras, das que leio, concordo com seus comentários, principalmente com Shingeki. É incrível como o autor consegue transformar um capítulo em que em outros mangás seria cansativo, entediante e descartável em algo incrível.
    Não consigo ler HQs, não me acostumo com o estilo delas, mas vou tentar novamente.
    Enfim, ótimo ranking.

  11. Estrupa Começei a ler Ahita no Joe é realmente fantastico, joe é foda nunca vi um personagem
    tão Humano igual a ele o carisma dele é fenomenal Ahita no joe um dois melhores mangás que eu ja le, ainda tou no cap 14 mais tudo que eu ja vi ja merece muito respeito, descobri ashita no joe graças ao top 10 de vcs melhores protagonista shonens. Realmente ele é foda

  12. Oyasumi Punpun está completamente incrível. Que personagem chocante é o Punpun, nunca consegui ver ele dessa maneira, o arco da sogra foi algo indescritivel, fiquei de queixo caído com as atitudes dele.

  13. Depois de ler sobre Oyasumi Punpun corri atrás para alcançar o capitulo atual, eu tinha para no 56, não sei se fiz bem em ler correndo. Eu só não entendi como o Komatsu foi afetado pela seita religiosa.

    • Não recomendamos a ninguém correr para ler Punpun. É uma obra complexa, onde normalmente nem todos os fatos são enxergados por apenas um.
      Em Psycho-Pass, um anime que não chega aos pés de Punpun ao se tratar de “viagem psicológica”, já não conseguimos pegar todos os pontos do anime (um de nossos leitores achou uma falha que não havíamos achado) mesmo o assistindo semanalmente. Ou seja, demoramos 22 semanas para ver tudo e mesmo assim nem tudo entrou em nossas cabeças. É muito normal em obras psicológicas, vários pontos passarem despercebidos por causa de uma leitura rápida. Não é só questão de não ter entendido. Você não entendeu a estória do Komatsu, eu “entendi” (interpretei de um jeito), mas várias coisas que você acha ter sacado podem ter passado despercebidas.

  14. Nesse caso vou ter que reler mais calmamente, eu não saquei mesmo a parte do Komatsu. Um personagem que me interessou muito foi o Shimizu, um do meus preferidos na obra. Estou penando em esperar a obra ser finalizada para depois reler do começo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s