Ranking Semanal #21 – Muito melhor que o filme!

Dae pessoal, aqui é o Estupratom novamente.

Dessa vez o ranking semanal não vai ter todas as obras que tem normalmente. É porque eu sou um preguiçoso que decidiu ficar discutindo a profundidade de Naruto por dias? Obviamente que não. Eu vou participar do Festival Brasileira de Cerveja que está ocorrendo nesse final de semana. Eu viajei quinta-feira e só volto no domingo de noite, então só pude comentar das obras que li até quinta-feira.

Mas não se preocupem meus caros amigos viciados em mangas. Semana que vem eu vou comentar de todas as obras que foram lançadas no fim de semana. Também pretendo adicionar dois mangas ao ranking semanal. Estou pensando em Yu Yu Hakusho e Worst. O que vocês acham, querem essas duas obras ou querem algo diferente?

21l

Essa semana eu trouxe mais duas HQ’s para vocês se deliciarem. A primeira é o premiadíssimo “Mouse Guard”, conhecido no brasil por “Os Pequenos Guardiões”. O segundo é Kick-Ass, uma HQ que ganhou popularidade nos últimos anos devido ao filme. O segundo filme já está confirmado para o final do ano e alguns leitores recomendaram a obra então eu decidi colocá-la no ranking.

Chega de papo e vamos ao ranking semanal:

.

10°Colocado – One Piece capítulo 702

Capítulo morno. A maior parte do capítulo foi o mistério da identidade do velho, que acabou sendo menos interessante do que eu achei que seria. Eu estava mais intrigado pelo cego no capítulo da semana passado do que no capítulo atual. Espero que a revelação seja chocante.

Achei um pouco forçado roubarem uma espada do Zoro. Ele não é o tipo de personagem que iria perder a atenção de seus tesouros mais importantes em um país desconhecido que está dentro do território inimigo.

05

E no final do capítulo temos a armadilha envolvendo a Akuma no Mi do Ace. Eu comentei semana passa que esse plot não me interessa muito. Estou bem mais interessado em ver o Sanji comer a fruta do que ver o Luffy guardando ela a apenas como lembrança do irmão.

14-15

.

9°Colocado – Naruto capítulo 624

O enredo do capítulo não foi ruim, mas tem alguns pontos que foram feitos para causar impacto e não me afetaram em nada. O primeiro deles foi o despertar do Sharingan do Madara. Achei um pouco forçado e nada impactante. Ele despertar o “grande poder” apenas porque decidiu matar um amigo que ele conheceu no rio? A morte dos irmãos dele era um motivo bem mais convincente.

09

A morte do Izuna foi realista e ao mesmo tempo sem graça. Foi corrida demais, em uma página ele é ferido e na outra falam que ele morreu. O irmão do Madara foi comentado tantas vezes durante a obra que eu esperava algum desenvolvimento dele. Não gostei dele ter sido apenas uma ovelha que foi para o abate.

E a página final era para ser o que? Uma piada ou uma cena dramática? Ele falhou em ambos. O pedido imbecil do Madara não vai ser atentido ou pior ainda, o Primeiro vai querer se suicidar e vai ser impedido pelo irmão ou pelo próprio Madara. O enredo e o desenvolvimento da guerra foram satisfatórios, mas esses momentos dramáticos falhos diminuíram a qualidade do capítulo.

17

.

8°Colocado – Rurouni Kenshin Kinema-Ban capítulo 04

Esse capítulo não foi ruim. Vou desconsiderar o encontro original entre o Kenshin e o Saito, que foi uma das melhores cenas da obra original, e vou levar em consideração apenas o capítulo. Tivemos alguns bons diálogos, tanto do Saito e do Kenshin quanto do Sanosuke. Fiquem feliz em ver que o background do Sanosuke não foi deixado de lado.

10

Mas o que diabos foi aquela cena final do capítulo? O que diabos aconteceu com o Jionei? Agora ele usa duas espadas e ele não segura elas, elas atravessam a sua mão. Odiei essa mudança, fez o personagem ficar mais forçado do que já era e acabou com todo seu carisma. Esse foi o melhor capítulo do manga até agora, mas se a obra não melhorar ela vai se tornar um fracasso.

15

.

7°Colocado – Deadman Wonderland capítulo 53

Abençoado seja o Diretor! Eu amo esse velho maluco, ele matou a garota irritante e imbecil, ele é um santo. Se ela falasse mais uma vez “Me devolva o Toto” eu iria pular da janela. Esse capítulo vai ganhar várias colocações apenas porque essa depressiva ignorante morreu.

053_11

Agora voltando ao capítulo. Não sei como que o Toto aguentou tanta porrada assim. Ele é jogado dezenas de metros no ar, cai em uma esfera de espinhos que atravessa seu coração, é queimado vivo e ainda tem forças para matar a retardada. Abençoada seja a sua força de vontade shounen.

053_09

Finalmente é revelado o que aconteceu com a mãe do Ganta. A idiota deu um tiro na própria cabeça para o Diretor não conseguir descobrir como libertar a Shiro e para “assumir a responsabilidade”. Tal mãe tal filho, só podia ser mãe do Ganta para ser tão idiota. Foi a responsável por um terremoto que matou milhões ao invés de dar um tiro no Diretor e acabar com todos os problemas, ela prefere atirar na própria cabeça e deixar o maníaco com o poder completo do laboratório. Gênio!

Em seguida o Ganta faz uma das primeiras coisas certas que ele fez na vida e da um Hadouken na cara do Diretor. O pior é que ele cai como se não tivesse acontecido nada, ele não tem nenhum ferimento aparente. Esse golpe tinha destruído um prédio inteiro e agora ele é usado a queima roupa na cabeça do Diretor e não acontece nada, pelo menos não fisicamente. Ele cai morto de susto após cair no chão.

053_20_21

E obviamente nós voltamos para o que eu tinha falado no capítulo anterior. Porque o retardado do Ganta não apertou o botão antes de lutar com o Toto? Ele estava a 2 cm de “salvar o mundo” e prefere deixar para depois. Eu tinha certeza que essa idiotice iria voltar para ele e não deu outra. A Shiro pegou o “Mamão Ganso” e a destruiu.

053_28

Com isso ela consegue libertar todo o seu poder e destrói todo o prédio. Porque será que eu sinto que ninguém morreu nessa catástrofe? E estou sentindo que o final vai ser absolutamente shounen, espero estar enganado. O capítulo foi bem melhor que o anterior, mas a obra continua esfregando na minha cara a imbecilidade dos personagens, e o pouco de realismo que as lutas tinham foram para o espaço. Antigamente os golpes realmente feriam e se o Ganta atirasse demais ele ficava com anemia devido a perda de sangue, agora ele parece o Hyoga de Cisne dos CDZ.

053_30_31

.

6°Colocado – Green Blood capítulo 22

Capítulo bem morno. O encontro entre os dois velhos não me causou nenhuma emoção. O diálogo foi previsível  e não adicionou nada a obra, apenas colocou um charminho no pai dos irmãos.

06

O resto do capítulo foi melhor. O encontro dos dois irmãos no hospital foi uma leitura agradável. Foi previsível, mas a arte fantástica na expressão dos personagens conseguiu fazer a cena ficar convincente. Green Blood tem que começar a depender menos da arte e caprichar mais no enredo se não a obra vai ficar cansativa.

14

Mas a melhor cena do capítulo foi a página final. Com o governo enfurecido os policiais precisam fazer alguém de exemplo para fingirem que estão mostrando serviço. Parece que o escolhido vai ser o líder dos Grave Diggers.  Ver ele com uma corda no pescoço vai ser uma cena memorável.

18

.

5°Colocado – Zippy Ziggy capítulo 69

Com esse capítulo nós concluímos o antepenúltimo volume da obra. Faltam apenas dois volumes para o fim do manga que me tirou mais risadas em todos esses meus anos de leitura. O capítulo começou de forma boa. Em apenas uma página podemos vir uma das danças do fanboy e em seguida vemos ele sendo surrado por estranhos na rua. Porque isso não acontece com os fanboys de Naruto e Bleach? O mundo seria um lugar melhor.

04

Tivemos até algumas piadas envolvendo comics essa semana. Fazem menção ao homem-aranha e podemos ver alguns personagens que parecem ter saído do mundo do lanterna-verde. Eles são os novos tutores do Dukchill. Eles eram, o Dukchill matou dois deles, sobrando apenas um. E esse pobre sobrevivente deve ser algum deus grego. Ele conseguiu fazer o Dukchill passar de ano! Temos que fazer estátuas em sua homenagem.

07

O capítulo foi agradável mas não foi tão engraçado quanto os últimos. Como sempre eu adoro e relação do Kang Shingi com seu pai e o Dukchill sempre me faz rir. A garota que caiu da estátua de frango foi uma boa adição também. Estou ansioso para ler o próximo volume.

.

4°Colocado – Gantz capítulo 378

Fiquei feliz com a página colorida desse capítulo. Fazia muito tempo que Gantz não tinha uma boa página colorida, não que eu me lembre. Essa semana eu tive uma discussão com o Lucas sobre a personalidade do Kurono e sobre o casal inseparável. Eu cheguei a uma conclusão simples, que pode incomodar a muitas pessoas. A Tae é uma boa personagem e eles são um bom casal. Na verdade eles podem ser considerados um ótimo casal.

03-04

Tiveram um início interessante e bem desenvolvido, um dos melhores arcos do manga teve um de seus clímax a sua morte, tiveram relações sexuais realistas e tiveram um reencontro interessante e bem trabalhado após ambos perderem as memórias. Posso considerar o casal um dos melhores trabalhados e realistas que já vi em uma obra com tanta violência como Gantz.

O problema foi a sequência de capítulos com os dois gritando o nome um do outro nesse último arco. Essa sequência de capítulos foi uma tortura para todos os leitores da obra, mas ela realmente acaba com toda a qualidade do casal? O que tornou os capítulos infernais foi o seu ritmo de lançamento, que estava muito lento na época. Uma sequência de capítulos irritante que é curta mas demorou um ano para ser lançada. Isso incomodou a muitos, inclusive a mim, mas eu ainda gosto desse casal. Eu reli do capítulo 168 até o 171 e pude lembrar como que o romance deles foi bem trabalhado.

Esse capítulo mostra novamente o desenvolvimento mental do Kurono, que agora arrisca sua vida para voltar para a pessoa que ama. Vendo todo o passado que ambos tiveram, eu considero esse enfoque dramático totalmente plausível com o personagem. Levando em conta o fato de ele não ter amigos e ter uma relação medíocre com sua família, ela é o único lasso de afeto que ele ainda tem no mundo.

25-26

Eu gostei do capítulo e estou satisfeito com o casal e com o Kurono. Agora estou esperançoso de ver uma luta de verdade, algo que não acontece no manga faz tempo. Todas as lutas desse arco foram bem fracas.

.

3°Colocado – Toriko capítulo 227

O final da luta foi melhor do que eu esperava. Nos momentos finais antes da luta começar temos um bom diálogo mental que mostrou de forma convincente a convicção de ambos os lutadores e conseguiu criar um pouco de tensão. Esse diálogos curtos e uma das melhores qualidades da obra.

227_05

Os momentos finais foram frenéticos e divertidos. Gostei muito da página mostrando a despedida do Tommyroad, onde podemos ver o respeito do Sunny e a aceitação e felicidade do Tommyroad. Ótima forma de se encerrar uma luta dessa magnitude.

227_10

As páginas finais do capítulo foram fantásticas. Finalmente o autor começa a criar coragem e decide colocar mais seriedade na obra matando um dos principais vilões que o manga teve até agora. Acho que as mortes dos vilões vão continuar, mas não sei se o autor vai ter coragem para começar a matar alguns dos bonzinhos. Não precisa ser alguém importante, um personagem secundário seria o suficiente. O autor ainda não ultrapassou a linha, mas ele já colocou a ponta do pé.

227_14

O capítulo poderia ter terminado nessa página que ele já seria um bom capítulo, mas ele melhora ainda mais. Temos traidores em ambos os lados do campo de batalha e um novo grupo de inimigos foi revelado. Um grupo que se denomina de NEO. O impressionante foi ver que um dos braços direitos do presidente e que o segundo cozinheiro mais forte fazem parte dassa organização. Isso explica como que o Zaus tinha sido “derrotado” tão facilmente.

227_19

Esse capítulo foi muito bom. Estou ansioso para ver as próximas batalhas, principalmente a do Zebra e a do Tengu. Esse arco está apenas começando e sinto que ele só vai melhorar.

.

2°Colocado – Os Pequenos Guardiões: Outono de 1152 capítulos 01-06 COMPLETO

Essa é uma das leituras mais relaxantes que eu li esse mês. Ele tem uma premissa que parece ter saído de um conto infantil, mas ele surpreende. A obra foi recomendada pelo João, amigo meu que participou da review de The Boys e da review de Watchmen, que ainda não foi lançado. O título original da obra é “Mouse Guard”, a obra tem diversos arcos e foi escrita e desenhada por David Petersen. O primeiro arco, intitulado de “outono” tem seis capítulos e foi lançado em 2006 nos EUA e em 2008 no Brasil.

Primeiramente vamos falar do cenário onde se passa essa agradável aventura. Em um mundo hostil e repleto de predadores, os ratos lutam todos os dias pela sua sobrevivência e bem-estar das suas moradias. Para a proteção do povo foi criada a Guarda. Depois de vencida a guerra do Inverno 1149 contra o general-doninha, veio um período de certa calmaria e então a Guarda passou a ter outras funções. Sentinelas, meteorologistas, acompanhantes e exploradores substituíram os soldados. A Guarda localiza-se na cidade de Lockhaven.

Digitalizar0012

Nessa jornada acompanhamos uma jornada onde um grupo de membros da Guarda precisa impedir um traidor que deseja dominar todo o reino. Não se iludam com a figura dos ratinhos, a obra tem um enredo sério e inacreditavelmente agradável. Para vocês terem ideia do potencial dessa obra, ela venceu diversos dos principais prêmios do mundo das HQ’s no ano em que a obra foi lançada, como: Melhor HQ independente do ano, Melhor minissérie de 2006, Melhor HQ indie do ano, Melhor artista independente e Melhor estréia, etc. Um RPG baseado no mundo de Mouse Guard foi lançado em 2008, mesmo ano do lançamento de Dungeons and Dragons 4ed. e o RPG dos ratinhos destronou o soberano D&D e ganhou o troféu de melhor RPG de 2008 pela Origin Awards (Oscar do mundo dos RPG’s).

No primeiro capítulo temos a apresentação de três guardiões Lieam, Kenzie e Saxon, que saem em busca de um mercador de grãos desaparecido. De uma simples busca, a trama toma outra proporção ao descobrirem uma possível traição e terem que lutar contra uma enorme serpente. Todos os personagens foram convincentes e o narrativa foi ótima.

Digitalizar0020

Durante a obra somos apresentados a outros guardiões, temos batalhas, sacrifícios, reviravoltas, um ótimo enrede e muitas frases de impacto marcantes. Entre elas eu gostei muito da frase “Não importa contra o que se luta. Mas pelo que se luta.”

A arte gráfica tanto dos cenários quanto dos personagens é de alta qualidade, recomendado para aqueles que apreciam não somente a história, mas sim a arte dos quadrinhos. O autor usa a coloração com perfeição, utilizando muita as cores ternas do outono mas quando necessário ele uso cores fortes e escuras com perfeição. Os ratos conseguem passar seus sentimentos com clareza mesmo não sendo humanos, cateterísticas que poucos autores conseguem fazer tão bem.

Digitalizar0005 Digitalizar0006

Minha única reclamação é o tamanho da obra. O enredo é ótimo, mas devido a seu curto tamanho ele acaba sendo bem corrido. Eu adoraria ter visto essa mesma história em um intervalo de 12 capítulos. A história iria se desenvolver mais lentamente e os acontecimentos seriam mais impactantes.  Acho que eu li toda a obra em menos de 30 minutos.

Eu recomendo essa obra para crianças e adultos. Acho que adolescentes que são muito fans de lutas exageradas, não sabem apreciar uma boa arte e gostam de histórias com moralismos e heroísmos baratos não vão gostar muito. Eu adorei a leitura e pretendo comentar dos próximos arcos e fazer uma review da obra no futuro.

.

1°Colocado – Kick-Ass capítulos 01-08 (Primeiro arco)

Kick-Ass foi escrito por Mark Millar e desenhado por John Romita Jr. A obra foi laçada em 2008 e o primeiro arco está completo contendooito capítulos. Já foram lançados mais dois arcos, um do Kick-Ass e um da Hit-Girl. A obra recebeu um filme em 2010 e terá uma continuação em 2013.

A premissa da obra é bem interessante e promissora. Dave Lizewski é o típico garoto excluído de seu colégio, que mora com o pai viúvo. Ele é louco por gibis e histórias de super-heróis, o que acaba o influenciando na idéia de se transformar em um “herói da vida real”, combatendo o crime em Nova Iorque,mas seu diferencial é que ele não possuí nenhum poder.

Kick Ass Director's Cut (zone)-014

Sem a menor sombra de dúvidas a HQ é bem melhor que o filme. As pessoas tem tendência a gostarem mais do que conhecem primeiro, seja um filme, música ou quadrinho e eu não sou exceção. Teve diversas vezes que eu escutei um cover antes de escutar a música original e acabei gostando mais do cover, mas em Kick-Ass essa hipótese nem foi cogitada.

O início do manga é ótimo. Ver o garoto ser massacrado ao tentar combater o crime é realisticamente cruel e satisfatório. Como a maioria de vocês devem saber, eu não suporto falsos moralismos, mas o do Kick-Ass é perfeitamente realista. Ele é apenas um garoto que se sente melhor com o uniforme e quer atenção, ele nunca fez isso de forma altruísta e imbecil. O protagonista do comics é muito mais convincente e carismático que o do filme, algo muito importante para a leitura ser prazerosa.

Kick Ass- 003

Conforme ele vai fazendo o seu “trabalho” ele acaba se deparando com a Hit-Grils e o Big-Daddy. Dois super-heróis de verdade, que as vezes fazem o Wolverine parecer iniciante. Eles massacram tudo que aparece na frente deles, sempre agindo como profissionais treinados com tendências sociopatas. é óbvio que uma menina de 10 anos conseguir dividir alguém no meio usando uma espada com apenas uma mão é absurdo, mas estamos falando de uma obra sobre super-heróis, onde Kick-Ass ainda assim tem mais realismo que a grande maioria.

Kick Ass- 006 Kick Ass- 007

A arte é boa e faz o seu trabalho. O desenhista capricha principalmente nos desenhos de página inteira e nas cenas de ação. A coloração é sempre viva fazendo com que a obra tenha sempre um clima mais animado, raramente fazendo uma cena com impacto melodramático.

O desenvolvimento é agradável e a leitura é rápida e divertida. Temos algumas diferenças bem grandes entre o filme é a HQ. No filme ele não sente mais dor após o acidente, algo que não ocorre na HQ. A relação familiar da HQ é muito superior e acaba sendo um dos pontos mais fortes do início da HQ. Os amigos do colégio são mais desenvolvidos no filme, mas honestamente, eles não adicionam nada a obra.

Kick as- 011

A Hit-Girl é mais violenta e cruel na HQ, mas no filme os movimentos  dela ficam bem mais acreditável do que na HQ, sendo um dos poucos pontos fortes do filme em relação a HQ. A relação entre o Kick-Ass e a dupla familiar ocorre de forma meio idiota no filme, sendo bem mais interessante na HQ (ele é sequestrado e chantageado pelos dois). E por fim, mas não menos importante, a HQ não tem aquele romance idiota que é tradicional nos filmes americanos, o Red Misty é um personagem mais interessante na HQ e o final da HQ é MUITO superior ao do filme.

ka_06_024 025

Kick-Ass é uma HQ extremamente violenta, mas muito divertida, que se não reinventa o gênero de super-heróis, pelo menos conta uma história diferente. A edição da Panini está caprichada, com capa dura e papel de luxo. Como extras, foram incluídas as capas originais, esboços do desenhista e trechos do roteiro. A edição é ótima mas o preço é salgado. Recomendo a compra para fans de super-heróis, fora eles vale mais a pena comprar obras mais sérias. A leitura é altamente recomendada para todos que gostam de um pouco de violência desnecessária e uma leitura agradável.

.

.

Imbecil da Semana

O que pode ser mais imbecil do que atirar na própria cabeça ao invés de matar o maior vilão do manga? Essa foi uma das escolhas mais fáceis que já fiz na vida, a imbecil da semana é a mãe do Ganta de Deadman Wonderland. Inacreditável, após um ano de hiato, em dois capítulos Deadman Wonderland conseguiu em ambas as vezes o posto de Imbecil da Semana.

053_14

.

MVP da Semana

O prêmio de MVP vai para duas pessoas. Os vencedores são o Sunny e o Tommyrod de Toriko. Eles fizeram uma das melhores lutas que eu vi em um shounen da Jump em anos (sen contar Hunter x Hunter). Se as próximas forem tão boas quanto, teremos mais personagens de Toriko ganhando o posto de MVP’s nas próximas semanas.

227_06

.

Imprevisível da Semana

A única surpresa que tivemos essa semana foi o novo grupo chamado NEO que apareceu em Toriko. O surpreendente foi ver pessoas de alto escalação serem traidoras, como o Zaus e um dos membros do conselho do Presidente. O prêmio vai para o grupo como um todo.

227_18

.

Bem pessoal é isso por hoje. Não vou me prolongar muito pois eu tenho que viajar dentro de quatro horas e ainda não fui dormir para poder deixar o post pronto para vocês. Eu gostaria de saber se vocês querem que eu adicione Yu Yu Hakusho e Worst, deem sua opinião nos comentários. Boa noite pessoas e até semana que vem.

29 pensamentos sobre “Ranking Semanal #21 – Muito melhor que o filme!

    • Diego, Bleach tem toda semana, mas nessa não teve porque o autor (Tite Kubo) viajou para Alemanha. Provavelmente pra saber mais sobre os costumes dos alemães, já que os ‘Stern Ritters” são supostamente alemães… Mas semana que vem tem Bleach!

  1. Estupra, vc chegou a ler o continuação do capítulo 21 de One-punch man? Eu acho que não vi uma arte tão bonita em um mangá antes. O_O

  2. O primeiro arco do Kick-Ass é muito bom mesmo, mas acho que o filme não é tão inferior, ele foi mais pro caminho do humor e que na minha opinião deu certo.
    Já o segundo arco eu acho um cocô asdhasudha.

    • Achei o mesmo, o filme é tipo uma parodia sobre super-heróis, lembra muito filmes como Blankman e Defendor, em que pessoas comuns e idiotas resolvem dar uma de super-herói.

      A ideia já é estupida por si só, ou seja perfeita para comedia, acho que o enredo de KickAss combina muito mais com comedia do que com algo mais serio, e também as cenas de ação do filme envolvendo a Hit-girl e o BigDad são excelentes, e sem nada fisicamente impossível de se fazer. Acho que o filme ficou tão bom quanto a HQ.

      • Se o filme era para ser um comédia, ele não me atingiu. Não lembro de ter rido nenhuma vez vendo o filme e acho o final dele uma merda.

        O segundo arco eu ainda não li.

  3. Acho que vou começar a ler Zippy Ziggyn já que só falta dois volumes para terminar.
    Gantz está indo muito bem, concordo sobre o que você disse sobre o casal Kurono-Tae(Não sei qualé o nome dele, se é Kei ou Kurono)
    Talvez eu comece a ler Toriko, parece legal.
    E por últimos tenho duas Perguntas. Ode você achou as HQ’s e vocÊ conhece o mangá Alive: Saishuu Shinkateki Shonen(ou Alive: The Final Evolution)?

    Aloha!

  4. Concordo em grau, gênero e número com Deadman, mas por um lado mesmo que irritante gostei do que o autor fez com os personagens, tipo em momentos de crises ele mostra o quanto o ser humano pode ser imbecil. E de fato o Ganta nem tem mais anemia… ta muito shounen mesmo!
    Começou massa, agora ta isso!, to quase dropando!!

  5. Sobre One Piece…

    Pouca chance de a revelação ser chocante! Quase certeza de que o cego é o Fujitora! Só tendo um puta background para a revelação ainda ser empolgante, se esse for o caso.

    Eu não gostei desse capítulo, foi acelerado demais e o lance da espada foi estúpido. Só serviu para acharem alguém para falar sobre o torneio, informação que poderia ser exposta de outra forma. O Oda deveria ter tirado o ceguinho de cena no capítulo anterior, para manter o impacto da sua aparição, e encontrar outra forma de levar os personagens ao local do torneio.

    Sinceramente, não acho que o Sanji deva comer a fruta. Ele é um dos poucos membros que pode nadar e já consegue produzir fogo. Não gosto desse poder dele, já que permanece inexplicado e soa tolo alguém simplesmente tirar fogo da bunda desse jeito. Se ele comer uma Akuma no Mi que reproduza o que ele já sabe fazer e o faça perder a habilidade de nadar, será um retrocesso.

    A não ser, claro, que o Sanji saiba fazer fogo por mera questão de atrito e após comer a Mera Mera no Mi tenha poder multiplicado… Só que soa tolo, já que ele conseguiu, com chutes de fogo, incendiar um Homem-Peixe da espécie Baiacu que estava em seu tamanho máximo no arco da Ilha dos Homens Peixe!

    Mas faz sentido que um cozinheiro tenha poderes de fogo…

    Acho mais provável que algum vilão coma a fruta e tenha que ser derrotado pelo Kinemon e seu corte de fogo, ou pelo Zoro, depois de aprender o tal corte, usando a tal espada de Wano e, por saber o golpe (que teria aprendido pelo Kinemon ou por observação – o que seria nonsense), adquirir pleno direito sobre a espada.

    Chuto que o cego é o Fujitora e que a Akuma no Mi dele é a mesma que permitiu que um homem escapasse de Impel Down (uma akuma no mi capaz de cavar buracos, de acordo com o que foi mencionado naquele arco). Trata-se do marinheiro que capturou o tal fugitivo e ganhou o direito de receber seu poder.

    São… Chutes, no entanto!

  6. Por mim, Yu Yu e Worst seriam boas adições ao ranking. Yu Yu dispensa apresentações, e seria interessante de ver seus comentários sobre a primeira parte do mangá (antes do Yusuke voltar dos mortos), pois esta é omitida do anime.
    Venho acompanhando Worst já tem alguns anos. Não é uma obra espetacular, mas a leitura é agradável. Meu único problema é lembrar dos nomes da penca de personagens que a obra tem.

    • Se eu trzer YYH eu não vou trazer do início. Pretendo lançar a partir do último capítulo traduzido.

      Eu gosto de Wrost, acho o enredo ótimo, a arte bem acima da média e as lutas divertidas. Mas eu também tenho o mesmo problema com os nomes. E tem muita vezes que eu fico na dúvida se o personagem apareceu em Crows ou não. Para isso serve o google.

      • Tem grupo traduzindo? Não sabia o.O
        Pensei que você estava falando dos volumes lançados pela JBC uma década atrás… o.õ
        E quando eu falo que Worst (e Crows, e os crossovers entre eles) não é espetacular, quero dizer que não é um HxH :p

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s