Ranking Mensal de HQ’s #2 – I am your king!

Dae pessoal, aqui é o Estupratom e o Lucas trazendo o segundo ranking mensal de HQ’s.

Esse é o primeiro ranking de HQ’s em que o Lucas vai participar. Ele vai comentar das obras que ele comprou durante o mês e eu vou comentar das obras que eu li. Essa semana eu vou comentar do segundo e do terceiro arco de Kick-Ass; do desnecessário Operação Zumbi Onomatopeia e da HQ baseada no manga Battle Royale, Arena dos vingadores;.

O Lucas vai comentar sobre Martian Manhunter;  Age of Reptiles; Batman – Lendas do Cavaleiro;  Batman ED. e Tartarugas Ninja.

E nós dois vamos comentar juntos sobre o clássico 300; os dois novos livros de Arawn;  a pior obra do Alan Moore, Lost Girls;  o novo lançamento nacional, Vingadores vs X-men e do frenético The Walking Dead.

mensal 2

Decidimos nos focar em obras americanas esse mês e no próximo ranking iremos adicionar algumas obras europeias. Espero que vocês gostem desse rank e não esqueçam de deixar suas opiniões dos comentários. No final do post tem um enquete onde vocês podem votar nas obras que mais os interessaram. Usaremos os resultados para nos guiar nos próximos ranks.

14°Colocado – Lost Girls ED. 01 DROPADO

Estupratom: Essa HQ é uma das piores merdas que eu já li na minha vida. A obra tem três capítulos e eu não consegui ler nem sequer o primeiro até o fim. Na metade do capítulo eu só folheei as páginas sem ler nenhum diálogo. Como que um autor genial como o Alan Moore escreveu uma merda dessas? Eu posso resumir a obra em uma simples palavra. Pedofilia! A obra não tem nada de bom, enredo nulo, arte ruim, narrativa péssima. É tudo horrível  apenas ficamos vendo cenas de sexo envolvendo menores de idade uma atrás da outra. E nem erótico chega a ser, nem o Gutinho iria gostar dessa merda. Tem até um sexo lésbico envolvendo uma garota e uma velha. Fiquem longe desse lixo!

Lucas: Alan Moore em Lost Girl não fez uma obra ruim, ele ofendeu os leitores! Pedofilia pura e delírios bizarros de um doente mental é isso que essa HQ mostra, por mais motivos que ele tente colocar para esse comic em suas entrevistas,  fica claro que essa foi somente uma obra de parte da sua mente pervertida, que ainda por cima brinca com a infância de muitos, fazendo alusão a personagens clássicas da literatura e do cinema. Com certeza uma das piores coisas que eu li na minha vida.

Garotas Perdidas 01 de 03_20130318_0099

13°Colocado – Operação Zumbi Onomatopeia capítulo único

Estupratom: Essa foi uma leitura bem chatinha. O comic conta a história de um garoto idiota que queria aprender kung fu para poder impressionar a ranger amarela, mas ele acaba liberando diversos zumbis de um templo. Depois disso ele é  possuído por um espírito antigo, se tornando o Cyber- Subzero  derrotando à  todos. Fim.

Enter The Zombie 19

Estupratom: Não percam tempo com essa obra, ele foi uma total perda de tempo. Acabei sendo enganado pela capa, que é de longe a melhor parte da obra.

12°Colocado – Age of Reptiles: The Hunt ED. 01-05 COMPLETO

Lucas: Age of Reptiles pode ser considerado o Gon das HQs, sendo um comic de dinossauro que não contem falas. A HQ foi publicada pela Dark Horse, desenhada e idealizada por Ricardo Delgado e colorizada por James Sinclair. A edição é bem simples, muito bem acabada, mas nada de mais.

comics-blow-out105

Lucas: Quando eu comprei e vi que não tinha falas fiquei bem empolgado, mas acabei me decepcionado, a estória é simples, uma mãe Alossauro e seu filho são atacados a mãe morre e o filho foge, vemos então a sua jornada de sobrevivência e vingança, bem simples o interessante fica para o mundo pré-historio bem caracterizado e a jornada em si, o que acontece não chega a ser surpreendente e a arte não chega nem perto de Gon, Ricardo Delgado é um ótimo designer, mas nem tão bom desenhista, a estória é sim bem contada através da arte, mas não surpreende.

comic-crazy274

Lucas: A HQ consegue ser divertida em certos momentos, e é um bom passa tempo, paguei só 7 reais nas cinco edições e não acho que vale mais do que isso.

11°Colocado – Batman: Lendas do Cavaleiro das Trevas ED. 10

Lucas: Essa é uma daquelas que eu comprei só porque tinha Batman na frente. Publicada pela editora Opera aqui no Brasil em 2002, com uma edição padrão, mas com muita qualidade, sério a revista parece nova.

Essa revista fala sobre o surgimento do Robin (Dick Grayson) achei bastante interessante já que eu detesto o personagem, e devo dizer que a forma como contaram o surgimento dele nesta revista me fez odia-lo menos.

batman-lendas-do-cavaleiro-das-trevas-10_MLB-F-3668065147_012013

Lucas: A HQ foi para um lado mais emocional do personagem trabalhando um pouco melhor seu psicológico e também os porquês de o Batman se interessar por ele, sua estória é bem simples, mas não tem como pegar pesado nesse aspecto se você pensar que ele foi criado em 1940, com objetivo de aliviar as estórias do Batman.

A narrativa da estória foi normal o enredo não tem como ser original, mas a arte está de parabéns, os desenhos de Dave Taylor estão excelentes principalmente quanto as expressões, e a colorização pela Digital Chamaleon também ficou ótima.

Mas sinceramente só compre se você for fã do Robin, porque fora a arte é uma HQ bem fraquinha, sorte que eu só paguei 2,50.

10°Colocado – Hit-Girl ED. 01-05 COMPLETO

Estupratom: Eu fiquei meio dividido com essa continuação. Hit-Girl é a continuação de Kick-Ass mas ela não chegou perto de agradar tanto quando seu antessessor. A obra ainda tem o seu charme mas ela não tem mais aquele toque de surpresa do anterior. Nessa temporada o Kick-Ass começa a ter aulas com a Hit-Girl e deixa de ser um completo inútil, mas já aviso que esse aprendizado não é aproveitado na terceira temporada, enfraquecendo a continuidade da obra.

Hit-Girl 02 04

Estupratom: Fora isso temos algumas cenas interessantes envolvendo a Hit-Girl no maior de seus desafios, conquistar as vadias da sua turma. Após um desenvolvimento meio monótono e interessante a conclusão desse “drama” conseguiu alegrar.

Hit-Girl 03 14

Estupratom: E a temporada é apenas isso. Temos o Red Misty aparecendo constantemente para no final não fazer nada e algumas cenas de brutalidade aleatória. Essa temporada nem sequer é necessária, é possível ir direto para a terceira que o enredo porque seu enredo não influencia em nada a continuação.

9°Colocado – Vingadores vs X-men ED. #00-01

Lucas: Vingadores vs X-men está sendo publicado aqui no Brasil pela Panini, tendo a edição zero sido lançada em março deste ano.

A primeira edição Vingadores vs X-men #0 é uma espécie de prelúdio. Nela nos é apresentado os motivos de Cable vir para o passado, e também dar um panorama geral do que está acontecendo no universo Marvel.  Vou explicar pra vocês, basicamente a Feiticeira Escarlate ferrou com tudo e curou quase todos os mutantes, fazendo com que eles se tornassem uma raça em extinção, e o primeiro mutante a nascer depois deste rolo foi Esperança, que alguns dizem que será a nova messias da raça mutante, e outros dizem que ela que trará o fim do mundo, nessa Cable acabou levando Esperança com ele e a treinando com sua filha.

Avengers-vs-X-Men-0

Lucas: Agora sobre o que acontece na revistinha, Esperança voltou e está junto dos X-Men, mas a Fênix voltou e é óbvio que tem uma relação com Esperança, e isso fez com que no futuro ela fosse morta, dando então motivo pro papai Cable, vir para o passado para impedir, e ele chega logo dizendo que a culpa é dos Vingadores, ai foi criado o atrito.

Estupratom: Achei bem interessante a atuação atual dos mutantes. Agora que a raça mutante praticamente entrou em extinção  sobrando menos de 200 mutantes em todo mundo, podemos ver um relação completamente nova entre eles. Scott ao lado de Magneto, Wolverine cuidando do colégio e o mais impressionante, o Ciclope deixou de ser um pirralho mimado e se tornou um personagem com bolas. Declarar guerra contra os Vingadores é praticamente suicídio.

VvsX_2-1600x1200

Lucas: Pra quem não está acompanhando o universo Marvel pode até parecer confuso, mas não se preocupem tudo não passa de uma justificativa para fazer as duas equipes brigarem, não eu não estou sendo escroto ou forçando as coisas, isso é dito na própria revista, o foco da HQ é única e exclusivamente criar brigas entre os supers, e quer saber de uma coisa eu acho ótimo, afinal esse é um dos motivos pelo qual eu leio comics de super-heróis.

Estupratom: Estou lendo a obra pelo mesmo motivo do Lucas, quero ver boas brigas. Nisso a obra deve agradar, mas tendo como base a leitura dos primeiros capítulos, eu achei que Arena dos Vingadores (vai ser comentado mais acima) teve um enredo mais emocionante e sério, tendo mais potencial para violência.

P00031

Lucas: A parte da história é meio chata, mas quando as lutas começam ai as coisas ficam interessantes, a porradaria é muito boa, e eles estão ainda mudando os artistas e a forma como as lutas estão sendo contadas para cada embate, o que só torna as lutas melhores.

Estupratom: O maior problema é o capítulo 00. Comecei lendo a obra pelo capítulo 01 por acidente, e honestamente, ela ficou mais interessante. O capítulo de prelúdio não é realmente necessário e seu ritmo é lento. O segundo capítulo foi bem mais dinâmico e interessante, se eu não tivesse lido na ordem errada talvez eu tivesse dropado a obra no primeiro capítulo.

2337599-mvi3

Devo dizer que pela qualidade da edição da Panini, que traz aquelas páginas meio plastificadas com ótima definição e pelo preço de 12,90 pra edição #0 de 132 páginas e 8,20 pra primeira edição de 92, está bem em conta, mas vale lembrar que essa é uma HQ para aqueles que gostam de ver lutas de super heróis, porque a estória é meio foda-se.

8°Colocado – 300 ED. 01-05 COMPLETO

Estupratom: Não tenho muito o que comentar desse comics. Ele é um exemplo raro de filmes que fazem uma adaptação melhor que obra original. Os dois tem praticamente o mesmo enredo,  maior diferença é que no filme a mulher do Leonidas é muito mais desenvolvida que na HQ, onde ela aparece apenas por duas páginas. Mas o principal motivo que fez a o filme ser melhor que a HQ são as cenas de ação. No comic as lutas não são mostradas, temos apenas uma imagem ou duas e no filme todas as cenas de luta ficaram fantásticas.

Lucas: Entendo perfeitamente as pessoas que preferem o filme a HQ, mas isso também depende muito do que você leu primeiro, eu li primeiro a HQ e na época achei as cenas de batalha muito interessantes, e sinceramente para um comic realmente são, mas são cenas que no cinema são muito melhor aproveitadas. Agora concordo quanto a mulher do Leonidas, porque quando assisti o filme nem me lembrava direito dela.

0004

Estupratom: A narrativa da HQ é rápida demais e diversas cenas que foram memoráveis no filme, como o “This is sparta!” e  “Spartans! Tonight, We Dine in Hell!” não tiveram impacto . E para finalizar, o Leonidas é muito mais carismático no filme. É uma boa obra mas as minhas expectativas eram bem maiores.

Lucas: O desenvolvimento da HQ é consideravelmente rápido levando em conta o conteúdo dela, mas segue o padrão quem está acostumado com o formato sabe que os comics costumam ser corridos para não entediar o leitor, quando eu li 300 o conteúdo, as cenas de ação e a narrativa dinâmica me deixaram bastante empolgado com a HQ, mas revendo hoje vejo que 300 é uma história que pede por mais desenvolvimento e carga dramática.

0015

7°Colocado – Kick-Ass 2 ED. 01-07 COMPLETO

Estupratom: Essa é a terceira temporada de Kick-Ass. Ela é melhor que anterior mas é pior que a primeira temporada. A obra continua seguindo a mesma fórmula, um protagonista tanso e uma garotinha fodona. A primeira coisa que me incomodou nessa temporada foi a continuidade. Na segunda temporada a Hit-Girl fazia o necessário para ir combater o crime e o Kick-Ass tinha deixado de ser um fracote, mas em Kick-Ass 2 esses dois detalhes foram totalmente deixados de lado.

Dessa vez o vilão é o Red Misty, só que agora ele se denomina como Mother Fucker, que acabou sendo um bom vilão mesmo sendo um idiota. Ele realmente faz ações dignas de um “super vilão”, chegando a cometer massacres aleatórios e estupros. O foda é que sua motivação é muito infantil e mimada.

ka-12

Estupratom: Dessa vez foram trabalhados alguns personagens alem do Kick-Ass e da Hit-Girl. Entre eles a maioria são um bando de pessoas aleatórias que também querem ser heróis, o pai adotivo da Hit-Girl, o pai do Kick-Ass  e uma russa doida. Entre eles o que mais ganha destaque é o pai do Kick-Ass, o personagem acaba gerando alguma das melhores cenas do arco. Os super heróis aleatórios também ganham algumas cenas boas, principalmente o herói que vai ser interpretado pelo Jim Carrey no próximo filme.

ka_02_006-007

Estupratom: Os dois melhores acontecimentos desse arco são as “estratégias” do Mother Fucker, que acabam sendo bem crueis e realistas, e as ações finais da Hit-Girl. Fora isso o arco acaba sendo meio cansativo, desperdiçando muito tempo com personagens desnecessários e apelando muito para o moralismo. Eu ainda recomendo a leitura, mas não é necessário ler a segunda temporada para se ler a terceira.

6°Colocado – Tartarugas Ninja ED. 01-07

Lucas: Sim, por mais incrível que possa parecer eu não só leio como gosto de Tartarugas Ninja, e agora que a Panini resolveu lançar o titulo nas bancas eu não poderia deixar de comprar, a edição segue o mesmo padrão de TWD que eu também citei aqui no ranking, um capitulo por revista, com a edição simples mas com muita qualidade, e eu estou gostando bastante.

tartarugas-ninja-n-04_MLB-F-3538362647_122012

Lucas: A revista trás exatamente o que eu queria um sentimento de nostalgia pura, as primeiras quatro edições são histórias individuais que mostram a personalidade de cada uma das Tartarugas, cada revista tem seu próprio artista e roteirista escolhidos a dedo para apresentar da melhor forma possível a personalidade dos personagens, o que torna a experiencia de ler essa HQ singular.

tartarugas-ninja-n-05_MLB-F-3692849430_012013

Lucas: Tartarugas Ninja é uma obra infantil e ela não tenta mudar, eles conhecem o publico que compra essa revista e estão acertando na mosca, a comédia é infantil simples, mas delicada e muito bem colocada, a leitura é extremamente agradável  e o fato de eles mudarem de artista para realçar alguns aspectos ainda mostra a dedicação para com o titulo. Eu não esperava menos, essa é uma HQ para o publico infantil e para aqueles que querem lembrar da sua infância, a estória que começou a ser trabalhada na quinta edição é simples e provavelmente será um clichê, mas quer saber eu não me importo, contanto que quando eu ler eu possa ter esse sentimento de nostalgia incrível que essa HQ me passa.

5°Colocado – Batman ED. 01-11

Lucas: Batman está sendo lançado pela Panini e já algum tempo, a HQ veio no reboot da DC como um dos carros chefe da revista, as edições do Batman estão sendo lançadas na forma padrão, páginas de papel mesmo e edição simples com preços que variam de 6 a 10 reais, de acordo com a quantidade de páginas. Infelizmente a revista não contem uma unica estória, as revistas contem dois ou três arcos diferentes na mesma revista, o que acaba sendo bem ruim para o leitor principalmente se ele não estiver gostando de um dos arcos, e acabar acompanhando só por um terço da revista.

BATMAN 1

Lucas: Ao ver a capa da primeira edição e seu titulo eu havia ficado empolgado esperando que o Batman voltasse com tudo, mas não eles realmente tentaram trazer de volta o clima dark do Batman, mas as estórias não ajudaram, por mais drama e tensão que eles tentassem colocar nem mesmo o arco da Corte das Corujas consegui chagar perto das grandes histórias do Cavaleiro das Trevas.

reimp-batman-4

Lucas: Os únicos arcos bons foram a Corte das Corujas que veio desde a primeira edição até a décima primeira, ainda recebendo edições especiais aqui no brasil, e o arco do Criador de Bonecos que durou da primeira a quarta edição e que ainda terá influência em arcos futuros, eles realmente foram bons arcos, o desenvolvimento da Corte das Corujas foi ótimo e as revelações tanto da Corte das Corujas quanto do Criador de Bonecos foram interessantes, e seus encerramentos foram legais, mas foi só isso bons arcos com um bom clima nada tão incrível como as pessoas vem dizendo.

2000346-detective_comics__1___page_30

Lucas: Batman até que está legal, e posso dizer que vale a compra, muitos artistas de alto nível estiveram trabalhando no Batman inclusive brasileiros (que deram um chute na bunda dos Americanos quando apareceram), fazendo com que as estórias ficassem muito superiores ao resto dos títulos da DC, mas só porque o resto está fraco, porque em em um panorama geral está bem mediano.

4°Colocado – Martian Manhunter: American Secrets ED. 01-03 (completo)

Lucas: Essa HQ é uma minissérie em três edições publicada pela DC em 1992, escrita pelo Americano Gerard Jones e desenhada pelo Uruguaio Eduardo Barreto. Esse foi mais um achado que eu fiz em uma visita a um sebo. Por estar em inglês acabei levando as três revistinhas por cerca de 5 reais, mas acho que vale fácil uns 15, claro se você conseguir encontrar.

A edição da revista está ótima, a qualidade do papel e da capa são muito boas, tanto que mesmo em um sebo achei em excelente estado, e o conteúdo da revista faz jus a sua edição, com um ótimo enredo e um desenho excelente.

Martian Manhunter AS

Lucas: Martian Manhunter – American Secrets conta a estória de J’onn J’onzz o Caçador de marte (no Brasil conhecido como Ajax) em um de seus casos como detetive. Só que desta vez ele acaba por ir muito fundo neste caso, que acaba levando o herói a se envolver com o lado escuro da America e seus segredos, daí o nome da HQ.

Inicialmente eu imaginei que seria só mais um caso, mas fiquei surpreso ao ver que a HQ vai além, a trama desenvolve e muito a personalidade do Caçador de Marte e o seu drama ao buscar o segredo americano, sendo que ele próprio tem que fazer tudo isso e ainda manter seu próprio segredo. O personagem é com certeza um dos supers com mais potencial, mas que não tem o conhecimento merecido, o que é estranho já que ele foi criado na década de 50.

mmas01-13

Lucas: Seus pensamentos e suas decisões dentro da estória foram muito bem colocados e bem trabalhados juntamente com a ótima narrativa da estória, que dá um clima noir a obra, e além disso acaba ainda por mostrar um realismo que eu particularmente não esperava e uma violência visceral em certos momentos.

O único defeito que eu apresentaria é que no final tudo toma uma proporção muito grande e o exagero aumenta, a HQ até justifica isso, mas sinceramente eu preferia as duas primeiras revistas que foram mais simples e menos apelativas. De resto uma ótima HQ para aqueles que querem conhecer o Caçador de Marte.

3°Colocado – Arena dos Vingadores ED. 01

Estupratom: Esse foi uma das obras que mais me interessou esse mês. Esse HQ foi feito baseado na premissa do manga Batlle Royale. Como esperado a obra tem algumas semelhança alem da premissa, como sexo, sacrifícios e crueldade.

AA - Avengers Arena BR - Battle Royale

Estupratom: Vamos começar a falar da obra. O vilão Arcade sequestra 16 super heróis adolescentes que estão treinando para se tornar vingadores e leva todos para algum lugar isolado. Após espancar facilmente todos os heróis ele executa  um dos bonzinhos, mostrando para todos os ingênuos que a parada é séria.

Avengers Area 001-Zone-021

Estupratom:Sempre vou ficar feliz em ver heróis lutando até a morte, principalmente quando eles não tem escolha. Essa HQ trabalha a mesma ideia de BR. Entre os 16 talvez teremos algum herói, muitos covardes e alguns assassinos. O objetivo do Arcade é fazer os garotos liberarem seus verdadeiros desejos. Eu achei esse capítulo interessante e penso que a obra tem um bom potencial, irei comentar dos próximos capítulos no próximo ranking.

Avengers Area 001-Zone-003

2°Colocado – The Walking Dead ED. 01-06

Lucas: Primeiramente eu não vou falar da premissa de The Walking Dead, essa é provavelmente uma das séries de mais sucesso em diversas mídias atualmente, então vou me restringir a edição brasileira e a forma como a estória se desenvolve na HQ.

1

Lucas: A HQ está sendo publicada aqui no Brasil pela HQM, os capítulos estão sendo lançados mensalmente, custando 3,90, e sinceramente pela qualidade da edição que tem aquele papel meio que plástico que eu não sei o nome, mas que tem uma ótima definição, está valendo muito a pena.

the-walking-dead-1-ao-6-hqm-1-arco-completo_MLB-F-4246727007_052013

Lucas: Agora sobra a estória, devo dizer que vi a série primeiro e que depois de ler o começo da HQ entendi porque tinha tanta gente reclamando, o começo é bem melhor que o da série, tem muito menos enrolação, e mesmo assim o drama e a tenção não diminuem, o encontro com o acampamento aconteceu bem rápido e os atritos e reações foram bem montados. Rick na HQ é muito melhor do que no começo do seriado, pelo menos na minha opinião, e suas reações também são melhores que no seriado.

Estupratom: Eu já estou no capítulo 108 (se eu não me engano) da HQ e posso afirmar que ela apenas melhora. O começo da HQ já agrada, mas seu desenvolvimento futuro é impecável. The Walking Dead é uma das minhas HQ’s favoritas, os que ainda não começaram a ler não sabem o que estão perdendo.

quadrinhos-the-walking-dead

Lucas: Ao ler a HQ ficou claro pra mim que o enredo se encaixa perfeitamente no formato de comics, The Walking Dead segue o formato americano padrão exceto pelo fato de ser preto e branco, tendo uma ótima narrativa e uma arte boa, eu achei que até funcionou para a estória, mas acho que uma arte mais realista e menos caricata seria mais interessante.

Estupratom: Eu gosto da série e comecei a acompanhar a mesma antes de ler a HQ. Independente da HQ a série é muito boa, mas não fiquem presos a isso. O enredo das obras é totalmente diferente, principalmente nos personagens. Continue assistindo a série mas não perca a oportunidade de ler essa HQ, em minha humilde opinião, seu enredo é MUITO melhor que o enredo de sua adaptação para televisão.

1°Colocado – Arawn  livros 04-05

Estupratom: Essa foi a posição mais fácil de decidir. Como esperado Arawn foi simplesmente fantástico. No livro IV nós é apresentado o passado da Siamh e com isso novos personagens foram adicionados a obra. Esse capítulo novamente mudou totalmente o rumo da obra, tornando Arawn uma das obras mais imprevisíveis que eu já li. É impossível adivinhar o que vai acontecer no capítulo seguinte.

Lucas: Arawn é realmente uma obra incrível, o desenvolvimento de seu enredo foi simplesmente fantástico, primeiro porque os principais personagens da obra foram desenvolvidos desde o seu nascimento já tendo seu background embutido na continuidade do enredo, e aqueles que precisam ter seu background apresentado, acabam tendo sua apresentação feita no momento exato, quando o leitor precisa dele para ler a obra. E com essa colocação e a montagem da obra, devo concordar que é quase impossível dizer o que acontecerá na HQ.

img006

Estupratom:E dessa vez não foi apenas o futuro que foi alterado. Esse capítulo mostrou detalhes do passado que eram completamente desconhecidos e percebemos que nada foi coincidência.  A guerra entre os irmão continua sendo impressionante, com um enredo fantástico, uma continuidade impecável e um ritmo frenético.

Lucas: Para mim esse foi o momento decisivo da obra, a guerra entre os irmãos é onde Arawn mostra a que veio, eu tinha ficado com medo que tudo virasse somente uma batalha por poder decidida através da força, mas eu estava enganado a forma como as batalhas foram apresentadas, não só no campo de batalhas, mas a guerra de tronos a decisão de cada irmão e como os laços sanguíneos interferiam em suas decisões apareceram na obra foram ótimas.

img042-043

Estupratom: Pensávamos que seria difícil o capítulo cinco superar os acontecimentos do quarto, mas fica feliz em dizer que estávamos errado. Dessa vez o grande foco foi a profecia, a melhor premissa da obra. A cada capítulo eu achava que sabia como que a profecia seria realizada e pela primeira vez eu não acertei nada. Pensei que esse seria o último capítulo da obra, mas ela ainda tem enredo para continuar por um bom tempo.

Lucas: O quinto livro de Arawn foi realmente uma surpresa, o desenroalar da estória foi surpreendente, eu já li muitas HQs, mas foram poucas que me envolveram tanto e apresentaram tamanho desenvolvimento em tão puco tempo , fazendo dele um Comic épico de proporções magnânimas, que me deixou com uma vontade enorme de poder ver ainda mais desse universo fantástico, que tem mais potencial que muitas obras famosas.

Arawn-T05_10 cópia

Estupratom: O mais fácil é comentar da obra sem dar spoilers. Cada capítulo de Arawn tem mais enredo que dezenas de volumes do obras shounens. Sem dúvidas esse é uma das melhores HQ’s que eu já li e ela supera com facilidade muitos mangas que eu adoro. Assim que o Trilles terminar de ler a obra iremos gravar o podcast e tenho o prazer a anunciar que teremos a participação especial do Elicarpo do Ndrangheta. Para os que não sabem, ele é o responsável pela tradução e edição dessa obra fantástica e pela tradução de muitas HQ’s que eu comentei.

Lucas: Arawn é uma HQ fantástica, não digo que é uma das melhores de todos os tempos, mas hoje em dia com certeza ela está no topo, e digo que pode e deve ser lida por qualquer tipo de leitor, essa é com certeza uma das obras que eu ficarei feliz em comprar uma edição de luxo.

.

.

Imbecil do Mês

Sem dúvida nenhuma esse prêmio vai para o Alan Moore. Ele manchou sua reputação para sempre ao fazer Lost Girls. Não importa se ele fez Watchman ou V de Vingança, as pessoas que leram Lost Girls nunca vão olhar o Alan Moore da mesma maneira. Até os Simpsons já fez piada com isso.

moore

MVP do Mês

Alguem tinha alguma dúvida de que essa colocação iria para algum personagem de Arawn? Mas dessa vez a honra não vai para o protagonista, a escolhida foi Siamh. Suas ações foram impressionantes nesses dois livros. Ela se alimenta do sangue pulsante de seus inimigos, luta ferozmente para salvar seu filho, assassina uma das pessoas mais importantes de sua vida apenas para confrontar o destino e faz com que deuses lutem entre si. Preciso falar mais alguma coisa?

img031

Imprevisível do Mês

EM BREVE

Espero que vocês tenham gostado desse ranking. Desculpem-me pelo atraso do post mas eu estive muito ocupado com outros assuntos do site e com a faculdade. Não esqueçam de comentar o que vocês acharam e votem na enquete para podermos saber que estilo de obras vocês gostam. Mês que vem iremos trazer mais obras europeias para o rank e possivelmente irei retomar Nórdicos e Crossed Badlands.

34 pensamentos sobre “Ranking Mensal de HQ’s #2 – I am your king!

  1. Antes de tudo quero dizer que com a participação do Lucas esse projeto parece ter ficado dinâmico…A vos recomendo essas hqs: (cuja a maioria é do ndrangheta-br.blogspot.com.br/ sendo tambem a maioria europeias) Siegfried,Escuridão,Os Mundos de Aldebaran,Drain,Predadores,Daytripper (essas ultimas três ultimas obras eu tinha ignorado quando lançou por preconceito,o que se mostrou um erro pois são boas séries principalmente Daytripper que me deixou com os olhos suados)

    Também recomendo a Hq norte-americana do selo vertigo Fables essa hq fala sobre a vida das “fábulas” (Branca de neve,lobo mau,chapeuzinho vermelho,etc…) mas não pensem que por personagens de contos infantis a estória é infantil e lúdica,na verdade é uma hq com centenas de referências literárias,históricas e que muitas vezes pode ser lincada a filósofos e suas filosofias (o autor não explica nenhuma dessas referências,fazer essas ligações depende do seu conhecimento/curiosidade)…
    Caso tenha ficado com curiosidade baixem http://www.coringa-files.com/search/label/Fabulas [que tem um pack com 121 edições(esta tudo em pdf mas é só renomear colocando no final cbr)]
    ou no http://ds-club.net/forum/viewtopic.php?f=17&t=301 baixando uma por uma(tem de ter conta para baixar)

    • Conheço todas as HQs que você citou não li todas, mas as conheço. Siegfried e Escuridão já estão na minha lista pra leitura, mas antes de baixar qualquer coisa eu sempre procuro as HQs para comprar, então pode demorar um pouco para eu ler.
      E sobre Fables eu li alguns exemplares e devo dizer que tem algumas muito boas, mas outras que não me agradaram muito, e eu me recuso a baixar algo que está a venda no Brasil, e a HQ não me interessou o bastante para continuar comprando, então nada de Fables por enquanto, pelo menos da minha parte.

        • E li os arcos sim, meu amigo me emprestou até saco de ossos que se não me engano é a edição 11, mas o que eu disse é que não me interessou o bastante para comprar, principalmente porque as revista da Vertigo acabam tendo um preço meio alto, e pra mim não tava valendo a pena, e como falei não vou baixar a revista, se sobrar uma grana ou eu achar em um cebo posso até pensar em comprar, mas acho difícil.
          E sobre as HQs europeias elas não precisam vender no Brasil, se estiverem em inglês eu importo sem problemas, claro se não for pesar no meu bolso.

  2. Vocês realmente tem um revisor? Porque está sofrível ter que ler coisas como “X-Mem”, “extinsão”, “seu ritmo é lenDo”, “estória”, “Hir-Girl”, “chagar” e muitos erros de acentuação do Lucas.

  3. Eu não sei porque as pessoas gostam tanto de Battle Royale. É só um coliseu com gladiadores se matando pra ver quem sai vivo e que, no final, não tem nada de intelectual pra acrescentar. Muita violência e pouco conteúdo, só mais um espetáculo pra cabeças que não gostam de pensar passarem o tempo se divertindo com a desgraça alheia… e nem me venha dizer que o que conta na obra é a torcida para aqueles personagens que vocês gostam, porque todo mundo sabe que é a violência o que mais atrai nesse tipo de obra rasa. Os personagens pelos os quais todo mundo torce (assim como naquele cocô de filme Jogos Vorazes que é um plágio descarado de Battle Royale) têm a única premissa de serem “boas” pessoas (na verdade, são reflexos dos adolescentes egocêntricos e burros que consomem esse tipo de obra) e que lutam para salvar suas vidas e seus amores, sem nenhum ideal a seguir senão a “paixão” infundada de lógica; e os personagens que todo mundo odeia são pessoas amorais e ruins, vilões rasos sem inteligência nem ideais –assim como os heróis–, que só querem sair daquele lugar vivo, mas, ao contrário dos heróis, tentarão fazer isso de um jeito menos simpático.

    Apesar disso, nada contra a “mídia do espetáculo”, sempre precisamos dela (eu mesmo adoro filmes de ação dos anos 80~90 de atores como Van Damme, Bruce Willis e Shwaznegger). Mas Battle Royale é muito overrated e não, NÃO, é um mangá inteligente.

    • na verdade tanto Battle Royale quanto Hunger Games foram tirados do livro O Concorrente do Stephen King, então nenhum chegou a plagiar o outro.(se não me engano o próprio Stephen King teceu elogios as duas obras)

    • Battle Royale pode não ser um mangá inteligente, mas é profundo quando nos referimos a character driven. Não podemos esperar muito de um mangá que tinha como objetivo apenas entreter com cenas exageradas de morte – isto até mesmo dentro do seu próprio universo.

      E você se equivoca quando diz que a maioria dos personagens torcidos são os bonzinhos, rs. Eu, e muitos amigos de um Fórum aí, preferíamos muito mais os personagens “vilões” do que os “bonzinhos”, obviamente, havia os bonzinhos com mais carisma, isso é comum.

      E Battle Royale tem conteúdo, os autores foram felizes em conseguirem retratar de forma magistral – mesmo que exagerada(se lembrem que é uma mídia de entretenimento) – o psique adolescente de uma sala que tinha vínculos colocadas naquela situação.

      • Eu sou o único membro do grupo que realmente gosta de BR, e mesmo assim seu comentário está bem exagerado. A obra trabalha muito bem a psicologia, mas com perfeição apenas a Puta. BR está longe de ser considerada “magistral”. Obras que eu elogiaria o psicológico esse ponto o desenvolvimento psicológico seriam Ichi The Killer, Pluto, Parasyte, Punpun, 20th CB, etc.

        A obra que retrata melhor os psicológicos de diversas crianças no ensino médio é GTO e Onami Master Kurosawa. Ambos mesmo tendo seus exageros trabalham de forma mais realista e convincente .

    • A HQ é bem melhor que o seriado, os acontecimentos são muito mais dinâmicos, e o drama é melhor apresentado, mas a arte é fraca, eu até o momento estou gostando bastante e recomendo a leitura. Mas gosto é gosto, você pode não gostar mesmo que ela seja boa tecnicamente.

      • Lucas ao dizer que a arte é fraca você se referiu ao traço do Tony Moore ou do Charlie Adlard?
        O Tony Moore desenhou a hq até a sexta edição e em seguida entrou o Charlie Adlard.

        Tony Moore:

        Charlie Adlard:

        • Sei bem dessa mudança, minha maior critica é ao Charlie Adlard que acho um desenhista fraco levando em consideração a qualidade da obra que ele desenha, já o Tony Moore eu até gosto como desenhista, só que acho que ele tinha capacidade para fazer um trabalho melhor, mas preferia sinceramente que ele tivesse continuado em TWD. E sobre a arte ser fraca ela não chega a cagar a obra, mas tem muitas falhas e sinceramente pra mim não foi bem utilizada, inclusive o estilo que para mim poderia ser diferente, mas vou tentar fazer um critica mais detalhada em posts futuros.

  4. A HQ dos 300 me lembrou de outra HQ muito boa que lançou na época junto com 300, “Roboc Vs Exterminador do Futuro”, excelente HQ de ficção muito bem escrita, e com uns lances legais sobre viagens no tempo, recomendo.

  5. Fala aew estupra, bem vou direto ao ponto, vc poderia me indicar alguns sites que traduzem essas HQ’s:

    -Age of Reptiles: The Hunt ED
    -Kick-Ass
    -Hit-Girl
    -Kick-Ass 2
    -Arena dos Vingadores

    Bom era isso, e vlw pela indicação de Araw, é muito foda! =D

    • É só procurar no google que você encontra em 2 minutos. Não decorei onde baixei todas as obras, apenas as procuro no google e baixo ou pego no ndrangheta;

  6. Pra vocês, quais as melhores HQs da história?
    Algum de vocês está lendo a de Game of Thrones? Me disseram que é bem fiel ao livro.

    • Ele é fiel o bastante mas tem algumas diferenças consideravelmente grandes. Eu me iniciei no mundo das HQ’s a pouco tempo, tenho no máximo umas 400 horas de leitura.

      Iremos comentar de nossas HQ’s favoritas em reviews, só estamos com alguns problemas em definir um editor de podcast fixo, mas quando isso acontecer nos lançaremos reviews de HQ’s mensalmente. Das obras que comentamos você pode ir ler sem medo The Walking Dead, Arawn, The Boys e Watchman. Já gravamos a review de whatchman a alguns meses e pretendemos lançar ela em breve.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s