EMD Cast #91: Review – Sakura Card Captors

Estou passando por aqui apenas para deixar o texto do nosso membro Gutinho para vocês. Pare ele foi felicidade pura gravar o podcast e escrever o texto a seguir sobre essa obra, então fiquem com a review em texto dele e o nosso podcast, editado pelo nosso membro Lucas:

Saudações pessoal, aqui quem fala é o Gutinho e hoje trazemos uma obra diferente das usuais. Vocês estão acostumados a ver reviews sobre obras shounen, seinen e até mesmo shoujo, mas esperavam algum dia ver uma review de um mahou shoujo por aqui? É com muito prazer que o grupo EMD apresenta a vocês a nossa avaliação de uma obra que marcou a infância de muita gente, Sakura Card Captors.

Como sempre, o texto a seguir é composto apenas por alguns dados da obra e um resumo de nossa opinião, então sugerimos que escutem ao podcast para não falarem besteira nos comentários.

                                 -> PODCAST <-

Lembrando que recomendamos que baixem nossos podcasts.

Para fazer o DOWNLOAD e/ou ESCUTAR ONLINE

EMD Cast #91_ Review – Sakura Card C.mp3

 

(para baixar, clique com o botão direito do mouse e escolha a opção “salvar link como”)

*As informações desse cast podem ser encontradas no final deste post.

Anúncios

67 pensamentos sobre “EMD Cast #91: Review – Sakura Card Captors

  1. Nossa, este foi bem nostalgico… isto me faz lembrar daquela epoca de ouro dos animes na TV brasileira, principalmente, que logo depois disto eu passei a curtir a Locomotion (meus primeiros ecchis foram de lá, Sakura Mail e Agent Aika).

    Mas o final do mangá é melhor que o do anime em Sakura CardCaptors, só por causa daquela “puxadinha” que o mangá tem que o anime não fez… por isto o de final do mangá ficou melhor, o anime deixou uma sensação de “só isso?” no ar com aquele final reduzido.

    PS: Nunca vi nenhum filme de Sakura CardCaptors… será que é bom?

        • O filme mostra mais 2/3 cartas que terminam a estória. É a continuação do romance entre Sakura e Shaoran, o primeiro filme ainda mostra a família de Shaoran para sabermos como ele foi criado, e o segundo e último é o final de tudo.

      • Mas, isto não tornaria os filmes uma especia de fillers!? Já que o mangá tem um final de diferente, com eles já adolescentes.
        Pelo que voce fala, parece mais ser aqueles fillers que contam um tipo de final alternativo… igual fizeram com Evangelion, onde fizeram aquele filme que dava um final alternativo para a serie de TV original.

        • O anime já é filler… Como falamos, o anime tem 53 cartas, enquanto o manga tem menos de 20!
          O anime sempre foi um filler relacionado ao manga, mas é um filler melhor que o original em nossa opinião. MUITO melhor.

        • O final da série de Evangelion não foi o final planejado, foi um fim alternativo devido a falta de verba. Após o aumento absurdo de popularidade que decidiram fazer os filmes e o final original.

          Os novos filmes são um final alternativo.

      • Ou seria tipo assim Trilles:

        Os filmes na verdade são Spin-Offs que contam acontecimentos que se passam no periodo em que o Shaoran vai embora e antes deles se reencontrarem adolescentes.
        Porque o mangá “pula” alguns anos em que eles ficam separadas, então os filmes são algo para preencher este vazio… mas o final mesmo, com eles mais velhos é no mangá (a não ser que no filme eles também terminam adolescentes).

      • Estrupa

        Isto de Evangelion é muita especulação, os produtores aos serem perguntados sempre falaram que, mesmo com a falta de verba, o final do anime sempre foi o que eles queriam, enquanto o autor da serie sempre dizia que não era o final que ele queria, e logo depois disto veio a produção do filme com o final alternativo, o que o autor dizia ser o original para ele, ao contrario dos produtores/diretores, até porque, se olhar bem, vai ver que até mesmo a produtora do anime mudou, não foi apenas o estúdio.

        Agora gira por ai o papo de que o roteiro mais satisfatório para o autor da serie é os Rebuild (uns dizem ser até “Sequel” da serie TV), já contrariando ainda mais as especulações dos anos 90 e meados dos anos 2000.
        Mudou muita coisa, estudio de animação, nem a produtora que banca as contas é mais a mesma, sinal que as especulações não mudam o fato de que o final original talvez tenha sido realmente o da serie TV, e tudo ou qualquer fruto depois disto se torna apenas “historia alternativa”.

    • O segundo filme que encerra a obra acaba com eles ainda crianças, se passando somente dois meses depois do Shaoran ter voltado para a China, pode-se dizer que é um final alternativo, mas eu considero o segundo filme ainda melhor pq vc ainda tem todo aquele desenvolvimento para fechar o romance dos dois.

      Só um conselho, se for ver veja com o audio original, a dubladora do filme em br é muito irritante.

  2. Duas perguntas…

    1 – Vão fazer Review de Lain?

    2 – Onde eu clico para ir na pagina onde fica a nota de todas as series que voces já fizeram Review?? Se não me engano lá tinha a opção para a galera votar dando um nota também, mas não acho está pagina, onde fica o link?

  3. 1-Vale a pena assistir esse anime ou ja caiu na regra dos 15 anos?

    2-Vcs combinaram com o video quest?Porque eles acabaram de lançar um vídeo falando de sakura :P…..foi coincidência mesmo?

    • 1- Se você gosta de mahou shoujo, veja. Se você nunca viu um mahou shoujo, veja. Se você só viu Madoka Magica, veja. De resto, não veja (se já viu mahou shoujo e não gosta).

      2- Já gravamos esse cast há duas semanas, então não. =)

  4. Calma Trilles, já baixei o Veritas(óbviamente não foi do Brasil Mangás, hehe). Mas não gostei da tradução e li em inglês mesmo.

    É muito ódio, hehe.

  5. Excelente cast,eu gosto muito desse anime,marco minha infância.
    Caras o rank semanal tem que ter o ultimo de capitulo de kenichi,meu deus o que foi aquilo,não vou falar mais nada se não é mega spoiler.

  6. Não ouvi o podcast ainda,tô sem tempo,mas acho que SCC é um slice of life onde não existe limite quando se trata de “amor” (sério é pedofilia,homossexualismos…é tudo normal nesse universo) e que têm um grande “bug” no roteiro,porque num anime que se chama “Sakura Card Captor” a parte de capturar cartas sê ignorada não afetaria em nada a estória e isso é uma grande falha não?Outra coisa inútil para obra é o personagem Clow Reed que também é pouco trabalhado/aprofundado na obra (e criou as cartas para jogar CardRPG com os amigos na versão 3D,ou seja ele criou a primeira versão de Yu-Gi-Oh!)

    Ps não entendo como vocês podem recomendar esse anime (pelo menos foi o que entendi do texto) para outras pessoas sabendo que ele têm erros gravíssimos de continuidade,roteiro infantil com uma quantidade enorme de clichês…

    • Nós sempre pedimos as pessoas para ouvirem ao podcast para não falarem besteira nos comentarios, primeira frase que eu leio “ainda não ouvi o podcast”…aiai, comente de novo depois de ouvir ok?

        • O Gutinho foi rude, pois você foi educada, mas não acho que a captura de carta sendo ignorada não mudaria em nada, mas pelo contrário, se ela fosse ignorada o mundo ia entrar em desequilíbrio e ser destruído. Quando ela capturava as cartas era sempre após elas aparecerem, ou seja, se ela não fizesse nada, as cartas destruiriam tudo. A Sakura era necessária para controlar as cartas, então você está completamente errada neste ponto.

          Sobre o mago Clow, você o criticou falando sobre as cartas novamente, que já expliquei, então o personagem foi sim explicado. Não, nem tão bem desenvolvido assim, mas não achamos que isso chegou a ser um ponto fraco para a obra.

          Sobre os “erros gravíssimos de continuidade”, eu sinceramente não lembro, mas posso ter me esquecido. Cite algum, por favor.

          Sobre o “roteiro infantil”, este aqui não é um grupo hater de obras para crianças/adolescentes, Silvia. Nós não estamos aqui para julgar apenas obras que são para o público de nossa idade. Se uma obra cumpre bem seu papel e é boa para um público mais infantil, sendo este o seu público alvo, ela é considerada bem feita. Se você é adulta e não gosta do gênero, não há pra que ver a obra, mas se é uma criança/adolescente que nunca viu um mahou shoujo, ou que viu e gosta do gênero, que motivos tem para não ver a obra?

          E sobre “com uma quantidade enorme de clichês”, peço que apenas leia o que falamos de Uchuu Senkan Yamato 2199 (ou assista o anime logo) em nossos rankings semanais. Ele é um anime antigo e shounen, logo com alta probabilidade de ser um dos “pioneiros nos clichês” de hoje, e mesmo assim é um anime ruim? Ele é simplesmente o melhor anime da temporada atual no Japão. E o mesmo acontece com Rookies, um manga que sempre pega top 5 no nosso ranking semanal em seus volumes INICIAIS. Existe uma diferença enorme entre usar um clichê e TRABALHAR um clichê. Quando Saint Seiya Omega colocou um bando de clichês e coisas imbecis em sua obra apenas para chamar o público infantil – armaduras agora são roupas de lycra, poderes que antes eram apenas símbolos viraram reais (agora os cavaleiros soltam um jato d’água pela mão…), cavaleiros usando ninjutsus, e muito mais – o anime claramente se demonstrou ser puro fanservice. Para os jovens verem poderes adoidados sem explicação alguma e sem lógica alguma. Porém, quando uma obra usa um clichê, que torna uma cena bem previsível, mas o usa de forma lógica, e o trabalha com o tempo, explicando o porquê daquilo ter sido usado, aí sim ele se destaca.

          Sakura Card Captor tem seus defeitos, e deixo claro que só recomendamos a obra para um público bem específico e apenas como um “na falta do que fazer”. Citamos isso em nosso podcast (que você não ouviu), e a obra tem sim clichês que não são trabalhados, mas alguns são, e fazem sentido para a obra.

          Um abraço e obrigado pelo comentário.

    • Eu não quis ser mau educado, aliais li meu próprio comentário e não vi grosseria nele, talvez porque falando e lendo eles deem uma impressão diferente, em fim só queria esclarecer isso, eu não comento pra ofender os nossos leitores.

  7. Desculpem a ignorância, mas o comentário acima me confundiu sobre o termo “slice of life”. Sempre achei que fosse algo sobre cotidiano e realismo. Poderiam ensinar a esse besta aqui o que “slice of life” é?
    Se meu grau de ignorância for extremo faça parecer que não é tanto.
    kkkkkkkkkkkkkkkk

  8. Gente sei que tem nada a ver com a postagem,eu quero aprender a desenhar e queria perguntar,se devo tentar aprender só ou,devo fazer um curso,aqui onde moro tem curso de mangá e de HQ,mais não sei qual escolher,me desculpe por encher.

    • Vou avisar para o Lucas responder seu comentário, mas já posso te avisar que as técnicas para desenhar HQ são muito superiores a dos ensinados em cursos de manga, principalmente porque eles ensinam o padrão shounen genérico que não te da nenhuma qualificação para o mercado de trabalho.

      • Era realmente isso que estava pensando,mais como ainda não intendo do assunto achei melhor perguntar a quem sabe,e muito obrigado estrupa vou esperar também a resposta do lucas.

    • Então Railan, se você quer aprender a desenhar recomendo que você primeiro comece sozinho, copiando outros desenhos e artistas que você gosta, assim tentando criar seu próprio estilo e técnica, pois se você for direto para um curso existe um risco de seu estilo ficar genérico. E depois de um tempo desenhando e vendo que você já criou uma base, siga para um curso de desenho básico, onde se aprende diversas técnicas que podem ser aplicadas em diversos tipos de desenho, e só depois faça um curso focado no que você mais gosta ou tem mais facilidade em desenhar (HQs são mais completos e tem um mercado de trabalho com oportunidades mais altas).
      E é claro acompanhe meu post de Melhores Páginas do Mês, onde eu dou algumas dicas para quem gosta de desenhar.

      • Como já tenha uma base,pretendo fazer o curso,e realmente vou fazer de HQ,pois tem pelo que vejo realmente tem um mercado melhor para nos Brasileiros,ate mesmo porque não acho que um brasileiro vá ser um mangaka,sem contar que eu aprecio uma arte mais completa e detalhada,no caso melhor e geralmente as HQ’s tem uma melhor arte mesmo,muito obrigado mesmo,ajudou bastante,e eu li em uma resvista,onde o jim lee falava que um artista de HQ deveria poder ilustrar tudo,então se eu fizer um curso de HQ provavelmente poderei também desenhar mangá.

    • Eu tive que dá uma olhada no wikipédia. -_-
      Mas cada palavra da Tomoyo era uma flechada nos ouvidos, tanto que é a única voz que eu me lembro perfeitamente(pqp).
      Se a Jéssica não falou eu falo, A VOZ DA TOMOYO É PARA MASOQUISTAS. Talvez a dubladora tenha feito trabalhos melhores mas, para mim, a Tomoyo soltava ondas sonoras tóxicas pela boca!

    • Devo me retratar: “A VOZ DA TOMOYO É PARA MASOQUISTAS” pode ter sido ofensivo para quem gosta da dublagem e/ou da dubladora.
      Mas quanto ao resto, sim, estou falando sério. Meu ponto de vista não mudará, mas acredito que o seu possa mudar um dia.

      Lembrando que nunca desegei ofender ninguém. É só minha opinião.

  9. cara, eu jamais vou deixar de gostar da voz dela!
    mas o mundo é assim mesmo, a gente pensa diferente, então o jeito é aceitar…
    mas boa pra vcs é a dubladora da sango de inuyasha né? ¬¬
    e cadê essa tal de Jéssica?! eu exijo que ela se explique! u.u

    • Eu assisti Inuyasha em japonês e legendado em inglês a um BOOOM tempo, por isso não posso falar de dublagem nacional.

      E eu não acompanho o EMD desde o início(na verdade a um mês e meio), mas nunca vi a Jéssica respondendo.

      • Mas o que eu queria saber mesmo é se o mangá não é tão pior que o anime, porque se for o caso eu vou comprar nem que seja o cacete de caro.
        Inuyasha foi a obra que me introduziu o “anime”. Naquele tempo Yu Yu Hakusho, Cavaleiros do Zodíaco, Dragon Ball…. Eram, para mim, apenas desenhos muito bons que passavam na TV. O anime do Inuyasha meu tio começou a baixar de uma sub americana, e como eu sou bom de inglês desde muito novo, eu acompanhei o anime(que me quebrou a cara) já procurando outros animes.
        O interessante é que o segundo que eu assisti com a dublagem original foi samurai X, e o terceiro foi Naruto, que também me introduziu aos “mangás”.

      • Pô, já que foi comentado aqui sobre Inuyasha, é recomendável assistir o Kanketsu-hen ou comprar o mangá?
        Eu queria comprar o mangá e esquecer que o anime existiu(a espera interminável por uma continuação me irritou muito), mas se o caso for igual ao de Sakura… prefiro evitar.

  10. ô Gutinho! Gutinho! Gutinho meu querido! não incomodava nem um pouco?
    parece que a mulher tava engasgada o tempo todo, como que isso não incomodava?
    fora que a voz dela já é péssima, uma coisinha meio infantil tipo a Xuxa, sei lá…

  11. Então gente, tem que tomar cuidado para falar que o cara não desenha bem e confundir com estilo de desenho.O pessoal da Clamp segue uma linha artística.Agora assim, no mangá o traço “afeminado” está em maior evidência, isso eu concordo.Da mesma forma que o anime do one piece possui uma qualidade escrota, não significa que o Oda desenhe mal.É só ler os mangás que você percebe uma nítida diferença.

  12. Depois que minha filha nasceu resolvi comprar esse manga por ele ser de classificação livre (mesmo vendo que a classificação etária no Brasil ser exagerada ou mesmo manipulada), por seu um shoujo (não tenho quase nenhum) e pela nostalgia. Agora eu so espero que Alice goste dele porque eu achei muito fraco, o anime é muito melhor.

  13. “vários (muitos mesmo) personagens da obra aparentam ser homossexuais/bissexuais sem explicação alguma do porquê, e isso nem mesmo é trabalhado/desenvolvido no anime. Mas no manga tivemos essa confirmação, infelizmente.” É sério que eu li isso? É necessário ter uma explicação do motivo dos personagens serem ou não homossexuais? Homossexualidade pode ou não ser a sexualidade das pessoas e ponto, da mesma forma você é ou não hétero, e não é necessário haver um motivo que justifique isso. Se eu sou homossexual, não é NECESSÁRIO uma explicação do porquê, é simplesmente minha sexualidade e PONTO. Achei o texto altamente repugnante e preconceituoso em algumas partes, como nessa: ” Uma grande falha do manga é o mal/insuficiente desenvolvimento de seus personagens, principalmente pelo fato do mundo no manga parecer ser feito literalmente de purpurina, onde pedofilia e homossexualismo são encarados como algo comum e incentivado desde que o casal se ame.” Você acha mesmo que isso é uma falha do mangá ? Homossexualidade É pra ser visto como algo natural, não existe uma explicação pra isso (até pode ter explicação psicológica e/ou genética, mas nada foi confirmado, e, ainda assim, acredito q o mesmo se aplique a heterossexualidade, então está tudo quite, não acha? (; )… Fala como se fosse necessário alguém ter passado por um trauma pra ser gay (kkkkk).

    • Fazia tempo que eu não tinha que responder um comentário como esse. Eu entendo você ter interpretado errado o texto, ele não está perfeitamente claro, por esse motivo que estamos tirando todos os textos das reviews.

      Para entender corretamente nossa opinião, escute o podcast. Para você ter ideia do seu equívoco, escute também nosso podcast Top 10 Bromance.

      • O link do podcast que está postado nessa review não está funcionando… Por isso, opinei apenas pelo que está escrito no texto… só opinei msmo pelo oq está escrito e com base no anime, pq eu não li o mangá. Mas enfim, precisaria ouvir o áudio, já que o texto está confuso.

        • Em breve ese será reupado. Quando isso ocorrer eu comentl novamente para lhe avisar. Mas já lhe digo que o manga é bem pior que o anime, e o mesmo faz muita apologia a pedofilia, chega a ser desagradável.

  14. Ótimo Podcast 😄
    Acabei de ouvir. Muito divertido, como sempre :3 :3
    Quanto ódio pelo mangá, kkkk.
    Eu nunca li o mangá, mas pretendo ler pq quero ver o quão ruim ele é, rsrs. Msm que ele seja tão ruim como vcs disseram, não vai destruir a minha visão sobre o anime, que é muito bom ;D
    Eu assisti muito pouco desse anime na minha infância, mas me lembro que gostava de ver. Só fui assistir ele completo no ano passado, rsrs.
    Gostei muito de toda a série e tbm dos 2 filmes. Tem alguns OVA’s tbm, se não me engano S;
    Bom, eu gostei muito do anime, e quando lembro me da até vontade de rever ;3 ;3
    Para mim, ele é o melhor anime Mahou Shoujo jáh feito. Madoka é Foda, principalmente com toda sua desconstrução do gênero, mas eu ainda prefiro Sakura *–*

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s