EMD Cast #103: Mercado Brasileiro de Mangas, Animes e HQs

 -> PODCAST <-

Lembrando que recomendamos que baixem nossos podcasts.

Para fazer o DOWNLOAD e/ou ESCUTAR ONLINE: 4shared.     [SEM SPOILERS]

EMD Cast #103_ Mercado Brasileiro de.mp3
Anúncios

69 pensamentos sobre “EMD Cast #103: Mercado Brasileiro de Mangas, Animes e HQs

  1. Quanta generalização hein EMD, toda criatura que compra mangá no brasil é retardado sem cérebro fã de naruto, pqp, me ofendi muito com isso.

    Vocês só falaram merda.
    flws

    • Está aqui em meu computador que eu coloquei este post no site às 23:43 da noite. O cast tem mais de duas horas de duração. Você não escutou tudo e já sentiu vontade de aparecer por aqui trollando? Que vergonha…

      Se falamos merda, foi provavelmente nos 10 minutos que escutou, se escutou tudo isso. E o pior é que nem deve ter nos ouvido falar, logo após essa crítica mongol que fizemos, que estávamos apenas brincando. Parabéns pela imbecilidade e criancice. E obrigado por nos dar mais um comentário inútil. Querendo ou não, chama alguns que possam ouvir nossos podcasts e fazer comentários inteligentes.

  2. Pokemon 2000, haha, ainda tenho a fita em VHS, apesar de não ter um aparelho. kkkkk

    Mas sobre influência, a maioria que não lê mangás, quando começam, são “recrutados” pela turminha do shonen tosco e se negam a abandoná-los, acho que é por isso que as vendas de Diário do Futuro e companhia estão em alta.

    • Léo até hj eu tbm tenho a VHS de pokemon kkkkkkk é mito. E a do Space Jam tbm…

      Concordo com vc, eu por exemplo quando comecei a ler mangá, o primeiro que eu realmente li foi um Shoujou, Pastel, que era um romance muito bom, mais oq realmente me atraiu pra esse mundo foram as modinhas Naruto, Bleach, OP… acho que muitos começam assim achando Foda essas obras e como tipo são as primeiras não enxergam seus clichês e falhas. E acho bom ter grupos como a EMD que não só falem da obra mais tbm apontem falhas, como Diario do Futuro, se não eu já estaria comprando pq de acordo com meu amigo é perfeito com um final incrível –‘ kkkkkk

      • Eu comecei a acompanhar mangás/animes por interesse próprio a pouco mais de 10 anos, antes disso eu tinha assistido Cavaleiros do Zodíaco, Dragon Ball, Yu Yu Hakusho e Samurai X, mas eu nunca conheci ninguém que não tivesse começado a ler mangás e assistir animes por causa de Naruto ou Bleach. Eu costumava recomendar Naruto aos meus amigos(Era massa antes), eu fui buscando mais, mas eles continuaram na mesma até hoje, com o acréscimo de Bleach, Fairy Tail e mais algumas coisinhas babacas. Por isso tenho essa opinião(e arrependimento T-T) sobre influência.

  3. Não sei se aqui é o lugar certo e tudo mais, mas ouvi vocês falando de recomendações no cast e aproveitei pra fazer uma também. O nome da série é Qualia the Purple/Murasakiiro no Qualia, é um mangá de drama, psicológico, ficção científica e mistério, adaptado da Light Novel de mesmo nome, mas esta não se encontra em inglês na net.
    Sinopse:

    Hatou Gaku tem uma amiga muito estranha chamada Marii Yukari. Yukari possui olhos roxos e uma forma bizarra de ver o mundo; para ela, todos os seres vivos parecem robôs, o que faz com que ela consiga perceber as habilidades únicas de cada um. Essa visão provocou-lhe vários problemas, um deles sendo a perda da melhor amiga de infância, no entanto, ela insiste que não está a mentir quanto ao que vê.
    Gaku rapidamente percebe que a sua amiga tem talentos especiais. Ao que parece, Yukari consegue reparar qualquer coisa e até a polícia a visita para saber a sua opinião em certos casos. Todavia, os seus olhos não são únicos no mundo.

    Foi o melhor mangá que li esse ano, muito surpreendente, e acho que vocês também vão gostar, independente da arte moe, o enredo um pouco simples, o rumo que o desenvolver da protagonista toma, ninguém imaginaria aquilo, bem, só lendo para vocês perceberem, e quem lê se possível me responde aqui nos comentários falando o que achou.

  4. Porra, o cast está enorme… ouvi a metade, agora tenho de ir para o trabalho mas amanha de manhã ouvirei a segunda parte.
    Irei comentar alguns pontos da minha opinião do mercado brasileiro de mangás e animes que vocês argumentaram nesta primeira parte.
    1 – A Jessica falou algo importante, nossa cultura de entretenimento é influenciada pela americana e desta forma o conteúdo vindo do Japão sempre foi e sempre será mal visto pelo publico em geral.
    Outra questão aqui nesta parte é a censura, animações americanas em sua maior parte (ou toda ela) não exibi um teor de violência tão elevado quanto ao de uma animação japonesa, mesmo que isto, no Japão, seja designado para o MESMO PUBLICO ALVO.
    Peguemos exemplos como (vou usar títulos populares):
    Avatar x HunterXHunter
    Ben 10 x One Piece
    Liga da Justiça x Naruto
    Mutante Rex x Shingeki no Kyojin
    Vejam agora, o que seria censurado aqui no Brasil se fosse exibido na TV aberta?? O nosso grau de censura no Brasil está muito elevado, por questões sociais idiotas (na minha opinião) causadas pela velha desculpa de sempre: “Isto pode influenciar uma criança”
    Detalhe: Atores de novelas podem se “comer” em horário nobre, falar de drogas e etc, mas animes mostrar um pouco de sangue pode influenciar crianças.

    2 – O Lucas apontou outra coisa legal, o Japão é um país fechado e por estas e outras, licenciar algo vindo dele, como mangás e animes, tem custos ainda mais caros do que licenciar HQs americanas ou desenhos animados.
    A qualidade do mangá brasileiro é baixa mas condiz com seu valor, eu vejo isto pois no Japão mangás tem preços, que se converter em reais, pode assustar os consumidores brasileiros. Um volume de mangá no Japão é mais de 650 ienes, ou seja, isto é mais que 15 reais… SÓ PARA TER A MESMA qualidade que eles tem lá. Nem mencionei o fato dos custos de licenciamento, que são caríssimos. Logo depois, em cima disto, uma editora brasileira iria adicionar sua margem de lucro, levando isto em conta, poderíamos avaliar que um volume NORMAL de mangá aqui no Brasil poderia ser lançado com a mesma qualidade que lá, por um valor entre 30 à 40 reais, DEPENDENDO do titulo a ser licenciado e da editora japonesa.
    Uma forma de reduzir este custo, seria a editora japonesa vir aqui para o Brasil, como é o caso da Kodansha e outras que já estão estabelecidas nos EUA ou até em outros países… caso isto acontecesse e algumas editoras japonesas viessem para cá, como filiais ou franquias (como franquia ainda teria um custo um pouco elevado) o preço do mangá cairia, mas creio que ainda sim, para manter a qualidade original e visando uma boa margem de lucro, um mangá custaria uns 20 à 25 reais.
    Eu tenho mangás originais, e vejo claramente a diferença de qualidade, principalmente na impressão, está parte é muito visível a distinção, tanto que um mangá de 200 paginas original é mais grosso que um brasileiro com as mesmas 200 paginas. Pode se dizer, que livros bem impressos tem a mesma textura de paginação de um mangá original… e quanto custa um livro deste calibre?? Entre 30 à 40 reais, no mínimo.

    Tenho mais coisas para comentar desta primeira parte, mas acho que apenas de noite depois que chegar do trabalho… e amanhã de manhã termino de ouvir a segunda parte do cast.

    • Muito interessante. Deste modo, até que se torna um pouco mais lógico o preço alto da nova edição de Death Note. Mas como você mesmo comentou, acredito que seria possível baratear um pouco os mangas com alta qualidade no Brasil.

    • Fera gostei muito do seu comentário.MAS, discordo de você no caso do material. Não gostaria de entrar no mérito de comparar os volumes japoneses com os brasileiros, pois acredito que deveria-se ter uma analise mais aprofundada da economia japonesa e do modelo de produção nipônico. O nosso principal argumento quanto a qualidade dos mangas no Brasil é mais “pq a qualidade não pode ser a mesma da conrad”? Que já era muito boa. Mais do que comparar com outros países. Até pq é uma comparação direta de preço de produção e preço de venda de ambos os modelos de volume no mesmo país. É claro que deve-se ter em mente as situações econômicas distintas, da época da conrad pros modelos desse atual momento. Porém duvido muito que o material usado pela conrad extrapole o limite da margem de lucro por volume das empresas.
      Se quiser conversa mais sobre o assunto diretamente comigo é só mandar msg no facebook do EMD. Abraço.

      • Olha, a qualidade da Conrad antigamente não é boa (eu tinha a coleção de CDZ deles), tanto que até mesmo o papel do mangá é bem diferente do papel original sem mencionar o fato da impressão como já falei acima, mas não vamos entrar nestes detalhes então.
        A economia influenciaria na produção do mangá, fato… até porque se o material usado é de maior qualidade, ele é mais caro e o preço do mangá vai lá em cima. Sem nem mencionamos a questão do marketing e da distribuição nacional, este aqui é um fator bem importante também, olha o tamanho do Brasil e vejamos o tamanho do Japão, a distribuição vai ter um custo bem maior, e ainda temos que colocar em pauta as condições de transportes que nossa país tem, que são horríveis.
        A questão é que a Conrad lançava com um valor mais acessível de compra, tudo isto em 2005 à 2007 (foi o tempo que comprei mangás aqui no Brasil, depois disto *pff*), mas se você parar e pensar, já se passaram 6 anos… o Brasil é um país inflacionário, o preço de tudo sobe mas nada desce, antigamente você comprava Halls à 40 centavos em qualquer lugar, hoje se você achar barato, vai estar em 1 real. E tem mais coisas para se pensar, pois a Conrad deu o que tinha que dar, dizem que foi a falência (por que?!), a questão é… vai voltar?! E se voltar, o que vai mudar?! Na minha opinião, NADA.

        Mangá para ficar com uma qualidade boa ou semelhante aos americanos ou franceses (não precisa ser quem nem o Japas), nesta altura do campeonato, somente com uma editora japonesa vindo para cá, como é o caso atual da Kodansha estar interessada na compra da Panini.
        Por que o mercado de mangás nos demais países é melhor que nosso??
        Não em questão de preço, pois se você ver um mangá americano, vai ver que fica em torno daquilo que mencionei ali em cima, de 30 à 40 reais. Ou alguém ai vê mangás americanos serem vendidos a 4 ou 5 dólares??
        A qualidade é muito boa, o papel não me parece ser o mesmo, pois é bem branco, mas a impressão é digna de elogios, e em alguns casos eles fazem que nem os mangás no Japão colocando sub-capa, coisas que apenas umas edições de “”LUXO”” aqui no Brasil ganharia.
        Justamente pois nesses países as editoras são controladas por editoras japonesas, como a Kodansha, a Sueisha e a Shogakukan (Viz Media).

        • Não entendemos sobre as editoras e preços (coisas mais técnicas) como você, Hever, assim como foi dito no podcast. Mas como o Carlos falou, só queríamos uma qualidade nível Conrad, no mínimo. Não estamos dizendo que era uma qualidade tão alta como a japonesa, mas seria boa o suficiente. Agora, só de olhar para os lançamentos pela Dark Horse de Berserk e Eden: It’s an Endless World! sinto inveja. Mas esse problema é notado no mercado brasileiro no geral. Os top produtos eletrônicos por aqui são de pior qualidade e custam às vezes até 500% a mais que no exterior. O Brasil continua sendo o país com maior taxa de impostos do mundo, e muitos parecem não ligar. É mais do que óbvio que isso influenciaria nos custos locais de mangas. Achei muito bom pensar nesses outros fatores que influenciam (escala de produção, preço de distribuição, valores reais etc) e concordo com eles, mas a tentativa desesperada por um lucro descomunal é visível. Com toda a certeza (e isso foi provado pela Conrad) os mangas hoje poderiam ser mais baratos E ser de uma qualidade superior no Brasil, mas infelizmente as empresas que cuidam deles no país usam macacos como mão-de-obra e só visam o lucro, não a divulgação de cultura e informação, como nós scanlators fazemos.

  5. Eu sei que não tem haver com o cast,mas eu vou ficar 6 dias em casa sem fazer nada e to afim de maratonar um anime longo(24 ou mais episódios) e bom.Vocês poderiam me recomendar um?Ja assisti HunterxHunter e monster ainda lerei o manga.

      • Show de bola esse anime cara…
        Estou vendo um que acho semelhante…Senão estou enganado.
        O tal de Black Lagoon.

        Eaí cara só uma pergunta por fora, você faz parte da EMD?
        Se tiver skype e puder passar, seria legal conversar com você, já que acredito concordamos em muitas coisas.

        Abraço.

      • Não faço parte do EMD, na verdade eu não teria tempo para isso. Para você ter uma ideia, eu só comento de casa aqui no site quando está de madrugada, quando não estou dormindo, óbvio. Eu não utilizo o Skype, apesar de que os caras do meu curso vivem me pedindo para fazer um, eu utilizo muito meu Hotmail. Mas talvez eu venha a fazer um Skype nos próximos meses, com certeza adicionarei muitas pessoas daqui para conversar sobre animes/mangás, porque a maioria dos meus amigos que gostam são “a turminha do shonen tosco” que já comentei aqui.
        Ah, eu gostei de Black Lagoon também, mas pelo que eu vi de Darker Than Black, acredito que seja melhor.

      • Imaginei que não fosse que bom. Eu uso mais o gmail, mas não converso por lá. Senão tivessem banido o MSN eu usaria até hoje KKK.

        Também acho que Darken Than Black seja melhor… Tipo eles são em certo ponto semelhantes, mas Darken ainda é mais abrangente, trata de mais coisas, Black Laggon as vezes tem algumas cenas forçadas, tipo aquela de filme que no último segundo, fica tudo bem…

        Mas aí quando criar skype me chama, é bom ter amigos para falar sobre animes e acho que nos entenderemos.
        Incrível que a maioria diz não entender o que eu escrevo e pra outros é tão fácil, pedi pra um conhecido esses dias ler e ele falou que tava tranquilo…

        É isso.
        Abraço.

    • Te recomendo a série When They Cry, tem 2 títulos da série e eles tem uma certa ligação no universo.
      A Cronologia que você deve assistir é assim:
      Higurashi
      1 – Higurashi no Naku Koro Ni (1° temp./26 episódios)
      2 – Higurashi no Naku Koro Ni Kai (2° Temp./24 episódios)
      3 – Higurashi no Naku Koro Ni Rei (OVA/5 episódios)

      Umineko
      4 – Umineko no Naku Koro Ni (1° temp./26 episódios)
      5 – Umineko no Naku Koro Ni Chiru (Seria a 2° temp. se tivesse, mas na net você pode encontrar mangás em inglês da segunda parte da série, ou jogar a sound novel que tbm tem em inglês no fuwanovel.)
      Se você for mesmo ver, já deixo aqui o link do arco chiru do original e o remake.
      Original – http://fuwanovel.org/novels/57
      Remake – http://fuwanovel.org/novels/191

      Ao todo dá cerca de 81 episódios, deve dá pra ver né?

        • Hmmm, então você gosta de animes e mangas BONS?! Haha.
          Só não entendi o preconceito com o bom é velho (nem tanto) slice of life. Acho que é por não conhecer obras slice of life de qualidade. Enfim, realmente animes bons são raros. Posso lhe recomendar os três que terão casts logo, com spoilers, para que possa ouvi-los tranquilamente:

          Darker Than Black (seinen, ação com poderes, psicológico)
          Mawaru Penguindrum (seinen, drama, psicológico louco)
          Steins;Gate (seinen, slice of life, psicológico, sci-fi, drama)

          Além deles, obras que já recomendamos e que terão casts no futuro:

          Chihayafuru (esporte, slice of life, josei, romance, drama)
          Hajime no Ippo (esporte, shounen, slice of life, drama) – também tem uma ótima comédia
          Beck (shounen, drama, slice of life)

          É isso.

      • Decidi assitir Darker Than Black.Por algum motivo me atraio por pessoas “normais” com poderes e gostei da seriedade do anime.Dei um olhada em Mawaru Penguindrum e achei muito interessante,assisto depois.Obrigado pela recomendação.E quanto a steins;gate….é meu anime favorito 🙂 (eu li que o blu-ray do filme de steins;gate sai dia 4 de dezembro)

        Eu não tenho preconceito quanto a slice of life.Como eu disse,eu evito,mas não deixo de ler um.Por exemplo:se eu posso assitir ou ler um mangá,sendo um ficção científica se passando numa terra pós-apocalíptica e outro sobre um cara crescendo na vida nos dias atuais,eu vou prefirir ler o de ficção científica,porque este terá muito mais construção de mundo e de cenário do que o slice of life,o que é algo que valorizo muito mais em um mangá.

        Vc(trilles),por outro lado,que curte bem mais slice of life,deve valorizar bem mais o desenvolvimento psicológico dos personagens,porém eu não estou generalizando nada.Também acho o desenvolvimento psicológico importante(como em Punpun que li e gostei muito).

    • Te recomendo Hourou Musuko…Zoa.

      Então, nessa quantidade de episódios, acho que vale a pena ver Code Geass…Claymore…Gantz…Clannad.
      Um outro bacana também Angel Beats…

      Quem sabe goste desses.
      Flws mano.

      • Pelo menos gostou de Code Geass…
        Angel eu acho um pouco mais que mediano, mas beleza.

        São vários para indicar, mas vai que ele gosta…

        Tipo sobre a discussão de hourou eu só lembrei de um ponto recentemente, que não é preciso o autor usar de crítica, mas se ele quer maior qualidade é bom ter esta crítica.
        Ainda acho que se a obra for só entretenimento e vazia, não servir para raciocinar, não vale a pena ler.

        Enfim, tudo isso é bem pessoal, eu não concordo com este “método de análise” que parecem usar, mas bem, só sobra concluir que gosto é gosto.

      • bem:

        Hourou Musuko:nunca vi mas pretendo um dia,talvez.A ideia é interessante.

        Code Geass:Vou assistir nas minhas férias

        Claymore:Um dia eu dou uma olhada no mangá

        Gantz:Ja li tudo e o anime é uma merda

        Clannad;Ja vi os 44 episódios(incluindo after story).É um ótimo drama.Só não gostei do final.Dou nota 9.Podem me xingar.

        angel beats:Ja vi.Ótimo drama também.

      • Bem nós temos opiniões bem semelhantes, então se alguém te chingasse pode ter certeza que não seria eu.

        Concordo com Angel Beats ser um bom drama.
        Claymore pra ser sincero nem eu completei pq perdi os episódios no computador, mas era mais ou menos até.
        Gantz eu gostei, claro que o mangá é muito melhor…Mas é porque como eu não conhecia a obra, ver o anime me ajudou bastante. O final foi filler, mas sei lá achei mediano também.

        Mas deixando de lado isso, sobre hourou acredito que não vais gostar, eu também gosto de ficção científica, futurista ou que tenha muita ação.
        E hourou é slice of life,daqueles que trata quase que exclusivamente disso, personagens não evoluem,etc. Como são poucos episódios dá pra olhar sim, pra mim foi massante.

        Qualquer coisa depois de ver, podemos conversar sobre ele.

    • Poxa se você gosta de mistérios poderia dar uma chance para Higurashi, o interessante está em descobrir o por quê delas se esfaquearem, obviamente, não é só isso.
      Ou vê Umineko, que é um mistério muito bem elaborado, alguns pensam até que é fantasia/sobrenatural mas não, é porque engana mesmo.
      Esqueci de dizer que você não precisa ver Higurashi para entender Umineko, é que em Umineko tem algumas referências de Higurashi, então achei melhor vê os dois.

    • Boa ideia! O gutinho curte eroges? Seria legal um cast sobre, tô com esse katawa shoujo baixado a um tempo, qualquer dia começo ele. Comecei divi-dead a algum tempo e pqp, que VN foda, a história é super misteriosa e sombria e obviamente, tem muitas cocotas 2d. Recomendo muito!

      Eu não costumo gostar muito de adaptações de visual novels pra animes ou mangás, acho que uma das poucas que eu curti foi Koi to Senkyo to Chocolate ano passado, que por acaso ainda espero uma tradução completa dos gringos pra VN.

      Seria legal um cast sobre Eroges, mas tem tanta chance de sair quanto o cast de hentai que só o gutinho vai participar ou a review de Perfect Blue que já virou lenda.

  6. Olá. Ótima pauta pra debate hein, ouvi tudo. Concordo com muito do que foi falado, muito embora acho bom um título como Naruto, afinal ele serve de respaldo para serem colocados à venda mangás de risco (menos conhecidos), apesar desses terem uma periodicidade relativa se é boa ou ruim (Monster, por exemplo) Bom, se eu ouvisse um cast como esse me sentiria ofendido xD, pois me considerava ‘Otaku’, depois vi o que realmente isso significava e vi que não me enquadrava nos termos reais desse termo. Eu leio naruto e bleach, mas não tenho ( e nunca tive) intenção de comprar seus respectivos mangás, mas ainda assim acompanho-os.

    Battle shounen, sempre será o carro-chefe, no entanto, mais seinens poderiam adentrar o mercado, até por que Bastard ( que não lança nada há um século) Berserk ( a cada dez anos um mangá) e Claymore (o qual coleciono e é ‘quadrimestral’), não são regulares. Falta inteligência das editoras, fora o marketing(inexistente), só One Piece e a versão de bolso de Naruto e deram muito certo, aliás.

    Também estive no Anime Friends nesse último domingo 21/07, a febre de One Piece passou para os brasileiros também, pode ser comparado a Naruto já. Outra coisa também, fui comprar os últimos volumes de Claymore 19,20 e 21, umas 14h, isso no stand da Panini, já haviam se esgotado, fui na Hijikiro, a maior que vendia mangás no evento, e também haviam se esgotados esses volumes. O último volume de Berserk também esgotou rapidamente, com isso só comprei Madoka Magica na new pop mesmo. Enfim, isso prova que os seinens possuem potencial para um aumento nos seus títulos.

    Queria falar mais sobre o mercado brasileiro de mangás (rende muito o tema) mas já escrevi pra CARALHO, então flw pessoal, muito bom o cast.

    • Eu vou discordar um pouquinho da primeira parte do seu comentário. É verdade que esses mangás medianos/ruins(One Piece/Naruto, respectivamente), por venderem bastante, dão segurança à editora, mas os “mangás de risco” que você disse não são trazidos ao Brasil por qualidade, mas sim por fama; só são uma aposta porque podem não vender muito aqui no Brasil.

  7. Ainda não ouvi o cast,mais pelos comentários acima ele deve ser excelente,o bom do EMD que fazem cast de qualidade sem serem fã boy estúpidos,criticam obras por motivos concretos e explicando cada um deles.
    Vou ouvir agora,e aproveitar.
    Serie bem melhor se vocês fossem vocês a ir no jovem nerd, aquele Anime Dinheiro Show tá com nada,só pensam em lucrar em cima dos seus ouvintes.(Sistema roubar vip)

  8. vou baixar o podcast e amanha vou escutar

    vocês ja pensaram em fazer um top 10 melhores torneios em mangás?

    alguem conhece algum mangá sobre ferreiros ?
    pois estava pensando já vi dezenas de mangás sobre samurais mas ninguem nunca lembra dos ferreiros que dão vida as espadas que eles tanto usam

  9. Acabei de entrar na página de Reviews Por Ordem Alfabética e não achei Gantz nem o terceiro filme de Berserk. Esqueceram de atualizar ou é desgosto mesmo? kkkkkkk

      • Emanon laranja, você está manchando o orgulho Emanon, nós Emanons temos orgulho em trollar e falar mal de todos os sites mas também temos que fortificar nossos aliados e caro amigo, o EMD é nosso aliado nesta guerra.

        Eu sei que eles podem ter falado mal de algum mangá querido seu, podem ter falado que ele era câncer, mas releve, pelo menos dessa vez. O EMD odeia tanto a blogosfera animistica brasileira e é tão troll quanto todos nós juntos. Eles são o motivo dos Emanons existirem. O pai de todos nós, o Emanon original nasceu daqui.

        E por isso, Emanon laranja, te peço com todo o carinho emanon do meu coração, se junte ao EMD conosco e juntos trollaremos toda a blogosfera. Nós e o EMD temos inimigos em comum. Juntos poderemos dominar tudo.

  10. Este comentário não nada a ver com o post.

    Gostaria de saber se alguém conhece o manga mushishi,e caso conheçam poderiam -caso não seja incomodo- me dizer se esta é uma obra que vale a pena ser lida ou é uma cilada.

  11. Esse Emanon, que papo mais nonsense @@. Mas enfim,

    O que pode ser bom para o mercado de animes,aqui no Brasil, é a vinda de Cavaleiros Omega. Acho uma merda esse anime, mas acho que ele faria sucesso e com isso animes bons podem aproveitar o gancho, caso haja mesmo um ‘boom’.

  12. Até o ano passado eu achava que anime e mangá era para crianças e adolescentes.So conhecia mangas/animes que todo mundo conhece e nunca tive o interesse de procura obras de qualidade.

    Uma pessoa me convenceu a ler Oyasumi Punpun e Annararasumanara e visitar Ecchi Must Die e a parti dai comecei a procurar por obras boas e a ler o que vocês recomendam.

  13. Muito informativo o podcast, concordo em muitos pontos. Gostaria de saber a opinião de vocês sobre os mangás: Monster, Basilisk e Old Boy.
    Obrigado.

  14. Opa, descobri o site há pouco tempo, e estou dando uma “olhada” nos vários tópicos. Ótimo site!! Ouvi este cast e já estou baixando os outros, principalmente os de review. É sempre bom ler/ouvir sobre assuntos que interessam. Continuem com o ótimo trabalho. Certeza que visitarei este site com frequência.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s