EMD Cast #114: Melhores e Piores – Semana 22/09 a 28/09 de 2013

E aqui está o MeP da semana. Atrasado, mas aqui está.

ranking semanal 14

 

 

 -> PODCAST <-

Lembrando que recomendamos que baixem nossos podcasts.

Para fazer o DOWNLOAD e/ou ESCUTAR ONLINEBox.     [COM SPOILERS]

*As informações desse podcast podem ser encontradas no final deste post.

 

-> LISTA <-

Piores da Semana:

Obras inéditas no MeP:

Himizu – volume 1 – decepcionante
UQ Holder – capítulo 1-5 – decepcionante

Obras já constantes no MeP:

Green Blood – capítulo 28 – piores

Melhores da Semana:

Obras inéditas no MeP:

Gokusai – capítulos 1-2 – melhores
Kenji – volumes 1-15 – melhores

Obras já constantes no MeP:

City of Darkness – capítulo 14 – melhores
Cross Game – episódios 9-13 – melhores
Dorohedoro – volumes 14-17 – melhores
Haikyuu – capítulos 67-78 – melhores
Hajime no Ippo – capítulos 980-1010 – melhores
Innocent – volume 1 – melhores
Magi – capítulos 198-199 – melhores
Sanctuary – capítulos 62-63 – melhores

É isso pessoal, desculpe pelo atraso e até a próxima semana!

4 pensamentos sobre “EMD Cast #114: Melhores e Piores – Semana 22/09 a 28/09 de 2013

  1. Não achei que City of Darkness estaria nos melhores. Teve um erro de movimentação nível Naruto, acho que foi na transição do final da página 5 e toda a página 6.

    Além do primeiro quadro da página 5, que é parte da cena anterior, estava indo tudo bem até o último quadro, onde o cara de cabelo castanho segura o cara sem cabelo pelo colarinho. Aí vem a próxima página com o primeiro quadro totalmente descontextualizada da página anterior.

    Página 6:
    Não parece que na página anterior o cara de cabelo castanho estava tão perto do cara sem cabelo, tampouco segurando-o;
    Não parece que o cara sem cabelo levou uma rasteira do cara de cabelo castanho, mesmo que ele o tenha feito;
    O enquadramento seguinte faz parecer que o cara sem cabelo bateu com força em uma parede e não no chão;
    E no final da página, o cara de cabelo castanho não parece ter recebido um chute verticalmente e nem parece ter batido no teto e sim em uma parede.

    Confesso que racionalmente uma pessoa cairia no chão após levar uma rasteira, mas a posição aleatória do cara sem cabelo ao toma-la reforça que a movimentação faz parecer que ele estava sendo jogado contra a parede, além de que a posição do cara de cabelo castanho ao tomar o chute em seguida é muito estranha.

    Também achei ruim a parte em que o cara de cabelo branco teleportou-se para trás do cara sem cabelo.

    Posso ter parecido um hater, mas esse não é o caso. City of Darkness é o sexto no meu ranking de leituras em andamento do Manga Updates e meu comentário aqui não foi sobre o enredo, obviamente foi só pela movimentação mesmo. Antes de abrir esse post, eu li(contemplei?) o capítulo novamente sem prestar atenção em diálogos e foi ainda pior que na primeira vez que li. Não foi ruim, na verdade foi muito bom, mas no antes estava bem melhor na minha opinião.

    Eu ainda estou baixando, portanto essa é minha opinião por fora. Não vou comentar outras coisas para não estender o comentário, mas estou interessado em saber o porquê de Vagabond se repetir nesse M&P.

    Obs: O cara sem cabelo, o cara de cabelo branco e o cara de cabelo castanho são, respectivamente, o “Chefe”, Chen Luo Jun e o Shi Er Shao. Dei uma olhada nos nomes para trocar, mas deu preguiça de reler o comentário e só coloquei aqui. O “Chefe” eu até sabia, só que para diferenciar por cabelo(crítica ao “shönen”?) e não repetir careca ou carequinha como no capítulo dexei assim mesmo. Hahahaha

    • Sobre o “teleporte”, posso concordar que foi meio abrupto, mas devemos pensar que eles estão lutando num corredor estreito. Poucos movimentos são necessários para levar um personagem às costas doutro.
      Agora, sobre o resto que comentou sobre o agarramento, rasteira, chute e fall, tudo funciona perfeitamente. Aparece ele indo e dando um golpe com a espada, e assim que o golpe é bloqueado, ele larga a espada, já estando perto o suficiente, e agarra Chefe. Logo após isso, segue com uma rasteira, mas enquanto Chefe está caindo, lhe dá um chute. O personagem bate no teto e cai e, depois, cai no chão rolando. Inclusive, os canos do teto caem junto.
      A única incoerência seria a força do Chefe para que, enquanto caindo, desse um chute forte o suficiente em Shi Er Shao para que ele fosse até o teto e batesse ainda com força o suficiente para quebrar canos e os soltar do teto, mas isso é explicado pelo arco que segue no manhua… O “poder” em City of Darkness será explicado, obviamente.

      • Cara, meu comentário fez parecer que eu odeio City. kkkkkkkkkkkkkkk

        O início da cena foi ótima, o início da cena entre Chefe contra o cara da espada até quando eles se encaram a 10cm de distância(Ui) flui muito bem, mas no primeiro quadro da página seguinte surge um distância instantaneamente entre os dois de forma que eu senti uma falta de transição entre elas. Agora a posição do Chefe ao levar uma rasteira à direita é surreal, a perna que ele usa para chutar o outro está acima da cabeça dele, então o chefe não esta abaixo do outro deixando o golpe seguinte bem irreal.
        Nunca tive nada contra o exagero em City of Darkness e isso nunca me incomodou, o que me incomodou nesse capítulo, resumidamente, é que foi fácil de entender o que aconteceu, mas como aconteceu não fez sentido, mesmo com o exagero na força.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s