EMD Cast #123: Melhores e Piores – Semana 21/10 a 27/10 de 2013

Com pouquíssimas obras, mas pelo menos o MeP apareceu nesta semana.

 -> PODCAST <-

Lembrando que recomendamos que baixem nossos podcasts.

Para fazer o DOWNLOAD e/ou ESCUTAR ONLINEBox

*As informações desse podcast podem ser encontradas no final deste post.

-> LISTA <-

Piores da Semana:

Obras inéditas no MeP:

Area D – raso
Let’s Bible  – raso

Melhores da Semana:

Obras inéditas no MeP:

Cesare volumes 1 ao 4 – melhores
Feng Shen Ji melhores
Japan As Viewed By 17 Creators – melhores
Sidooh melhores

Obras já constantes no MeP:

Hunter x Hunter – últimos episódios – melhores
Uchuu Kyodai – últimos episódios – melhores
Vagabond – últimos capítulos  – melhores

Amanhã temos a penúltima Season Review Semanal.

Até a próxima.

25 pensamentos sobre “EMD Cast #123: Melhores e Piores – Semana 21/10 a 27/10 de 2013

  1. O Inoue é foda, na página da ram você pode claramente ver a referência do Musashi levantando as sandálias ao quadro abaixo, que mostra “o que” está abaixo dele. Fantástico, foda, genial e obviamente essa é só mais uma página que o Inoue usa seus desenhos e a posição dos quadros para conversar mais com o leitor, tipo: “Você viu isso? Essa é a minha mensagem.”; acho que a mais óbvia foi a do topo da montanha, que apesar de simples foi muito boa.
    Recentemente eu assisti a Trilogia Samurai, da década de 50, e estou sentindo que vi o maior spoiler da minha vida!!

    Sobre Feng Shen Ji, eu admito que pode ser por causa dele que sou muito exigente na leitura de City of Darkness, não só pela arte, mas porque ambos manhuas tem coisas em comum. O próprio protagonista é contextualmente parecido com o de City of Darkness ao decorrer da leitura. Ao meu ver, Feng Shen Ji é melhor em maior parte, mas não estou tão longe na leitura de City of Darkness para comparar adequadamente. Fora isso, os dois são fantásticos.😀

        • Por ter problemas com animes eu quis dizer ter dificuldades de achar algum que eu goste muito, não quis dizer que eu não goste. Dos últimos que eu vi, o que mais gostei foi Darker Than Black. Mas esses Steins;Gate e Mawaru Penguindrum, que o Trilles citou, já estavam na minha lista.

      • 7,acabei percebendo que todos tinham a mesma premissa (adolescentes salvando o mundo) achei que os japoneses era um povo de idiotas,pessoas sem criatividade e pedófilos,e parei de ver animes pois a minha sanidade mental não aguentaria muito mais merda.

        Ps.:Psycho Pass e Uchuu Kyodai são respectivamente o 8° e o 9° animes que eu vi e foram os únicos que prestaram,não sei se eu tive muito azar na escolha dos desenhos ou se esses são os únicos que inovaram.

      • Você com certeza teve azar em escolher. Você gosta de mangás, né? Dizer isso é o mesmo que só ler os “tops” da shonen jump e achar que mangás se resumem aquilo.

        Dê uma olhada nos filmes da ghibli, do Makoto Shinkai e nos animes que o EMD recomenda por aqui. Alguns que eu posso te recomendar: Ano Hana, Mawaru Penguindrum, Cowboy Bebop

        É uma mídia de entretenimento gigante, é só saber procurar e fugir de coisa com poderzinho/moe que vai encontrar muita coisa boa.

        • Não concordo plenamente com o Caique. Discordo sobre quase todos os exemplos que deu. Os filmes da Ghibli não são todos grandessíssimos exemplos de qualidade. Assim como os de Makoto Shinkai.
          E digo o mesmo sobre Cowboy Bebop – anime de bom para mediano.

          Mas concordo que existam alguns animes que realmente se destaque.
          Se quiserem saber de dicas, os próximos que sairão por aqui serão: Steins;Gata e Mawaru Penguindrum, um dos que o Caique citou. Esses dois realmente são de grandessíssima qualidade.

      • Eu sei que nem todos os filmes da Ghibli, Makoto Shinkai e os outros que citei são masterpieces, mas são ótimos animes pra ele começar em comparação com os que ele provavelmente assistiu antes.

        Não posso entregar os masterpiece de mão beijada assim, o cara tem que ver os bons e ir procurando por melhores. It’s my strategy, bro.

    • Então Léo quanto ao spoiler que tu disse ter pego, tenho que dizer que não faz tanta diferença assim. Eu já conheço a história do Musashi e já li os livros em que o manga se baseia, e mesmo assim me surpreendo com a forma que o Inoue passa cada mensagem, então não se preocupe.

      • Pois é, mas seria melhor se eu tivesse descoberto em Vagabond, porque eu não gostei muito dos filmes. A trilogia narra alguns acontecimentos de grande importância como não sendo tão importantes. Mas só os capítulos individuais de Vagabond já são o suficiente para me agradar.

    • Eu não tenho o senso crítico do EMD, mas li a obra até o capítulo 28 e estou gostando muito. É um ótimo seinen com uma boa protagonista, o psicológico dos personagens é trabalhado de um jeito espetacular e o controle de mente apresentado no mangá é muito bem desenvolvido no decorrer da história. Sem contar que umas reflexões muito boas são apresentadas, sério. Quanto a arte, a autora talvez tenha evoluído com o tempo, já que ES foi feito em 2006 e Cesare começou a ser publicado em 2010, mas as obras possuem artes muito similares.

  2. Queria indicar um manga pra os melhores e piores.
    Nome: Koe no Katachi
    É um manga que conta a historia de uma relação de um garoto com uma garota muda,esse manga ja esteve em primeiro no falecido raking semanal,na época era apenas um one shot,o autor resolveu transformar em serie,me agradou muito e queria saber a opinião de vocês.

  3. Esse podcast foi bem pequeno então consegui escutar mesmo em um dia corrido. E o que peguei do post não foi a quantidade de pessoas ou até mesmo informação, mas, que não importa o número de pessoas, o podcast vai ser semanal e a periodicidade mesmo que com posts menores vai ser essa. Isso foi algo bem legal por parte de vocês que percebi nesse post em especial🙂

    Fora isso, não acredito que no momento das piadas infames o nome Thomas Turbano não tenha sido mencionado… Um verdadeiro clássico🙂 Os comentários foram bem legais apesar de poucos, em especial o de Vagabond que me fez querer voltar a ler a obra, parei lá pelo volume 13 acho…

    Apesar de toda a área de piadas infames, ri mais ainda com o momento de extrema “sensibilidade” do Lucas imitando um deficiente em REAL. Foi um humor tão negro e politicamente incorreto (do jeito que gosto) que não consegui me segurar🙂

    Ahh… Fui eu que comentei da possível queda de qualidade com a troca de horário, mas é bom saber que o nível da animação em HxH não tenha caído. Estou falando isso porque dei uma segurada no anime por falta de tempo e porque não estava conseguindo me desligar dos pequeníssimos problemas, como algumas escolhas do diretor e de trilhas sonoras. Basicamente, a expectativa estava estragando o anime pra mim.

    De novo, parabéns por se manterem à periodicidade semanal🙂

  4. Ei galera do EMD, gosto muito do trabalho de vocês, graças a vocês eu quebrei meu preconceito com Shonens battle e assistir Hunter x Hunter e to gostando muito . Também gostaria de saber se vocês já assistiram o anime: The Vision of Escaflwone? E se sim algum dia fariam um podcast. Abraços e sempre junto na luta contra os cânceres! u.u

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s