Comentando: Vagabond – Capítulo 321

Bem vindos a mais um comentando de Vagabond, e já adianto que esse foi outro excelente capitulo.

Mais uma vez Inoue nos trás um capitulo cheio de reflexões, mas desta vez o desenvolvimento presente no capitulo nos trouxe não somente mensagens como  também nos mostrou em que ponto estamos no arco, e quais serão os próximos pontos a ser desenvolvidos na obra. Por isso que deixo avisado que o texto contem spoilers, por isso leia por sua conta em risco.

321

Comentários por Lucas:

O capitulo acabou sendo desenvolvido em três partes, muito bem divididas em começo, meio e fim. Por isso dividirei meu texto nessas três partes, e peço que antes de ler prestem atenção nos pequenos detalhes.

Vagabond-321-03-raw-read-online copy   Vagabond-321-04-raw-read-online copy

Inoue começou nos mostrando um pouco sobre o pequeno Iori, ver um pouco de como ele está se adaptando a toda a situação, ver que agora ele se inspira em Musashi para se tornar forte, mas que para sua vida seu “velho” na verdade estará em sua arvore, e então nos é mostrada a expressão de Musashi ao ver Iori tendo uma experiência tão próxima a dele, e vemos então no rosto de Musashi finalmente um olhar de pai. E nesse momento as borboletas aparecem.

Vagabond-321-09-raw-read-online copy

Agora passamos para o segundo momento, onde vemos finalmente a criação do laço entre mestre e discípulo, aquilo que une finalmente os dois, e que mostra porque Musashi precisava deste momento, agora a plantação faz sentido, e vemos as borboletas sobrevoando os campos de arroz. E ao final deste momento vemos Shuhsaku olhando para a arvore, aquele lugar especial, a fortaleza, talvez aonde nascerá a real fortaleza de Musashi.

Vagabond-321-16-raw-read-online copy

E agora esperaremos para a colheita.

Vagabond-321-23-raw-read-online copy

As borboletas nos foram apresentas nos momentos entre Iori e Musashi e agora estão presentes entre Musashi e Shuhsaku, pois a relação entre mestre e discípulo foi firmada. Chegamos finalmente à terceira parte, Musashi passa agora a aprender com o homem do campo. E a doença alcança este homem que agora cumprirá seu papel. Como dito no capitulo 313 “de um cadáver nasce uma nova vida”, talvez seja este o desfecho deste tão belo momento na vida de Musahi, pois a colheita está para chegar.

Vagabond-321-24-raw-read-online copy

E Musashi terá de cumprir sua promessa.

Vagabond-321-28-raw-read-online copy

É isso ai pessoal! Mais uma excelente capítulo de Vagabond, três momentos em um só capítulo, conectados por pequenos detalhes. Só posso agradecer a Takehiko Inoue por afirmar cada vez mais Vagabond como meu manga favorito, e é claro a vocês leitores por me incentivarem a escrever estes textos.

Muito obrigado e até a próxima.

9 pensamentos sobre “Comentando: Vagabond – Capítulo 321

  1. Notei algumas repetições no enquadramento do rosto do Musashi. Mas diferente de Sanctuary, onde a expressão do Hojo é sempre a mesma, Musashi está sempre com uma expressão diferente.

      • Isso é uma forma de referenciação, quando se repete quadros faz com que o leitor acabe por se lembrar dos momentos passados e associe as situações, e isso e algo que o Inoue vem fazendo muito nos últimos capítulos para representar as mudanças que estão ocorrendo com o personagem.

  2. O arco já está extenso. Quando começou não imaginava quão comprido e bom seria e tem ficado melhor nesses últimos capítulos. “The Farewell draws near”. Quero mesmo ver o arco seguinte. Personagens importantes para o Musashi têm que morrer? Alguns que não morrem, desaparecem. Mas são lembrados por ele.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s