Notícias EMD – O retorno da esperança e o nascimento de uma nova desgraça.

Dae pessoal, aqui é o Estupratom trazendo mais um post de notícias.

Para minha infelicidade e sua alegria as minhas “férias” terminaram. Tirei as primeiras duas semanas de janeiro para descansar, colocar minha leitura em dia. Pretendo gravar um Ranking Mensal de HQ’s ainda essa semana e devo trazer mais um Cerveja e Manga no fim da semana que vem.

Entrando no assunto do post, dessa vez temos algumas notícias fantásticas e outras nem tanto. Primeiramente temos o resultado do nosso primeiro sorteio de jogos e detalhes sobre o próximo sorteio, onde sortearei o jogo Burnout Paradise: The Ultimate Box.

Entrando no mundo dos animes temos 2 retornos que se destacaram. O primeiro deles é o retorno de Mushishi, um dos meus animes favoritos e o segundo é a volta de Faity Tail, um retorno que não me agradou muito. Tivemos alguns anúncios bem promissores para as próximas temporadas, como os animes de Tokyo Ghoul, Soredemo Sekai wa UtsukushiiPing PongAoharaido.

collage

Especulações dizem que o anime que estuprou minha infância pode estar chegando ao fim, mas sempre que um câncer é curado dois novos tendem a substitui-lo, só que dessa vez eles vieram desenhados e não animados. O mangaká Nobuhiro Watsuki não ficou satisfeito com sua última desgraça e decidiu fazer mais um spin-off de Rurouni Kenshin. Mas não se preocupem, o salde de notícias positivas envolvendo mangas foi positivo.

O depressivo Rosario to Vampire II, o cultuado Sora no Otoshimono e o prolongado Kimi no Iru Machi estão sendo finalizados. E nos anuncios foram confirmada uma continuação do manga GUNNM: Last Order e de Grappler Baki.

Além disso temos muitas outras notícias envolvendo o mundo dos animes, mangas, HQ’s e cinema.

Notícias em destaque

Segundo sorteio de jogos.

EA-Announces-Burnout-Paradise---The-Ultimate-Box-1No início de janeiro foi realizado o primeiro sorteio de jogos do EMD. O vencedor foi o leitor @itaro_castro que ganhouy uma versão original do jogo Mirror’s Edge. O próximo sorteio vai ser realizado quando o Twitter do EMD alcançar a marca de 75 seguidores, e o próximo jogo sorteado será o divertidíssimo Burnout Paradise: The Ultimate Box.

Burnout Paradise (Burnout 5) é o sétimo jogo da série Burnout,criado e desenvolvido pela EA GAMES, esta nova versão de Burnout é “open-world”, na cidade ficcional de ‘Paradise City’. O jogo recebeu a nota 87 na metascore e ganhou nota 9 pela IGN. Você pode checar a review do jogo AQUI. Para os que não tiverem sorte no sorteio é possível comprar o jogo na Steam por apenas 35 reais.

Faltam apenas 21 seguidores para que o sorteio seja realizado, não perca a oportunidade de participar desse o dos próximos sorteios. Para participar basta nos seguir no Twitter:

@EMDCast

Confirmada segunda temporada de Mushishi.

Mushishi Zoku ShouApós oito anos de espera eu já tinha perdido a esperança de ver a continuação do anime de Mushishi, mas aparentemente ainda existem japoneses inteligentes. Foi hoje exibido um especial de 1 hora de Mushishi onde foi anunciado que está em produção uma segunda temporada que vai estrear em Abril e se vai chamar Mushishi Zoku Shou (Mushishi: The Sequel Chapter).

O staff será o mesmo da primeira temporada. A história apresenta criaturas onipresentes chamadas Mushi que frequentemente apresentam poderes sobrenaturais. Os mushis são descritos como seres em contato com a essência da vida na sua forma mais básica e pura. Devido à sua natureza efémera, a maioria dos seres humanos são incapazes de perceber os mushis e são alheios à sua existência, mas há alguns que possuem a capacidade de ver e interagir com tais seres. Uma dessas pessoas é Ginko, o personagem principal da série. Ele emprega-se como um “Mushishi” (termo dado a pessoas que possuem a habilidade de ver Mushis) viajando de um lugar para outro a pesquisar mushis e a ajudar pessoas que sofrem de problemas causados por eles.

A primeira temporada cobriu seis dos dez volumes do manga e essa nova temporada promete terminar o trabalho. Para mim esse é um dos melhores animes já feitos. Seu enredo é sentimental e profundo, sua animação é fantástica e suas características são únicas. Não conheço nenhum anime que conseguiu fazer algo próximo a Mushishi. Se você ainda não teve a oportunidade de ver esse anime, baixe apenas o primeiro capítulo. Todos que o assistem ou se apaixonam pela obra imediatamente ou perdem o interesse.

1382073826157

 The Wind Rises é indicado ao Oscar.

The Wind RisesFoi anunciado nesta quinta-feira (16) pela Academia de Ciências e Artes Cinematográficas, os indicados ao Oscar 2014. Na categoria melhor longa animado, ficaram de fora o filme brasileiro Uma História de AmorFúria e Universidade Monstros (Pixar), que estiveram presentes na pré-lista.

Já os indicados são Vidas ao Vento ( The Wind Rises), último longa animado dirigido por Hayao MiyazakiOs Croods, Meu Malvado Favorito 2, Frozen – Uma Aventura Congelante Ernest and Celestine completam a lista de indicados a melhor animação.

FrozenEu ainda não tive a oportunidade de assistir The Wind Rises porque estou esperando o filme estrear nos cinemas nacionais.

Estou com boas expectativas para o filme mas duvido que ele seja capaz de desbancar o mais novo sucesso da Disney, o magnífico Frozen. Para mim essa aventura no gelo é uma das melhores animações que a Disney já fez, eu gostei tanto do filme que eu cheguei a assistir ele umas 3 vezes em apenas uma semana. Eu desejo toda sorte do mundo para esse sucesso japonês, mas meu coração vai congelar se Frozen não receber essa premiação.

Vaso ruim não quebra, Fairy Tail está de volta. 

Fairy TaiEm Março desse ano o anime Fairy Tail entrou em pausa no japão, coisa que muitos tinham a esperança de ser o final definitivo, o que, infelizmente, não aconteceu. O anime voltará à programação japonesa a partir de abril de 2014.

O detalhe é que desta vez o comitê de investidores mudou, saindo o Stelight e entrando o Bridge, essas alterações serão benéficas para o anime, já que estão procurando produzir uma animação com maior qualidade em relação às temporadas anteriores. A equipe de produção e dublagem segue praticamente a mesma dos 175 episódios anteriores, mas o responsável pelo character design mudou, sendo substituído pelo Shinji Takeuchi, o mesmo de Gintama.

Esse retorno vai trazer de volta a insuportável trupe de fanboys. Se você gosta de Faity Tail devido a descontração da obra e as cenas de amizade mas conhece os problemas da obra, perfeito. Recentemente tivemos um ótimo comentário de uma fã da obra chamada Júlia, uma leitora que aprecia a obra pelo que ela é e não pelo que ela acredita ser. O problema são o grupo religioso que enxergam a obra como uma perfeição absoluta movida por peitos e acredita que todo pagão que desmerecer essa divindade é uma pobre alma infeliz que não consegue entender a magnitude desse deus onipotente.

Vilões começaram a ser confirmados em J-Stars Victory Vs.

STARS VICTORYFaltando apenas três meses para o lançamento do jogo a equipe de desenvolvimento finalmente começou a divulgar os vilões que estarão disponíveis no jogo. Nos primeiros vilões anunciados eu tive uma mistura de felicidade, surpresa e hemorroida. Fiquei muito contente que o Freeza, de Dragon Ball e o Shishio Makoto, de Rurouni Kenshin, estejam no anuncio inicial. Ambos são dois vilões fantásticos e merecem serem relembrados.

O vilão de One Piece foi uma grande surpresa para mim. Se eu tivesse uma lista de todos os vilões de One Piece e fosse obrigado a apostar as pregas do Trilles em algum deles o  Akainu seria um dos primeiros que eu descartaria. Fiquei surpreso e triste ao mesmo tempo. Eu gosto do Akainu, mas para um jogo eu iria preferir outros vilões da obra, sem contar que isso deixou bem claro que esse jogo está voltado para o público atual da obra e não para suas gerações mais antigas.

J-Stars Victory VSE por fim temos Naruto para estragas a alegria. Com tantos vilões bons em Naruto, como o Orochimaru ou o Itachi (não perca tempo… sim eu estou falando com você fanboy… sim, eu sei que ele não é malvado… não, eu não vou te ajudar a tatuar o Sasuke nas costas), eles tinham mesmo que escolher o Madara? Vilão chato e sem carisma, que apenas comprova meu ponto que o jogo está completamente focado nos leitores atuais.

Em anúncios posteriores mais três vilões foram confirmados. o personagem Sousuke Aizen de BleachToguro Ototo de Yu Yu Hakusho serão personagens jogáveis. Ambos são bons vilões e são os melhores vilões de suas respectivas obras, acredito que serão ótimas adições ao jogo. Já o personagem Hisoka de Hunter x Hunter, servirá apenas como personagem de apoio, o que é uma pena. Sem a menor sombra de dúvidas esse seria um dos personagens que eu mais teria vontade de jogar, mas pelo menos ele está confirmado no jogo. Ainda tenho esperanças de que o Formigão seja adicionado ao jogo.

Talvez a hemorroida voadora chamada de Cavaleiros do Zodíaco Ômega chegue ao fim.

Saint Seiya OmegaBandai Visual ao revelar os volumes Blu-ray / DVD da série anime Cavaleiros do Zodíaco Ômega listou o episódio 97 como o último. Mas não podemos começar a comemorar ainda, já que em 2013 quando a Bandai revelou o 13º volume Blu-ray/DVD listou o episódio 51 como o último, no entanto em Abril começou um novo arco.

Ainda tenho esperanças que esse obra que estuporou minha alma seja cancelada antes que ela destrua a infância de mais pessoas. Para os que ainda não tiveram a oportunidade de ver o meu sofrimento deem uma checada na hilária review de Saint Seiya Omega. Para muitos leitores essa foi uma das melhores reviews do site, pelo menos no quesito de entretenimento.

Para os pobres coitados que gostam dessa desgraça, eu vou tentar dar um ultimo aviso para vocês. Vou tentar resumir da maneira em que até mesmo você possa entender. Imagine esse anime como uma loira, isso é o que ela faz com a sua alma:

gay maker

Live-action de Kite.

KiteVocês podem checar aqui o  trailer da adaptação para filme live-action de Kite, a OVA de Yasuomi Umetsu. No vídeo o ator Samuel L. Jackson apresenta o filme seguindo-se um trailer e depois algumas cenas live-action mais conhecidas do anime.

O filme sofreu um contratempo quando o diretor David R. Ellis (Snakes on a Plane, Shark Night 3D) faleceu, Ralph Ziman (Gangster’s Paradise: Jerusalema) acabou por o substituir e continuar com as filmagens.

A obra de Culto de Yasuomi Umetsu (Wizard Barristers, Mezzo Forte) é conhecida pela sua violência e sexualidade, ela é uma das noção menções especiais no nosso Top 10 Obras mais Violentas. Eu não gostei do trailler do filme e tirando o Samuel L. Jackson nenhum dos atores do filme chamam minha atenção. Eu vou acabar assistindo esse filme mas eu duvido que ele vá fazer jus ao OVA.

Filme de Magic: The Gathering.

Magic The GatheringSegundo o The Hollywood Reporter a 20th Century Fox chegou a um acordo com a Hasbro e adquiriu os direitos de adaptação para cinema da franchise Magic: The Gathering. As duas companhias planeiam transformar Magic: The Gathering que conta já com 20 anos numa franchise massiva à semelhança de Harry Potter e The Lord of the Rings.

A franchise que vai englobar vários filmes será produzida por Simon Kinberg (X-Men, Fantastic Four, Jumper, Elysium). Eu joguei esse card game por muitos anos e adoraria ver uma boa franquia de filmes baseada nos cenários do jogo. Mas levando em consideração que o filme será produzido pelo incompetente do Simom Kinberg, minha esperanças de ver algo decente são bem baixas.

Nobuhiro Watsuki está disputando com o Kurumada o posto de mangaka mais filho da puta da atualidade.

rurounikenshin1A esposa de Nobuhiro Watsuki anunciou em primeira mão em um evento nos EUA que seu marido está trabalhando no spin-off de Rurouni Kenshin. Alguns devem estar pensando que isso é uma boa notícia, mas para mim essa é até o momento a pior notícia de 2014. Com seus trabalhos posteriores o autor já provou que ele é um mangaka de uma obra só.

Após fazer os mangas Busou Renkin e Embalming, que foram fraquíssimos, o autor resolveu fazer uma nova versão de Rurouni Kenshin chamada Rurouni Kenshin: Tokuhitsu-ban. Inicialmente eu tinha ficado entusiasmadíssimo, mas logo eu percebi que esse novo manga era uma merda completa, servindo apenas para destruir o respeito que eu tinha pelo autor. 

Mas com o novo sucesso dos live-actions da franquia o imbecil decidiu se tornar o novo Kurumada (Cavaleiros dos Zodiaco) e lançar qualquer merda relacionada ao seu único sucesso apenas para poder ganhar um trocado extra. Aparentemente esse novo manga da franquia vai ser focado apenas nos vilões da obra original, personagens que já são completos e não necessitam de mais informações. Já estou vendo que esse idiota vai conseguir estragar uma das melhores característica de seu manga, a profundidade e carisma de seus vilões. Aposto que os escolhidos para essa desgraça serão o Shishio, o Aoshi e provavelmente o Enishi e o Saito. Espero que os tendões de seu pulso parem de funcionar antes dele colocar esse pecado no papel.

A imagem abaixo mostra exatamente o que o autor tem feito com as doces lembranças dos fans de Rurouni Kenshin:

aKz9GnN_460sa

 

Términos e cancelamentos

Rosario to Vampire II

Rosario to Vampire IIFinalmente essa merda vai terminar. Foi confirmado que o manga Rosario to Vampire II vai ser finalizado em fevereiro. Essa segunda versão do manga teve um desenvolvimento interessante mas a obra se perdeu completamente no arco final, eu desisti completamente da obra após uma das vilãs se tornar uma buceta carnívora gigante.

Falta menos de 10 capítulos para eu terminar o manga mas eu nem vou me dar o trabalho, ele está oficialmente dropado da minha vida. O obra será concluída com cerca de 14 volumes, sem contar seu primeiro manga que tem 10 volumes. Só espero que o autor não decida fazer um Rosa com Fezes III.

Sora no Otoshimono

Sora no OtoshimonoA revista Shonen Ace, da Kadokawa Shoten, confirmou nesta quinta-feira que o capítulo final do mangá de Suu Minazuki, Sora no Otoshimono, será lançado na edição de março da revista, no dia 26 de janeiro. O anuncio diz: “A próxima edição irá conter o capítulo final de Sora, que foi publicado por sete anos!”.

O mangá original foi publicado na Shonen Acedesde 2007, e a Kadokawa está publicou o 18º volume da obra no dia 25 de outubro. O mangá inspirou duas adaptações em anime e um filme que segue a vida de um garoto que tem sua vida mudada depois que um anjo cai do céu.

Eu pensava que esse era apenas mais um manga com uma história ridícula e muito fanservice, mas após ler alguns capítulos eu vi que eu não estava completamente certo. O fanservice é presente mas ele não é muito ofensivo e seus personagens e cenário são interessantes. A obra não me atraiu o suficiente para que eu continue a leitura, mas agora eu entendo porque algumas pessoas gostam tanto dela.

Kimi no Iru Machi

Kimi no Iru MachiApós diversos anos de enrolação finalmente a revista Weekly Shonen Magazine, da Kodansha, anunciou que Kouji Seo irá finalizar seu mangá, Kimi no Iru Machi no dia 12 de fevereiro. Além disso, o editor do mangá anuncia que um OAD será integrado ao volume 27, o último da série. O 27º volume do mangá também terá um spin-off centrado na personagem Nagato.

A história do mangá se passa quando Eba Yuzuki acaba se mudando de Tóquio para o interior. Ela vive junto com Kirishima Haruto, filho de um aprendiz de seu pai. Entretanto, o garoto não aceita bem a presença de Eba. Para completar, Haruto aparentemente está apaixonado por outra garota, Kanzaki Nanami.

Já comentamos algumas vezes desse manga aqui no site e já fizemos uma review de outra obra do autor, o manga Susuka. Alguns membros do grupo ainda acompanham a obra, eu pessoalmente já a dropei a muito tempo. O manga não é ruim, mas considero a obra inferior aos trabalhos anteriores do autor devido a sua enrolação desnecessária. Finalmente esse manga vai acabar e provavelmente faremos uma review assim que isso acontecer.

Mangas anunciados

GUNNM Kasei Senki

GUNNM Last OrderO mangaká Yukito Kishiro anunciou em seu blog na última quarta-feira, que irá lançar uma nova série do mangá GUNNM no segundo semestre de 2014. A série é intitulada provisoriamente de Kasei Senki (As Crônicas da Guerra Marciana). Ele também está publicando um Artbook esse ano. No post de notpicias do mês passado  eu anunciei que GUNNMLast Order iria terminar nos próximos capítulos.

Eu acompanho GUNNM a muitos anos e definitivamente vou continuar acompanhando. Mas o que me deixou mais animado foi o lançamento do artbook, vou encomendar um de certeza.

Uchi no Musume ni Te o Dasu

Uchi no Musume ni Te o DasuO mangaká Nozomu Tamaki (Dance in the Vampire Bund) lançou sua nova obra Uchi no Musume ni Te o Dasu (Mantenha suas mãos longe da minha filha!) na edição de fevereiro da revista Comic Young, da Shonengahosha, na última segunda-feira. O primeiro capítulo do mangá tem uma página de abertura colorida.

A história segue uma super-heroina que se aposentou há uma década. Ela retirou-se para uma vide humilde como uma dona de casa com a filha. No entanto, sua amada filha foi escolhida para se tornar a heroína da próxima geração, então, ela retorna para proteger a filha.

Tendo como base a sinopse e os trabalhos anteriores do autor eu posso garantir que não chegarei perto de nenhum capítulo dessa obra.

Ender’s Game

endersO mangaká Shuho Sato está adaptando para o mundo dos mangás o filme sci-fi de Ender’s Game – O jogo do exterminador. A história segue a criança prodígio que é recrutada e passa por uma série de jogos de guerras com consequências que vão além do seu conhecimento. A história de Sato começará a ser lançada de graça em seu website no dia 11 de janeiro.

Eu não quis checar perto do filme e muito menos vou cogitar ler uma versão em manga desse filme. Acho a premissa completamente ridículo e o trailler do filme é um dos piores que foram lançados no ano passado.

Kakei no Alice

Kakei no AliceA mangaká Kaori Yuki (Angel Sanctuary) lançará seu novo mangá,Kakei no Alice, na edição de março da revista ARIA, da Kodansha, no dia 28 de janeiro. A história desse novo mangá gira em torno de uma colegial chamada Stella, que nasceu na rica famíliaKuonji, que todo mês, organiza um evento chamado Tea Party. Um incidente ocorre com todos os irmãos reunidos naquele momento e alguém diz: “A partir de agora, todos vão matar uns aos outros. A pessoa que ficar viva se tornará o chefe da família.”Assim, o jogo de morte de Stella começa.

Eu acho Angel Sanctuary mediano e essa obra não me atraiu em nada. Sua sinopse é bem clichê e genérica, a imagem de degustação é bem fraquinha e para completar a matança na festa de chá com temática Alice no País das Maravilhas foi a gota d’água. Não estou interessado.

Retornos e Hiatos

Grappler Baki

Grappler BakiA revista Weekly Shonen Champion, da Akita Shoten, anunciou nesta quinta-feira que o mangá, Grappler Baki, criado por Keisuke Itagaki, está de volta. Itagaki terminou Hanma Baki, a última obra da série, em agosto de 2012. Embora ele tenha revelado em uma entrevista que estava considerando retomar a história, não havia nenhuma noticia até agora. Mais detalhes serão anunciados por meio de uma entrevista especial com o mangaka, no dia 9 de janeiro.

O mangá original de Grappler Baki foi publicado na revista Shonen Champion, de 1991 até 1999, seguido por Baki, de 1999 até 2005. O mangá recebeu diversas continuações, duas adaptações em anime e um OVA

Esse é um manga que eu já me interessou algumas vezes, nunca comecei a ler a obra porque ela não está completa na internet. Espero que essa notícia estimule os tradutores a continuarem esse projeto.

Animes e filmes anunciados com potencial

Tokyo Ghoul

Tokyo GhoulFoi anunciado no 10º volume do manga Tokyo Ghoul  (Tokyo Kushu), de Sui Ishida, que está em produção uma adaptação para anime. O manga começou a ser publicado pela Weekly Young Jump da Shueisha em 2011. No ano passado o mangá vendeu 1.666.348 de cópias, ficando na 27º lugar nos mais vendidos. O mangá já vendeu cerca de 2,6 milhões de cópias. A Weekly Young Jump postou um vídeo promocional especial em julho do ano passado que pode ser checado AQUI.

A história desde mangá de suspense horror/dark fantasy se passa em Tokyo, que é assombrado por misteriosos “fantasmas” que estão devorando seres humanos. As pessoas estão entrando em desespero pelo medo desses fantasmas cujas identidades são mascarados em mistério. Um estudante colegial normal chamado Kaneki encontra Rize, uma garota que é uma ávida leitora como ele, no café que frequenta. Pouco depois ele percebe que seu destino irá mudar durante a noite.

Eu li apenas os primeiros volumes do manga, mas para os que me acompanharam nos ranking semanais e nos melhores e piores do mês sabem que a obra tem me agradado e surpreendido. Se a animação for boa esse pode ser um dos melhores amigos da temporada.

Soredemo Sekai wa Utsukushii

Soredemo Sekai wa Utsukushii

Foi divulgado que o mangá Soredemo Sekai wa Utsukushii, de Dai Shiina, ganhará uma adaptação em anime. O manga teve inicialmente dois one-shots publicados que deram origem a uma série regular que tem atualmente seis volumes publicados.O anime tem previsão de lançamento em Abril.

O enredo é centrado em Nike, uma princesa com o poder de controlar a chuva, porém ela é forçada a se casar com o rei Livius. Como se não bastasse o casamento forçado, o rei é mais novo que ela. Eu li alguns capítulos do manga e inicialmente eu pensei que era apenas mais um shoujo padrão. Me desinteressei completamente logo no início, quando é decidido que a protagonista teria que se casar após perder no Jokempo. O manga da uma melhorada quando é revelado que o rei não é um pirralho como a sinopse diz, ele é jovem mas não é um garotinho e as coisas dão uma melhorada quando ele se mostra ser meio filho da puta, me levando a dar alguns sorrisos modestos.

Após terminar de ler alguns capítulos a obra me surpreendeu de maneira positiva. Os dois protagonistas são interessantes para esse gênero, tendo pouquissimas frescuras e bastante personalidade. O enredo acabou criando alguns plots interessantes, como uma tentativa de assassinado a um dos protagonistas. Não pretendo ver o anime mas ele tem potencial para entreter se for adaptado de maneira eficiente.

Ping Pong

Ping PongRecentemente foi confirmado que o manga Ping Pong,  de Taiyo Matsumoto, retá uma adaptação animada que será transmitido pelada Fuji TV, e que será dirigido por Masaaki Yuasa (Tatami Galaxy, Kick-Heart). O anime vai estrear na temporada de primavera. O mangá Ping Pong de 5 volumes, serializado entre 1996 e 1997 pela revista Big Comic Spirits já inspirou um live-action.

Ping Pong conta a história dos melhores amigos Smile e Peco, membros do clube de ping pong da escola. Todavia, por causa de sua personalidade, Smile nunca conseguiu ganhar de Peco, porém o professor do clube detecta o talento de Smile, e tenta fazer com que ele mude de atitude em relação ao esporte.

Eu li um pouco desse manga a alguns anos atrás. A obra tem potencial para se tornar um bom anime devido a alguns fatores. Seu enredo esportivo é interessante, a temática é diferente e a obra é curta, tendo a possibilidade de ser adaptada de forma fiel. Espero que esse anime surpreenda.

ping

Aoharaido

Ao Haru RideA notícia que muitas mulheres e alguns garotos estavam esperando a um bom tempo finalmente se tornou realidade. Aoharaido é o shoujo de maior sucesso atualmente no Japão, e finalmente ele vai receber uma adaptação animada. Não foram divulgadas informações técnicas sobre o anime ou sobre sua data de estréia, só foi confirmado que ele vai ser lançado em 2014.

Yoshioka Futaba tem algumas razões pelas quais ela quer “reiniciar” sua imagem e vida como estudante de colegial. Porque ela é fofa, ela foi isolada pelas amigas no Fundamental, e por causa de um mal-entendido, ela não conseguiu ter os sentimentos correspondidos pelo único garoto que ela sempre gostou, Tanaka-kun. Agora no Colegial, ela está determinada a ser o mais “relaxada” possível para que suas amigas não fiquem com ciúmes dela. Satisfeita ao viver sua vida dessa maneira, ela reencontra o Tanaka-kun, mas agora ele está sob o nome de Mabuchi Kou. Ele fala pra ela que sentia o mesmo por ela quando eles eram mais jovens, mas que agora as coisas podem nunca mais serem as mesmas. Futaba será capaz de continuar seu amor, que nem nunca começou há três anos atrás?

Eu prefiro Orange a  Aoharaido, mas sem dúvidas esse vai ser um anime que vai agradar bastante os fans do gênero.

Anúncios de animes e filmes com baixas expectativas

 Sugar Soldier

Sugar SoldierA revista Ribon da editora Shueisha anunciou que o manga Sugar Soldier de Mayu Sakai vai ganhar um anime no próximo mês. O manga começou a ser publicado em 2011 e tem poucos volumes publicados.

A comedia romântica gira em torno de Makoto Kisaragi, uma menina de 15 anos que tem como a sua “habilidade especial” o complexo de perseguição. Ela tem uma irmã mais velha que é uma modelo famosa. Apesar de sua personalidade negativa, Makoto prometeu se tornar popular quando entrou no colegial, mas as coisas não saíram tão bem para ela quanto ela queria. Um dia, ela conhece Iriya, o Sr. popular da sua classe, e eles se tornam amigos.

A Jéssica leu alguns capítulos e falou que o manga é agradável para o publico  feminino.

Uwakoi

UwakoiO quarto volume do mangá Uwakoi, de Masahiro Itosugi, anunciou que uma adaptação em live action da obra começará a ser produzida. A empresa japonesa Gosent, está apresentando a produção pela SPO Entertainment (Ai Mai Mi). O anúncio não especifica o meio da adaptação, porém, mais informações serão anunciadas na revista Young King, da Shonengahosha, onde o mangá é publicado.

A história segue Yuno e Yukiteru, amigos que infância que moram juntos. Eles são considerados o “melhor casal” da sua escola. No entanto, uma amiga de Yuno, Rena, persegue Yukiteru, levando a história a um triângulo amoroso.

O manga tem 16 capítulos traduzidos na internet e eu já li todos. Mesmo tendo personagens sérios o enredo é interessante e me prendeu a leitura. A obra tem bastante sexo, mas a maior parte dele é voltado para criar a tensão entre os personagens e não para fazer fanservice. Esse manga poderia ter se tornado um anime com potencial, mas não acredito que eu perderia meu tempo assistindo um live action.

Adaptação de Cu é Rola!

Mako-chan no Lip Cream

Mako-chan no Lip CreamFoi divulgado que o mangá de comédia Mako-chan no Lip Cream irá ganhar uma adaptação em anime. Poucas informações foram divulgadas, mas um vídeo promocional já está em produção.

A história do mangá é focada em Mako-chan, uma garota que encontra um creme labial que poderá transformá-la em qualquer coisa. Porém, a bruxa Zaiaa foi amaldiçoada por esse creme, e não deixará a garota possuir tal artefato.

Eu não tenho muito o que dizer sobre essa obra. A sinopse é obviamente bem boba, mas ela visa o público infantil feminino. A arte vai agradar o público alvo e aparentemente a obra não parece ter nenhuma sexualidade ofensiva desnecessário. Estou marcando esse anime como cilada porque obviamente ele não vai alegrar os leitores que acompanham nosso trabalho, mas com uma remática assim eu duvido muito que qualquer leitor nosso fosse ver a obra, pelo menos é o que eu espero.

Por que Estupratom? Tem algum problemas com meninas seu porco machista?

Não meu filhote de mancebo criado a leite com pera. Minha preocupação é que se levarmos em conta qual é a faixa etária e gênero dos nossos leitores, é mais provável termos um leitor pedófilo a uma leitora de 10 anos.

Amagi Brilliant

Amagi BrilliantFoi divulgado que a light novel Amagi Brilliant de Shoji Gatoh (mesmo autor de Full Metal Panic), ganhará uma versão em anime. O estúdio responsável pela produção será a Kyoto Animation. A história narra a trajetória de Seiya Kanie, um jovem que se torna gerente de um parque de diversões nos subúrbios de Tóquio.
 A série possui até o momento dois volumes lançados, com o terceiro previsto para sair ainda esse mês no Japão.
Estou ficando de saco cheio dessas light novels que tem sido adaptadas para anime. Nenhuma delas manteve qualidade, as poucas que agradaram no início, como Sword Art Online, acabaram perdendo qualidade ou ficando monótonas. A sinopse é bem bobinha e saber que o autor da obra é o responsável por Full Metal Panic apenas diminui as expectativas.
 

The Romantica Clock

The Romantica ClockA  revista Ribon da editora Shueisha anunciou que o manga The Romantica Clock de Yoko Maki vai ganhar um anime em fevereiro. A obra tem pouquíssimos capítulos traduzidos e eu entendo o porque. A obra é bem chatinha e não se sobressaiu em nada.

The Romantica Clock  é uma comedia sobre gêmeos, a bela, popular e enérgica Akane, e o seu irmão inteligente e distante AoiAkane sempre teve ciumes de seu irmão Aoi, desde que eram crianças, e mesmo ambos tendo crescidos, tal ciumes ainda continua.

Recomendações da semana

AnimaRecife 2014: Saiba tudo da nova edição + Entrevista com Fabbio Vila (Organizador do evento).

Homenagem dos Simpsons ao diretor japonês Hayao Miyazaki.

Personagem de Kinnikuman (Músculo Total) ganha versão realista em comercial japonês.

Tributo de 30 anos de Dragon Ball por brasileiros.

Conheça o quadrinho brasileiro que está conquistando cada vez mais leitores.

Entrevista ao mangaka brasileiro Yuu Kamiya (No Game, No Life).

OTAQUISSES QUE ASSOLAM A NAÇÃO.

Mangaka sugere que kill la kill é plagio.

5 ANOS DE GYABBO.

29 pensamentos sobre “Notícias EMD – O retorno da esperança e o nascimento de uma nova desgraça.

  1. ~Bush dançando kkk.~

    Antes das férias acabarem, vou terminar (tenho) de ver Mushishi (obrigação) e esperar 2ª temporada do mesmo + 1ª temporada de Tokyo Ghoul.

    ”mas meu coração vai congelar se Frozen não receber essa premiação.” – Ok, vamos invocar o prassódia pra vc.

  2. Eu concordo plenamente com o dito sobre os fans fanaticos de Fairy Tail, eu particularmente gosto da obra e sei que ela é cheia de falhas que vai desde excesso de protagonismo ao fan service exageradamente desnecessario, mas não deixa de ser um entretenimento para mim.
    Sobre os novos personagens do jogo da Jump o que mais me deixou feliz foi saber que tera o Toguro no jogo, sou grande fan de Yu Yu Hakusho. Ter o Aizen no jogo também achei muito bom por mais que eu não ache que o mangá de Bleach seja muita coisa eu acho o Aizen um ótimo vilão, no mais eu tambem queria o Hisoka fosse jogavel e eu nem preciso dizer o quão desnecessario achei o Madara no jogo e o unico personagem que eu ainda torço para entrar no jogo é o Train de Black Cat.
    Omega chegando ao final? Por favor que isso seja verdade!
    Espero que façam um filme bom de Magic, eu não sou de ver muitos filmes então o unico do Simon Kinberg foi o Jumper que eu não cheguei a terminar, mas o pouco que eu vi eu tava achando legal então tenho o minimo de esperanças do filme ser legal.
    Dizer que o Watsuki esta disputando com o Kurumada achei que foi um pouco exagerado, ele tem um longo caminho a percorrer para chegar no nivel do Kurumada, mas no mais eu ainda tenho esperanças de que ele consiga fazer um spin-off decente (diferentemente do ultimo), sim eu sou uma pessoa que sempre pensa positivo. E não tem muito a ver com a noticia, mas eu gostei bastante de Buso Renkin por mais que ele não tenha nada demais xD.
    Sobre o fim de Rosario+Vampire eu li muito pouco da obra então não tenho um opinião feita, mas que chegou ao fim me deu vontade de ler, mas antes vou esperar os comentarios de como foi o final. Sobre Sora no Otoshimono eu nunca li so vi o anime que eu realmente não achei grande coisa, mas eu ja ouvi falar muito bem do mangá então (da mesma maneira que Rosario) talvez eu leia dependendo da qualidade do final.
    Eu li um pouco de Tokyo Ghoul e eu curti bastante tomara que consigam não estragar o anime (desde que não coloquem um anime de 4 minutos esta otimo, sim Pupa estou falando com você).
    No mais eu curti bastante o tributo dos brasileiros aos 30 anos de Dragon Ball.
    Bem é só isso, valeu pelas noticias e continuem com o ótimo trabalho.
    Vlws

    • Desnecessário o Madara no jogo ? Tirando as pessoas de One Piece, quem mais compra jogos são os ”Narutards” ou ”Madaratards”, eles estão pensando nas vendas, não adianta chorar. Madara está em alta de fãs, agora que ”matou” o Sasuke, tem gente que vai chamar ele de Deus e vai fazer uma estátua dele.

      • a sim, eu concordo que eles estão pensando em vendas e não no digamos “qualidade dos personagens” em si, eu se tivesse fazendo o jogo de certeza teria posto o Madara, afinal iria querer que vende-se, falei desnecessario por que para mim não é algo que fara diferença no jogo.

      • Foi exatamente isso o que eu comentei no texto, esse vilão foi adicionado para agradar o público atual e não o mais antigo. Eu iria preferir o Orochimaru.

        E se o Sasuke realmente tiver morrido (primeira vez que escuto isso), eu não seria contra a estátua.

        • Desculpa te dar o spoiler, mas você já dropou após ler 600 capítulos mesmo, então foda-se kkk – Madara enfiou a espada no peito do Sasuke no último capítulo.

        • uahuahua, não se preocupe.

          Eu mesmo pergunto spoilers de Naruto e Bleach para alguns conhecidos meus. Spoilr de obras que não pretendo ler não me incomodam.

  3. Estou assistindo Mushishi e o enredo está se mostrando bom até o momento sim, mas eu discordo que a animação seja boa. Ela pode ser boa para a época (2005), mas para os padrões atuais não, principalmente por utilizar-se de um CG ruim em cenas que deveriam ser impactantes.

    Eu só li alguns capítulos de Ping Pong, mas a sua arte me incomodou bastante. O anime pode até arrumar esse defeito, mas passei a duvidar quando vi o trailer. Parece que vão utilizar a mesma técnica que usaram em Aku no Hana, a rotoscopia, para fazê-lo.

    Kimi no Iru Machi tem um ritmo lento e repetitiivo por prolongar temas que poderiam ser bem desenvolvidos em poucos capítulos, além de ter vários fillers entupidos de ecchi. É ainda previsível, porque o autor faz questão de usar vários acontecimentos de Susuka nessa obra. O ritmo do desenvolvimento inicial, que era um dos pontos fortes do mangá, some com o tempo. Além de uma arte bem meh, cheia de foto-colagens mal colocadas. Some isso com um possível final ruim da obra, e temos um perfeito mangá ruim.

    • Fiquei com vontade de te dar um beijo agora.

      Você resumiu perfeitamente meus pensamentos sobre Kimi no Iru Machi.

      E quando eu me referi a animação de Mushsishi, eu estava me referindo aos padrões da época, igual faço quando comento de Street Fighter II Victory. Mas eu realmente acredito que a segunda temporada vai ter uma animação ótima.

    • A animação de Mushishi não é boa ? Não me faça rir. Se eu for comparar a animação do anime com essas ”coisas” que estão produzindo hoje em dia com ”padrões atuais”, te garanto que ganha de uma boa parte. ~Mushishi mandou um abraço pra Pupa~

      • Quando eu digo “padrões atuais”, estou me referindo àqueles animes produzidos recentemente que têm animações consideradas boas. Comparar um anime feito há quase 10 anos atrás com estes é loucura.

  4. Ender’s Game é meu livro de ficção cientifica favorito, a obra é fantástica (tanto que ganhou os prêmios Hugo e Nebula), e não é uma leitura massante, algo que aprecio em livros.

    Já o filme foi um câncer, extremamente corrido e tudo mal explicado, se eu não tivesse lido o livro não teria entendido metade das coisas citadas e mal explicadas no filme.

    Minha nota para a obra:
    Livro 10
    Filme 4

    Aguardo o manga, espero que seja bom.

    • Bons filmes devem ser adaptados para acoplar toda a historia do livro, cortando apenas partes pouco relevantes, temos ótimos exemplos disso de filmes que superaram o livro: Como “Poderoso chefão, Laranja mecânica, Senhor dos ameis, entre muitos outros.

      Mais o filme de ender não foi bem adaptado, tentaram, manter a história fiel ao original o que não prestou, bons personagens relevantes a obra, mal apareceram, Bonzo principal arqui-inimigo da escola de treinamento apareceu de como um anão dando uma de valentão para cim do Ender (parecia uma piada), já que no original o bonzo por ser bem mais velho era bem maior que o Ender, obrigando a usar todos seus truques e estrategias para vence-lo.

      O funcionamento da sala de combate ficou ruim também poucas batalhas mal feitas. Os grandes mistérios sobre os Formics e sobre seus meios de comunicação também ficaram mal explicados, e isso é muito importante para a obra sobre suas táticas militares usadas.
      Só gostei mesmo do núcleo da Terra, que contava as histórias dos irmãos dele e suas tentativas de dominar o mundo, algo desnecessário até no livro ao meu ver.

      • Eu estava procurando alguém que leu o livro para perguntar isso… O filme realmente acaba do mesmo jeito que o livro ou eles acharam que teriam direito a um 2º filme depois? Porque o final pareceu completamente jogado e fora de contexto, não havia indício algum do que aconteceu, tanto que não sei o que é mais ridículo o plot twist em si ou o protagonista tirando uma teoria da conspiração do rabo sem qualquer evidência e ainda estar certo no final. Só queria saber se o livro tem o mesmo final que no filme ou se o plot twist realmente faz algum sentido dentro da história contada no livro?

        • Tipo o livro é uma trilogia, 1-Jogo do Exterminador, 2-Orador dos Mortos, 3-Xenocidio, mais as continuações são bem diferentes do primeiro livro, a historia do primeiro livro retrata a batalha contra os insetos que invadiram Terra, já o segundo livro se passa 5mil anos no futuro, com o Ender já com 35 anos de idade, não filme não explica mais essas viagens interestelares pelo fato deles viajarem proximo a luz o tempo passa de maneira diferente.

          A partir daqui tem um puta spoiler do livro:

          Por exemplo a frota humana que foi enviada para atacar o planeta dos insetos foi enviada a mais de 30 anos atrás, e desde então a escola de guerra via treinando diversos garotos em busca do comandante ideal para liderar a frota quando ela chegasse. Centenas de garotos reprovaram antes deles acharem o Ender. Sem contar que o Ender foi para a escola militar apenas com 6 anos de idade onde ele treinou por mais de 5 anos antes de liderar a esquadra terrestre na batalha final. Ele não virou um mestre do dia pra noite apesar do talento dele.

          Outras coisas mal explicadas no filme é o fato dele ser um terceiro, devido a superpopulação da Terra ter mais de dois filhos era proibido, e como ele era um terceiro ele foi muito discriminado por isso. A família dele teve 3 filhos a pedido do exercito porque todos os filhos dos Winggins eram geniais, só que o mais velho Peter era cruel demais e por isso falhou, quanto a irmã dele falhou por ser boa demais, mais ambos são tão geniais quanto o Ender, coisa não mostrada no filme.

          Por ultimo o filme não explica o sistema ancila, que o meio de comunicação dos insetos, a rainha inseto controla todos eles telepaticamente, por isso que na primeira invasão o Mazer Rakman derrotou os insetos destruindo a nave da rainha. Depois disso a humanidade copiou o sistema ancila, criando um comunicador capaz de se comunicar a qualquer ponto do universo instantaneamente, foi assim que o Ender liderou a esquadra humana a distancia sem saber, usando a ancila.
          E no final como você viu o Ender descobre um ovo de uma rainha escondido graças a isso, durante as batalhas sem o Ender saber os Formics aprenderam sobre ele através do ancila, e criaram aquele cenário a partir da memoria dele sobre o jogo da mente.

        • Mais spoiler do livro:

          Outra coisa mal explicada no filme é o motivo do Bozo ter raiva do Ender desde a primeira vez que o viu. Como eu já disse os garotos vão pra escola militar com apenas 6 anos para treinar, e só quando eles completam 9 anos e que ingressam nos exércitos, mais o Ender com apenas 7 anos foi enviado para o exercito da Salamandra (exercito do Bozo) no lugar de alguém mais velho, por isso que o Bozo se irritou por receber um pirralho no lugar de alguém com mais idade, sem contar que o Ender era bem inútil quando foi para lá, ele treinou meses a fio durante seu tempo livre até conseguir fazer a diferença naquelas batalhas na sala sem gravidade. Apesar da genialidade estratégica dele, ele treinou bastante até conseguir atirar e se mover bem na sala sem gravidade.

        • Não estou conseguindo responder teu comentário diretamente, mas valeu pelas informações🙂 Não fazia nem ideia de que o livro se tratava do 1º de uma trilogia e assumo que com as informações dadas sobre a forma de comunicação utilizada pelos Formics, o plot twist no final realmente faça sentido. Mas não consegui deixar de ter a impressão que o final no filme ficou completamente fora de contexto e beirando não fazer nenhum sentido.

          Quanto a explicação que permite viajar no tempo sem envelhecer, tive uma aula sobre isso ano passado com meu professor de física e por isso tenho uma ideia básica do porquê e se o livro explica já ganha crédito comigo porque a ideia e explicação por trás disso é muito legal🙂

  5. Quando eu era moleque eu tinha o Magic: The Gathering para PS1. Eu lembro que eu não fazia ideia de como jogava, daí troquei pelo Jojo’s Bizarre Adventure e nunca me arrependi.

    Pelo que vi a animação de Ping Pong será horrível. Utilizarão da rotoscopia e os traços dos personagens estão horríveis, o que costuma ser melhorado em uma adaptação animada de um mangá.

    Sobre o Saint Seya Omega, a merda já está feita! Será assistido pelas próximas gerações, destruindo o que CDZ já foi um dia. Combina bem com a palavra “câncer”.

  6. Nem precisa ser dito que o noticias sempre é um dos melhores post do site, ja fiquei com vontade de ver Mushishi, porem estou numa maratona de Hunter Hunter, então depois vejo. Cara, achei muito legal essa homenagem a Dragon Ball, 30 anos da serie mais amada da historia.

  7. Vi Mushishi já faz algum tempo quando o Estupra comentou sobre a obra e gostei muito do anime. Uma segunda temporada definitivamente me pegou de surpresa, principalmente pelo intervalo de tempo que já havia passado desde a primeira. Devo reassistir à 1ª série antes que a 2ª saia para relembrar algumas coisas.

    Quanto a Frozen, devo ser a única pessoa que não adorou o filme… É um filme muito bom, mas, na minha opinião, nem de perto tão bom quanto todo mundo está dizendo que ele é. Fora isso, também estou esperando ansioso por The Wind Rises sair nos cinemas daqui já que a última vez que vi um filme da Ghibli no cinema foi também a última vez que vi um filme da Ghibli. Assisti a Viagem de Chihiro e não só não entendi nada como morri de medo visto que tinha uns 5 anos.

    Ender’s Game é um filme bem ruinzinho, mas ouvi falar muito bem do livro como o Auone mesmo disse o livro ganhou até prêmios importantes para a literatura de ficção científica e por isso acho que se o mangá se basear no livro, já que não há necessidade de cortes como devem ter havido no filme, pode ser que saia algo bom.

    Alguns animes anunciados chamaram minha atenção, principalmente o de Tokyo Ghoul que lembro ter me interessado pelos seus comentários semanais dele.

    Post de notícias muito bom e completo como sempre. Além de que me lembrou do AnimaRecife que estava pensando em ir já que nunca fui a convenção alguma do tipo. Valeu ae, Estupra🙂

    • Sobre Frozen, eu aposto que você viu dublado. A dublagem brasileira está muito ruim, piorando a qualidade da obra. O único dublador que eu adorei foi o do Olaf.

      Assista esse vídeo, ele explica de forma fantástica algumas das qualidade da filme:

      • O pior é que eu vi dublado mesmo… Sempre agonizo com o fato de filme nenhum de animação vir sequer com a opção em inglês para os cinemas, pelo menos na minha cidade… A voz da Anna eu gostei, mas a da Elsa parecia ser de uma mulher em seus 30 anos e me incomodou bastante durante o filme, mas não tirei créditos do filme por algo que é culpa de outros fatores, me referia mais a questão da história mesmo que não me agradou tanto assim. Desconsiderando canções, as quais não levo muito em consideração já que não gosto tanto de musicais, o que é provavelmente um dos motivos pelos quais não gostei tanto do filme, e questões mais técnicas às quais me considero ignorante demais para comentar.

        Já quanto ao vídeo, eu já vi🙂 Não comentei nada, mas vi quando, provavelmente você, postou. O mais interessante, para mim, foi a teoria de cores, que já vinha sendo apontada diversas vezes em Breaking Bad, e o simbolismo que algumas das ações possuem. Mas, na minha opinião e com grandes chances de soar como um ignorante, tudo isso mostra o pensamento colocado no filme e em cada sequência, mas a trama que é, de novo, em minha opinião, o fator mais importante em filmes e qualquer outra mídia audiovisual que se proponha a contar uma história, não passa de um clichê emendado em outro, claro que de forma muito boa como o cuidado nos detalhes demonstra, mas ainda assim não passa de uma trama nada inovadora com boas piadas, boas canções (ouvi algumas delas em inglês) e uma mitologia que não foi nada bem explorada. É um bom filme? Definitivamente. Mas nada ótimo, pelo menos aos meus olhos.

        Espero que não tenha escrito demais e nem que tenha sido ignorante/rude. Foi simplesmente a única maneira que consegui expressar minha opinião quanto ao filme.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s