Primeiras Impressões – Thermae Romae

Thermae Romae

Título: Thermae Romae.
Autora: Mari Yamazaki.
Ano de lançamento: 2008.
Volumes: 06 (completo)
País de lançamento: Japão.

Traduzido para português? Sim (Lançado no Brasil pela Editora JBC).
Traduzido para inglês? Não.

A série “Primeiras Impressões” consiste em mostrar os pensamentos e comentários, principalmente de uma pessoa da equipe, mas geralmente com comentários e argumentos de outros para o primeiro volume de uma obra. Serve basicamente como recomendação para leitura de algo que analisaremos no futuro ou que estão começando a ser publicados e/ou traduzidos para inglês e/ou português. Tendo isso em mente, alguns dos comentários do texto podem ter surgido da opinião de outro membro do grupo, senão da minha.

Apresento-lhes então, mais um “Primeiras Impressões” do Ecchi Must Die.

othermae01_014

Primeiras impressões:

Antes de qualquer coisa devo-lhes apresentar a premissa da obra. Thermae Romae se passa na Roma Antiga, por volta do ano 128 d.C. para ser mais exato. Nesta obra acompanhamos o arquiteto Lucius Modestus, um especialista na construção de casas de banho, que viaja pelo tempo até o Japão atual para se aventurar e aprender mais sobre sua profissão com os “caras achatadas”. Ele é um personagem muito franco, sincero e sério. Esses pontos acabam sendo determinantes para a série, principalmente no quesito comédia, pois muito dela ocorre pelas caras e bocas do dito cujo ao se deparar com as “grandes” invenções dos caras achatadas japas.

Dada a premissa, já chegamos num primeiro ponto a se comentar da obra: a repetição. Vemos em Thermae Romae por diversas vezes Lucius escorregando nos banhos de Roma e indo parar em alguma banheira no Japão. Mas, será que isso chega a ser prejudicial à obra?

O ponto de destaque desse início de obra é a comédia. Definitivamente é um mangá que preza pelo humor, porém a sua utilização é diferente das demais. A autora utiliza o grande choque cultural que existe entre esses dois poothermae01_024vos para fazer uma comédia única e engraçada. Acompanhamos Lucius, diversas vezes, ficar impressionado com as coisas mais banais que a sociedade pode produzir e sua seriedade e orgulho romano dão conta do recado e nos fazem rir com a situação.

Algo importante de se comentar sobre Thermae Romae é que se trata de um manga cultural. “Como assim?”. A autora logo no prefácio da obra já deixa claro que o seu objetivo com o mangá é fazer com que os leitores japoneses se aproximem de uma cultura diferente, no caso a romana. E o método utilizada por ela foi sensacional, pois escolheu um tema em comum das duas culturas, as casas de banho, e se valeu da repetição do plot para que tudo ficasse cada vez mais evidenciado.

Vale ressaltar, ainda, como tudo é muito bem executado no mangá, sendo o foco a cultura romana e o público-alvo o povo japonês, que possui uma mentalidade mais fechada. A autora precisava de algo de fácil assimilação e compreensão para poder atingir seu objetivo.

O cenário da obra também é digno de destaque. É impressionante como a autora consegue trabalhar muito bem os diversos eventos que ocorreram na Cidade Eterna como pano de fundo, enquanto acompanhamos a história de Lucius. É importante destacar a sutileza da autora ao othermae01_003tratar de assuntos mais sérios e sem fugir do tema baseado nas casa de banho, não perdendo, assim, o foco da obra.

A narrativa do mangá, inesperadamente, surpreende. Digo isso, pois a autora consegue nos mostrar ao mesmo tempo um ótimo mangá histórico, pois nos situa muito bem em Roma, como também um mangá cultural, por conseguir demonstrar a cultura romana assim como a japonesa, e ainda por cima consegue contar a história de Lucius sem que a obra ficasse saturada com tantas vertentes sendo trabalhadas ao mesmo tempo.

A arte de Thermae Romae se encaixa perfeitamente à sua proposta. Primeiramente devemos comentar sobre a arte, mais voltada para o realismo. Isso é ótimo, tendo em vista este ser um mangá que trata sobre Roma e a arte nessa época ser extremamente detalhista e realista. Outro ponto a ser comentado são as expressões feitas durante a obra, já que Lucius é um personagem transparente quanto aos seus sentimentos e feito isso a autora consegue transmitir perfeitamente como o personagem se sente apenas com uma imagem, dando um ótimo toque para a comédia que se realiza por seu choque cultural.othermae01_022

Ademais, algo que pode incomodar o leitor é o fato da viagem no tempo, pois o personagem simplesmente se afoga numa banheira e vai parar em outra época e país. Bem, não vejo como isso pode ser explicado no futuro a não ser uma possível intervenção de algum Deus Romano. Sendo assim, vejo tudo isso como um recurso de roteiro para fazer com que a história aconteça, mas que não deve ser explicado em momento algum.

othermae01_009othermae01_011othermae01_013

Vale a pena comentar da edição da JBC, visto que a obra completa não está a disposição na internet. A qualidade do material está boa. Achei interessante o fato de terem colocado uma orelha explicando sobre a autora, um prefácio no mangá e também das notas que aparecem entre os capítulos que nos ajudam a entender melhor a obra num sentido geral. O único ponto negativo vai, mais uma vez, para o preço. Ninguém merece pagar R$ 20,00 reais num único volume de mangá. A editora pode ter as suas justificativas, mas ainda assim está caro.

Trata-se de uma obra curta, de 06 volumes, e vale o investimento em adquirir Thermae Romae em sua coleção por causa de sua qualidade e porque não é possível encontrar todo o mangá pela internet também. Bem, essas foram as minhas primeiras impressões sobre o início de Thermae Romae. Em breve faremos uma review da obra completa.  Aguardem!!!

É isso aí pessoal, obrigado pelos que leram até o final e gostaria de saber a opinião de vocês sobre a obra. Vlw flw e até a próxima.

thats-all-folks

 

Anúncios

3 pensamentos sobre “Primeiras Impressões – Thermae Romae

    • Bom, ou vc escreveu errado, já que são 6 volumes, ou vc está errado quanto a ter lido tudo. Mas mesmo que tenha lido tudo na internet, Thermae Romae é um manga que vale muito a pena ter na sua estante por ser uma ótima obra com um excelente acabamento.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s