Comentando: Hunter x Hunter – Episódios 146 e 147

Fala galera, venho trazer aqui mais um post comentando os episódios 146 e 147 de Hunter x Hunter. Nestes episódios, temos o desfecho de duas tramas: a busca do Gon pelo seu pai, o seu pedido de desculpas para o Kaito e o desfecho da situação do Killua e a Alluka.

h x h 147 - 13

Chegamos ao capítulo 147 e falta apenas um episódio para o anime acabar, já está batendo aquela saudade. No episódio 146 o Gon fala com o Ging pela primeira vez e se desespera para falar o que aconteceu com o Kaito, como uma criança que fez algo muito errado e se apercebe disso. O Ging fala que não é para ele que ele deveria se desculpar e sim para o Kaito e os seus amigos. O que achei interessante é que nenhum momento o Gon chama o Ging por “pai” e sim pelo nome dele, pois ele foi uma figura ausente por toda a sua vida (o Leório faz esse papel melhor que ele, como visto na sua reação ao encontrar o Gon, logo seus amigos suprem a lacuna emocional da falta de um pai). Como os dois não estão habituados a esse tipo de relacionamento, é normal que o Ging fique nervoso a esse tipo de situação e o Gon aja de forma meio retraída com ele.

h x h 146 - 01h x h 146 - 02h x h 146 - 03h x h 146 - 04h x h 146 - 05h x h 146 - 06

A parte descontraída do episódio foi quando o Gon de forma tímida pergunta para o Ging se ele poderia conversar com ele mais tarde, ele responde que é uma pessoa ocupada e tal, logo os votantes da sala caem em cima dele e lhe quebram o pau falando que ele era um fracasso como pai e vagabundo, o que é verdade. Mesmo com toda essa algazarra, o Ging lhe dá vários conselhos de que ele não deveria deixar pendências e que ao pedir desculpas para quem ele deveria pedir, ele deve se assegurar em não cometer o mesmo erro duas vezes. Penso que mesmo que os dois tenham apenas uma relação consanguínea, o Ging tem uma preocupação e ao mesmo tempo grandes expectativas em relação ao Gon, o arco Greed Island é uma prova disso. O Gon também vê o Ging com admiração apesar de tudo, foi ele que o motivou a ser Hunter e ele tem um certo temor de desagradá-lo, razão dele tentar se desculpar pelo que aconteceu com o Kaito.

h x h 146 - 07h x h 146 - 08h x h 146 - 09h x h 146 - 10h x h 146 - 11h x h 146 - 12

Passando para o fim da eleição, fica claro que o Pariston acaba vencendo no final, mesmo com a minima esperança da Cheadle do Gon votar no Leório, o que obviamente não acontece pois o Gon sabe que o seu amigo não quer ser presidente e sim médico. Teve até a questão do Netero que Pariston levantou para o Gon que não sabia que estava tendo uma eleição para presidente da Associação, fala do que o Netero depois de vencer o Meruem ficou cansado e tirou umas “férias prolongadas” (no mangá ele fala descanso eterno) mas vendo pelo anime, dá para ver que ninguém o corrigiu dizendo que o Netero estava morto para não correr o risco de fazer o Gon sentir mais culpa ainda. Mas o que foi realmente inesperado foi o que ele fez a seguir, que foi escolher a Cheadle como vice-presidente e cair fora.

h x h 146 - 13h x h 146 - 14h x h 146 - 15h x h 146 - 16h x h 146 - 17h x h 146 - 18

Neste arco, vemos que existem dois grandes manipuladores: o Illumi e o Pariston. Se eu fosse escolher quem dos dois é mais perigoso, eu escolheria o Pariston, por ser mais imprevisível. As ações do Illumi são mais fáceis de prever pois ele é ambicioso e tem os seus objetivos definidos. Já as ações do Pariston são imprevisíveis pois ele não tem ambições e age apenas para trollar e manipular as pessoas e situações ao seu redor, espantar o tédio e mexer os pauzinhos, como visto na sua resposta para Cheadle que ele fala que só queria encher o saco do Netero e avisa que se ela construir uma associação chata ele voltaria para tirar ela e um monte de gente de ação. Ele vai muito além do conceito de não ter nada a perder, ele tem coisas bem em mais interessantes para fazer do que ficar em uma cadeira de presidente. E o incrível que ele é um cara que nem precisa mentir para manipular alguém, ele tem a habilidade de moldar as situações e momentos para isso acontecer

h x h 147 - 01h x h 147 - 02h x h 147 - 03h x h 147 - 04h x h 147 - 05h x h 147 - 06

Passando para o destaque desse episódio, dá para notar que houve um trabalho especial da direção do anime na parte em que o Killua fala para a Nanika que ela não deve mais aparecer depois de teletransportar o Illumi de volta para a sua casa. Os tons claros da animação deu um toque de expressividade à cena emocional do Killua agindo de forma dura com ela e depois se desculpando por essa atitude insensível, logo depois da Alluka chorar e ficar indignada por ele ter tratado a Nanika daquele jeito. Vemos aqui que invés de forçar a Nanika a não sair mais, ele fala que ela não precisa mais conceder desejos para os outros pois ela e a Alluka já tem a atenção dele de forma definitiva.

h x h 147 - 07h x h 147 - 08h x h 147 - 09h x h 147 - 10h x h 147 - 11h x h 147 - 12

Já no início do episódio 147, vemos na conversa entre o Koala e o Kaito uma reflexão das atitudes que ele tomou antes e depois de se tornar formiga. A natureza de assimilação da espécie das Formigas Quimeras é bem similar aos preceitos de morte e renascimento presentes nos ensinamentos e filosofias budistas e de outras religiões orientais. Ele acabou representando isso comparanso as grandezas do universo e os diminutos átomos que compõem a matéria e o corpo humano, presumindo que a consciencia de eatar vivo seja uma coisa menor ainda. Passando para sua a história do Koala, ele era um assassino profissional provavelmente a mando do Gyro e continuou fazendo o seu trabalho mesmo depois de se tornar formiga. Mesmo decidindo que tomaria um rumo diferente ele passou a seguir o mesmo rumo matando outras pessoas inclusive uma pequena garota para que outras formigas não brincassem com ela e a torturassem antes de matá-la. Ele percebeu que ele fez isso apenas por uma tentativa falha de amenizar a sua consciência pesada e desabafou isso para o Kaito, que agora tem uma aparência idêntica a essa garota. O que temos a destacar aqui é o bom trabalho dos seiyuus do Koala e do Kaito (que agora tem o mesmo dublador do QT de Space Dandy) em realizar esta cena. E isso acaba servindo também como um dim definitivo ao arco das Formigas Quimera, explorando o último personagem desse arco e fechando assim todas as pontas, fazendo isso no começo do episódio quebrando assim a expectativa de quem não acompanha o mangá ainda. Aliás, eu penso que no mangá esse diálogo saiu mais natural.

h x h 147 - 13h x h 147 - 14h x h 147 - 15h x h 147 - 16h x h 147 - 17h x h 147 - 18

Logo em seguida o Gon resolve as suas pendências com o Kaito e o Killua, ele pede desculpas para os dois. O Kaito não entende por que ele fez isso, por outro lado o Killua estava esperando isso (e contou isso de uma forma bem comédia, com reclamações da Alluka). Com isso o Kaito reconhece que tanto ele quanto o Gon precisam ficar mais fortes para proteger seus companheiros e esse é uma conclusão logica e satisfatória para os dois. Eu não gostei da parte que o Kaito aparece como uma garota uns episódios atrás, mas acho que isso acabou por possibilitar que uma mensagem importante seja passada para o Gon e para o Killua que a distância não diminuirá a sua amizade.Como o Kaito falou, eles serão sempre amigos apesar deles estarem se separando, mas mesmo assim, nos vem a mente todos os momentos que eles passaram juntos nesta jornada para encontrar o Ging, encerrando uma etapa da vida deles. A propria ending do episódio destaca bem isso, mostrando os momentos mais marcantes do período que eles estiveram juntos.

Tudo que aconteceu foi especial para os dois, o Killua conseguiu a liberdade e a companhia da Alluka e o Gon conseguiu achar seu pai. E assim ficamos a um episódio de acabar o anime, com certeza o post da semana que vem será especial. Eu gostei desses dois episódios, e vocês?

Anúncios

9 pensamentos sobre “Comentando: Hunter x Hunter – Episódios 146 e 147

  1. Com certeza esses dois episódios foram uma montanha russa de emoções, hora alegre, hora triste, hora alegre mas com lágrimas, foi um desfecho emocionante sem dúvida, todas as pontas do arco Quimera Ants se fechando, e o anime soube transportar isso muito bem;

    A despedida dos Dois foi legal, na hora e momento certo, Killua queria descobrir o que fazer da vida e agora tem um propósito, Gon encontrou o pai… Isto deve ser abordado pelo Togashi ainda, mas agora quem não tem uma motivação é o Gon…

    Ótimos episódios esses dois, este Remake decepcionou no começo, mas conseguiu dar a volta e fechar o anime com maestria (o que não apaga os erros), o episódio 148 vai ser FODA!

  2. Achei muito interessante o Killua ter finalmente achado aquilo que o motivaria seu objetivo de vida, vi em uma sinopse de apresentação de personagens em um volume que comprei que dizia que Killua viajava com Gon em busca de algo que despertasse seu interesse, e que bom parece ter encontrado esse algo, que de certa maneira estava ligado a resolução de seus sentimentos, sua liberdade e o encontro de um dever, algo que ele sabe que deve fazer. sendo assim ele não precisava mais estar com Gon, era inevitável, e triste ao mesmo tempo, seus objetivos eram diferentes e cada um tem que seguir com sua vida, e óbvio que eles não precisavam deixar de ser amigos por isso.
    Ao mesmo tempo não sei bem explicar o porque mas senti muita pena do Killua quando a Nanika não sumiu e só chorou, quando Killua se desculpou e Nanika o perdoou, não pude deixar de pensar no fardo gigantesco que ele vai carregar para o resto da vida.
    Sobre o Gon achei bem normal ele não chamar Ging de pai, é normal em crianças que enfrentam ausência paterna, ou materna(ou negligência mesmo chamarem os pai pelo nome próprio, até mesmo quando esses pais tentam se redimir ou se redimem mesmo e voltam a exercer seus deveres paternos e se arrependem os filho continuarem os chamado pelo nome mesmo, ou pelo menos demorar bastante pra conseguir chama-los pai ou mãe. De resto mesmo não consigo entender, Ging é um idiota ‘–, ele tem grandes expectativas e preocupação com Gon? Oxente então porquê ele não exerce seu dever de pai, o natural seria ele não ligar para o Gon, por que se realmente ligasse pra teria tentando se aproximar, ou ou ensina-lo as manhas secretas fodas dele de nen ,visitar sei la, eu sei que to deixando meus sentimentos nublarem o raciocínio, mas urgh..como eu queria ser um dos kras da plateia e ter tentando dar um murro nele, apesar que duvido se conseguiria.
    Gostei de terem mostrado outro lado do Ilumi ele não é só o irmão mais velho assassino doente que tem um amor distorcido pelo irmão, ele é ambicioso e maligno, isso amplia mais o personagem na historia, eu já sabia que ele era maligno, mais ficou mais claro isso pra mim aqui, que ele também tem um lado canalha, desprezível o que desconstrói totalmente a imagem de irmão amoroso, eu sei que é estanho tentar tirar qualquer lógica emocional dessa família bizarra kkkkk.
    Droga escrevi tanto, e o que mais queria falar era do núcleo koala, Kaito. O engraçado é que não pensei na lógica budista mas sim no quanto o Togashi tinha aprofundado e trabalhado bem sua ideia das formigas quimera, apresentando inclusive uma quimera que tinha uma teoria de o por que alguns humanos voltavam como formigas, baseado no seu instinto, no seu sentimento, na sua fé de algo que ele não consegue explicar e vê apenas como especulação( pelo menos pra mim existe a possibilidade de talvez não ser esse o motivo de algumas formigas reencarnarem com suas memorias humanas), o que me reforça a teoria de que os humanos tem naturalmente uma fé natural em algo maior que eles, uma força que os direciona para fazerem o que acreditam ser certo, não necessariamente sendo, Deus, Buda, Shiva ou Orixas, sei lá. Mas interessante ver por esse ponto de vista de Buda também, aliás a religião dos meus pais,espiritismo, também prega a reencarnação, a reencarnação é base do espiritismo e ela que teoriza, mantém coesa todas as explições que compõe a doutrina, a conheço bem por que foi a religião da minha infância, e acho que existe outras religiões que pregam reencarnação também, não? ou eu talvez esteja enganado não conheço tantas religiões assim para falar mais elaboradamente sobre isso. Como eu disse não tinha pensado sobre seu ponto de vista, é referencia ao budismo mesmo? nunca me atento bem sobre as intenções do autor se faziam referencia a isso ou não desculpe se eu estiver sendo ignorante(no sentido de pouco conhecimento ou habilidade interpretativa) sobre Kaito quimera, eu gostei da menina bocuda kkkkk, prefiro Kaito assim na hora de uma conversa no anime, do que aquele boné cobrindo tudo do olho e o rosto fino de mais do qual eu não gostava, achava simples demais aqui consegui entender melhor sua expressividade e achei mais interessante. E aonde esta o rabinho de ratinho(a) quimera do kaito, só penso que ele botou escondido em uma das pernas da calça huehueh, eu ia achar mais legal se ele tivesse aparecido com ele kkkkk.

  3. O Killua talvez seja o melhor personagem de HxH, só espero que o arco do Continente Negro não seja o último do mangá pois acho que ele não vai participar e a despedida dele do Gon não seria um desfecho completo pra ele. Se o Togashi não desistir do mangá e se produzir no ritmo “bom” dele chuto que teremos Hunter x Hunter por uns 6 ou 8 anos ainda.

  4. Uma das maiores qualidades de HXH é justamente sua coerência.Tudo que foi apresentado por Togashi, foi se resolvendo sem forçação de barra, de forma muito natural. A relação de Gon com pai(negligente) dele é bem diferente de, por exemplo, Naruto no qual o pai fantasma do ninja gari é simplesmente um psicopata que colocou um demônio powerup no próprio filho(sem se importar com as consequêcias de estragar um mangá com potencial). Gon mesmo fala que o pai dele é como se fosse um parente distante que sempre ouvimos várias estórias fantásticas e queremos conhecê-lo, consequentemente ele irá tratá-lo de forma respeitosa, mas sem babação de ovo extrema. Gon só precisa de Mito e seus amigos para viver bem.

    Um coisa interessante, e que ninguém aparentemente se pergunta, e a mãe verdadeira do Gon? Quando Gon e Killua estavam ouvindo a gravação de Ging no velho aparelho de som, ao tentarem copiar a fita deu aquele problema com o nen(que apagou a fita) e não deu tempo de escutarem o que Ging iria falar com relação a mãe verdadeira de Gon.
    Provalmente um tema pra ser explorado no futuro, no Continente Negro talvez?
    O fardo de Killua será gigantesco e com certeza Illumi(e talvez outros Zoldycks) o seguirá até os confins do mundo HXH em busca de seu objetivo. Várias pontas soltas que podem ser melhor exploradas futuramente

    Enfim, 2 episódios fantásticos como de praxe.

  5. Foram ótimos episódios *—-* (e um ótimo ‘comentando’ tbm ;D )
    Eu me emocionei nos 2 episódios, senti toda a pressão que o Gon estava passando, e até me importei com a história daquele Koala (PqP, Togashi vc é FODA! Conseguiu fazer um personagem que pouco apareceu no arco, no final, ter uma tremenda profundidade).
    A despedida do Gon x Killua foi tensa /;
    Chorei muito, pqp 😥 😥
    Antes disso, a cara que o Gon fez ao ouvir o Killua falar que tinha algo para fazer agora, que era proteger seu/sua irmão/irmã, nossa… Ele fez aquela cara de orgulhoso. Tipo, o Killua não tinha bem um objetivo de vida, ele simplesmente seguia o Gon na jornada para encontrar o Ging, mas ao ver que o Killua finalmente encontrou algo para ele msm fazer, por vontade totalmente dele, o Gon fez aquela cara de feliz e orgulhoso *–*
    Eu chorei de + quando os 2 viraram de costas um para o outro, e finalmente se separaram 😥 😥 😥
    Bom, era inevitável, néh… );
    A música do final… KRALHO, foi a Ending 3 – Reason (a minha favorita :3 :3 :3 )
    A direção de animação destes últimos episódios está de parabéns!! (Aliás, o anime inteiro teve uma excelente animação).

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s