Comentando: Fate/Stay Night: Unlimited Blade Works 12

Tudo que é bom chega ao fim (pelo menos por enquanto), e cá estamos, depois de 3 meses, com o último Comentando de Fate/stay night UBW da primeira cour. Um episódio duplo incrível, em que vemos diversas facetas do Shirou, da mais alegre, da atrapalhada e do desespero. Meu nome é Guilherme Lemos e espero que esteja aqui para a próxima temporada.

O episódio começa com a forma de que Rin fez para que o nosso protagonista pudesse se divertir, algo totalmente inesperado por Shirou, um encontro na cidade vizinha. Pode ser estranho, mas ao longo dessa parte, por diversos momentos vemos Shirou agindo de maneira envergonhada e embaraçado, devido as constantes brincadeiras feitas com ele pela Rin. Quando estavam falando da sua altura, Shirou diz que deseja ser mais alto, e Rin faz um comentário bem sorrateiro que ele com certeza será maior, quando questionada, ela acaba desconversando. No entanto foi algo bem suspeito, como se ela tivesse uma “certeza”. No demais, foi uma parte com um foco de slice of life muito leve, porém o que mais me impressionou foi a riqueza dos detalhes, inclusive no cenário que pareceu muito orgânico. Até mesmo Saber recebeu alguns momentos moe como as cenas dela comendo, a disputa na máquina de baseball, dando força ao seu aspecto competitivo. No demais, toda essa cena do encontro serviu para desenvolver um pouco a relação de Shirou e Rin, ela provocando ele e ele as vezes a deixando envergonhada, uma tsundere basicamente, mas sem a violência costumeira como os outros animes.

[HorribleSubs] Fate Stay Night - Unlimited Blade Works - 12 [720p].mkv_snapshot_05.41_[2014.12.28_17.21.26]
[HorribleSubs] Fate Stay Night - Unlimited Blade Works - 12 [720p].mkv_snapshot_12.19_[2014.12.28_17.31.01]

E ali a parte leve do episódio termina, iniciando uma queda vertiginosa na alegria, até o momento . Vemos Taiga visitando o túmulo de Kiritsugu, onde era o seu encontro mencionado anteriormente. Nesse episódio é onde eu vi mais a atitude de guardiã que Taiga tem para com Shirou, pedir juízo antes do encontro e conversando sobre o desenvolvimento do menino com o túmulo do seu pai, foi uma cena pequena, mas mesmo assim foi bem importante para deixar claro qual é a relação entre ela e ele.

[HorribleSubs] Fate Stay Night - Unlimited Blade Works - 12 [720p].mkv_snapshot_12.40_[2014.12.28_02.02.59]

Na volta, Rin questiona se Shirou se divertiu, mas não recebe uma resposta satisfatória. A conversa é interrompida quando eles caem na armadilha da Caster, uma barreira mágica sobre a ponte, uma cena original que não tem na VN, mas que foi executada de maneira bem concisa, fazendo sentido na obra e no momento.. Usando a água para criar novos Dragon Tooth Warriors para acuar o trio, Caster aparece e dessa vez com Taiga como refém. Seu objetivo é conseguir uma aliança com Shirou, para usar Saber contra Berserker e assim conseguir vencer a guerra.

[HorribleSubs] Fate Stay Night - Unlimited Blade Works - 12 [720p].mkv_snapshot_16.34_[2014.12.28_17.46.56]

Tendo sua proposta recusada,  Caster diz em voz alta quem era Shirou no passado, e sua relação com o Graal, note que Rin e Saber não sabem disso, e no material original, a Saber nunca soube e a Rin só ficou sabendo mais tarde. Eu digo que existe dois Shirous, um antes da Quarta Guerra e outro depois, nada se conhece do antes, apenas do depois, que é o Shirou aqui presente. Ele simplesmente não tem saída, e acaba oferecendo seu próprio braço com os selos de comando a mercê de Caster, que pretende tirar o braço inteiro dele. Nessa parte, o que mais me marcou foi o comentário da Rin: “Você não tem que ir até os extremos para ajudar os outros!“, que é justamente o que ele acaba fazendo, não valorizando a si mesmo, como é mostrado na cena anterior.

[HorribleSubs] Fate Stay Night - Unlimited Blade Works - 12 [720p].mkv_snapshot_22.36_[2014.12.28_17.55.17]

Quando Saber parte para o ataque, Shirou acaba usando um selo de comando sem querer e dá brechas para o ataque de Caster, seu Noble Phantasm é o Rule Breaker, que tem como efeito anular qualquer feitiço, inclusive os selos de comando, passando para Caster. Nessa cena eu gosto de pensar que o próprio sistema da Guerra acabou sendo beneficiário para Caster, Shirou sem querer usou o Selo e deu a oportunidade perfeita para que Caster pudesse usar o seu NP.

[HorribleSubs] Fate Stay Night - Unlimited Blade Works - 12 [720p].mkv_snapshot_23.11_[2014.12.28_17.58.22] [HorribleSubs] Fate Stay Night - Unlimited Blade Works - 12 [720p].mkv_snapshot_23.39_[2014.12.28_02.14.13]

Shirou não tem mais importância, agora que ele não é mais um mestre, mas ele não está sozinho. Rin, mestre do Archer está presente e tem que ser eliminada, Caster usa um selo de comando para forçar Saber a matar ela, porém Shirou usa seu corpo para proteger Rin. Aqui novamente vemos como o Shirou faz de tudo para defender os outros, colocando até mesmo sua vida em risco. Archer acaba conseguindo entrar na barreira e salvando todos, mas mesmo assim o estrago está feito: Shirou está ferido e está sem a Saber.

[HorribleSubs] Fate Stay Night - Unlimited Blade Works - 12 [720p].mkv_snapshot_25.08_[2014.12.28_18.05.35] [HorribleSubs] Fate Stay Night - Unlimited Blade Works - 12 [720p].mkv_snapshot_26.21_[2014.12.28_18.08.58] [HorribleSubs] Fate Stay Night - Unlimited Blade Works - 12 [720p].mkv_snapshot_26.36_[2014.12.28_18.09.16]

A conversa da Rin com o Archer foi deveras peculiar, no sentido de que ela consegue perceber as nuances das ações dele, e junto com os sonhos que eles dividem, entender melhor quem ele é e os motivos dele agir do jeito que age. Nesse diálogo dá mais pistas sobre quem seria o Archer na sua vida mundana, como a preocupação com um visitante, que Rin pensa que é Shirou, porém ele se referencia a Taiga, pra quem não for burro, a charada já foi matada, e essa preocupação tem total sentido. Nessa cena ela dá uma importante informação, o catalizador que providenciou a invocação da Saber e a sua cura avançada não funcionará mais, já que o pacto com Saber foi quebrado. Agora o Shirou teria que repensar melhor as suas ações, pois sua vida pode estar mesmo em risco, não que eu acho que ele compreenda isso ou que saiba da existência da Avalon, e detalhe: tudo que ele fizer agora, será pelos seu méritos, sem ter ajuda da Saber por exemplo.

[HorribleSubs] Fate Stay Night - Unlimited Blade Works - 12 [720p].mkv_snapshot_30.12_[2014.12.28_19.06.57] [HorribleSubs] Fate Stay Night - Unlimited Blade Works - 12 [720p].mkv_snapshot_31.49_[2014.12.28_19.18.38]

Depois de mais conversas com o Archer sobre o que eles devem fazer quanto a Caster e sobre o pacto entre Rin e Shirou se ainda tem validade ou não. Rin é incisiva quanto ao pacto, por mais que ela não queira ver o Shirou ferido, sabe muito bem que ele não tem condições para lutar do jeito que está. Lembram do colar com pingente vermelho, o mesmo dos episódios iniciais? Shirou relembra que ele foi salvo por ela e deixou o colar lá, porém caso vocês se lembrem, Shirou pegou o colar e deixou em sua casa, como pode estar novamente ali? Deixo essa pergunta para vocês pensarem.

[HorribleSubs] Fate Stay Night - Unlimited Blade Works - 12 [720p].mkv_snapshot_33.59_[2014.12.28_19.21.18]

Nessa segunda metade do episódio, é interessante ver como existe um foco maior na Caster, agora que ela tem a Saber, ela não precisa mais ficar acuada, e notem no detalhe da conversa dela com o Assassin, os detalhes sempre fazem a diferença, como no momento em que ele diz: “Na verdade, essa pessoa quem você chama de Kojiro, não se sente verdadeiramente viva.“, note que ele se refere em terceira pessoa, dando indícios que ela é quem disse que ele é Sasaki Kojiro, algo bem suspeito. A conversa deles é interessante, é bem claro que ele não gosta nem um pouco dela e ela apenas acha sua existência conveniente até certo momento, controlando até mesmo o momento de sua morte. Note que ela estará mudando de localização, mas ele não. Outro comentário interessante é a palavra amor que ele diz que Caster tem por seu mestre, ela fica irritada com esse comentário, por qual motivo? Já sabemos que ela odeia ser chamada de bruxa, o que mais pode irritar essa mulher sobre o amor ?

[HorribleSubs] Fate Stay Night - Unlimited Blade Works - 12 [720p].mkv_snapshot_34.50_[2014.12.28_19.22.13] [HorribleSubs] Fate Stay Night - Unlimited Blade Works - 12 [720p].mkv_snapshot_36.25_[2014.12.28_19.33.57]

Caster visita Kirei Kotomine, o mediador da Guerra, perguntando onde está o Lesser Grail, que aparentemente só aparecerá quando todos os servos restantes forem eliminados, uma luta ocorre e vemos que Kirei não é tão indefeso como pode parecer, lutando com sua arte marcial e suas Black Keys contra os Dragon Tooth Warriors da Caster. Note que Lancer conversa com Kirei por longas distâncias, da mesma forma que Rin e Archer fizeram anteriormente, isso implica que Lancer é o servo de Kirei Kotomine, alguém que pelas regras da Guerra, não deveria ser um mestre, mas como isso aconteceu é outra história. Note a expressão de desdém do Lancer e seu comentário faz jus a um passado não muito recente, referenciando uma certa ação do Kirei, de quem anteriormente ele chamou de covarde.

[HorribleSubs] Fate Stay Night - Unlimited Blade Works - 12 [720p].mkv_snapshot_39.05_[2014.12.28_19.39.43] [HorribleSubs] Fate Stay Night - Unlimited Blade Works - 12 [720p].mkv_snapshot_40.13_[2014.12.28_19.44.12] [HorribleSubs] Fate Stay Night - Unlimited Blade Works - 12 [720p].mkv_snapshot_40.26_[2014.12.28_19.45.23]

A última cena mostra o Shirou procurando Rin para continuar na luta, porém Rin dá a ele a verdade nua e crua: Sem a Saber para te auxiliar, você é incapaz de ajudar, desista da Guerra e você continuará vivo. Certamente é um baque gigantesco para Shirou, ele não tem mais amarras com a Guerra do Santo Graal, mas ainda assim persiste em lutar, porém é incapaz disso. Note também que nessa cena final, a música de encerramento foi uma nova versão da música The Illusion, velha conhecida dos fãs mais antigos e dos que assistiram a versão de 2006.

[HorribleSubs] Fate Stay Night - Unlimited Blade Works - 12 [720p].mkv_snapshot_42.12_[2014.12.28_19.48.48] [HorribleSubs] Fate Stay Night - Unlimited Blade Works - 12 [720p].mkv_snapshot_43.09_[2014.12.28_19.49.49]

Eu adorei esse episódio, as cenas novas que não tinham na VN, deram mais força para os personagens e suas motivações, começar com uma parte leve e depois deixar mais pesada me lembrou bastante o episódio 0. As diferentes facetas do Shirou, como envergonhado, irritado, decidido, desesperado, foi um grande prato para o personagem. Ver a relação entre Rin e Shirou, que eu não considero muito um romance, mas em suma uma parceria é muito agradável. A relação entre Archer e sua mestre. O tsunderismo da Rin, o moe da Saber, a breve aparição do Lancer, tudo pra fechar essa primeira metade com um soco na cara do Shirou: VOCÊ NÃO É NADA SEM A SABER, AGORA DESISTA. Realmente quero ver como ele vai lidar com a sua perda e lutar contra seus adversários e o preview do segundo cour me deixou mais feliz ainda, pois é onde toda essa construção lenta e concisa que tivemos até agora vai explodir em que julgo eu, vai ser um dos melhores animes do ano, certamente.

Bônus:

Com a Comiket 87 rolando lá no Japão, não poderia faltar a Type-Moon com um novo anuncio, dessa vez é o segundo trailer do já anunciado RPG para IOS e Android: Fate/Grand Order, com a música de Maaya Sakamoto, a voz de Jeanne D’Arc em Fate/. Pouco sabemos sobre sobre o que será esse RPG, mas especulam-se que o cenário será a Roma Antiga, e temos segundo as imagens as aparições de Saber, Archer, uma classe descartada na versão beta chamada Shielder, o nosso Lancer de stay night aparecendo como um Caster, e um servo desconhecido que acreditam ser Calígula.

22 pensamentos sobre “Comentando: Fate/Stay Night: Unlimited Blade Works 12

  1. Excelente comentários novamente, lemostr00, e sinceramente espero que esteja por aí aos lançamentos semanais da season 2, que com certeza, já possui meu hype e acredito que será incrível (afinal de contas, deixaram basicamente tudo pra IMPLODIR na segunda parte). Agora uma coisa que você falou que eu acho interessante. Principalmente no Shirou das rotas Fate e UBW, a heroína (seja Saber ou Rin, funcionam mais como parceiras (pelo menos no início até o meio da história) do que como amantes. Há atração? Claro que há. Mas pra alguém tao aficcionado no dever de ser um aliado da justiça como o Shirou, pra conseguir chamar a atenção dele, teria que ser desse jeito. O que é bem diferente do Shirou de Heaven’s Feel, que desiste de seus ideias ou de segui-los devido a pessoa que ama, onde a amada tem que ser logo definida pro contexto.
    P.s: o Cu Chullain de Caster já faz ele ser um dos melhores servos da classe só por ser ele (e que excelente sacada do Nasu, porque na lenda dele, ele se categoriza perfeitamente nessa classe).

    • Apesar de não gostar muito das três heroínas, reconheço que o romance entre o Shirou e Sakura é o menos bizarro e mais… romancesco mesmo.

      Alem do Chulain, o Berserker de Stay night será um Archer, a classe que ele mais fica forte… tantas possibilidades esse jogo tem…

  2. Humm… interessante. Tava procurando também informações, e falaram que seria uma espécie de reboot. Vamos ver. E que traduzam o jogo rapidamente pra poder joga-lo. Agora depois, de Heaven´s Feel, sendo um filme ou vários, a quantidade de coisa pra se adaptar de Fate/ ainda é enorme, ainda que queira que eles (Ufotable) fizesse um remake de Tsukihime. Mas não se pode ter tudo.

    • Temos que ficar de olho quando lancar a revista da type-moon volume 10, mas sobre as traduções, eu acho bem difícil que o ocidente consiga conhecer, até pela region lock e por entrar no jogo pra mudar seu diálogo e tal. É algo complicado, o jogo de fate/zero também era no mesmo esquema e nunca aconteceu as traduções, é bem complicado.

      • Pow, que chato…e tipo, deve ser algo nos moldes de Fate/Extra e Fate/Extra CCC, uma nova visão da Holy Grail War, contada de uma forma diferente e com outros parâmetros. Isso dá pra ver só no fato de se ter a classe Ruler (Jeanne D’arc) e a classe Shielder, que seria uma classe anti-Saber que tinha sido pensada já nos tempos de criação da Visual Novel, até com uma possível rota pra mesma, mas que foi engavetada com o tempo (se não me engano, ia ser usada no Fate do estúdio DEEN como história feita inédita pro anime, mas o estúdio prefiriu pegar conteúdo das outras rotas invés disso, e ficou aquele samba do crioulo doido no roteiro, ou seja, babacas). E interessante, mas esse trailer (com uma excelente animação feita pela A-1 Pictures, o que me deixa feliz por ver que outro estúdio além da Ufotable pode animar Fate/ de uma forma foda, e o estúdio é o responsável pela opening do jogo) me deu a idéia de existir uma relação entre o Archer de Fate/Stay night e da Shielder, já que mostra ele olhando ela no fogo (referência ao fogo em Nova Fuyuki?) e outro olhar logo depois entre os dois, mas pode ter sido só impressão mesmo.

  3. O nome da música é Disillusion,não The Illusion. Só passei para comentar isso, dei uma breve lida. Fiquei puto pq irão fazer a mesma coisa que Fate/Zero, jogar tudo para a second season…

    • Mas é assim que a rota original é mesmo, até o momento x não acontece muita coisa, mas depois… vai ser aquela coisa.

      Sobre essa música eu fiquei com dúvida nisso também, vi lugares com this e disi, decidi colocar a primeira mesmo.

      • Mas não é erro. Ela é This Illusion, por ser remake da primeira música, a utilizada como abertura da Visual Novel. Ao longo dos anos ela sofreu alterações não só na letra como na melodia, aí seu nome foi Disillusion. Mas a música cantada pela LiSA é a letra da This Illusion com a melodia feita pela Kajiura. Foi as informações que consegui.
        E em obras imaginadas como novels, independente da mídia, geralmente tem em sua metade da história em diante o ínicio do clímax de tudo que foi construído anteriormente. Isso é comum da literatura de fantasia e ficção científica. Exemplos temos aos montes na literatura japonesa de novels e mesmo animes, como o próprio Fate/Zero, Steins;Gate, Darker than Black. E sinceramente, as pessoas se queixam de falta de acontecimentos, mas pelo menos em minha opinião, aconteceu coisas pra carai nesses 13 episódios, de luta a desenvolvimento de personagens e suas interações. O problema que as pessoas se esquecem muito rápido de acontecimentos de episódios anteriores (não é crítica a ninguém, mas conheço muita gente que não lembra de [quase] nada do episódio 00 e 01, ainda que tenham muitas coisas relevantes lá).

        • Pois é, eu mesmo quando li e assisti a primeira metade de Fate/Zero eu achei um saco do caralho, só depois veio a melhora. Em Steins;Gate também, primeiro uma metade slice of life com comédia(que eu gostei mais que a segunda parte), pra depois apresentar o resto da história.

          Já falei várias vezes no Comentando, as coisas estão acontecendo para um clímax incrível, também digo pra ter atenção para com as coisas apresentadas, pode até ser estranho o Archer ajudar e depois tentar matar o Shirou, mas tem um sentido nisso que vai ser mostrado no próximo episódio.

        • Dessa eu não sabia, boa pesquisa sobre a música🙂
          Sim sim, de fato várias obras deixam o clímax de fato para o final, isso é clássico e tradicional, mas é muito estranho um “battle royale” de 7 servos só ter uma morte (que diga-se de passagem, foi como nada) em 13 episódios. Eu já vi o filme mas ainda não joguei a rota, sei que ainda tem tudo para vir na próxima temporada, mas, se você pegar gente que não sabe nada dessa franquia e lhe mostrar essa 1 temporada, o apego deles vai ser menor do que se tivesse mais ação. Claro que isso atrapalharia a obra e só faria “vender mais”, porém é um fato que achei importante comentar.

        • Mas stay night não é um battle royale de feiticeiros, quem faz isso é fate/zero, a proposta aqui é outra coisa.

          É como evangelion, onde os mechas são o cenário em que os personagens estão inseridos, aqui também funciona mais ou menos dessa forma.

        • Pois é, é um cenário para evoluir personagens, e na VN, para diálogos e putaria. Mesmo assim, continua uma excelente obra com diversos acontecimentos que mudam o rumo de tudo, e, como um bom artífico para uma obra “””””””battle royale”””””” que se prese, tem rotas com diferentes acontecimentos gerando frutos diversos.

  4. Exatamente isso, lemostr00. E cara, se eles conseguirem adaptar os dois momentos cruciais da rota, que converge tudo que foi dito nessa season 1, cara, vai ser animal. Mas pra isso funcionar, ou eles colocam quase todos os monólogos do Shirou, ou colocam uma narrativa visual através de cenas extras, se não vai ter muita reclamação de “shounenzificaçao” do clímax (você deve saber de que cenas estou falando, lemostr00).

      • Bem, pelo que confirmei serão 90 minutos de cenas adicionais, com a já confirmada explicação das Marble Reality, que deveria ter sido no prólogo. Isso dá em torno de 3 episódios e meio de duração extra?

        Quanto a ser monólogos do Shirou, provavelmente terá alguns pontuais que faltaram, mas até aqui estou muito satisfeito com a interpretação da Ufotable/diretor para o personagem. Ele é um dos meus favoritos até aqui, junto com o Lancer (melhor bro, #xupaiskandar e #brincadeirinhafanboysnaomematem) e o Archer. O problema do Shirou é a péssima reputação que tem. Então, sinceramente, colocarem os monólogos claramente eleva a profundidade do personagem, mas duvido que fará mudar a opinião de quem já decidiu considera-lo inútil.

        P.s: Será que uma boa alma terá a gentileza de legendar em português os BDs, lemostr00?

        • Cara, eu não sei, mas eu estou tranquilo com o inglês, pois é bem provável que o box já venha com a legenda de fábrica. É uma tendencia que vem acontecendo nesses últimos anos.

  5. E entendi sua crítica e comentários ao método de narrativa, Alone Knight. Ser o tradicional e talz não significa que é o mais agradável. Fate/Zero mesmo, achava um porre ver a season 1. Era ruim? Claro que não. Mas a narrativa lenta me incomodava. Nada potencialmente importante acontecia – e veja bem, a Light Novel do Urubochi foi planejada quase que como um script de anime, afinal ele espelha essa mídia na narrativa dele, enquanto a Visual Novel do Nasu não foi planejada de tal forma. Ela tem o aparato de imagens, músicas e escrita diferente na sua narrativa que conta muito mais com monólogos do protagonista pra narrar a história do que narrativa em terceira pessoa. E ambas tem uma coisa em comum. Não foram previstas pra terem uma pausa na narrativa e recomeçar depois de 3 meses. A Ufotable sabe disso. Mas orçamento da produção não permite a consistência da qualidade se estenda em 25 episódios seguidos. O pessoal subestima o estúdio. Não é que eles tenham rios de dinheiro pra produção. Eles tem uma quantidade acima dos demais estúdios e usa bem o tempo de pré – produção (no BD, verá que na verdade essa season 1 deveria ter sido 19 a 20 episódios, somando tudo). Não vamos nem comentar porque o post já tá enorme, sobre a divisão da construção do mundo nas três rotas e o espelhamento que todas tem entre si (e sou do time que acha Fate/Stay Night um pouco melhor que Fate/Zero, embora ambos sejam incríveis).

  6. Eu também. Mesmo que eu tenha o que chamo de inglês de buteco, eu me arranjo pra entender. Fogo vai ser devido aos monólogos, mas se tiver até isso não vira problema. E que eu saiba, sim, a tendência que saia os BDs já legendados pela Aniplex America

  7. Eu também. Mesmo que eu tenha o que chamo de inglês de buteco, eu me arranjo pra entender. Fogo vai ser devido aos monólogos, mas se tiver até isso não vira problema. E que eu saiba, sim, a tendência que saia os BDs já legendados pela Aniplex America.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s