Review – FreakAngels

Dae pessoal, aqui é o Estupratom trazendo mais uma review para vocês.

Como finalmente entrei de férias, pretendo fazer reviews de algumas obras que li nesse semestre. Durante os próximos meses pretendo fazer algumas reviews de HQs e filmes, além dos podcast.

Hoje eu irei falar sobre FreakAngels, a webcomic lançada por Warren Ellis e o desenhista Paul Duffield. A parte inovadora da HQ está no modelo de publicação, proposto por Ellis à editora Avatar Press, que financiou o projeto. A HQ foi publicada semanalmente na internet, em capítulos de seis páginas, desde 2008 até 2011, e é acessada de forma gratuita. Ao longo da publicação online, as histórias também foram reunidas em coletâneas de papel (no total de seis volumes) que, segundo Ellis, vendem bem apesar do material estar de graça na rede. Freakangels também é um dos poucos exemplos de autores dos quadrinhos tradicionais que passaram para a publicação online.


FreakAngels 2

Muitos devem conhecer o renomado Warren Ellis, principalmente por suas obras publicadas no Brasil, como Transmetropolitan (DC/Vertigo)Planetary (DC/Wildstorm), Iron Man Extremis (MARVEL)Stormwatch (DC/Wildstorm). Como vocês podem ver, ele é um autor que fez renome nos principais selos da atualidade, e seu trabalho é mundialmente consagrado.

Transmetropolitanellis_and_cassadays_planetary-207159

O artista Paul Duffield é principalmente conhecido por seu trabalho em Freakangels e na HQ Fashion Beast, que foi escrita pelo Alan Moore e publicada no Brasil ano passado. Mais trabalhos dele podem ser encontrados em sua página na Comic Vine.

Vamos para a sinopse da obra:

juventudeHá 23 anos, 12 crianças estranhas nasceram na Inglaterra exatamente no mesmo instante. Seis anos atrás, o mundo acabou. Esta é a história do que acontece depois. Jovens, poderosos e sem uma causa, a gangue dos Freakangels construiu algo que se pode chamar de vida em Whitechapel. Uma vida que começa a mostrar grandes rachaduras quando uma garota de Manchester chamada Alice aparece com uma espingarda e um desejo de vingança.

Alice foi mentalmente torturada e teve toda sua família massacrada por Mark, um Freakangel que debandou do grupo por discordar sobre o que eles deveriam fazer com o futuro da Inglaterra inundada onde vivem.

A HQ trata de um grupo de jovens telepatas (e com alguns outros poderes) que vive num futuro apocalíptico, em uma Inglaterra inundada. São eles que tentam reconstruir a sociedade com seus poderes, ajudando desamparados e protegendo-se de ataques de seus inimigos.

white 2

O primeiro contato com a obra deixa o leitor um pouco perdido. Nenhuma das 12 crianças telepatas é definida como protagonista, todas acabam recebendo praticamente a mesma atenção, inclusive a forasteira que chega em Whitechapel querendo meter chumbo em todo mundo.

A arte não impressiona a primeira vista, mas conforme a leitura avança é difícil imaginar outro artista desenhando essa HQ. Seu estilo combina perfeitamente com as características dos personagens, a narrativa da obra e ao seu clima trágico e sexual, que ao mesmo tempo tem características inocentes.

torrekk 3Freakangels-Vol-6-HC-9781592911349-JPEG1

Os personagens são apresentados de forma individual e casual. Alguns estão trabalhando, outros estão bebendo, transando, ou mendigando pelado na rua por ter todas suas roupas queimadas pela ex-namorada. A diversidade dos personagens é riquíssima, mas como todos já são personagens prontos e rapidamente apresentados, é praticamente impossível se conectar com qualquer um deles na primeira metade da obra.

telepatas

Ellis constrói uma trama simples, mas cheia de pequenos ganchos. Os diálogos realistas e diretos nos levam rapidamente compreender as relações dos personagens e a magnitude das consequências do alagamento de Londres.

Freakangels é uma obra com poucos acontecimentos, mas riquíssima em personagens. Cada um deles tem suas ideologias e personalidades, mas os 12 telepatas estão unidos por um elo complexo e misterioso, os atos de um trazem consequências para todos. Em vez de comentar do desenvolvimento, é muito mais prático adentrar nas cidadelas de Whitechapel conhecendo seus matriarcas:


kk kk 2

KK é a primeira personagem que conhecemos. Em sua primeira aparição ela acorda na cama de um estranho após uma noite de bebedeira e sexo. Ela é uma mecânica talentosa com personalidade forte e sarcástica. Ela é uma das personagens mais carismáticas devido a sua beleza e ao seu visual cyberpunk.


connor

connor 2Connor é um dos membros mais dóceis e solitários da gangue. Sua presença é fraca mas sua coragem e caráter são altamente respeitáveis. Inicialmente ele não chama sua atenção, mas ele acaba surpreendendo nos últimos volumes.

.


Karl 1

Karl 2Karl é o FreakAngel que menos aparece. Ele deseja manter distância da maioria dos outro membros e prefere ficar cultivando seus morangos e hortaliças. Mas quando ele quer ele tem o talento de ser um filho da puta sarcástico.


Jackjack 2Jack é o mais próximo de um macho alfa dentre os integrantes masculinos da gangue. Ele está na maior parte do tempo fora de Whitechapel atrás de novos suprimentos. Mas isso é uma desculpa para não ter que presenciar as orgias realizadas por Sirkka, sua namorada liberal.


sirkkaSirkka é a namorada do Luke. Ela tem uma visão romântica e pacifista, sendo completamente contra a violência e a monogamia. Ela consegue facilmente compreender a natureza das outras pessoas, isso fez com que ela fizesse um harém de jovens de ambos os sexos que a seguem como uma guru espiritual. Independente de sua mentalidade liberal, a única pessoa que ela realmente ama é o Jack.


lukeluke 2Luke é uma das ovelhas negras dos FreakAngels. Sua personalidade narcisista e fassista faz com que os outros membros mal consigam suportar sua presença e sua falta de compaixão. Ele acredita que seus poderes deveriam ser usados para sobrepujar as pessoas normais o levando a cometer atos deploráveis.


kirk 2kirkKirk é o mais próximo do posto de lider. Ele não da ordens a ninguém, mas diferente dos outros a sua prioridade é proteger Whitechapel e a todos dentro dela, não tendo medo de sujar suas mãos de sangue quando necessário. O personagem masculinidade que mais me agradou na obra, sem remorso e sem frescura.



Arkady2Arkady
é uma das personagens mais intrigantes e imprevisíveis da obra. Quando mais nova ele testou seus poderes ao limite, fazendo com que ela tivesse uma overdose que afetou sua personalidade. Sua mente é inocente e implacável, sendo facilmente a integrante mais poderosa dos FreakAngels, e provavelmente é minha personagem favorita.


CarolynCarolyn2Carolyn é a negra do grupo, mas sua pele ficou branca assim como a de todos os outros telepatas. Ela é jamaicana e é a engenheira da gangue, criando os equipamentos necessários para a manutenção da qualidade de vida da cidade. A personagem não é muito marcante, mas seus diálogos com a KK são engraçados.


mikimiki2Miki é a cota asiática da gangue. Ela é a médica humanitária que deseja ajudar o máximo de pessoas possíveis, e tem o hábito de julgar as outras pessoas para não ter que julgar a si mesmo. Muitas vezes ela age como a consciência da gangue.


KaitE como última FreakAngel remanescente em Whitechapel temos Kait, a personagem  mais bizarra e hilária de toda obra. Ela é a responsável pela justiça da cidade, pelo menos na mente dela. Ela é uma garota sádica e maluca que mistura sua obsessão com séries policiais e trabalho investigativo com prazer sexual. As vezes ela faz o Batman parecer normal, este são alguns de seus diálogos:

Kait: I fucking loved Quincy (serie policia dos anos 80). In fact, I would have done Quincy, so less of your lip.
Miki: You would have…
Kait: He was a crimefighting genius and he always had hot young chicks on his boat. Quincy’s cock was a foot long.
  • E fica ainda pior:
    Kait: You’re confessing to murder. Two people just confessed murder to me in the same minute. Why aren’t I happy? I swear I had masturbation fantasies about this.
    Karl: Oh, Christ, Kait! Too much information! Is this my punishment? I have to think about you in an interrogation cell in front of a weeping criminal and rubbing one out?
    Kait: (lip bite)…And then Quincy walks in.
    Karl: Aaaaaah!risada

Alicealice 2Por fim temos Alice, a forasteira que aparece querendo encher a gangue de tiros após ter a família morta pelas mãos de Mark, o Freakangel renegado que foi expulso da gangue e aparentemente deseja vingança. Ela é acolhida e acaba se tornando a visão humana dos acontecimentos. Sua personalidade forte agrada bastante e muitas vezes ela rouba a cena.

Inicialmente eu tive dificuldade até para lembrar os nomes da maioria deles, mas eu estou longe de ser um exemplo de boa memória. Sem a menor sombra de dúvidas os principais destaques são as personagens femininas, que facilmente roubam a cena com suas personalidades fortes e completamente loucas exóticas. A trama da obra é tudo menos infantil, podemos presenciar todos os acontecimentos sórdidos que são esperados de um cenário apocalíptico. Desde diálogos simples envolvendo amizade e generosidade, até estupro, execuções, chacinas, temas políticos e sociais. É incrível como a obra consegue manter um clima tranquílo e até mesmo inocente no meio de tanto sexo e sangue.

freakangels-2casal2

Quando eu finalmente comecei a me conectar com essas crianças problemáticas, o fim da obra estava indesejavelmente próximo. Esse é uma das poucas histórias onde eu gostaria de ver mas do cotidiano e menos do enredo principal. Assim que a obra terminou eu já comecei a sentir falta de alguns personagens, principalmente por ter tido a sensação que o final da obra foi muito corrido.

mentalNos seus últimos dois volumes (5 e 6) todas as perguntas iniciais são respondidas, mas seu destino final se torna uma incógnita. A última cena da obra me parece mais uma fuga a uma conclusão, sendo o ponto fraco da obra de maior destaque.

Freakangels é uma HQ que não prende o leitor devido a seus conflitos, mistérios ou acontecimentos. A forma como seus personagens onipotentes e frágeis lidam com seus desejos e responsabilidades é o que torna a leitura interessante. O começo é confuso e o final decepcionante, mas sua jornada cruel vista por olhares inocentes fizeram a leitura valer a pena.

Não é uma obra que vai agradar a todos e infelizmente seu potencial não foi completamente aproveitado. Minha nota final para FreakAngels é um 7.5. Conheço pessoas que veneram essa HQ e pessoas que não conseguiram terminar de ler, recomendo que você se arrisque e descubra se você irá chorar lagrimas de sangue pelos personagens ou se vai enlouquecer.

tristeza

Todos os capítulos da HQ, que soma mais de 800 páginas, continuam disponíveis em http://www.freakangels.com e, a princípio, continuarão grátis por lá. Duvido que a obra tenha sido traduzida para PT, pelo que procurei essa é a primeira review na internet da obra completa, ela é um pouco underground para a maioria dos sites tradutores.


 

Bem pessoal, espero que vocês tenham gostado. Essa foi a review em texto que me deu mais trabalho até hoje e espero que o resultado levem vocês a checarem essa HQ única.

3 pensamentos sobre “Review – FreakAngels

  1. Obra interessante, pena não ter em português =/

    Fugindo um pouco do assunto, oque vocês acham da ideia de fazer um top 10 personagens mais inteligente de anime/mangas. Meu top 10 seria

    1- Kuuhaku (No Game No Life)
    2- Kazuo Kiriyama (Battle Royale)
    3- Hiruma Youichi (Eyeshield 21)
    4- Shiro (No Game No Life)
    5- Sora (No Game No Life)
    6- Tokuchi Toua (One Outs)
    7- L (Death Note)
    8- Raito Yagami (Death Note)
    9- Shikamaru (Naruto)
    10- Korosensei (Ansatsu Kyoushitsu)

    Menção honrosa:
    Edogawa Conan (Detetive Conan), Akashi Seijuro (Kuroko no Basquet), Akiyama Shinichi (Liar Game), vi muita gente citando Lelouch do Code Geass como mais inteligente, mais como não conheço não vou por no meu top.

      • Seu preconceito com a obra não diminui a genialidade dos personagens, e não sei se você leu, mais é top 10 personagens mais inteligentes, e não top 10 personagens mais inteligentes excluindo aqueles que eu tenho mimimi.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s