Comentando: Fate/Stay Night: Unlimited Blade Works 09

Olá rapaziada, episódio 09 do primeiro cour de FSN:UBW saiu nesse final de  semana e agora é hora de fazer uns comentários sobre, meu nome é Guilherme Lemos e vamos lá comentar do pior episódio até o presente momento, pior … Continuar lendo

Comentando: Fate/Stay Night: Unlimited Blade Works 06

Finalmente chegamos na metade da primeira temporada, um quarto de todo o anime, e estou muito feliz com o resultado! Guilherme Lemos novamente aqui e vou comentar o episódio 6 de FSN:UBW! Esse episódio no que faltou de muita ação, tivemos … Continuar lendo

Comentando: Fate/Stay Night: Unlimited Blade Works 05

Bom dia, boa tarde, boa noite! Independente do horário que estás vendo esse post, é hora de comentar o episódio 05 de FSN: UBW. Aqui é o Guilherme Lemos, e vou falar um pouco mais dos rumos que tomou a … Continuar lendo

Comentando: Fate/Stay Night: Unlimited Blade Works 04

Buenas pessoal, quem vos fala é o Guilherme Lemos e estou aqui com mais um Comentando de FSN: UBW com o episódio 04, num episódio que a construção de um dos aspectos que mais agradaram os fãs de Fate/stay night … Continuar lendo

Comentando: Fate/Stay Night: Unlimited Blade Works 02

E aí rapaziada, tudo tranquilo? Guilherme Lemos aqui e mais um Comentando de Fate/stay night, dessa vez do episódio 02. Diferente dos episódios anteriores, dessa vez, é um episódio simples, de apenas 23 minutos, então, o Comentando terá muito menos … Continuar lendo

Comentando: Fate/Stay Night: Unlimited Blade Works 01

Fala fala rapaziada, novamente aqui no EMD para comentar um do anime mais esperado do ano pelo pessoal, meu nome é Guilherme Lemos e orgulhosamente e num estado de imensa alegria eu trago um comentário sobre o episódio duplo de … Continuar lendo

Primeiras Impressões: Rin (do mesmo autor de BECK)

Após finalizar a publicação de seu consagrado mangá Beck em maio de 2008, Harold Sakuishi demorou quatro anos para prosseguir sua carreira de mangaka em uma publicação contínua. Foi então que em dezembro de 2012, Harold volta a revista que o reconheceu para dar vida à uma história metalinguística, um tipo de enredo que tem funcionado ultimamente, vide o sucesso de Bakuman. E por mais que haja várias divergências entre a nova obra de Harold e o já finalizado mangá da dupla Ohba/Obata é muito difícil não compará-los, até porque Harold parece parodiar o tempo todo o mangá que popularizou o gênero .

001

Continuar lendo